História My criminal love ( Imagine Namjoon) - Capítulo 1


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, G-Friend, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Eunha, Jackson, JB, Jeon Jeongguk (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kai, Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Kris Wu, Lay, Lu Han, Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sehun, SinB, Sowon, Suho, Tao, Umji, Xiumin, Yerin, Youngjae, Yugyeom, Yuju
Tags Assassino, Bts, Criminoso, Namjoon, Seriall Killer
Visualizações 24
Palavras 2.091
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi meus môres! Tudo bem?


→ Atenção!: ESSA FANFIC NÃO TEM INTENÇÃO DE INCENTIVAR NENHUM DOS ATOS DESCRITOS, SE VOCÊ NÃO GOSTA DE AGREÇÕES, NÃO LEIA!←


→ Lembrando que; sou contra a qualquer tipo de violência, ofensas e essa história não é para incentivar ninguém a tais atos.

Boa leitura.

Capítulo 1 - Prólogo


E mais uma vez, sou acordada pelo terrível e irritante despertador, a cada " trim trim trim" a vontade de quebrar é maior, mas vejamos, se eu quebrar, vou ter que comprar outro, e eu não estou nem um pouco afim de ir em uma loja para comprar um simples despertador né? 


Levo minha mão até o criado - mudo e deslizo meu dedo na tela, fazendo o barulho cessar. Me estico na cama e me espreguiço bocejando. Levanto e estico os lençóis. Vou até meu armário e pego um conjunto de lingerie preta, blusa social branca e saia vermelha, e as deixo em cima da cama. Vou até o banheiro e me dispo, e tomo meu banho. Saio do mesmo e visto minhas roupas e um salto preto.


Me sento na penteadeira e seco meus cabelos com o secador, passo prancha e faço ondulações nas pontas, faço uma maquiagem não muito forte e coloco meus assessórios. Pego minha bolsa da cor preta e desço. 


- Bom dia Sra. Tuan!- Sra. Tuan é uma mulher de 45 anos que trabalha para minha família à uns 15 anos, a mesma é como uma mãe/guardiã para mim- Já que a minha me abondonou-.


SRA.TUAN_ Bom dia minha filha!- Veio até mim e deu um beijo em minha testa.- Já preparei seu café, está em cima da mesa.


- Oh, muito obrigada Sra. Tuan. - Faço reverência e vou até a mesa me sentando e logo comendo.


Aproveito para checar meu celular e vê se meu patrão havia me mandado alguma mensagem. Quando pego meu celular eu arregalo meus olhos ao ver as horas.


- É hoje que eu morro.- Me levanto da cadeira e pego minha bolsa e o sanduíche que iria comer no caminho.- Sra. Tuan, eu já vou indo, Thau!- Dou um selar em sua testa e saio as pressas de casa.- MARK! - Aceno para o mesmo que para e eu corro em direção e adentro o carro.- Bom dia, me leve ao serviço por favor..- O mesmo assenti e da a partida.


Ah, desculpa minha falta de educação, deixe-me apresentar-me.  Meu nome é S/n, tenho 20 anos, sou mestiça de coreano e brasileira,  moro na Coréia do Sul, expecificadamente em Incheon, junto com minha guardiã e seu filho Mark que é meu motorista. Minha mãe, me abondonou quando tinha apenas 5 anos e quem me criou foi minha guardiã, meu pai veio a falecer após uma doença grave. Eu trabalho na empresa mais famosa de Incheon e sou secretária do Sr. Choi, que é um poço de nojo, mas não pense que meu serviço é fácil, pois todos os dias eu volto exausta. Sr. Choi, que é meu patrão, fica me mandando fazer várias coisas, mas o salário é considerável.


~ QUEBRA DE TEMPO ~


- Obrigada Mark!- Sai do carro as pressas e entrei na empresa.- Bom dia Mimhyung! - Disse a mesma que estava conversando com um empresário. 


Mimhyung, minha amiga desde meus 10 anos, uma mulher quieta, calma, dedicada, omma, da sermão quando mereço e me ajuda a chegar em casa quando estou bêbada. Seus cabelos longos e  ondulados castanhos, branca, e é japonesa. Tem 23 anos e 1, 55 de altura.


??_ S/n!- Olho para trás e vejo a maluca da minha amiga Miyung correndo em minha direção meio desajeitada já que estava com um salto maior que ela.


- Cuidado para não torcer o pé.- Ri e a mesma me mostra a língua.- Sei pra que você e Mimhyung fica colocando esses saltos desse tamanho.- Voltamos a andar/correr.


MG_ Você fala isso, por que não é baixinha.- Ri de seu comentário.- Você viu a reportagem hoje?


- Não, por que?- Aperto o botão do elevador.


MG_ Não tem aquele assassino que a polícia tanto procura?- Acenti entrando no elevador e apertando em nosso andar.- Então, ontem ele é sua gangue mataram 23 pessoas, e a polícia está ficando maluca com tantos assassinatos frequentemente pelo mesmo homem que nem sabe quem é.


- Mas eles não sabem o nome dele?- A porta do elevador se abre e saímos.


MG_ Não, eles conhecem ele pelo apelido Rei da destruição.- Olho para a mesma incrédula.


- Policiais imprestáveis, nem seu serviço eles sabem fazer.- A mesma ri.- Miyung, depois a gente se fala, se não, Sr. Choi vai fazer picadinhos de mim e dar para os cachorros comerem.- Ela riu de meu desespero.- É sério tá!


MG_ Tabom, vai lá, se não, adeus S/n.- A mesma riu se virando e indo para o escritório do Sr. Jang. 


Miyung, uma mulher maluca, baladeira, bagunçeira e extrovertida. Seus cabelos curtos e negros, sua pele branquinha que nem neve, seus olhos escuros, e uma mulher de 22 anos com 1, 60, mesmo com seu jeito comportado no trabalho, ela é fanática por coisas radicais e aventureiras. Ela é amiga minha e de Mimhyung desde criança, passávamos praticamente o dia todo em sua casa, éramos as mais populares na época do colégio. E essa amizade durou até hoje. 


Agilizo meus passos e paro em frente a porta do escritório do Sr. Choi, bato na mesma três vezes e escuto um " entre" de sua parte. Giro a maceneta com receio e adentro a sala, recebendo um olhar raivoso da parte de Choi.


- Bom dia Sr. Choi- Faço reverência.


SR. CHOI_ Bom dia Srta. S/n, novamente atrasada não é mesmo?- Apoiou suas mãos na mesa.- Se isso se repetir novamente, não irei tolerar.- Voltou sua atenção para os papéis acima de sua mesa.


- Desculpe Sr. Choi, isso não irá se repetir.- Fiz reverência.


SR.CHOI_ Eu espero.- Disse sem ao menos me olhar.- Tome. Preciso que revise esses documentos e os organize.- Me entregou um monte de papéis.- Quando acabar venha a minha sala, pois preciso de sua ajuda.


Fiz reverência e me retirei de sua sala e logo depois entrei na minha. Joguei os papéis em minha mesa e me sentei na cadeira logo ligando o computador.


- Mais que homem mais rabugento! - Falei emburrada, logo peguei os papéis e comecei a revisá-los como Choi mandou.


~ QUEBRA DE TEMPO ~


Já marcavam 13h00 e eu ainda estava enfurnada naquela bendita sala, organizando as papeladas, Sr. Choi veio aqui e colocou mas documentos em minha mesa dizendo para ver os clientes que estão devendo a empresa. E o pior é que já passou do meu horário de almoço, mas eu não quero terminar tarde, então deixei o almoço para lá. 


Estava separando os papéis quando minha barriga ronca, coloco minhas mãos sobre ela e arregalo meus olhos.


- Realmente estou com fome.- A porta é aberta, pensei que era o Sr. Choi, mas na verdade era minha amiga com uma bandeja em mãos.- O que é isso?- Levanto um pouco para ver o que era.


MN_ Oi para você também.- Disse irônica. - Reparei que você não saiu da sala para almoçar, então trouxe algo para você comer.- Se aproximou de minha mesa e pôs a bandeja em cima da mesma.- Coma.


- Eu comerei assim que acabar, não estou com fome.- Nessa hora que minha barriga ronca, me fazendo olhar para Mimhyung com os olhos regalados e ficar envergonhada.


MN_ Não é o que parece.- Riu e eu também.


- Mas eu não posso parar meu trabalho para comer, isso irá me atrapalhar e atrasar meu serviço. Você sabe muito bem como o Sr. Choi é em questão de pontualidade.- Ela se sentou a minha frente.


MN_ Ainda bem que meu patrão não é assim, eu tenho ranço do Sr. Choi. Todas as secretárias antes de você, não aguentaram por muito tempo, pelos seus abusos e suas explorações, você foi a única que aguenta ele.- Disse de um surpresa.


- É né, o que eu não posso é sair daqui, pois para conseguir emprego hoje em dia tá fogo, então o que me resta é aguentar esse rabugento até quando encontrar outro emprego. Pelo menos o salário é bom. - Ri.


MN_ Fighting!- Fechou os punhos e colocou próximo seu rosto.- Você deveria ganhar um prêmio por aguentá-lo por tanto tempo.- Rimos.


- Com certeza.- Dei uma pausa e comecei a comer.


MN_ Vou voltar para minha sala, o Sr. Han deve estar precisando de mim.- Saiu de minha sala e eu terminei de comer a saborosa comida que ela me trouxe e depois terminar meu trabalho.


~ QUEBRA DE TEMPO ~


- Aqui Senhor.- Após quase umas 15 horas trabalhando terminei meu trabalho.


SR.CHOI_ Coloque em cima da mesa por favor.- Fiz o que o mesmo falou.- Pode pegar um café para mim?- Assenti e fui a caminho da porta.- Com pouco açúcar por favor.- Respirei fundo e fechei meus punhos.


Fui até a recepção e me aproximei da cafeteira expresso, coloquei uma cápsula de café intenso e a liguei. Quando o café todo saiu eu a desliguei, tirei a cápsula e joguei no lixo ao lado da cafeteira. Peguei um sache de açúcar e coloquei na xícara. Peguei a mesma e voltei para a sala.


- Aqui Senhor.- Coloquei a xícara a sua frente e o mesmo bebeu.


SR.CHOI_ Obrigado.- Olhou em seu relógio.- Você já pode ir para seu tempo livre.


- Tabom.- Fiz reverência e sai de sua sala.- Aiii, estou exausta.- Coloquei a mão em minhas costas e a ergui para trás.


YR_ Tá parecendo uma velhinha.- Riu se aproximando.


- Diz isso, pois não é você que só fica sentada trabalhando.- Disse emburrada.


YR_ Desculpa, eu e as meninas vamos sair para comer alguma coisa, quer ir com a gente?- Perguntou sorridente.


Yerin, uma mulher de 21 anos, alegre, compreensiva, fofa, tímida ,amiga em todas as horas e sorridente como havia citado antes. Seus cabelos são castanhos escuros com franja, sua pele branquinha como papel. Nós nos tornamos amigas assim quando entrei na empresa, ela foi a primeira a fazer amizade comigo e apresentou todas suas amigas a mim e somos todas amigas.


- Vou sim, só deixe-me pegar minha bolsa.- Ela assenti e eu vou pegar minha bolsa- Pronto.- Ela sorri e fomos em direção ao local.


Chegando lá, estamos no restaurante ______, e avistamos nossas outras amigas, incluindo Miyung e Mimhyung. 


- Olá meninas!- Digo me sentando entre Eunha e SinB. 


- Olá!- Disseram em uníssono com um sorriso no rosto.


Os nomes delas são: Eunha, SinB, Sowon, Umji, Yerin e Yoju. 


Eunha é uma moça linda de 24 anos que parece ter saído de uma loja de bonecas, seu rosto angelical e infantil, seus cabelos curtos e negros.


SinB é uma menina de 20 anos assim como eu, extrovertida, maluca, tem uma alegria que contagia, bipolar, as vezes da vontade de matar. Tem cabelos longos e alaranjados.


Sowon tem 22 anos, animada, infantil, sentimental, romântica, manhosa, e um aviso: quando ela estiver na tpm, sai de perto. Tem cabelos escuros longos e ondulados.


Umji, tem 23 anos, seu jeito doce pode enganar qualquer um, adora assustar as pessoas e por medo. Seus cabelos são longos e escuros.


Yerin, tem 22 anos, qualquer homem a deseja e a quer por perto, seu jeito sedutor faz qualquer homem cair em seus pés, pervertida e amiga. Seus cabelos longos e lisos.


E finalmente, Yuju, uma moça de 21 anos, encantadora e sonhadora, seu jeito doce faz todos a amá-la e a querer por perto. Tem cabelos longos e ruivos.


Fizemos nossos pedidos e não demoraram a chegar, comemos tudo e depois voltamos todas para a empresa e cada um foi para seu canto, entrei na sala e como esperado Sr. Choi me deu mais serviço, fui para minha sala e comecei a trabalhar.


~ QUEBRA DE TEMPO ~


Já marcavam 18h00, e eu estava dentro do carro indo para casa. Chegamos na mesma e Mark estaciona na garagem e saímos do carro.


- Boa noite Mark!- Sorri.


MK_ Boa noite Srta. S/n.- Fez reverência.


- Já lhe disse que não precisa me chamar de Senhorita, pode me chamar somente de S/n, somos amigos não?- Suas bochechas ruborizaram e ele deu um sorriso, que fooooofo que vontade de morder. 


MK_ Desculpa senho...S/n.- Sorri e entrei em casa.


- Sra. Tuan?- Vou até a cozinha.- Quer ajuda?- Pergunto ao ver a mesma preparando a janta.


SRA.TUAN_ Não minha filha, vai lá tomar um banho e descansar um pouco até a janta estiver pronta.- Sorriu e me deu um selar na testa.


Subi e fiz o que ela havia me dito. Tomei meu banho e vesti uma roupa confortável. Me deitei na cama e acabei adormecendo.


~ QUEBRA DE TEMPO ~


SRA.TUAN_ S/n...- Abri meus olhos.- Trouxe seu jantar.


- Não precisava Sra. Tuan.- Me sentei na cama e peguei a bandeja de suas mãos.- Obrigada.


SRA.TUAN_ De nada meu amor, coma e depois vai descansar, você parece exausta.- Afagou meus cabelos e se retirou de meu quarto.


Comi tudo e deixei a bandeja na pia, subi e escovei meus dentes e capotei.





Notas Finais


Espero que tenham gostado do prólogo.

Deixe nos comentários sua opinião, mesmo sendo críticas.... Não seja um leitor fantasma.

Beijinho bbs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...