1. Spirit Fanfics >
  2. My Daddy Taehyung (Vampire or Lobisomen hot) >
  3. O Novato

História My Daddy Taehyung (Vampire or Lobisomen hot) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura! ⚝

Capítulo 2 - O Novato


Fanfic / Fanfiction My Daddy Taehyung (Vampire or Lobisomen hot) - Capítulo 2 - O Novato


"Agente percebe tanta coisa ficando em silêncio"

[...]



Abro meus olhos e fecho-os novamente, escuto barulhos vindo do andar de baixo da minha casa, como se fosse de Janelas abrindo, abro meus olhos e me levanto da cama, olho para o meu lado tendo a visão do relógio mostrando ser 02hs59 AM, arregalei meus olhos confusa por ter escutado esses barulhos a essa hora da madrugada, levanto da cama me apoiando no criado mudo a direita pra me equilibrar, porem minhas pernas estavam doendo, ando ate a porta do meu quarto pra abri-la, mas antes que eu pusesse a mão na massaneta, eu senti um calafrio enorme pelo meu corpo fazendo eu fechar meus olhos por instinto, fico na mesma posição até que vão algo sendo jogado na porta dupla de vidro da sacada do meu quarto, saio do meu transe e vou ate a mesma 

Abro as portas de vidro olhando para o chão procurando oque havia sido jogando, ate que algo me chama a atenção, era um tipo de dente negro enorme de 10cm, arregalo meus olhos ao oque eu tinha acabado de ver, ainda incrédula eu me abaixo e pego o mesmo em minha mão, depois a viro para ver o objeto em minha mao novamente, mas quando abro a mão eu só vejo sangue 

Viro a palma da minha mao para baixo pra deixar o sangue jorrar, vendo que ele tinha se derramado no chão eu me abaixo por ver algo se mexer, olho diretamente para o sangue no chão e vejo algo saindo de lá, me Afasto por ver algo enorme se formando e depois tento abrir a porta, mais era em vão, começo a gritar ao ver a criatura se formando um tipo de lobo com olhos vermelhos e dentes com sangue, ele olha para mim com raiva nos olhos fazendo meus corpo estremecer, fico encolhida no canto do local chorando esperando a hora da minha morte chegar levando meu rosto ate meus joelhos, escuto o lobo rosnar e olho para ele ainda assustada, vejo o mesmo se aproximar e depois olhar para o meu pescoço arregalando os olhos e parecendo surpreso, sigo o olhar dele e vejo que o mesmo estava olhando o meu colar, estranho o olhar dele e apenas toco no mesmo lembrando do meu pai, das coisas que ele me falava antes de sumir... 

Flashback on 

...5 anos...  

Eu estava no campo brincando com meu cavalo novo que meu pai tinha comprado pra mim, estava muito feliz, eu sorria ao ver ele se deitando no chão e brincando na grama, vou correndo ate ele e fazendo carinho no mesmo, ate que sinto algo me picar, grito olho para trás e vejo uma abelha, sinto lagrimas saindo dos meus olhos e no canto dos meus olhos eu vejo meus pais vindo correndo em minha direção,boto minha mao no local que estava ardendo, olho para os dois ainda de cara borrada 

-Oque aconteceu s/n..?-diz meu pai me pegando em seu colo e sentindo minha mãe tirando minha mão do lugar que estava ardendo e depois vendo oque tinha naquele lugar 

-Uma abelha picou ela-diz minha mãe olhando para meu pai 

-nao quero mais brincar!, ta doendo!-digo ainda chorando vendo meus pais me olharem preocupados 

-Filha.. quando algo ruim acontece você tem três escolhas: deixar isso definir você, deixar isso destruir você, ou fazer isso te deixar mais forte, você entendeu pequena?-diz meu pai ainda comigo em seu colo

-s-sim.. -falo gaguejando um pouco pelo choro

-E oque você escolhe?-pergunta minha mãe fazendo carinho na minha bochecha 

-Fazer isso me deixar mais forte-digo limpando minhas lagrimas e depois mantendo postura fazendo meus país sorrirem

-Essa foi sua melhor escolha-diz meu pai me abraçando fazendo minha mae sorrir

Flashback off 

Lembrando do meu passado eu apenas choro pensando


~desculpa pai, eu não consegui ser forte, me desculpa 


Olho para frente novamente e vejo o lobo correr em minha direção, fecho meus olhos achando ser o meu fim

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~      

Abro meus olhos e pulo da minha cama ainda eufórica pelo oque tinha acabado de acontecer, tento regular minha respiração ainda tremula pelo sonho, fecho meus olhos suspirando e depois puxando o ar pra dentro novamente, depois de ter me acalmado, eu me levanto da cama e vou ate meu banheiro, abro a porta e entro no local acendendo a luz,depois de iluminar o local eu vou até a pia ficando de frente ao espelho, noto que estava suada e minhas aveias estranhamente vermelhas sobre meu rosto, arregalo meus olhos e os fecho respirando fundo mexendo minha cabeça, abro meus olhos novamente e vejo que meu rosto estava normal

-Eu devo estar vendo coisas-digo lavando meu rosto com a agua gelada da torneira, seco meu rosto com a toalha que tinha ao lado na parede, saio do banheiro apagando a luz do mesmo, sento na minha cama olhando para a janela dupla de vidro,desvio meu olhar para o criado mudo ao meu lado e vejo que já era umas 05hs38 da manha, levanto da minha cama lembrando que hoje minhas férias acabaram, então teria aula, bufo em saber que voltarei pra aquele lugar de novo, levanto da Cama e vou ate meu guarda-roupa procurando meu uniforme, assim que acho eu vou ate o banheiro novamente, me dispo e logo entro no box, tomo meu banho de 30min e depois saio de toalha do box me secando, depois de ter botado o uniforme eu vou ate minha penteadeira para mim fazer uma make make e depois arrimo meu cabelo, assim que fiz eu pego minha mochila e saio do quarto, olho para o relógio no meu pulso e vejo que já era 06hs50, desso a escada rápido, chegando na sala eu vejo minha mae sentada no sofá vendo algum noticiário na televisao, chego perto da mesma por Trás e abraço-a fazendo ela dar um pequeno pulo de susto 

-Meu Deus s/n, que susto-diz virando e olhando pra mim botando sua mão no peito 

-Desculpa mãe kkk-digo dando a volta no sofá e sentando ao seu lado-bom agora vou para o Colégio, Tchau!-digo dando um beijo na sua bochecha 

-Ei perai eu vou te levar-diz minha mae se levantando igual a mim 

-não mae deixa que eu vou com a moto eu juro que não vou bater-falo fazendo carinha triste 

-ta mais cuidado com minha moto em, e toma cuidado pra não se machucar é muito perigoso-diz com a mão na cintura 

-claro mãe-digo abraçando a mesma e depois saindo correndo de casa, vou ate a moto da minha mae Estacionada em frente e casa subo na mesma botando minha mochila nas costas, ligo a mesma e viro em direção a estrada da cidade, mais antes que eu pudesse dar partida eu ouço minha mae gritando, olho para trás e vejo ela vindo correndo com o capacete em suas maos

-Aqui filha você não pode ir sem capacete!-diz vindo ate mim e botando o mesmo e minha cabeca se encaixando perfeitamente 

-Obrigado Mãe, Te amo!-digo dando partida na moto, de primeira eu deixo a velocidade por 50KM, por causa da estrada de chão, por mais que não tenha buracos, mas é que o Pneu da moto podia escorregar, fiquei uns 5min na estrada de chão ate que chego a cidade, sinto o vendo pegando em minha pele, é oque mais gosto, suspiro e depois continuo o caminho da escola, noto alguem buzinando ao meu lado, olho para o lado e vejo o Jungkook, meu melhor amigo em sua moto, sorrio e ele sorri acenando pra mim, eu olho para frente novamente e vejo que não tinha carro na estrada, sorrio ao saber disso e então acelero tentando apostar algo com o Jungkook, ele entendendo oque eu queria vem ate mim acelerando sua moto também e escuto ele gritando 

-Toma cuidado Princesa, você pode se machucar indo rápido desse jeito-ele diz gritando em um tom meio preocupado ainda do meu lado 

-Cuidado? Me machucar?? Desconheço essas palavras-grito sorrindo e acelerando ficando a 70KM/H, vejo ele em alcançar e então diz 

-Se você insiste-ele diz indo na minha frente , alcanço ele e passo na sua frente rindo e dando rasteira perfeita com quatro voltas ao chegar em frente o colégio fazendo todos olharem pra mim, desso da minha moto vendo os alunos do colégio aplaudindo, tiro meu capacete sentindo o vento passar pelo meu rosto e faço reverencia sorrindo, olho para o lado e vejo o Jungkook vindo em minha direção com bracos cruzados e com um pequeno sorriso de canto

-Uau, deve ser sorte de principiante-diz negando com a cabeça 

-Ah dever ser mesmo kkk, é bom te ver de novo, durante esses 30 dias de férias eu senti saudades-digo dando um abraço no mesmo e ele retribui

-Tambem senti, só que não tive tempo de ir na sua casa, eu fui viajar com meus pais pra minha cidade natal-diz retribuindo o abraço 

-tudo bem, vamos entrar??-pergunto desfazendo o abraço e apontando pra entrada do colegio

-Vamos, antes que eu perca a coragem-diz fazendo eu rir

_________         

Jungkook é meu amigo desde meus 13 anos, sempre foi um ótimo conselheiro e um ótimo amigo, nos conhecemos no primeiro dia de aula do 7° ano, desde lá eu gostava dele, mas quando eu percebi que ele não sentia nada por mim eu tentei esquecer oque eu senti por ele, e assim foi feito, quatro anos de amizade e tenho certeza que nada ira nos separar, somos amigos para eternidade 

________        

Entramos na escola e fomos direto pra sala de aula, como estávamos no mesmo ano (1° ano do ensino médio), nos ficamos na mesma sala, eu sentei na primeira cadeira na fileira do meio e o Jungkook ao meu lado, vejo os alunos entrarem e depois o Professor, olho para a portando vejo entrar um menino diferente, pra ser mais específico.. Ele era novato, e lindo, tinha seus cabelos incrivelmente cinza, lábios rosados e uma ótima postura, ele entra na sala se sentando atrás de mim eu fico um pouco desconfortável mas eu apenas ignoro pegando minha mochila e botando meu caderno, meu estojo e um livro na mesa, o professor que estava sentado em sua cadeira se levanta dando a volta na mesa e ficando em frente a mesma dizendo.. 

-Bom dia alunos, meu nome é Kim SeokJin, o novo professor de vocês-e que professor em.. -minha função aqui nessa escola é dar aulas sobre mitos, lendas, e coisas sobrenaturais, se é que podem me entender-diz virando pra sua mesa e pegando algumas folhas em suas mãos depois distribuindo em cada mesa-hoje pra mim saber de seus interesses e capacidades, irei dar uma folha para vocês escreverem oque sabem sobre a matéria ou sobre lendas e etc..-diz dando folhas pra todos-irei pegar a folha daqui a 2hs, por favor começem-diz se sentando em sua mesa novamente, os alunos entenderam o que o professor pediu e assim foi feito, olhei para os lados e vi que todos já estavam escrevendo, Olhei para o Jungkook e vi que ele estava super concentrado, então ei olhei para minha folha com linhas e uma destacada pra criar um titulo, eu resolvo escrever o resumo e depois o título,decidi escrever sobre Quimeras, e assim escrevo tudo que sei 

∆∆∆∆∆

"Oriunda da Anatólia e cujo tipo surgiu na Grécia durante o século VII a.C., sempre exerceu atração sobre o imaginário popular. De acordo com a versão mais difundida da lenda, a quimera era um monstruoso produto da união entre Equidna - metade mulher, metade serpente - e o gigantesco Tifão.

Outras lendas a fazem filha da hidra de Lerna e do leão da Nemeia, que foram mortos por Hércules. Criada pelo rei da Cária, mais tarde assolaria este reino e o de Lícia bafejando fogo incessantemente, até que o herói Belerofonte, montado no cavalo alado Pégaso, conseguiu matá-la.

Com o passar do tempo, chamou-se genericamente quimera a todo monstro fantástico empregado na decoração arquitetônica.

Em Alquimia, é um ser artificial (assim como o homúnculo), criado a partir da fusão de um ser humano e animal

Figurativamente ou em linguagem popular mais ampla, o termo quimera alude a qualquer composição fantástica, absurda ou monstruosa, constituída de elementos disparatados ou incongruentes, significando também utopia. A palavra quimera, por derivação de sentido, significa também o produto da imaginação, um sonho ou fantasia (por exemplo: A Quimera de Ouro)

Aparência 

Sua aparência é descrita de forma diversa nas várias narrativas mitológicas ou nas artes plásticas. Por exemplo:

Cabeça e corpo de leão, com duas cabeças anexas, uma de cabra e outra de dragão, ou só uma cabeça de cabra.

Lança fogo pelas narinas e tem uma cauda de serpente e outra de leão.

Teria duas asas, semelhantes às de um dragão, ligadas ao seu corpo de leão. Apesar de aparentemente não voar, algumas lendas ou mitologias mencionam o fato de poder voar"

∆∆∆∆∆

Depois de ter escrevido eu boto o titulo escrevendo :

"Quimera e suas características "

Após isso eu olho para o professor e noto que o mesmo estava me olhando, ele rapidamente desvia seu olhar pra seu livro novamente, acho estranho mas apenas ignoro, olho para meu relógio e vejo que ainda faltava 01h08min, arregalo meus olhos e decido escrever mais coisas, ate que eu noto que já tinha usado o espaço da folha inteiro, então eu olho para o professor me levantando e indo ate o mesmo, fico em frente a sua mesa e ele olha pra mim tendo minha atenção 

-pode me dar mais uma folha por favor?, eu.. Queria escrever mais, só que não cabe na outra folha-pergunto fazendo ele franzi o cenho 

-uau, é a primeira aluna que me pede folha por bom sentido-diz sorrindo e me dando outra folha

-muito obrigada-digo sorrindo fazendo o mesmo acenti com a cabeca sorrindo, eu me viro pra voltar ao meu assento e vejo todos olhando para mim, olho para o novato que esta sentado atrás de Minnesota vejo que também estava me olhando, mas eu ignoro me sentando em minha cadeira novamente, pego minha caneta e depois ajeito a folha em minha mesa para poder escrever novamente, eu penso um pouco no meu conteúdo ate que eu tenho uma boa ideia, vou escrever sobre Lobisomen

"De acordo a Lenda, o Lobisomem é um ser que seria resultado de uma oração poderosa feita numa noite de sexta-feira, de preferência de Lua Cheia, num estábulo ou cocheira de burro ou cavalo, no qual a pessoa rola no local como se fosse o animal, dizendo a reza e é feita como pacto com entidades malignas, em algumas regiões, a transformação em Lobisomem acontece numa noite de sexta-feira, sempre meia noite numa encruzilhada, onde repetindo os atos de um cavalo rolando no chão, a pessoa se transformando"

Depois de ter escrevido eu ponho o título como:

"Característica de um Lobisomem"


10hs25 AM


Depois de ter escrito tudo eu me levanto da cadeira e vou até a mesa do professor,ficando de frente para o mesmo


-Ja acabei-digo entregando as folhas para o mesmo fazendo-o sorrir

-Nossa, tava inspirada-diz sorrindo fazendo eu rir junto-bom, irei ler isso em casa e na próxima aula, ou seja amanha, irei lhe falar oque achei okay?-pergunta botando minhas folhas em sua pasta

-okay obrigada-falei sorrindo e fazendo reverencia, o mesmo assentiu sorrindo e depois me sentei na cadeira, mas 3min depois o sinal do intervalo toca, vejo todos os alunos dando a folha para o professor e depois saírem correndo, eu me levanto e guardo meu material e vejo o Jungkook fazendo o mesmo

-nossa como conseguiu escrever aquilo tao rápido e ter feito outro ainda??-pergunta o Jungkook enquanto guardava seu material 

-Sla, só escrevi metade doque sabia.. -disse botando a mochila nas minhas costas

-metade??-fala o Jungkook com os olhos arregalados fazendo eu rir 

-kkk você não sabe nada porque não estuda-digo dando um soco em seu ombro 

-Aiiii doeu-diz fingindo cara de bravo

-ooown meu deus tadinho do coelhinho-digo apertando suas bochechas

-Ya! Coelhinho não!-diz cruzando os bracos-sua anãsinha-diz sorrindo fazendo eu olhar para ele seria

-agora tu morre-digo e ele sai correndo da sala e eu corro atrás do mesmo, ele corre pelos  corredores e desviando das pessoas e eu faço o mesmo, vejo ele ir  em direção a Quadra de basquete, tento não perde-lo de vista e ele entra no local, mas quando eu entro eu não o vejo, caminho ate o centro da quadra e olho ao redor tentando achar algum sinal do menino-vou matar esse moleque-sussurro pra mim mesma, ate que eu escuto um pequeno barulho atrás de mim, me viro na Horne vejo uma bola vim em direção ao meu rosto, mas antes de bater em mim eu pego a bola na minha mão em um reflexo Inumano

-Sacanagem! Caraca ia ser tão engraçado!-diz Jungkook de longe 

-Ah ia né,  agora tu vai ver oque uma a nadinha pode fazer-ajeitei a bola na minha mão e joguei com força na direção de Jungkook pegando em sua barriga, ele arregala os olhos e cai no chão com dor, eu me assusto em pensar que machuquei meu melhor alofone corro ate ele 

-Jungkook!-corro ate o mesmo e me ajoelho diante dele vendo o mesmo gemendo de dor-Ei me desculpa por favor!-falo preocupada passando a mao no local pra passar a dor,  ate que olho para o rosto dele e vejo o mesmo com um sorriso malicioso, percebo que minha mao estava em seu abdômen e rapidamente tiro vendo suas intenções-Aigoo! seu idiota que susto!-levanto brava escutando ele rir-tambem não vou tentar ajudar mais-falo saindo de lá batendo o pé no chão 

-Esperaaaa foi só uma brincadeira-diz me seguindo e ainda rindo pelo oque aconteceu

-me deixa!-vou indo em direção a sala pra esperar o sinal bater avisando a próxima aula 

-Ta indo pra onde??,  sabe que não vai ter aula ne?-fala me seguindo

-porque?-pergunto parando de andar e me virando pra ele

-A professora de Arquitetura faltou-diz dando de ombros 

-Hum,  então vou pra casa tchau!-grito passando por ele e indo ate a saída 

-espera!-ele me alcança e diz-ainda ta brava comigo?-fala olhando para mim

-não,  quer ir na minha casa hoje? Minha mae vai adorar te ver-pergunto fazendo ele sorri

-claro, estou com saudades dela-diz sorrindo fazendo eu sorri também 

-Ah e fique ate o Jantar, uma amiga dela vai lá em casa homens vai levar junto o filho, minha mãe disse que ele é da minha idade, mas eu não ficarei muito..  Confortável sabe?-pergunto chegando perto da minha moto e ele indo ate a dele que estava estacionada ao lado

-Sim eu fico, mas terei que avisar meus pais antes, ta?-pergunta sobindo em sua moto e eu faço o mesmo com a minha 

-okay-digo botando o capacete vendo ele fazer igual 

-vamos??-diz fazendo barulho com o motor da moto

-só se for agora-digo sorrindo e dando partida ate minha casa, ele me segue todo o caminho, ate que 10min depois nos chegamos ao local, estaciono a moto da minha mae em enfrente a casa e o Jungkook estaciona a dele ao lado 

-Uow sua casa continua linda-diz descendo da moto 

-obrigado-digo abrindo a portante entrando com o Jungkook 

-Maeee cheguei!-grito, e logo depois ouço passos de alguem na escada e vejo minha mãe 

-Ué, já chegou?-diz vindo me dar um abraço 

-sim, a professora faltou, e como pode ver.., eu trouxe o Jungkook-digo sorrindo apontando para o mesmo

-Ah sim eu vi, seja bem vindo novamente meu filho-diz minha mae fazendo referência ao mesmo

-obrigado Senhora Keryssa-diz fazendo reverencia também 

-alem de lindo é educado-diz olhando para mim fazendo eu fechar a cara e o Jungkook rir

-lindo!? Euém... -digo indo até a escada

-eu sei que ela me ama-diz ele rindo junto com a minha mãe 

-seu sonho!-depois de falar isso eu vou ate meu quarto e deixo minha mochila em cima da cama, vou ate o guarda roupa e pego um vestido/blusão  meio curto azul com listras branca e vermelha na ponta ponta e um tênis branco, entro no banheiro, fecho e tranco a porta me despindo logo depois, entro no box e tomo um banho lavando meu cabelo junto, saio do mesmo depois de alguns minutos e depois me seco, visto a roupa e depois o tênis, pego minha toalha e boto no meu ombro pois meu cabelo estava molhado e estava me incomodando, saio do banheiro e deço as escadas ainda secando meu cabelo, chegando na sala eu tenho uma visão engraçada do Jungkook mostrando um video pra minha mae na TV e os dois rindo 

~Aah como a risada dele é linda.., PERAI OQUE? s/n tira isso da sua cabeça!

Continuo andando ate os dois e depois me sento no sofá com a toalha em minhas mãos e botando meu cabelo pro lado pra mim secar mesmo

-Filha, a Kim Su-ran já esta vindo-diz minha mae olhando para mim 

-mas ela não ia vim só no jantar?-pergunto confusa

-sim mas vão chegar mais cedo-diz minha mãe dando de ombros

-e o filho dela ainda vai vim??-pergunto olhando para minha mae e depois para o Jungkook que estava ocupado mexendo em seu celular

-sim, fiquei sabendo que ele é lindo-diz fazendo o Jungkook olhar para ela e eu também 

-lindo é eu pow-diz com cara de bravo fazendo eu e minha mãe cair na risada-não vi a graça-diz cruzando os bracos 

-ciumento-digo vendo ele girar os olhos 

Paramos de rir ao escutar a campainha tocar

-eu atendo-diz minha mae se levantando 

-não, deixa que eu vou!-falo correndo ate a porta, abro a mesma tendo visão de uma bela mulher, ela sorri pra mim e diz

-Ola bela jovem, você deve ser a s/n, certo?-pergunta sorrindo

-Ah sim, pode entrar-dou passagem pra ela entrar e logo depois arregalo meus olhos ao ver o filho dela, era o mesmo menino da escola, o novato, ele usava uma calca de couro preta, uma blusa cinza e uma jaqueta de couro igual a calça

-Viu um fantasma?-perguntou o mais velho olhando para mim 

-N-não.. -falo dando espaço pra ele entrar

-Uau, sua casa é linda-diz sorrindo e me seguindo ate a sala onde estavam todos 

-obrigada-digo me sentando em um sofá que não tinha ninguém, porem o outro estava ocupado por minha mae, Jungkook, e Su-ran, vendo que o Taehyung ia se sentar o Jungkook sai do seu lugar e se senta ao meu lado rapidamente fazendo eu olhar para ele confusa 

-É...  Tem lugar ali-diz Jungkook apontando para o sofá a nossa frente,  ele não diz nada e apenas se senta no sofá em que o Jungkook falou 

-Filha, essa é a Su-ran minha amiga de infância-diz se referindo a mulher ao seu lado 

-Muito prazer-diz a mais velha sorrindo 

-o prazer é todo meu-retribuo o sorriso

-e como já deve ter visto, aquele é o filho dela, o Taehyung-diz minha mae se referindo ao menino no sofá da minha frente fazendo o mesmo sorri quadrado pra mim

-Prazer s/n-diz o mesmo sorrindo de canto

-Prazer Taehyung.. -digo olhando para ele


(....)


Continua..??


Notas Finais


~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Seu Uniforme

https://pin.it/3kkvyget7tj5yv

Seu colar

https://pin.it/63iw67auvhmcl7

Make da S/n

https://pin.it/nkrto7uyrpexe2

Seu Look quando chega em casa

https://pin.it/nqdioyg4z3cr7i

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~





Desculpe qualquer erro, não revisei

Espero que tenham gostado desse cap, beijos da Chimmym! 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...