História My Daddy Love---- Imagine HOT ---- BTS ---- Jeon Jungkook--- - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Suga
Visualizações 2.399
Palavras 1.188
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Capítulo 6 - A primeira noite:


Algumas horas depois...:

(S/n):  Jeon? O que eu to fazendo aqui? O que faz aqui? --- ele olhou para min, e tirou a mão de meu cabelo quando o medico entrou.

Médico: Então a garotinha acordou...! ----- Passo a mão em meu rosto, e logo percebo que a minha outra esta com uma agulha, eu estava tomando soro.

Eu me lembro só de algumas coisas da noite passada, de que eu tomei umas "drogas", bebidas... Etc.. E vomitei muito, talvez seja por isso de eu estar tomando soro.

Jeon: ela já vai poder sair doutor? Ela já acordou... ---- O médico assentiu olhando uns papéis.

Medico: claro, claro... Ela parece estar bem melhor... Quer dizer: ela esta bem melhor do que quando chegou aqui noite passada.

(S/n): eu estava tão mal assim? ---- disse logo abrindo minha boca por conta de um bocejo.

Ele deu uma risada e tirou a agulha de meu pulso. Logo comecei a me lembrar de tais coisas que havia acontecido ontem. Me lembrei de Jimin e Yoongi, cadê eles? E eu... Porque Jeon esta aqui?

Olhei para Jeon que permanecia serio, suspirei e o medico saiu com uns papeis dizendo que iria pegar minha ficha, e me da alta. Olhei novamente para Jeon e me sentei na maca.

(S/n): eu não vou voltar para casa... E eu não vou com você!! ---- Cruzei meus braços que estavam meio doloridos e ele me jogou uma sacola cujo eu não havia notado.

Jeon: não... Você não vai pra sua casa.. Vocês vai pra minha de uma vez, para não correr o risco de tentar fugir de novo. ---- abri a sacola ignorando totalmente sua frase e então vi uma muda de roupa minha que havia ali.

(S/n): cade o Jimin? E o Yoongi? ---- o rapaz foi se dirigindo até a porta e bufei.

Jeon: Eles foram embora hoje cedo, estavam exaustos. Agora veste a droga dessa roupa que eu vou ta te esperando aqui fora. ---- ele saiu, abriu a porta e saiu.

Eu apenas rolei os olhos cujo doia um pouco. Acho que pelo fato de eu ter desmaiado, ou me drogado tanto.

Peguei a roupa dentro da sacola, era um vestido florido meio rosado no fundo, um par de tênis, e roupas intimas. Bom... Ele certamente não sabe escolher uma muda de roupa feminina.

Me levantei da maca, tirei a roupa de hospital e então comecei a vestir aquela roupa já que era a única que havia ali. Após acabar de me vestir, e de passar a mão molhada em meu cabelo, eu fui andando até a porta.

Vocês acham que eu iria ser idiota de ir com Jeon?! Não... Eu não quero ir para casa daquele ser cujo eu tenho de chamar de homem. Um ser muito gostoso por sinal... (Aish.. O que eu to pensando???) bufei e abri a porta lentamente. Jeon conversava com uma enfermeira, parecia esta flertando com a mesma. Mais ele não sorria, só continuava serio, sem nenhum semblante de sorriso em seu rosto. Só... Serio. Aquilo me deixava totalmente.... (Não eu não vou completar essa frase.. Não mesmo.. Aquelas drogas me deixaram muito estranha).

Ao perceber que o mesmo estava distraído, abri um sorriso de lado e comecei a  andar para fora daquele local. Eu andava rapidamente com medo de que ele pudesse me ver, logo eu já estava no estacionamento. Meu celular não estava comigo.

Ai meu Deus como vou ligar para o Jimin agora?

Eu bufei e voltei a andar, só que senti uma mão em meu ombro. "Por favor que seja Jimin". Me virei e ali vi Jeon, que me olhava com uma sombrancelha arqueada.

Jeon: onde pensa que esta indo?  --- o maior disse e eu fiquei em silêncio.

Jeon: esta tentando fugir de min? Novamente? ---- ele soltou uma risada irônica e saiu me puxando pelo braço.

Jeon: só que dessa vez, não vai da muito certo... ---- o maior abriu seu carro e me jogou lá dentro. Eu acho que ele esqueceu que eu acabei de sair de um hospital.

Ele entrou do outro lado, travando as portas. Bufei, e Cruzei meus braços olhando para o céu azul claro enquanto ele começava a dirigir rumo a sua casa.

Ainda estava de dia, aquela luz estava me encomodando um pouco. Jeon ficou em silêncio durante todo o trajeto. Enfim ele para o carro em uma rua não muito movimentada, em frente a um enorme portão.

O homem então pegou uma espécie de controle em suas mãos e apertou um botão, abrindo o local. Assim que abriu, voltou a dirigir.

*

*

*

Jeon: vai tomar seu banho pra tirar esse cheiro de hospital... ---- o maior disse entregando minha mala.

Jeon: Seu quarto é o segundo a esquerda, qualquer duvida pergunta Yura. A "empregada". ----- ele colocou ênfase na parte em que fala de sua empregada, assenti lentamente com a cabeça e fui andando com a empregada em direção as escadas que subiam.

Eu já falei que aquela casa parecia a casa branca do presidente? Isso... Aquela casa não era uma casa, e sim uma mansão.

Subimos até meu "quarto" em silêncio. Eu iria entrar mais Yura fala algo chamando minha atenção.

Yura: não precisa ficar com medo dele! ---- olhei para ela e assenti.

(S/n): eu não tenho medo dele. Só raiva por ele fazer esse trato idiota com minha mãe ---- Assim que disse, abri a porta e sai entrando no local.

Yura sorriu fraco e voltou a andar.

              -----Quebra tempo------


Assim que sai do banheiro enrolada na toalha, me assustei com algumas batidas na porta. Pareciam querer arrombar ela.

Jeon: (S/n) abre essa porta logo! ---- Assim que ele falou acho que aliviei, para min era um ladrão

(S/n): eu não vou abrir, estou ocupada. ----- Disse abrindo minha mala.

Jeon: Abre essa porta agora! ---- Suspirei.

(S/n): Eu tenho que me trocar. Estou só de toalha! ---- Ele riu.

Jeon: E por isso que eu quero que abra essa droga --- ele parou de bater ---- ou quer dormir sem uma porta? Eu não te aconselho a fazer isso.

Passei a mão em meu rosto e fui pisando quente até a porta, em seguida a abrindo e olhando o homem que estava sem alguma camisa. Eu não pude parar de olhar para aquele abdômen, ele era tão gostoso. Eu sorri por dentro, mais continuei seria o olhando.

Enfim, Ergui uma de minhas sombrancelhas ao perceber que ele não havia dito nada.

(S/n): Fala logo o que você quer! Porque eu tenho que me trocar..merda. ----- Ele parou de me olhar de cima a baixo e cruzou seus braços adentrando no quarto.

Jeon: Olha como fala comigo..ou então...

(S/n): Ou então o que? ---Franzi o cenho

(S/n): Vai me punir? Ah para, você já disse isso muitas vezes, mais nunca fez. Sera porque mesmo? ---- Ele bufou e se aproximou de min.

Jeon: Eu acho melhor você parar...

(S/n): Então me pune Jeon... Ah eu esqueci! Você não er homem o suficiente pra isso ----  Eu não sei porque falei isso, não sei nem o porque comecei a falar. Só sei que ele ficou nervoso e se aproximou me escorando na parede.

Nossas respirações se cruzavam, eu podia sentir seu perfume. E ele estava irritado, eu pude ouvir o barulho do cinto cujo o mesmo estaria tirando da calça.

Jeon:.... O que você falou mesmo? -----

******

Continua...


Notas Finais


Enfim eu consegui postar...
Eu to muito feliz por que tipo... 71 favoritos mano... Ain meu Dlsss😻!!!
Mttt obbggg!!!!!😻
Obrigada por lerem até aqui ❤❤❤

(Se deer posto outro hoje)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...