História My ( crazy ) life - Capítulo 28


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, Dua Lipa, EXO, Got7, Lucas "T3ddy" Olioti
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), Dua Lipa, G-Dragon, Jackson, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jisoo, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lisa, Lu Han, Lucas Olioti, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Rosé, Sehun, Seungri, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags Bad, Bts, Jimin, Sad
Visualizações 15
Palavras 1.198
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Hentai, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Miiil descuuulpas pela demora!!! Se passou quase 2 meses desde a última postagem, eu sei... Mas as vezes é difícil encontrar motivação para escrever a fanfic, sabe?
Enfim... Eu sei que já prometi isso antes, mas espero atualiza a fic com mais antecedência dessa vez.
.
.
.
Boa leitura! Espero que gostem! 🌸
Ps.: não desistam da minha fic prfvr kkkkkk

Capítulo 28 - Playing with feelings


S/N pov*

[°°°]

Acordei cedo por algum motivo que desconheço. Quando é dia de aula eu tô simplesmente morta. Mas quando é para ficar em casa olhando para a parede eu acordo às 7..... Affz!

Eu dormir a noite toda mas parece que eu não dormi nada! Estou exausta.

Meu nariz deve ter sangrado enquanto dormia, o meu travesseiro agora tem uma mancha de sangue. Affz! Part. 2.

No momento estou com a minha mãe na mesa almoçando algo que me parece ser comida japonesa, às vezes, sinto um pouco de saudade da comida brasileira, adoraria comer uma feijoada de vez em quando. Bem, pelo menos acho que ela se esqueceu da nossa conversinha. Amém.

Depois do almoço fomos as duas para a sala assistir algum filme. É domigo, ela nao vai trabalhar hoje. Ficou procurando por alguns minutos um gilme de ação ou algo do tipo, enquato conversamos sobre coisas aleatórias. Acabo deixando num filme de comédia a pedido dela.

Lembro-me que mais cedo falei sobre saudade, pois é, também sinto saudade dos meus amigos, das nossas conversas e passeios, me pergunto se eles também sentem a minha falta... Espero que eles não me troquem ou me substituam.

Sobre hoje eu pensei em chamar os meninos para sair, para que eles me mostrei a cidade, já que eles moram aqui a mais tempo que eu. Mas tá sendo tão legal ficar aqui com a minha mãe, assistindo um filminho, conversando sobre besteira que acho que não devo ir com eles, sem falar que eu também não tô muito no clima de festa. Eu tô na bad mas ao menos tempo eu não estou, sabe?! Sei lá, é preguiça que se fala?

[°°°]

Fico assim o dia inteiro. Saimos no sofá apenas para ir a sorveteria, eu tomei um soverte do mesmo sabor do dela, de chocolate.

Depois de um tempo minha mãe recebe ums ligação às 5 da tarde, é um convite para uma festa de aniversário. Por causa da minha insistência, ela decide ir a festa. Eu convenci ela mas eu não sabia que ele, Jimin, e a vizinha da da frente, iam ter que cuidar de mim.

A vizinha é uma idosa chinesa, de acordo com a minha mãe, ela tem alguns gatos na sua casa e ela só vem cuidar de mim porquê tem seu tempo livre tipo.... O todo dia. E isso é tudo que eu sei sobre ela... Ah, e o nome dela Chun-li.... Mas todos a chamam de Li.

Já o  Jimin vai vir porquê ele insistiu e já estava combinado desde ontem à noite. Ele ia vir de qualquer jeito, com ou sem minha mãe aqui, ele deu a desculpa dos estudos, que ainda tinham alguns deveres para serem completos e isso e aquilo.

Eu: Pow mãe, eu já tenho quase 17.... Eu não posso ficar uma noite sozinha?!

Mãe: Filha, eu vou sair, vou voltar tarde e mais, eu conversei com a vizinha e ela me disse que tem um garotos rondando por aí. - me sento em sua cama. Estamos no seu quarto ela está terminando de se arrumar. No momento, ela está colocando uma argola dourada em sua orelha esquerda enquanto se olha no espelho da sua escrivaninha. Ela esta vestindo uma calça escura, com uma blusa cinza que tem um gravura no meio e um salto preto de veludo.... Bem gótica. 

-ding dong.

Mãe: Deve ser a vizinha. Vá abrir a porta.

Eu: Okay....- falo entediada. Vou até a porta e a abro. -Olá! - é uma idosa, asiática com traços chineses, usando uma blusa estilo "chinesinha" vermelha de seda... Com certeza é a Li. -Boa noite, senhora. - nós duas nos cumprimentámos com uma leve reverencia. 

Li: Olá, minha jovem. Você deve ser a S/N... - confirmo com a cabeça, dando um leve sorriso e dando espaço para ela passar.

Eu: Entre, minha mãe está terminando de se arrumar. - ela entra e vai até o sofá e se senta. Dou um sorriso fraco, ela é fofinha.

Me sento ao lado dela. Depois de algum tempo o silêncio começa a me incomodar.

Eu: Você quer assistir algo? - pergunto pegando o controle remoto.

Li: Ah... Claro.- ela dá um sorriso fraco fazendo seus olhos ficarem bem apertadinhos. Ligo a TV. 

Eu: Que canal, senhora Li? - falo alternando meu olhar da TV para o controle. 

Li: Local, por favor. - ela pega sua bolsa e a abre tirando uma linha e dois pauzinhos de tricô. 

[°°°]

Depois de um tempo a minha mãe entra na sala e eu aproveito pra tomar um banho e vestir minha pijama. O Jimin chegou rapidamente e fez a questão de pegar meu material escolar para fazer o showzinho dele. Ficamos sentados na mesa de jantar, na cozinha.

Mãe: Okay, eu já estou indo. - ela beija minha bochecha e toca no ombro do Jimin. Minha mãe vai em direção a sala e fala algo com Chun e saí. 

Observo a porta por alguns segundos, paro quando sinto algo quente em minha coxa. Olho em direção a mesma e vejo a mão de Park Jimin. Desvio o olhar da minha coxa para o rosto dele, o mesmo está fingindo ler algo no livro que esta diante de mim.

JM: Então, vejamos isso! -  ele fala pegando o livro com uma mão e acariciando minha intimidade por sima do pano da calça com a outra. Olho em direção a Li. A mesma está olhando para a TV concentrada.

Eu: Jimin, para! - falo sussurrando e séria. Não estou gostando e nada do que ele está fazendo, que falta de respeito.

JM: Parar com o quê? - ele dá um sorriso malicioso. Sério isso?

Eu: Ela... - aponto para a Li. - Está bem ali se você já se esqueceu. Ele olha para ela e suspira entediado. Jimin se levanta e vai em direção a Chun Li. Ele fala alguma coisa com ela e rapidamente volta para a cozinha. Ele pega os livros e o resto do meu material e os coloca apoiado no braço em seguida pega minha mão me puxa delicadamente. 

JM:  Vamos. 

Eu: Hum? - Me levanto quase que obrigada. Ele me leva em direção as escadas, espero a gente terminar de subir para o segundo andar para poder contesta-lo. -Ei! O que disse para ela?

JM: Hehe... Eu disse que seria melhor nós subirmos para os seu quarto por causa do barulho da TV. - ele me puxa para dentro do meu quarto, em seguinda abre a porta e joga meus materiais em cima da cama, gecha a porta e me imprensa contra a porta, me beijando de um jeito feroz. 

Logo eu reago e o afasto.

Eu: Jimin, qual é o seu problema em? - ele fica com uma expressão confusa no rosto. -Você quaer me ver louca é isso?

JM: Talvez.- ele volta a me beijar mas eu o afasto novamente.

Eu: É sério! Porra, quando nós estamos sozinhos você é de um jeito. Quando estamos na escola você é outro completamente diferente! - ele revira os olhos. -E-e v-você ainda está namorando outra garota! Meu Deus! E-eu NÃO TE ENTENDO! - falo pausadamente.

Olho para ele, eu não consigo decifrar a sua expressão.

Acredito que ele não esteja fazendo isso de propósito, mas foda-se se é querendo ou não, é com os meus sentimentos que ele está mexendo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...