História My dance partner - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Imagine Jung Hoseok
Visualizações 23
Palavras 1.287
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Esporte, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oie, eu sei que eu deveria postar capítulo da fanfic do Namjoon a alguns dias, mas a falta de criatividade ta chata..

Essa fanfic vai ser Two-shot


Espero que gostem, beijo e boa leitura!

Capítulo 1 - One


Fanfic / Fanfiction My dance partner - Capítulo 1 - One

[Jung Hoseok On]

Lá estava eu, conversando com a mãe da minha colega de dança que eu tanto amava.

Nós dançávamos a mais de cinco anos juntos, e isso nos fez melhores amigos. Sempre que tínhamos que fazer dupla, eu escolhia ela, ela me escolhia ou até mesmo o professor nos escolhia como dupla, as vezes parece que ele me entende.

Tínhamos uma apresentação daqui alguns dias, nós sempre fomos a dupla mais unida e que modéstia parte, mas sempre fizemos a melhor apresentação.


–Ela está dormindo, no quarto dela. Se quiser pode ficar olhando televisão na sala.–sorrio a mais velha.–Juizo vocês dois.–rimos.

–Eu vou levar ela para a minha casa, lá eu tenho um espaço bem grande para conseguirmos dançar.–digo sorrindo.

–Tchau..e de novo, juízo vocês dois..– rio.

–Aish, não vai acontecer nada do que você está pensando.–digo.– Tchau.–digo e abraço a mesma. Logo a mesma abre o portão da rua, sai e acena para mim.

É agora ou nunca–digo entrando na porta da sua casa.


Eu estava nervoso. Primeiro que nós ainda tínhamos que escolher música e fazer a coreografia. E segundo -o mais importante- eu me sentia completo do seu lado e eu estava planejando falar isso para ela.


–Ei..–digo entrando no seu quarto em que ela estava dormindo.

Me deito por trás da mesma, fazendo carinho no seu cabelo enquanto ela ainda estava dormindo.–Mas você tem o sono pesado.–digo sozinho.

Ela começa a se mexer, automaticamente saio de trás dela, mas o seu braço me puxa.

–Fica aqui Hoseok.–disse sonolenta. Apenas assenti e me deitei novamente como eu estava antes. Ela pega o meu braço e põe envolta da sua cintura, fazendo nós ficarmos mais próximos.


Aquilo tudo estava tudo muito bom, mas tudo que é bom acaba, nós ainda tínhamos que ensaiar, mas eu realmente não queria sair dali.


–Ei _____–me levanto.– Nós temos que ensaiar.

–Aish, ta bom.–ela diz e começa a tirar sua roupa.

–O que você está fazendo?–pergunto corado.

–Nós temos ensaio, tenho que por uma roupa decente.–diz.–Achei que nós tínhamos intimidade.–diz um pouco tristonha.

–Nós temos sim. Mas a questão é que eu não deixo de ser homem.–digo e mesma desvia o seu olhar diretamente para o meu membro, que por sinal já estava dando "sinal de vida". Coramos.

–Err.. d-desculpa–ela diz e fica de cabeça baixa.

–Não precisa se desculpar, é normal, mas da próxima já sabe.–digo e beijo a sua cabeça.–Eu vou te esperar na sala.–digo saindo do quarto.

Fico ali na sala, esperando a mesma vir e começo a ver algumas fotos dela a alguns anos atrás, eu até estava em algumas, coisa que me fez sorrir feito um bobo apaixonado.

–Por que está sorrindo desse jeito?–perguntou a mais nova fechando a porta do seu quarto.

–Além de ser meu charme, eu estava vendo algumas fotos aqui e eu estou nelas.–continuo sorrindo.

–Mas é claro, você é meu melhor amigo.–sorriu. Forço um sorriso, não queria que fossemos apenas "melhores amigos".

–Vamos?–pergunto pondo a minha palma da mão para cima para que a mesma me dê a mão.

–Vamos!–ela diz me dando a mão. Saímos de casa de mãos dadas, tinham várias pessoas olhando para nós e vários "amigos" nossos, zuando em nós, coisa que nós não damos bola. Minha casa não era muito longe, então fomos a pé mesmo.

    

[…]


–Chegamos.–digo sorrindo e abrindo a porta.

Abro a casa e começo a arrumar o cômodo onde nós iríamos dançar.

–Eu achei uma música e já pensei em algumas coisas para a coreografia.–disse a mais nova sorrindo.

– Qual a música?–pergunto.

–You Know do YugYeom, eu estava reparando o ritmo da música e daria para fazer uma coreografia bem bonita.–ela diz e eu começo a fazer mil e uma teorias na minha cabeça como "isso seria uma indireta?", "ela gosta de mim desta maneira também?", entre várias outras.

–E-essa música é b-boa.–digo gaguejando. Pra que gaguejar Jung HoSeok?

–Por que você gaguejou tanto?–perguntou se arrumando para começar a dançar.

–Você já sabe o que a música quer dizer?–pergunto a mesma balança a cabeça positivamente.–Ata.


Começamos a inventar alguns movimentos que se encaixavam perfeitamente no ritmo da música. A ideia de que a música em si fosse uma indireta pra mim, não saia da minha cabeça.



[…]



Já estávamos quase terminando a coreografia, só precisávamos de um final bem chamativo. Na minha opinião, poderia ser um beijo, mas ela me acharia louco, porque somos melhores amigos e depois o clima ficaria estranho entre nós...

–Você sabe de alguma coisa pra nós fazermos no final da coreografia? Temos que fazer alguma chamativa.–disse a mais nova me olhando. Eu precisava fazer isso era agora ou nunca.

–Vamos fazer toda a coreografia de novo, daí eu faço uma coisa que veio em mente..–digo.


Começamos a fazer a coreografia de novo. Levanto a mesma conforme a coreografia que havíamos feito que ficava no ritmo da dança.

Como eu havia dito, eu iria fazer alguma coisa no final da coreografia.

Quando o fim chegou, puxei a mesma e colei nossos lábios, ficamos ali por alguns segundos nos beijando, fazendo um ótimo final de coreografia.

–Err..f-ficou bom.–ela disse corada.

–Desculpa... Acho melhor nós não fazermos isso na  apresentação..–digo meio triste, parecia que ela não tinha gostado, nem do beijo e nem do final da coreografia.–Acho que você não gostou..

–Ei, eu gostei sim, do final da coreografia e d-do b-beijo.–disse a garota gaguejando. 

A puxo novamente para o um beijo, dessa vez a pego a mesma no colo e logo me sento no sofá mais próximo. Quando a falta de ar nos fez falta, paramos o beijo e ficamos nos olhando.

–Eu te amo.–sussurro no ouvido da mesma.

–Eu também.–disse sussurrando e começou mais um beijo calmo.

Ficamos ali nos beijando, até que ouvimos a porta de porta se abrindo. Minha mãe havia chegado.

–HoSeok?–me chamou a mais velha enquanto eu e  ______  saíamos do sofá que estávamos a poucos minutos ali.

–Eu!–digo um pouco mais alto que o comum.–Eu estou aqui com a ______ treinando.–digo assim que a mais velha abre a porta e  ______ fica virada de costas, o seu batom estava borrado.

–Ata, então continuem ensaiando, depois quero ver.–disse a mais velha.

Continuamos ensaiando. Ensaiamos umas sete ou oito vezes, e em todas elas, o beijo se repetia, tudo aquilo era fofo, mesmo que a coreografia seja um pouco sexy.

Já estávamos totalmente suados, a dança era cansativa, mas ficou muito bonita.

–Acho que terminamos.–diz a mais nova sorrindo

–Também acho.– sorrio– Deixa que eu te levo pra casa. Uma menina tão bonita assim, não pode sair sozinha, há pervertidos no mundo– rimos.



[…]



Estávamos indo para a sua casa. Assim como na ida, na volta também fimos de mão dadas.

–Tchau.– disse a mais nova soltando as nossas mãos.

–Tchau.–digo e puxo a mesma para outro beijo, um beijo calmo mas cheio de paixão.

–Err..HoSeok..–ela disse envergonhada.

–Oi?–digo olhando nos seus olhos.

–Eu acho que a minha mãe viu..–disse envergonhada.

–Tudo bem.. se ela tiver realmente visto, nós vamos ver sobre isso amanhã.–digo tentando disfarçar nervosismo.

–Ok..–sorriu tímida.

–Boa noite, te amo.–dou um beijo rápido na mesma.

–Pra você também, também te amo.–sorrio e saio dali vendo a mesma entrar dentro da sua casa.



[…]



No caminho de volta para casa, fiquei somente pensando nela.

Logo que cheguei em casa, tomei um banho gelado e botei uma roupa confortável.

Quando as quatro da manhã já havia se passado, vou para o meu quarto e durmo, mas sem mesmo tirar ______ da minha cabeça.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...