História My Daddy Hot ( Fanfic Kim Namjoon) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM), Personagens Originais
Tags Drama, Imagine, Kim Namjoon, Passado, Revelaçao, Romance
Visualizações 568
Palavras 931
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa os erros e boa leitura

Eu espero que gostem desse capítulo

Capítulo 1 - Prólogo



P.O.V’S ( S/N)

Busan, Coréia do Sul, Ásia 11:00 AM

Domingo

Bom meu nome é (S/N) eu tenho 17 anos, e estou no meu 2 ano do ensino médio, minha mãe casou outra vez já faz 3 anos já que moro em Busan e tipo minha vida aqui é bem legal todas as noites saio com as minhas amigas para shopping nos se divertem muito juntas mais essa semana não sai com elas, por causa da minha mãe e bom ela anda um pouco sei lá diferente.

Ontem a noite estava na minha fazendo lição de casa eu escutei ela brigando com meu padrasto eu não entendi o que era que eles estão brigando mais deixe para lá porque sempre eles brigava. As vezes eles saiam cedo e só voltada tarde umas 3 horas da manhã sempre ouvia as risadas deles altas.

Estou no meu quarto fazendo lição de casa, fazendo esse bendito texto de história ouço bater na porta.

- Filha pode vim até sala por favor. – diz minha mãe e sua voz esta estanho parecia que estava chorando

Bom guardo Minha coisa na minha bolsa, saio da cama calço minha pantufas indo na direção da porta, abro não vendo minha mãe, saio fechando a porta atravesso a pequeno corredore no andar de cima e chego nas escadas aonde vejo eles sentados no sofá, eles dois estavam no sofá separados minha mãe em ele no outro é a cara do meu padrasto não era das boas ele me olha e desço as escadas indo até na frente deles

- Bom já estou aqui, o que vocês querem. – falo olhando para os dois que ficaram em silêncio um pouco.

- Bom (S/N) melhor você se sentar. – diz meu padrasto sem olha para mim ele estava de cabeça baixa

Então me sento na poltrona que havia na sala

- Sabe (S/N)todas as noites eu seu pai saímos para jogar no cassino. Nunca perdemos uma mais dessa vez perdermos. – diz a mais velha com olha de tristeza

Fico sem entender o que estava acontecendo

- Não estou entendo. – falo olhando minha mãe já chorando

- Bom eu postei você em jogo. – fala o padrasto seco e sério

- Que ? – fico assustada – Como assim apostada? – falo alterada

- Bom não tinha outra coisa para postar e meu dinheiro tinha acabado eu acabei postando você para um mafioso e bom ele não mafioso mais tem cara ele postou 1000000 eu não tinha o que postar e postei você mais sempre ganharmos no jogo mais dessa vez perdemos e bom Senhor Kim irá vim aqui te buscar hoje. Me desculpa por te fazer isso com você. – diz o padrasto olhando para (S/N)

- Eu não acredito que você fizeram isso me posta em um jogo de merda eu não acredito nisso você dois são um lixo eu odeio você dois. – falo alto entre os choros

- Desculpa filha mais foi a nossa última opção, não podemos voltar atrás. – diz a mãe dela entre os choros- Agora vai para seu quarto arruma suas coisa em duas horas ele o Kim estará aqui para te levar. – fala sua mãe – eu espero que você nos perdoe. – Assim fala sua mãe indo até (S/N) para abraçar ela mais S/N empurra ela

- Afasta de mim. – falo empurrando ela – EU ODEIO VOCÊS DOIS. – Falo alto chorando indo para meu quarto bato a porta e tranco a porta

Os dois ficam mal por te feito isso mais não podia ter voltar atrás.

Como eles podem fazer isso comigo porque que droga eu estou com tanta raiva deles, vou até meu guarda roupa pego minha mala e coloco e todas minha coisas vejo a fotos dos meus pais coloco na bolsa também deixando o guarda roupa vazio, eu não sei quem é esse Kim mais eu acho que vai ser bem melhor assim morar com um estranho do ficar com eles aqui... Fico na minha cama chorando muito.

              [***]

14:3O PM 

Bom estava na janela do meu quarto e vejo o carro para na frente de casa, carro preto vidros escuros e saio um homem não consegui ver o cara dele. Bom fecho a janela pego minha bolsa vou até a porte e abro a porta vendo minha mãe eu olho para e passo do seu lado eu estava tão mal e com raiva desse dois e não queria falar com nenhum deles dois. 

Estou no andar de baixo vejo rapaz deve ser esse tal de Kim olho para ele que me olhava sem parar.

- Bom isso é adeus. - falo saindo indo para fora passo do lado do Kim que segura meu braço olho para ele.

- Calma você só vai sair comigo. - diz Kim com a voz seria

Fico do lado dele é essa voz dele me deu um pouco de medo.

Ele entrega uma envelope para meu padrasto e vejo ele abrir em sua mão estava dinheiro eu olho para os dois com olhar de raiva minha mãe me olha eu abaixo minha cabeça Kim puxa pelo meu braço e saio com ele para fora estava chorando ele pega minha bolsa e coloca no porta mala e abre a porta para mim e entro e logo vejo motorista ele faz o mesmo.

- Não chore que um dia passa. Agora vamos motorista que a viaje para Seul e longa. - diz o Kim no mesmo estante motorista liga o carro seguindo a caminho.

Vou para janela afastando dele que estava muito perto de mim e fico olhando para Janela chorando baixo e com raiva.

Não sei como vai ser a minha vida apartir de agora.


Notas Finais


Obrigada por Ler até próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...