História My Crazy Love - Capítulo 1


Escrita por: e La_Lari

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Personagens Originais, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Imagine Suho
Visualizações 4
Palavras 1.318
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Drabble, Drabs, Drama (Tragédia), Droubble, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, FemmeSlash, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Lírica, Literatura Feminina, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Orange, Poesias, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Slash, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura nenês<3

Capítulo 1 - Capítulo 01


- Alô? Sim Haru eu já estou pronta, as meninas estão com você? Melhor, estou esperando vocês na frente de casa. - Desliguei o celular e fui pegar a minha bolsa, que estava encima de meu sofá.


 - S/N DESCE AQUI LOGO TÔ MORRENDO DE FRIO CARAMBA! TENHA PIEDADE DE SUAS UNNIES E SUA DONGSAENG! - Berrava Larissa do lado de fora, o que fez a garota rir fraco antes de caminhar até a porta a abrindo e ganhando um abraço apertado de Larissa e Haru.


 - Que saudades ursinha Pooh. - Disse Haru ainda abraçando S/N. Então a garota lembrou dos apelidos de infância: Larissa era panda, Haru coala, Ally coelha e S/N ursinha Pooh. 


- Quanta demonstração de afeto. - Disse Ally fazendo careta. - Vem aqui pirralha. - Disse S/N puxando a mais nova das cinco para um abraço.

 - Tava com saudades. - Disse Ally rindo entre o abraço.

 - Eu sei my love. - Disse jogando o cabelo para o lado. 

 - Retardada. - Disse Ally revirando os olhos. - Também te amo, mas vem aqui... porque a senhora dark das trevas trevosas não está dark hoje? - S/N perguntou.


. - Porque Larissa me abrigou a por essa bota e Haru me obrigou a por esse moletom, ou seja, só a calça veio me representando, entendeu? Não!? Eu também! - Disse e as demais riram.

 E assim as 4 foram caminhando para a escola juntas. Larissa e S/N estudavam no 2° ano B por serem as mais velhas do grupo Já Ally e Haru como as mais novas estudavam no 1°C. Elas se conhecem desde que eram crianças. Quando S/N estava brincando em um parque que sua mãe tinha lhe levado, ela conheceu Larissa que lhe apresentou Haru sua mais recente amiga. Daí elas ouviram alguém chorando no parque. E como as crianças curiosas que eram foram ver o que estava acontecendo, e lá viram uma garotinha chorando com o joelho ralado de frente com um balanço. Viraram amigas e descobriram que Haru era japonesa, Larissa estadunidense e Ally e S/N brasileiras. Depois disso todas ela começaram a sempre se encontrar na praça para brincarem juntas. E hoje em dia elas matem essa longa amizade. . . . Depois de longos 25 minutos de caminhada antes de chegar na escola, elas finalmente avistaram os grandes portões da “prisão”, segundo elas.


. - Eu não quero entrar, sofrer bullying de novo não dá! - Disse Ally agarrando o braço de Haru, que estava mais próxima de si.

 - Relaxa gente, eu protejo vocês com a ajuda da Larissa. - Disse S/N pondo o braço sobre os ombros de Larissa.

 - Vamos entrar logo! Vocês enrolam demais. - Disse Haru puxando suas amigas.

 - Pois é pirralhas. - Disse Larissa. As garotas entraram e atraíram alguns olhares de pessoas que soltaram piadas e outras cochichando coisas inaudíveis. Assim que entraram no corredor se despediram e cada uma foi para o andar de sua sala.

 - Pronta para arrasar a cara das coreanas mimadas? - Perguntou Larissa rindo. 

- Moon Amour. 

 - Pronta para o bullying diário? -Perguntou Ally. 

- Pronta para espancar esses coreanos de merda.

 - Bultaoreune. - Ally. 

 - E chegaram as gordas. – Um coreano aleatório soltou, acompanhado dos colegas que riam de seu comentário.

 - GORDA É A SUA MÃE AQUELA... – O sinal para todos irem para suas respectivas salas tocou, interrompendo Haru que ainda assim esbravejava. 

 - Anda logo, já meteu a mãe no meio, já tivemos a nossa vingança. 

– Alice puxava Haru com dificuldade. - ME SOLTA QUE EU TO COM VONTADE DE MATAR ALGUÉM HOJE! - PARA DE SER TEIMOSA! – Alice ainda a puxava, e no final as duas entraram na sala. . . . - Observação: aquela menina é tão magra, como ela consegue ficar em pé? Sem querer ofender nem nada...

 – Larissa cochichou para S/N. - Eu penso isso também, o que resta é saber se ela faz dieta ou se o físico dela sempre foi assim. 

– A garota batia com as unhas na mesa, observando a sala.

 - Sou mais a gente comendo frango o dia todo. – As duas riram com o comentário de Larissa. Desde que chegou à Coréia, S/N aprendeu a se virar. Ela veio bem pequena, mas ainda só sabia falar português, então teve que se acostumar e aprender na marra o idioma. Na escola também é o mesmo, ainda que tenha suas amigas, o bullying por ser diferente está sempre aparecendo ela não pode esperar que suas amigas estejam sempre por perto. S/N revida quando pode e ignora as piadinhas mais clichês. Apesar de tudo, a escola não é tão ruim quanto já foi, sua opinião mudou muito e ela se acostumou ao ambiente. É uma escola como qualquer outra. 

 -Reparou no menino olhando pra cá? – Larissa chamou a atenção da amiga. 

 - Não, onde? 

- Na terceira fileira, casaco verde. Olha, mas disfarça. S/N jogou sua borracha no chão, e quando foi pegá-la, olhou de relance para o garoto. - Kim Jun-myeon, mas será que você não sabe o nome de ninguém? – Perguntou incrédula. 

 - Só das pessoas irritantes, relevantes, que chamam muita atenção e maníacos, como esse tal Jun-myeon. – Larissa falou contando nos dedos as categorias em que separava os alunos. 

– Ele é estranho. - Realmente. Pra qual de nós duas será que ele está olhando? – S/N se esticou, para ficar mais perto da amiga. 

 - Espero que seja pra você, ele tem cara de psicótico.

 - Sua horrível! – S/N deu um tapa no ombro de Larissa, que riu. Ao olhar para o garoto novamente, ele já não as encarava mais. Ele teria reparado as duas cochichando sobre suas observações nada discretas? . . . - 

-Vocês não vão acreditar em quem estava observando a S/N mais cedo! – Larissa disse empolgada, se sentando na mesa do refeitório. 

 - Correção: não sabemos pra quem ele estava olhando. – S/N se sentou também, não tão empolgada quanto as amigas.

 - Era pra S/N. – Larissa apontou para a amiga, que fez uma cara emburrada. 

 - Vocês enrolam demais, da pra falar logo? – Haru perdeu a paciência e furou um pobre alface com o garfo.

 - Violenta. – Alice se afastou da amiga.

 - Enfim, o maníaco que estava olhando a S/N é o Kim Jun-myeon. Tenho medo que ele faça algo com a minha filha. – Larissa abraçou S/N que revirou os olhos, mas não conseguiu segurar e acabou rindo. 

 - E o que? Vamos ter que levar e trazer a madame? – Alice levou uma colherada de arroz e batata até a boca. 

 - Nós vamos é ter que pedir transferência pra ela. – Haru riu. - Suas exageradas, eu vou é merendar que ganho mais. 

- S/N se levantou e foi até a fila e Larissa foi atrás da garota. - S/N no momento está arrasando o coração de todos os novinhos. – Alice comentou, fazendo Haru rir. S/N olhou ao redor, grande parte dos alunos estava no refeitório, mas no meio de todas aquelas pessoas ela conseguiu enxergar Kim Jun-myeon a encarando novamente. Ela simplesmente pegou sua bandeja e foi se servir, o ignorando. . . . Na volta para casa, as meninas a deixaram na sua porta como sempre, iam juntas para a escola e voltavam juntas. 

 - Procura o Suho no Kakao! – Alice disse alto, já um pouco distante. 

 - Suho? – S/N arqueou a sobrancelha.

. - Os íntimos chamam ele assim. De nada pela informação. – Haru acenou, e as três sumiram de seu campo de visão. 

 - Suho... – S/N repetiu, rindo em seguida e entrando em casa. A garota não tem uma opinião formada sobre o colega ainda, nunca trocaram nenhuma palavra e ele não é de chamar muita atenção. S/N sabe que ele tem seu grupo de amigos, nunca o vê preocupado com as notas ou levando bronca, é simplesmente normal e sempre esteve “fora” do seu campo de visão, pelo menos até hoje.


Notas Finais


Gostaram?
Hehehe
Comentem o que acharam <3
Te amo vocês


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...