História My daddy- My friend. (Vkook -Taekook) - Capítulo 18


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, K.A.R.D
Personagens Baekhyun, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lisa, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Somin, Suga, V
Tags Vkook - Taekook
Visualizações 286
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Festa, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpem se esse capitulo ficar meio (ou muito) ruim.
Eu estava pensando em parar de escrever fanfics pra evitar o tipo de coisa que aconteceu com minha nova fanfic (que eu excluir por não aguentar pessoas me criticando por algo fictício) .

Irei continuar com essa fic enquanto penso em uma nova pra vocês.

Desculpem por ter apagado a fic.

Capítulo 18 - Capitulo 13.


Fanfic / Fanfiction My daddy- My friend. (Vkook -Taekook) - Capítulo 18 - Capitulo 13.

( continuando. . .)


* kim taehyung* 


Eu não estou acreditando que o oppa fez isso.

Eu tô tão feliz que poderia gritar, bem não é como se eu ja não tivesse feito isso.

Apos eu e o kook tomarmos cafe {A/T; vocês lembram que o kook levou uma bandeija de comida pro tae né? } ele disse que iria acordar os hyung e pediu para que eu o espera-se no quarto.

Eu ate esperaria ele se não estivesse incomodado com a cueca que o oppa colocou em min. Não é como se eu nunca tivesse usado uma, eu acho ate confortável, mas o oppa não tem cinturinha como eu, então sua cueca fica parecendo um shortinho em min.

Eu ia me levantar pra trocar de roupa, mas parei meus movimentos quando ouvia a porta abrir.

Jk- tae meu amor- ele falou em um tom de pura animação- eu preparei uma coisa pra gente comemorar por eu finalmente ter te pedido em namoro.

Ele abriu o sorriso de coelho mais lindo que eu ja vi e veio em minha direção, logo segurando minha cintura e me erguendo no ar.

Th- não oppa! Me põe no chão agora!- fiz birra e balancei meus pés no ar para que ele me soltasse, mas infelizmente isso só o fez soltar mais uma risada.

Jk- depois reclama quando eu te chamo de bebé- ele me deu um beijo calmo e sem língua. 

Th- hum, você tinha dito que preparou algo pra nos, o que é? 

Jk- há sim!- ele me colocou no chão- eu preparei um piquenique pra nos- foi inevitável que eu abrisse um sorriso maior que meu rosto, o kook além de ser meu namorado, ainda é meu melhor amigo, então ele sabe que eu amo a natureza.

Th- sério oppa?

Jk- claro que sim taetae, do que adianta vir pra um chalé no campo e não fazer um típico piquenique na floresta?- ele me fez uma pergunta retórica enquanto apertava meu nariz de leve- vamos logo, quanto mais cedo chegarmos, mais demoramos pra ir embora.

Th- espera oppa, nos vamos assim?- questionei me referindo as nossas roupas- quer dizer... Você vai mesmo de calça moleton e camisa branca pra floresta?.

Jk- ashi tae, nos vamos fazer um piquenique na floresta, não uma festa em Miami- dramatizou enquanto retirava os olhos e me fazia bufar- além do mais você ja viu a roupa que esta usando?.

Olhei pro macacão {foto do capitulo passado} que eu estava usando e percebi que alguns botões do mesmo estavam abertos.

Nem preciso dizer que corei por saber que ele estava olhando pra minha barriguinha de bebé. 

Th- ashi oppa!- murmurei enquanto tentava fechar os botões da minha roupa.

Jk- eu te ajudo bebé-  o oppa veio ate min e ficou de joelhos em minha frente, ficando assim com o rosto próximo a minha pele exposta (barriga). O kookie segurou minha roupa e começou a ajeitar a mesma, mas antes do meu macacão estar completamente abotoado ele deu um leve beijo na minha barriguinha, me fazendo arrepiar.

Jk- pronto, agora podemos ir.

Eu é o oppa descemos as escadas e ele me pedido para o esperar na sala enquanto iria pegar as coisas pro piquenique.

Apos ele chegar, nos fomos ate seu carro, e ele colocou as coisas no porta malas pra irmos rumo a floresta ,que não era muito longe da casa do hyung. 


{🐰🐯🐰🐯}


Th- É aqui oppa?- questionei quando ele estacionou o carro em uma parte mais plana da floresta.

Jk- sim tae, agora me ajuda a arrumar as coisas- falou enquanto saia do carro e abria o porta malas pra tirar nossas coisas, eu repiti seu ato e o ajudei a colocar o pano { foto de baixo} típico branco e vermelho no chão, pra logo em seguida o encher de comida. 

Th- uffa finalmente acabamos- comemorei enquanto me sentava no pano pra descansar.

Jk- não, nos não terminamos- o oppa falou enquanto tirava uma barraca do porta malas.

Th- o que é isso kook?

Jk- bem isso é uma barraca, e nos vamos dormir nela hoje.

Th- o que? Não jungkook os hyungs vão ficar preocupados se não voltarmos pra casa.

Jk- não se preocupe eles ja sabem, na verdade as únicas pessoas que não sabiam que iríamos dormir aqui era você e o jimin.

Th- o jimin?

Jk- claro, ele ja queria me matar por eu ter te pedido em namoro, imagine se eu dissesse que iramos dormir sozinhos numa floresta? Você quer realmente que eu fique desmembrado né?

Th- ashi oppa vamos montar isso logo- fui ate o mais velho e o ajudei a montar a barraca (foto de cima) que era surpreendentemente grande.

Nos pegamos uns cobertores e uns travesseiros e colocamos dentro da barraca. E pra impedimos de que a comida ficasse exposta ao sol, nós colocamos uma lona amarrada a alguns tripés pra fazer sombra pros alimentos.

Apos o "acampamento" estar completamente armado, eu e o oppa entramos na barraca.

Th- obrigada kook- falei enquanto me deitava em cima do corpo do mais velho.

Jk- pelo que tae?

Th- por ser o melhor namorado do mundo.

Ouvi sua risada baixinha, e logo em seguida senti suas mãos apertarem levemente minha cintura me fazendo suspirar.

Jk-  de nada meu amor- ele me puxou mais pra cima pra poder beijar meu pescoço- saiba que eu sou capas de tudo pra ver seu sorriso meu bebé. 

Th- eu sei kookie, e eu te amo muito, muito, muitão. - levantei meu rosto e dei um beijo no seu nariz, logo voltando a enterrar meu rosto em seu pescoço e me entorpecer com seu cheiro.

Jk- ainda tá doendo?- eu não entendi sua pergunta de inicio, mas quando senti suas mãos descerem de minha cintura pra minha bunda, eu entendi que ele se referia a minha entrada.

Th- sim- respondi em um tom manhoso.

Jk- que pena!- o olhei confuso por sua fala.

Th- porque oppa?

Jk- porque esse seria o momento perfeito pra min fazer o que você mais gosta.

Ashi eu não acredito nisso.

Th- oppa!! Você não pode fazer esse tipo de chantagem.

Jk- porque não bebé? 

Th- porque eu sou frágil. 

Jk- eu sei amor- ele sorriu enquanto se sentava na barraca e me acomodava em seu colo- vamos comer?





{ 💖 continua. . . ?💖 }




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...