História My Daddy Teacher - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 40
Palavras 1.857
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Fluffy, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi oi gente linda,o capítulo de hoje contém hot e eu espero que vocês gostem dele,porque eu achei ele uma porcaria :(

Boa leitura e desculpa qualquer erro 💜

Capítulo 15 - Comemorando


- Foi tão legal! - exclamei quando adentrei o apartamento dele.

Fechei a porta atrás de mim e entrei na sala,ele já estava sentado no sofá,com as pernas esparramadas e com a cabeça deitada no encosto do estofado.Me direcionei até ele e me sentei no seu colo , de frente para o mesmo.

- Foi muito legal mesmo. - ele me respondeu enquanto escorregava as suas mãos para a minha cintura. - Eu estou muito feliz, agora nós somos namorados oficiais,e isto é incrível!

- É mesmo,agora eu tenho um namorado lindo e gostoso. - disse enquanto passava as minhas mãos no peito dele.

Ele deu uma risadinha e acariciou minha cintura com as mãos.Ficamos nos encarando um tempo,sorrindo um pro outro e prestando atenção em cada detalhe dos nossos rostos.

Ele, de repente,se sobressalto e se levantou comigo no colo.

- O que está fazendo? - perguntei olhando pra ele com um sorriso.

- Eu esqueci de uma coisa muito importante. - ele disse enquanto caminhava.

- E o que é? - Perguntei.

Ele adentrou o quarto dele e me sentou em sua cama enquanto ia até o seu guarda-roupa,nestes pequeno tempo eu não deixei de prestar atenção em suas coxas e até mesmo na bunda dele,nossa,quanto tempo que eu não olho pra essa bunda linda?

Ele pegou uma pequena caixinha de cor preta e se direcionou até mim.

- Isso. - ele me entregou a caixinha.

Abri ela de vagar,larguei a tampa no meu colo e olhei para dentro da caixa , dentro dela tem dois lindos anéis de compromisso.

- Aí meu Deus,são lindos!!! - disse olhando mais de perto os dois anéis que juntos completam um pequeno coração.

- Você gostou mesmo? eu fiquei bem em dúvida com isso. - ele disse calmo e com uma careta de dúvida que ficou extremamente fofa.

- Eu amei,eles são perfeitos! - me virei para ele e beijei a sua bochecha.

- Vamos colocar então.

Ele pegou um dos anéis e colocou em meu dedo,depois eu coloquei o outro no dedo dele.Colocamos nossos dedos lado a lado,deixando o coração completo.

- Ficou lindo. - ele falou e depois beijou o topo da minha cabeça. - Lindinho,que hora você tem que estar em casa hoje?

- Não tenho horário. - disse simples olhando ainda para o anel,aliás ele ficou lindo no meu dedo.

- É mesmo? - ele falou com um sorrisinho de quem vai aprontar uma. - E o que você acha da gente comemorar o nosso namoro? em?

- De que forma? - perguntei entrando na brincadeira dele.

- Sei lá,talvez na cama... só talvez.. - ele disse me olhando de lado.

- Hmm,eu acho que não tem problema..

Me virei para ele e vi que o mesmo esta com uma cara meio esquisita,parece receoso.

- Que foi? - perguntei para o maior que me fitava ainda com a careta receosa.

- É só que, você é a pessoa perfeita pra mim e eu sei disso agora... e eu quero que desta vez seja perfeito para nós dois.

- Jungkook,vai ser perfeito, não tenha dúvidas disso meu bem. - eu o respondi colocando a mão no queixo dele , fazendo o mesmo me olhar.

Ele não me respondeu,ele me beijou,um beijo calmo e com muito amor envolvido.No começo os únicos envolvidos eram nossos lábios,mas não demorou para ele pedir passagem com a língua e elas logo se envolverem com o ósculo.A troca de salivas esta impecável,o gosto do beijo esta doce e nós ficaríamos ali para sempre se pudéssemos.Enquanto o beijo rolava ele me deitou sobre a cama com cuidado,o mesmo ficou entre as minhas pernas alisando minhas coxas.O ósculo não foi quebrado em nenhum momento se quer,em nenhum movimento que foi feito por nós.Ele parou o beijo para nós dois respirarmos e partiu a beijar meu pescoço,sem conter uma gota de saliva que saia de sua boca,deixando tudo molhado.Ele beijou minha clavícula,dando alguns chupões e até mesmo mordidas no local,me fazendo arfar.Eu não conti as minhas mãos paradas,então eu deixei elas fazerem o que bem desejavam,e lá estavam elas no cabelo dele,puxando e alisando os fios negros,e apertando os lençóis com força por conta da sensação forte no meu ventre.Ele parou de beijar minha clavícula e voltou a beijar minha boca,eu retribui o beijo no ritmo que estava,um ritmo frenético e gostoso.

O maior,enquanto me beijava,começou a retirar minha roupa com rapidez por conta da necessidade de ter o corpo um do outro rápido.Ele tirou meu macacão,me deixando semi-nu na parte de baixo e só com meu moletom de listras pretas e brancas no tronco.Ele parou o beijo e começou a encarar as partes nus do meu corpo,vulgo minhas coxas,ele não resistiu e as apalpou com certa força,me fazendo soltar um grunhido.

- Nossa, você é tão gostoso. - ele disse mordendo o lábio inferior e encarando meu corpo,mesmo estando com o tronco tapado.

Ele se aproximou de mim e me deu mais um beijo,mas este foi rápido, porque logo depois ele ficou de pé e retirou a calça dele,depois a camiseta e por fim voltou para a cama comigo.Ele se deitou e depois me colocou sentado na sua cintura, tecnicamente em cima de seu membro ereto e pulsante,implorando para ser libertado da sua cueca box apertada.

Olhei pro seu abdômen totalmente definido,não resisti em passar as mãos e até mesmo arranhar o local.Passei minhas unhas com certa força no peito dele,deixando marcas vermelhas e fazendo o maior morder os lábios por certo prazer com isto,me fazendo descobrir que ele não se importa em ter certas marcas no corpo.Me aproximei do seu pescoço e lambi a pequena pintinha que ele tem ali,depois mordi a pele sensível do maior e dei alguns chupões que provavelmente não irão sair tão cedo da pele dele.Desci os chupões para o seu abdômen e peito,deixei tudo bem molhado e marcado ali em baixo,enquanto ouvia o maior arfar cada vez que eu ia mais pra baixo, chegando perto da sua área sensível,vulgo o membro.Beijei a cintura dele,vendo que sua respiração estava descompassada por tal ato,olhei para a sua cueca e vi que ela contem uma mancha,denunciando que ele está no auge da necessidade no local.Não resisti e coloquei minha boca na sua cueca,beijando o local,deixando ele mais molhado do que já estava.O maior soltou um grunhido com isso. e pegou no meu cabelo no mesmo momento,ele puxou meus fios loiros com certa força,me fazendo arfar contra o membro dele coberto.Não parei com meus atos,continuei a beijar ali por um tempo ainda,deixando o maior mais necessitado a cada segundo que eu tocava em sua intimidade pulsante.Abaixei a cueca dele de vagar,deixando ele doido e impaciente.Coloquei a cueca dele junto com as outras roupas do chão e olhei pro seu membro,vendo o estado dele.O membro dele se encontra pulsante,com a glande inchada e vermelha saindo pré-gozo a cada pulsação,deixando tudo molhado ali.Eu cheguei de salivar para colocar o membro dele em minha boca,estava tão deliciosa a cena,mas acabou não durando muito, já que o Jungkook não aguentou e se levantou,me deitando na cama e ficando no meio das minhas pernas.Ele voltou a beijar meu corpo,desta vez minhas coxas,ele colocou minhas pernas um pouco mais para cima,tendo um acesso bom nelas.Ele mordeu minha coxa com força,me fazendo dar um pequeno grito arrastado por conta da dor que eu senti no local.

- Meu deus,eu preciso de você... - eu murmurei colocando a minha mão na boca e olhando pro teto, não aguentando mais ficar ali sem sentir ele no meu interior.

Ele soltou minhas pernas e saiu andando até o criado mudo,abriu a gaveta e pegou um tubo de lubrificante e uma camisinha.Uma camisinha de pimenta,assim como o lubrificante.Ele se aproximou de mim novamente e retirou meu moletom,colocou ele no chão junto as outras peças de roupas.Depois o maior retirou minha cueca,ele ficou um tempo encarando meu membro ereto e cheio de pré-gozo.Ele logo voltou ao normal e pegou o tubo de lubrificante na mão.

- Abre as pernas para mim. - ele disse em um tom um pouco mandão,eu obedeci e abri as pernas para ele,dando uma visão boa da minha entrada que pulsava pedido atenção.

Ele abriu o lubrificante e pegou uma quantia generosa dos dedos,depois direcionou os dedos na minha entrada e passou o produto ali,massageando minha entrada que pulsava em cada toque que ela recebia ali com os dedos grandes do mais velho.

- Hmmm aaa - gemi quando ele adentrou sem querer minha entrada com os dois dedos por conta da lubrificação forte que contém ali.

Depois de passar bem o lubrificante ali , ele colocou a camisinha em um ato rápido,depois pegou minhas coxas e levantou minhas pernas , deixando minha entrada exposta para ele poder finalmente me adentrar,e assim ele fez,ele me adentrou de vagar,enquanto mordia os lábios com os olhos fechados,aproveitando a sensação das minhas paredes internas engolindo o membro dele.

E eu aproveitei a sensação de ser adentrado pelo membro - nada pequeno - dele.Apertei o lençol com minhas mãos,fazendo o mesmo quase rasgar por certa força que coloquei.

- Nossa, você é tão apertadinho... - ele disse tocando a cabeça para trás com uma cara de quem está adorando ser esmagado ali em baixo.

Eu gemia arrastado por sentir o membro dele dentro de mim,parado,ele não está se mexendo ainda,ele parece estar aproveitando o momento ou esperando que eu implore para ser fodido por ele,e óbvio que eu implorei.

- Jeonmm - chamei ele com um pequeno bico nos lábios,ele me olhou um segundo depois do meu gemido arrastado. - Me fode,vai,me fode Jeon,por favor,eu preciso sentir você me fodendo Jungkook,por favor!!! - senti meus olhos lacrimejarem por conta da minha necessidade de ter ele.

Ele sorriu satisfeito e começou a estocar minha entrada com força e brutalidade,do jeito que eu gosto e pedi.

Ele mexia a cintura para frente e para trás,cada vez metendo mais fundo e com mais brutalidade.Ele estocou minha próstata com força me fazendo urrar pelo prazer imenso que eu senti.

- aaaAaAAa D-deus...isso é t-tão bommm - gemi quando ele começou a estudar somente minha próstata.

_

Depois de um certo tempo fazendo aquilo a gente acabou chegando no ápice do prazer,ou seja, acabamos gozando,tendo um dos melhores orgasmos da minha vida.

Ele gemeu rouco enquanto ejaculação na camisinha,e eu gemi alto e arrastado enquanto ejaculava no meu abdômen e no abdômen dele.

Depois de o orgasmo passar ficamos nos recuperando de tudo,encarando um ponto fixo , esperando nossa respiração voltar ao normal.Ele se retirou de mim e se sentou na cama,me puxou e me colocou em seu colo,eu deitei a minha cabeça no peito dele.

- Você foi incrível. - ele disse para mim enquanto balançava o corpo para frente e para trás.

- Você também foi incrível. - disse em um tom baixo,mas em um tom que ele consiga ouvir.

Isso foi a última coisa que eu falei antes de dormir nos braços dele.


Notas Finais


Alianças de compromisso:https://pin.it/l6ce3kfmjy3ecq


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...