1. Spirit Fanfics >
  2. My Dangerous Romance - Jeon Jungkook >
  3. Chapter Six - Help

História My Dangerous Romance - Jeon Jungkook - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Voltei caramelos🍬💙
Desculpa pelo capítulo pequeno, estou cheia de trabalho e testes por causa da quarentena.

Obrigada pelos 50 likes♥️♥️♥️
Como minha treinadora diz " temos que comemorar cada vitória"

Capítulo 6 - Chapter Six - Help


•_____ Point of View•


    Sinto que estou em um lugar macio provavelmente uma cama ,me remexo e sinto que tem algo em cima da minha cintura. Ainda com os olhos fechados toco no que estava em cima da minha cintura e era macio e quente... Tateando melhor parece um... Braço? Abro os olhos rapidamente e vejo que não estou em meu quarto. Era um quarto escuro e masculino?!

    Eu tô' com medo.

    Vou indo para o lado me afastando mas acabo caindo da cama fazendo um barulho e bufo. O garoto que estava na cama geme em desaprovação. Eu me levanto do chão e vejo que era Jungkook, meu vizinho, de certo modo me deixou aliviada, o porquê eu não sei.

  - Você sempre cai da cama quando acorda? -   pergunta com sua voz rouca que ecoa pelo quarto - Bom dia - Ele sorri abre os olhos e se levantando indo em direção ao banheiro.

  - Bom dia... - digo tímida. Começo a me lembrar do que aconteceu ontem e... - AAAAHHH - gritei logo o garoto sai do banheiro apavorado.

  -O quê?!O que foi ?! O quê você viu? - Fala disparadamente com os olhos arregalados.

  -Você. - falo alto e pego um travesseiro e taco nele - Você estava na floresta eu vi... - Começo a tacar tudo que vejo pela frente, até que vejo um taco de e tento me defender com ele.

  - O que você está fazendo sua louca? Eu te ajudo e é isso que você faz? A baixa isso - ele pega o taco da minha mão.

  -Jungkook era você na floresta? - falo apavorada - Você virou um lobo? - arregalo mais os olhos e ele ri - Hã? Do que está rindo? 

  - Acho que você precisa ir ao hospital, você bateu a cabeça com força - para de rir e fica confuso - A propósito, como sabe meu nome? - arqueia as sobrancelhas.

  - Isso não vem ao caso agora, o que diabos você é?! - grito.

  -Para de gritar sua maluca, eu acabei de acordar - massageia os olvidos fazendo careta. - Como pode achar que era eu? 

  - Como sabia que eu estava na floresta? - franzo o cenho - Você estava me seguindo? Você é algum tipo de tarado? - dou três passos para trás. - Aliás, o que estava fazendo na floresta sendo que todos dizem que ela é perigosa? - cruzo os braços.

  - E o que você estava fazendo lá? - sorri de lado. - Eu sempre vou lá, e nunca vi nenhum lobo ou algo do tipo, tô' começando a achar que você é maluca mesmo.

  -Para de me responder com perguntas.- reviro os olhos -  Porque eu estou com essa roupa? - o mesmo direciona seu olhar para meu corpo.

  - Porque quando eu te achei as suas estavam sujas - diz simplista- Está com fome? Vamos comer alguma coisa antes de você ir embora, vou descer primeiro - assinto e ele sai do quarto .

  Eu arrumo a cama e vou ao banheiro. Desço as escadas e vejo Jeongguk  de costas mexendo no fogão, seus músculos marcados na camisa me fizeram suspirar.

  -Que lindo - viro a cabeça pro lado e mordo os lábios. 

  - Eu sei que sou gostoso mas está me deixando constrangido. - paro de olhar para seu corpo e o olho nos olhos e me sento na cadeira - Se você estiver se perguntando se estamos atrasados para a escola, não, não estamos não se preocupe em todas as terças e quintas vamos para a escola ao 12:00.

  -Já gostei dessa escola. - Digo sorrindo e ele dá uma risadinha nasal.

  -Vamos comer, espero que goste de panquecas - Jungkook diz e nos sentamos começamos a comer.

  -Eu amo panquecas - sorri dando uma garfada e colocando na boca - Isso está muito bom - sorri e ele retribui agradecendo.

  -Você não respondeu minha pergunta, como sabe meu nome? - seu olhar brilha junto a curiosidade.

  -Beam, ele me disse, assim como me disse o nome de todos os seus amigos - engulo e seus olhos murcham.

   Não sei o porquê de sua atitude mas resolvi não ligar muito. Acabamos o café da manhã mas continuamos ali sentados conversando.

  -Então ____, está gostando do clima? - olha pra mim e eu rio com sua pergunta.

  -Sério que você está me perguntando sobre o clima? Ok, eu gosto do clima frio, tudo que é frio eu gosto… Á pessoa que me perguntou a mesma coisa disse que essa cidade era sombria. Por que? - questiono.

  -Quem te disse isso? - perguntou com o cenho franzido.

  -Foi o Beam... A vovó também me disse para ficar longe da floresta ela disse que lá tinha lobos e foi exatamente o que eu vi. Como eu sou teimosa eu fui lá e deu nisso, um desmaio - encosto a mão na cabeça.

  -Mas um motivo para você não ir. - diz  indo para o outro comodo da casa e eu vou atrás convincente - Garotas como você não podem ir lá. É perigoso - para no meio do caminho.

  -Como assim garotas como eu? - bato em seu braço fazendo um estalo.

  -Aí, misericórdia. - reclama fingindo dor - isso mesmo - empina o nariz - Garotas bonitas como você não pode ir lá, senão o lobo mal vai querer te comer - sorri de ladinho me olhando de cima a baixo e eu fico corada.

  Esse idiota está falando coisas com duplo sentido.

  - Acho melhor eu ir né? Obrigada por tudo Jungkook... De verdade - sorrio e vou em direção a porta sendo acompanhado por ele.

  -Tchau Jungtaradokook- aceno para ele.

    Antes dele responder saio correndo para não ser vista com uma só com uma blusa. Não quero ter uma má impressão com poucos dias morando aqui.

    Assim que entro dentro e casa vou direto para o quarto, vejo que são exatamente 10:00 da amanhã em ponto. Indo em direção ao banheiro me olho no espelho e vejo os dois curativos no meu rosto, tiro eles e os jogo no lixo, retiro minha roupa e vou tomar um banho . Saindo visto uma calça jeans azul escura uma blusa de frio preta e calço meu All Star. Desço as escadas e vovó já estava em pé na cozinha tomando café. Dou um beijo na testa da mesma e lhe falo um "Bom dia" .

  -Bom dia querida. Dormiu bem? - pergunta comendo um pedaço da torrada.

  - Dormi sim vovó e a Senhora? Como foi o trabalho? - me sento na cadeira.


 - Eu também, foi cansativo mais ainda bem que ele me deu folga hoje  - Fala dando um gole em seu café. 

  -Não é um máximo? - sorri - vou poder dormir mais algumas horinhas na terça e quinta - comemoro.

    Vovó termina o seu café da manhã e eu ajudo a guardar as coisas e vamos para o sofá.

  -Vovó, como o vovô morreu? - suspiro.

  -Você saberá na hora certa meu amor -  vovó me abraça e eu subo para o quarto.

    Quando deu 11:50 fui para a escola, mas antes de ir pesquisei mais sobre humanos que se transformam em lobo e assim que sair da escola irei comprar o livro. A localização não era bem no centro era um pouco afastado. As   aulas acabaram rápido hoje, e quando acabara fui direto para o lugar  -onde só vende coisas sobre lendas-, pegando um táxi. Chegando lá peço o livro que na Capa estava escrito "Lendas Quileutes ". O vendedor me olhou estranho mais eu não liguei muito, agradeci e sai. O lugar ficava perto de uns becos então vou passando por eles.

    Quando estou quase na metade do beco dois caras passam mas voltam pra trás assim que me vêem. Então saio dali e eles me seguem .

  -Ei gracinha, onde você vai - o desconhecido fala. Gracinha sério isso?

  -Gracinha? - rio com sarcasmo - Ninguém mais fala isso, é do tempo da minha avó.

    O desconhecido  de cabelos pretos com ódio nos olhos puxa meus cabelos me levando até um lugar "deserto" mais lá estavam mais homens. Eles começam a se aproximar.

- Ei pessoal vamos nos divertir um pouco - outro cara de cabelos loiros fala. 

    Nojo e medo era o que eu sentia mas não demonstrei.

  - Não encoste em mim - um deles coloca a mão em minha cintura e puxa mais meus cabelos.

  - Relaxa prometo que você vai se divertir gatinha - outro deles fala rindo e quando ele ia pegar nos meus seios um carro vêm em nossa direção fazendo um barulho estrondoso.






Notas Finais


Não se esqueçam de lavar bem as mãos, comerem bem e evitar contato com lugares com muita gente.

Se cuidem 🍬


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...