História My Conturbad Life - Imagine Wonho - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Monsta X
Personagens Personagens Originais, Won Ho
Tags Ele, Imagine Wonho, Você
Visualizações 78
Palavras 2.017
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Crossover, Ecchi, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Literatura Feminina, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


então amores eu fiz essa fic do wonwon porque estava viajando e resolvi postar e só tem dois caps porque era pra ser one shot espero que gostem

Capítulo 1 - I Need You Girl


Fanfic / Fanfiction My Conturbad Life - Imagine Wonho - Capítulo 1 - I Need You Girl

I need You Girl

-ei pequena onde está minha toalha? Ouço a voz grave do meu namorado Hoseok vindo do quarto, pego a toalha e vou indo lhe entregar ele sorri e pega a mesma. Obrigado não sei o que seria de mim sem você. Ele beija minha bochecha mordendo leve a puxando. Não quer tomar banho comigo e me ajudar a lavar minhas costas? O olho sorrindo e acaricio seu peito falando meiga.

-nem começa amor você tem uma turnê pra ir e não vai ser legal que chegue atrasado. Ele faz um biquinho fofo o qual eu não resisto e eu toco seus lábios os massageando com meu dedo indicador e falo sorrindo leve.

-para com isso seu bobo. Ele sorri e me puxa pela cintura me dando selinhos meigos e carinhosos, correspondo acariciando seus cabelos entre meus dedos. Tá bem eu tomo banho com você. Falo sorrindo e Wonho me pega em seu colo me levando para dentro do banheiro, onde ele me põe sobre a pia me encarando com seu sorriso ladino e convencido, enquanto retirava minha blusa. Tá me olhando com essa cara porque? Ele dá uma risadinha baixa lambendo os lábios.

-nada amor. Antes que eu fale alguma coisa Wonho se curva beijando meu busto chupando com força deixando uma bela marca roxa me fazendo estremecer e gemer alto, tombando minha cabeça pra trás, seus longos dedos se deslizam e se enroscam nas alças de meu sutiã as deslizando por meus braços, remexo minhas pernas e Wonho segura meus quadris massageando minhas coxas ele me puxa de modo que nossas intimidades se rocem e eu arfo pesado, sinto os lábios de Wonho subindo lentamente por meu busto é minha clavícula me arrepio ainda mais e suas mãos voltam acariciando meu corpo e seus dedos alcançam os flash de meu sutiã os soltando, no mesmo momento ele lambe meu pescoço vagarosamente, massageando meus seios de baixo para cima, seus dedos alcançam meus mamilos onde, ele roça seus polegares em meus mamilos os girando, fico ainda mais excitada rebolando meus quadris fitando leves cavalgadas em seu membro, ouço em resposta uma arfada pesada de meu namorado em meu ouvido e fico ainda mais excitada e molhada, abaixo meus braços retirando meu sutiã e o jogo no chão, Wonho morde minha orelha falando sensual.

-princesa desculpa.

-pelo o....ahn....-antes de eu terminar a frase Wonho rasga minha calcinha e me penetra com tudo, me contorço rasgando suas costas e seus ombros e minha saia ele a retira por cima, prendo minhas pernas em sua cintura e Wonho aperta minha bunda com vontade com ambas as suas mãos grandes e começa a me mover com força, reviro meus olhos gemendo alto rasgando seus braços, para abafar meus gemidos e prevenir os vizinhos do que estávamos fazendo Wonho chupa meu lábio deslizando a língua para dentro de minha boca, em uma busca intensa e selvagem sua língua procurava se envolver na minha , gemo contra seus lábios e Wonho me aperta com força me girando me colocando contra a parede, meu corpo convulsiona ao sentir a cerâmica gélida é isso faz com que eu roce meus mamilos duros no peito de Wonho, que sobe minhas mãos para acima de minha cabeça onde ele aperta meus pulsos com uma de suas mãos enquanto a outra massageia minha pele procurando me arrepiar, e me tocar de maneira intensa que apenas ele sabia fazer, me provocando me apreciando, de uma maneira lenta que também era uma maneira apressada, o jeitinho Wonho de sempre, enquanto seus quadris me fudiam com vemencia e sem nenhuma piedade me deixando louca suas mãos faziam a parte lenta e torturosa, me causando arrepios e esparvos, meus seios pulavam se movendo em círculos até Wonho juntar ainda mais nossos corpos fazendo meus seios massagearem seu peitoral musculoso, sua língua dançava na minha me dominando, me invadindo, me incendiando, eu tentava e queria agarrar seus cabelos e arranhar suas costas lhe causando mais rasgões em sua pele alva, mas não era isso que meu namorado queria afinal ele seguia apertando meus pulsos com sua mão, a falta de ar invadiu nossos pulmões e nos separamos ofegantes apenas por tempo suficiente para que Wonho falasse contra meus lábios soprado.

-amor eu posso....dentro

-apenas....ughn....vem. fecho meus olhos com força e solto um gemido alto rasgando com tanta força as costas de Wonho que sinto os filetes de sangue escorrendo por sobre meus dedos, Wonho morde meu pescoço com tanta força que sinto minha pele fina e sensível ser rasgada por seus dentes alvos, seus movimentos antes intensos agora se tornaram brutais a sensação prazerosa de quase ser partida ao meio era incrível e intensa, nossos corpos inteiros se contorciam pelo prazer compartilhado, nossos corpos estavam suados, os sons eróticos que nossos corpos molhados de suor produziam eram ainda mais excitantes, tornando tudo mais prazeroso, nossos corpos estremecem e ambos gememos alto e nossos corpos convulsionam e atingimos nosso ápice e ficamos respirando ofegante, Wonho solta minhas mãos e eu o abraço forte lhe apertando com meus braços e com minhas pernas, ele me prensa ainda mais na parede afundando seu rosto na curva de meu pescoço seus braços fortes se agarram a mim com tanta força que meus ossos estalavam, acaricio suas costas e sinto suas lágrimas escorrendo por meu pescoço e fico preocupada acariciando seus cabelos.

-Shin...? Porque esta....-antes que eu complete a frase ele me beija em um beijo longo e demorado acariciando minhas bochechas com seus polegares.

-vem comigo dessa vez por favor...

-mas eu...

-por favor eu dou um jeito mas venha comigo, eu não consigo ficar sem você um minuto se quer e eu não vou voltar em casa por pelo menos quatro meses, eu não vou conseguir me concentrar como da última vez e vou ficar chorando e doente.

-mas amor eu nem tenho mala pra viajar e tão pouco tenho passaporte.

-eu já disse que dou um jeito apenas venha por favor. Acaricio suas costas e seus cabelos beijando seu pescoço e limpo suas lágrimas com carinho.

-tudo bem amor não chore eu vou sim com você.

-obrigado. Ele me beija descendo me colocando no chão e vamos para o boxe tomar banho e ficamos nos beijando enquanto vamos nos acariciando embaixo do chuveiro sorrindo bobos, logo terminamos e vamos indo nos arrumar acabamos vestindo roupas iguais e vamos indo, Wonho me dá uma máscara e um boné e vamos seguindo para o aeroporto.

Chegando ao aeroporto Wonho entrelaça nossas mãos e vamos caminhando juntos de mãos dadas seus managers tentaram me barrar mas ele nem deu ouvidos apenas embarcamos e foi uma alegria quando os meninos me viram cumprimentei todos e Wonho sorrio e segurou minha mão discretamente colocando uma aliança em meu dedo o olho surpresa e ele me mostra sua aliança sorrindo leve fico tímida e ele se curva me beijando sem tirar minha máscara.

Chegamos no hotel e fomos recebidos por paparazzi e por fãs que gritavam, uma das fãs apertou meus cabelos os puxando e no mesmo momento Wonho apertou seu pulso com força e ela me soltou reclamando e Wonho seguiu me guiando para dentro do hotel, eu estava nervosa mas me acalmei ao sentir seu braço envolta de mim, e vamos subindo para nosso quarto, fico impressionada com o tamanho do quarto e falo sorrindo.

-wooaaa que lindo.

-fico feliz goste minha princesa. Ele fala já retirando suas roupas ficando apenas com sua Boxer azul marinho ele vem vindo em minha direção e me abraça por trás beijando meu pescoço apertando meus seios por cima da blusa o que me faz estremecer e soltar um gemido alto já ficando excitada.

-amor...

-não eu não vou me controlar olha como estou. Ele puxa minha cintura com força apertando a mesma entre seus dedos me puxando com violência fazendo nossos corpos colidirem, sinto seu pênis pulsar contra minha bunda e remexo meus quadris querendo sentir muito mais contato e mordo meu lábio, o que não dura muito tempo afinal Wonho desliza sua mão por minha barriga adentrando minha saia e minha calcinha acariciando e massageando meu clitóris entre seus dedos com maestria, me contorço gemendo manhosa sentindo meu corpo inteiro tremer os lábios molhados de Wonho beijam minha nuca, sinto uma mordida em minha nuca, ele vai caminhando me guiando para a cama onde Wonho me sobe na cama me deixando de quatro para ele, eu iria deitar meu tronco mas ele não me permite, ele retira minha saia e minha calcinha e vai se deitando na cama me fazendo passar minha perna por cima de seus ombros, estava tão excitada que minha intimidade começava a gotejar, estremeço toda gemendo alto apertando os lençóis na cama com força envergando minha coluna quando Wonho dá uma lambida lenta de meu clitóris para meu ânus onde ele deixa uma mordida é um tapa estalado em minha bunda, meu corpo inteiro tremia e minhas pernas já estavam bambas, Wonho sorri soprando o ar em minha intimidade me fazendo remexer meus quadris desejando um contato total de sua língua com minha intimidade, mas ele parecia estar querendo me torturar, somente então percebo a posição em que estávamos e sorrio pervertida, abrindo sua calça e re tiro seu membro pulsante para fora o abocanho de vez e Wonho solta um gemido alto estremecendo apertando minha bunda com força, chupo sua glande com certa força girando minha língua em volta e vou masturbando seu membro lentamente e ouço mais gemidos manhosos de meu namorado, sem mais aguentar ele me faz deitar meu tronco empinando bem minha bunda, colocando um travesseiro em meu ventre me fazendo empinar mais ainda minha bunda com seus dedos fortes e firmes ele aperta minha cintura com força me penetrando de vez, aperto os lençóis com força gemendo alto, com uma agilidade incrível Wonho me vira de frente pra si me fazendo sentar em seu membro, ele me toma em um beijo vulgas e feroz envolvendo nossas línguas suas mãos grandes apertam minha cintura com possessão e com destreza me movendo com força quicando sobre o mesmo, lhe ajudo com os movimentos quicando forte em seu pênis que vinha em meu ventre me fazendo me contorcer de prazer rasgo as costas de Wonho sentindo meus seios roçando em seu peito, Wonho move seus quadris pra frente me penetrando com muito mais força que antes e pela falta de ar ele acaba soltando meus lábios ofegando, sinto meu corpo inteiro estremecer, e minha intimidade se contrai no membro rijo de Wonho que fica com as veias cada vez mais ressaltadas, ele move seus quadris chupando meu pescoço com força deixando mais marcas mais estocadas fortes e novamente nossos corpos estremecem e gozamos juntos, ele arranha minhas costas com força retirando filetes de sangue solto um gemido revirando meus olhos, Wonho segura minha nuca me beijando com vontade de maneira romântica e vai se deitando na cama acariciando minhas costas sorrindo e fala sorrindo massageando minhas costas.

-eu te amo minha princesa.

-eu também te amo meu príncipe. Nosso momento é interrompido por batidas na porta.

-Wonho vem estão nos chamando para a sessão de fotos.

-estou indo...-ele me encara com um biquinho acariciando minha bochecha amavelmente falando fofo. Eu não quero ir...

-mas precisa amor é o seu trabalho.

-eu sei mas não quero ir. Ele me abraça mais apertado acaricio seus braços com carinho beijando seu pescoço.

-meu amor fighting, eu vou estar aqui te esperando meu amor;

-hum....mas eu quero ficar com você estou carente de você

-mas am....-ele me interrompe invertendo nossas posições e fica por cima de mim me beijando de maneira apaixonado acariciando meu corpo apreciando meu corpo com suas mãos com carinho, acaricio suas costas sorrindo entre os beijos e começo a lhe beijar com carinho acariciando seu rosto e seus cabelos e o Celular de Wonho começa a tocar várias vezes e as batidas na porta aumentam e ele suspira baixo.

-tenho que ir.

-eu te espero amor

-eu te amo.

-eu também te amo amor. Ele levanta e vai indo para fora.


Notas Finais


e foi isso amores espero que gotem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...