1. Spirit Fanfics >
  2. My daddy. (Taekook-Vkook) >
  3. Me pague um drink.

História My daddy. (Taekook-Vkook) - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Me pague um drink.


Fanfic / Fanfiction My daddy. (Taekook-Vkook) - Capítulo 1 - Me pague um drink.

Kim Taehyung é o CEO renomado de uma empresa multinacional sul coreana, e como todo homem de negócios o mesmo é sério, reservado e introvertido. Pois na altura dos seus 32 anos de idade ele ainda tem o hábito de beber sozinho, e naquela noite não era diferente, logo que o próprio estava sentado no balcão de um bar, com um copo de tequila em mãos. Tudo isso enquanto olhava pro seu relógio de pulso.

A propósito o homem, era extremamente bonito sendo alto, do cabelo preto, com a pele levemente bronzeada e os olhos azuis. Essa aparência exótica dele acompanhada da sua vestimenta social podia desapertar o interesse de qualquer um, até mesmo de um garoto mais jovem. 

Afinal, há poucos metros de distância havia uma segunda pessoa no balcão do bar, o próprio era loiro, com alguns piercings, e usava uma roupa extravagante com muito couro e estampa, porém o mais intrigante nele, era a forma que o mesmo encarava o Taehyung, obviamente interessado no empresário.

"Ele parece estar sozinho... talvez eu tenha uma chance de me divertir!" Pensou o neném de 21 anos, agora caminhando na direção do outro. Então após se aproximar dele, jeon Jungkook puxou uma banqueta pro lado, dizendo.

- Será que eu posso me sentar aqui?! - Dava pra ver a milhares de distância que o loirinho tava flertando na maior cara de pau. Em contrapartida o CEO apenas franziu a testa como quem diz. "Um punk?!".

Pois a aparência alternativa do garoto quebrava todos os seus padrões. Então sem dizer uma única palavra o homem ignorou o comentário do JK, porém o nosso bad boy era uma pessoa insistênti, a ponto do mesmo sentar ao lado do Taehyung sem a permissão dele.

- Eu dei sorte de te encontrar hoje... então porque não me paga um drink? - Insistiu, enquanto apoiava a mão na coxa torneada do empresário por cima da calça social preta, com aquele sorriso cheio das más intenções. Mas infelizmente pra tristeza do jovem, o moreno afastou a perna, agora encarando ele com uma expressão bem fria no rosto.

- O que diabos eu vou ganhar, pagando algo pra você? por acaso eu tenho cara de banco?! - Disse ele, de um jeito hostil.

"Há isso vai ser mais difícil do que eu pensava...." Nisso o loiro cerrou as pálpebras, e com os dedos ele simplismente fez um gesto, como quem diz. "Se você me pagar o drink, eu te pago um boquete!". A atitude do jeon foi tão ousada que o barman na frente deles quase  caiu de costas, o Taehyung por sua vez mais parecia um cubo de gelo do que uma pessoa humana. "Então é assim que as coisas funcionam hoje em dia?" pensou agora ignorando o rapaz novamente. Então com a paciência no limite o Jungkook levantou irritado da banqueta, dizendo.

- Há porra, eu desisto! o seu pau murcho nem deve subir mais velhote! - Sua voz soou ríspida, e na mesma hora o homem bateu o copo de tequila no balcão de madeira, agora puxando o loirinho pelo braço, com força.

- Tudo bem, peça o que quiser! porquê eu pretendo te cobrar com juros seu punk! - A forma que o mesmo encarou o rapaz com aquele par de olhos claros, foi de arrepiar até a alma, em coontrapartida o Jungkook apenas sorriu mordendo parte dos lábios. Afinal ele amava se divertir principalmente com alguém mais velho.

- Certo!...

Por fim sem um pingo de vergonha na cara, o Jeon começou a gastar o bolso do Boy como se não ouvesse amanhã, pois o mesmo foi logo na bebida mais cara do menu, e como um saco sem fundo ele tomou 6 taças do líquido quente. 

- Háaaa, isso é tão gostoso haha! - Disse ele, com a bochecha vermelha por causa do álcool. - Assim eu me sinto vivo hnm...

Enquanto isso, o Taehyung apenas observava o jeito libertino dele, logo que o próprio ficou alegrinho depois de algumas doses. Então após notar o ânimo mais alterado do jovem, o homem fez um gesto pro barman parar de servi-lo, dizendo.

- Eu não acho que você tenha condições de continuar bebendo assim! - De fato o garoto não tinha. 

"Qual o problema você está preocupado que eu te leve a falência haha?!" Nisso o bad boy sorriu de um jeito debochado, e com a mão direita ele subiu pelo tórax do CEO, até chegar na gravata dele já puxando o pedaço de tecido com força, essa ação pegou o Taehyung de surpresa, e as palavras do garoto também, logo que o mesmo se aproximou da sua orelha com jeitinho.

- Tudo bem... agora que tal eu te pagar com juros? - Murmurou, com uma voz extremamente sexy, se referindo a proposta que tinha feito há alguns minutos atrás....





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...