História My Daddy - Shawn Mendes - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Babygirl, Daddy, Shawn Mendes
Visualizações 225
Palavras 1.125
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


PROMETO QUE ESSA É A ÚLTIMA PARTE KSKSKSKS COMENTEM E FAVORITEM!!!



Espero que gostem! Boa leitura!

Capítulo 11 - Capítulo 11 - Emma - Aniversário parte 3.


Fanfic / Fanfiction My Daddy - Shawn Mendes - Capítulo 11 - Capítulo 11 - Emma - Aniversário parte 3.

Assim que Shawn aperta o botãozinho do controle eu algo dentro de mim começa a vibrar e eu solto um gemido alto, mas tão alto que todos que estavam no local olharam para mim com uma cara estranha e preocupada. Logo eu coloco a mão na boca. Minhas pernas estavam trêmulas e quase que querendo ae fundirem, Shawn me paga. Todos ainda olhavam pra mim e eu realmente não sabia onde enfiar a cara e logo "corro" para um sofá próximo que tinha ali. 

Cameron: Emma, o que foi àquilo? - Cameron chegou em mim e perguntou. Agora a pergunta é, como eu vou responder sem gemer e que desculpa eu vou dar?

Eu: N-não... oh... f-foi nada... owwn... - Não consegui disfarçar e falei em meio de gemidos. Eu já tinha encravado as unhas na estufa do sofá, era prezer misturado com desespero e vergonha. 

Cameron: Emma você não parece bem... quer que eu te ajude? - Ele estava com uma cara de preocupado.

Eu: Cameron se você sair daqui já me ajuda bastante... ohh... - Disse novamente entre gemidos.

Cameron: Emma esses gemidos... estão estranhos... o que quê você tem aí dentro. - Meu Deus! Que pergunta.

Eu: O Shawn colocou um treco que vibra em mim... àquele maldito... owwn... owwn Cameron... - Acho que deveria ter dito essas duas coisas. 

Cameron: Nossa... Shawn realmente é ruins com suas garotas... mas, geme meu nome no meu ouvido, gostei de ver você gemendo meu nome, apesar que na cama seria bem melhor. - Por que? Só me digam o por que! Jesus aonde eu fui me meter.

Eu: Cameron eu vou chegar lá... OWWN... - Logo tampo minha boca novamente com a mão.

Cameron: Eu posso sentir o seu gosto se você quiser. - Ele disse isso no meu ouvido o que me deixou mais excitada. Cameron sabe como excitar uma mulher... o que quê eu tô falando pelo amor de Deus?

Eu: Cameron me tira daqui! Owwn... oh... owwn aí meu Deus... Owwn. - Infelizmente cheguei lá... - OWWWWN OWWWN... - Ainda bem aque a música tava alta. Logo sinto o treco parar de vibrar dentro de mim. - Cameron eu cheguei lá, e o negócio parou de vibrar. - Disse.

Cameron: Ainda bem, porque olha como você me deixou... não sei se aguentaria mais alguns minutos ver você gemendo e ver você de roupa. - Disse eu eu acabei olhando para o seu grande relevo na calça. Me senti mais quente, acho que seria legal experimentar àquela coisa com Cameron também. 

"Você é só minha!" As palavras de Shawn ecoaram na minha cabeça, o que logo me fez ficar séria.

Eu: Cameron, esconde isso. - Disse séria.

Cameron: Tá bom, querida Emma. - Ele chegou perto do meu ouvido. - Mas, eu sei que você quer me sentir... - Falou e saiu. Eu realmente não sei no que estou me tornando.

Quando eu levantei do sofá, pude perceber uma grande mancha nele, e uma coisa grudando o tecido da calcinha grudando em mim e eu ao mesmo tempo molhada com esse líquido, àquilo estava desconfortável demais. Decidi que não irei mais ficar nessa festa... já ouvi muitas coisas desnecessárias demais por hoje.

Subo as escadas e entro no quarto de Shawn e fecho a porta do mesmo. Desabotouo minha calça e a abaixo junta à calcinha. Retiro o objeto de dentro de mim o que me fez dar leves gemidos. O treco estava todo sujo e, era estremamente nojento. Pego o mesmo e coloco em cima da cama de Shawn, não sou obrigada a ficar com isso. Visto minha calça de volta e vou para o meu quarto. 

Entro no mesmo e tiro minha roupa, ficando totalmente pelada. Tomo um banho rápido, pois já tinha tomado mais cedo. Coloco uma calcinha e um shortinho deverasmente curto e uma blusinha que cobria os peitos e o começo da barriga. A blusa era quase transparente. 

Quando ia me deitar, Shawn entra no quarto, mas a música lá em baixo continuava rolando.

Shawn: Quase que te fodi lá mesmo. Ver você gemendo é tão bom, ainda mais daquele jeito que estava lá embaixo. - Disse se aproximando da cama.

Eu: Não gostei do que fez Shawn... muitas pessoas viram o que aconteceu. Foi constrangedor. - Disse emburrada. Não vou mentir... foi prazeroso e tudo, mas de certa forma foi vergonhoso.

Shawn: Eu vi a mancha que você no sofá e olha o que você deixou em mim. - Olha aponta pro grande relevo em sua calça, o que me fez ficar com um certo medo... aparentava estar maior, não sei... é estranho. - Sabe o que eu quero de presente, Emma? - Balancei a cabeça negativamente. - Quero que você me chupe. Me chupe até não sobrar mais nada. - O olhei assustada. - Não se assuste... eu te ajudo. - Disse.

Ele se despiu na minha frente e eu logo fiquei quente; ver àquele abdômen, àquelas pernas, as costas, seus pés grandes, mas esbeltos, seus dentes alinhados, seu cabelo, seus braços musculosos, tudo nele era perfeito. 

Ele se deita com o membro duro na cama e eu fiquei sem ração.

Shawn: Pode vir, Emma. Não tenha medo. - Subi na cama e me coloquei ente suas pernas.

Ele pegou minha mão e colocou em seu membro, que estava quante e pulsante, parecia que a qualquer momento ia explodir em cima de mim. 

Shawn: Coloca na boca com cuidado, não morda e não passe os dentes  nele. - Isso estava muito estranho.

Eu com cuidado, como o pedido, coloco na boca e começo a fazer movimentos de vai e vem. Após alguns segundos, pude ouvir leves gemidos abafados e roucos do Shawn, isso era muito excitante. Logo ele faz uma espécie de rabo de cavalo em meus cabelos ruivos, e começa  a comandar o ritmo da coisa. Como o pênis dele não cabia inteiro em minha boca, o resto eu preenchia com a mão e fazia também movimentos de vai e vem, igual eu fazia com a boca.

Shawn: Own Emma, você chupa tão bem. - Ouvir àquilo foi bom, foi saber que meu "trabalho" estava bom. - Chupa mais rápido... Owwn... isso... owwn Emma. - Ouvir ele gemer meu nome tava sendo prazeroso. - Isso, assim, isso, Owwn... Emma eu...owwn. - Ele logo tira o seu membro da minha  boca e um líquido espirra na minha cara, eu tinha ficada toda suja. Mas ouvir tudos os gemidos tinha valido a pena.

Eu logo saio de cima da cama e vou lavar meu rosto. Primeiro eu tiro o recesso, pego o sabonete e esfrego na cara, ligo eu lavo e seco o rosto. Quando volto Shawn já não estava lá, mas aposto que ele gostou do que eu fiz. Me deito e a única coisa que cinseguia pensar era o que eu tinha feito para Shawn.


Notas Finais


Não teve hot, mais só esse trabalho que a Emma fez para o Mendes, tá ótimo skkssksk

E esse Cameron aí, hein? Ksksks

Emma já tá manjando dos bagui ksksskks

E eu também tava pensando em sexo á três... o que acham? sksksksk


O que acharam? Deixa aí jos comentários!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...