História Sad Boy - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Akira Mado, Koutarou Amon, Nishiki Nishio, Touka Kirishima, Uta, Yoshimura
Visualizações 19
Palavras 610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ecchi, Fantasia, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Sad Boy - Capítulo 1 - Prólogo

 Nishiki é um ghoul não tão normal assim já que se droga muito e se corta. Por que será que ele faz isso?

Olá, me chamo Nishiki, sou a droga de um adolescente de que se corta, você não ouviu errado, eu me corto sim, tenho meus motivos para isso, algo que ninguém nunca soube. Já fui parar no hospital porque tentei me matar, isso mesmo que você ouviu, eu sou um maldito suicida. Todos naquela escola fingem que gostam de mim principalmente um garoto humano chamado Kaneki, na minha opinião ele se faz de inocente e no fundo só quer rir de mim, não que isso importe.

[...]

Estou indo novamente para a escola, todos me olham como olha la é o suicida que peninha dele, isso me irrita por isso eu me ídolo de todos ficando em meu canto, hoje fiz o mesmo colocando o fone no máximo tentando não lembra o motivo de eu me cortar mas era impossível. Vejo minha paz sair quando vejo que Kaneki vem em minha direção.

Kaneki: Oi Nishiki, posso falar um segundo com você? - sento ao lado dele que tira os fones me olhando.

Nishiki: Pode falar, o que quer? - pergunto meio impaciente.

Kaneki: Eu e alguns meninos vamos para uma churrascaria, quer vir conosco?

Nishiki: Obrigado pelo seu teatrinho mas não quero ir

Kaneki: Do que esta falando? Eu realmente me importo com você

Nishiki: Você é gay por acaso para se importar comigo? Sei que todo mundo só me vê como aberração

Kaneki: Eu não te vejo assim, eu ainda vou te provar isso

Nishiki: Se realmente se importa comigo me deixa em paz - saio de la andando..

[...]

Depois daquilo vou para minha casa entrando na mesma. Quando se passaram 30 minutos escuto alguem tocar a campainha e vou ver quem era dando de cara com Kaneki.

Nishiki: O que você quer aqui pedaço de escória? - falo de mal humor.

Kaneki: Aish, eu vim aqui te ver, posso entrar?

Nishiki: Entra, ate parece que você vai me deixar em paz - ele entra e eu faço o mesmo sentando no sofá.

Kaneki: Sua casa é bem bonita, olha eu sei que você não gosta de mim mas eu realmente me importo e eu tenho como provar

Nishiki: Então me fale logo o que seria isso - falo arqueando a sobrancelha.

Kaneki: Os garotos da nossa sala iam jogar ovo pobre em você por se cortar - digo meio receinhoso de sua reação.

Nishiki: Eu já esperava algo assim afinal eu sou um merda de um suicida - solto um longo suspiro.

Kaneki: Eles são uns monstros isso sim mas me fala por que você se corta? Nem adianta dizer que não vai falar, não saio daqui ate me dizer porque faz isso

Nishiki: Você realmente quer me ouvir ?

Kaneki: Claro que sim, quem sabe eu possa ajudar

Nishiki: Quando eu era pequeno gostava de uma garota, a gente era inseparável mas um dia ela teve que se mudar desde aquele dia nunca mais fui o mesmo, te vendo aquilo? - aponto para um saco - Aquilo são drogas porque não aguento mais essa realidade

Kaneki: Tenha calma, eu vou tentar achar essa garota para você, me diz o nome dela

Nishiki: Duvido que consiga mas seu nome é S/n ( significa seu nome para quem não sabe)

Kaneki: Eu vou buscar minhas coisas em casa e ja volto, eu vou morar com você, alguem tem que te impedir de fazer essas coisas

Nishiki: Espera - falei mas o mesmo já havia ido embora - Merda

Fico um bom tempo no meu celular fazendo vários nadas quando escuto a campainha tocar, era o Kaneki com as malas dele, mandei o mesmo entrar porque no fundo sabia que precisava de um amigo.


Notas Finais


Continua?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...