1. Spirit Fanfics >
  2. My Darling Couple - Vkookmin >
  3. Capítulo II

História My Darling Couple - Vkookmin - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Hayyy...
Eu sei... Demorei pra atualizar... Mas como eu disse... Vou fazer no meu tempo... Eu tô num tempo bem ruim e nem sei porquê mas tô tentando melhorar... Enfim..
Espero que gostem meus mini bolinhos.

Capítulo 2 - Capítulo II



. Não era para aquilo acontecer... Não mesmo... Droga...

. Era aquilo que Jimin pensava... O pobre coitado se encontrava no banheiro olhando para si mesmo no espelho enquanto suas mãos Seguravam com afinco o mármore da pia...

. A cabeça dele estava uma bagunça... Pelo que você se pergunta? Simples...

. Com o sonho terrivelmente erótico que teve com dois homens: altos, quentes e bonitos... E ainda acordou com uma puta ereção... Ah, mas o pior? O pior de tudo? Era que seu namorado ainda dormia tranquilamente ao seu lado na cama enquanto ele tentava sair dali sem fazer barulho e correr pro banheiro...

. Deu um jeito em seu probleminha baixo e quando percebeu... No final havia gozado chamando o nome de um daqueles dois enquanto pensava no outro...

. É... Taehyung e Jungkook tinham encatos incríveis e pelo visto deram algum jeito de entrar na mente de Jimin...


- Jimin... - O menor ouviu o namorado chamá-lo de dentro do quarto e respirou fundo ainda pensando e se sentindo extremamente culpado...


. Merda... Yoongi era tão bom para ele... O amava tanto... E Jimin o amava também... Então por quê? Por que se tocar pensando em outros homens se não seu namorado...?


- Vou tomar um banho! - o baixinho gritou e ouviu apenas um "ok" do outro lado da porta e então respirou fundo mais uma vez... 


. Havia apenas lavado as mãos... Porém não queria encarar o namorado agora... Então tirou a blusa e cueca que usava e foi em direção ao box, logo entrando no mesmo e ligando o chuveiro...

. Sentiu a água morna e gostosa bater contra sua pele fazendo seus músculos relaxarem... Esses que Jimin nem percebeu que estavam tencionados... Droga...

. Ele tinha que pensar... Pensar em qualquer coisa... Qualquer coisa que não fosse a voz rouca e gostosa de Taehyung... Ou em qualquer coisa que não fosse o olhar safado e penetrante de Jungkook...

. E merda... Ali estava ele... Pensando nos dois novamente, sentindo seu baixo ventre revirar e seu amiguinho começar a ganhar vida novamente...

. Poha... Poha... Poha!

. Pensou o loiro tentando desviar os pensamentos e sentindo fortemente uma vontade de deixar a água gelada apenas para castigar seu corpo por se sentir tão bem ao pensar naqueles dois...

. É... Não podia mais pensar na "Dupla do Diabo"... Não... Provavelmente nunca mais se veriam...

. A breve conversa na noite passada havia sido apenas isso. Uma breve conversa. Nada mais.

. Mas então por quê ainda sentia como se quisesse... Não... Não como se quisesse... Como se precisasse revê-los...?

. Oh... Pobre coitado... Park Jimin estava tão ferrado... Em tantos graus diferentes que não fazia nem noção da bagunça que sua vida havia começado virar... Desde que aqueles dois lobos famintos colocaram seus olhos em si.


(Quebra de tempo)


- beijo... - disse Yoongi se aproximando de Jimin e se inclinando de leve pra dar um selinho no namorado...


. Bom... A ideia inicial era ser um selinho... Mas logo Jimin passou os braços ao redor do pescoço de Yoongi aprofundando aquele simples selar de lábios... Precisava se lembrar que o único que o fazia perder o fôlego era seu namorado...

. Tadinho... Estava mentindo... Ou melhor... Tentando mentir para si mesmo... E podem dar bastante ênfase na palavra "tentando" meus queridos... Porquê Jimin não iria conseguir... Não mesmo...

. Yoongi levou as mãos até a cintura de Jimin apertando a mesma com um leve desejo mas logo se afastou dando um breve sorriso amoroso e finalizou com um selinho - este, agora, verdadeiramente um selinho. - e se afastou indo até a porta abrindo a mesma, porém antes olhou pra Jimin por cima do ombro.


- Amo você, se cuide. - disse e então novamente sorriu saindo dali e Jimin apenas assentiu pro nada...


- Eu também... - ele disse ainda para o nada... Ficando naquele silêncio ensurdecedor... Que era tudo o que mais odiava... Porquê sabia que sua mente vagaria até vozes e olhares muito bem amadas por seu corpo... E ele não queria aquilo...

. Suspirou trancando a porta e logo indo até o sofá e se jogando no mesmo cansado... Controlar sua mente era cansativo... Mas oque mais o deixava mal era saber que gostava de pensar no Kim e no Jeon... E sabia que não podia... Porquê a mesma intensidade que adorava... Era a mesma intensidade em que se sentia culpado.

. Perdido em pensamentos, o menor nem percebeu que seu celular tocava... Apenas foi perceber na terceira vez que ligavam pra si...

. O escritor levantou rapidamente procurando pelo celular e dentro de si tinha uma leve ansiedade e esperança... Essa que foi apagada e o decepcionou quando vou que quem ligava era seu melhor amigo... Jin... 

. Se sentiu mal por não se sentir tão ansioso com Jin mas ainda ainda assim abriu um sorriso quando atendeu e ouviu do outro lado do telefone a voz meiga e fofa de seu amigo... Mesmo que ele parecesse furioso consigo...


- Por que demorou pra atender seu idiota?! - Jin perguntou do outro lado querendo matar Jimin pelo mesmo ter demorado á atender...


- Desculpe... Estava pensando longe... - Jimin respondeu levemente envergonhado e voltando para o sofá...


- Entendo... - Jin começou a falar e logo continuou... - E no que tanto pensava ein...? - Jin perguntou curioso e Jimin podia afirmar com toda certeza e verdade de que já esperava pela pergunta... Seu melhor amigo era um tanto... Curioso...


- Bom... Lembra que na noite passada eu fui á um grande evento de pessoas renomadas e tals né...? - Jimin perguntou tento noção do chilique que seu amigo daria ao souber que ele falou com a "Dupla do Diabo"... Jin era estranhamente fã dos dois... E principalmente do braço direito daquela dupla... Kim Namjoom...


- Sim... Eu lembro... - Jin disse como se perguntasse oque aquilo tinha haver com o assunto... Quer dizer... Jimin ia naquele evento todo santo ano... Pelos últimos 3 anos... Nunca era algo diferente...


- Então... Acontece... Que dessa vez... Kim Taehyung e Jeon Jungkook vieram falar comigo... - Jimin falou a última parte terrivelmente rápido... Porém a ligação ficou no silêncio... Não teve um "O que?" Da outra parte, nem um "Ham?"...


- AI MINHA SANTA BELEZA!!!! - Jimin pode ouvir o mais velho gritar do outro lado da linha e riu com a empolgação do amigo - VOCÊ?! JIMIN!!! VOCÊ VIU ELES?! ELES SÃO AINDA MAIS GOSTOSOS PESSOALMENTE NÉ?! SEI QUE SÃO!!! O BRAÇO DELES TAMBÉM ESTAVA JUNTO?! AIII... EU VOU MORRER... 


. Jimin só sabia rir de toda a euforia do melhor amigo... Jin realmente era engraçado, ainda mais quando surtava sobre seus crush's "impossiveis", esses que ele tinha certeza que nunca teria uma chance. 

. Bom... Jimin e Jin era dois tolos pelo visto.


- Calma Jin... Não é pra tanto... - O loirinho disse ouvindo o amigo ficar em silêncio para que ele voltasse a falar - ... - o o rosto de Jimin enrubeceu um pouco e logo continuou - Mas sim... Eles são gostosos... E o senhor "seu crush" não estava junto... - Jimin disse ouvindo Jin dar um leve gritinho escandaloso e fino de alegria.


- EU SABIA!!! Seres humanos como aqueles deveriam ser presos por serem tão quentes e gostosos... - Jin disse parecendo pensar alto... - Mas e aí?! Por que tava pensando tanto? 


. Droga... Não era possível que Jin ainda não tivesse entendido... Jimin não queria falar em voz alta... Porém do jeito que seu amigo era lerdo...


- E-Eu acho que estou... Eu não sei jin... Eu me toquei pensando neles depois de ter um puta sonho erótico com eles... - Jimin disse diminuindo o tom, mas isso de jeito algum impediu Jin de ouvir tudo corretamente e facilmente. - Estou me sentindo culpado... 


. Jimin admitiu dando um pesado e forte suspiro... Afinal... Como já havia dito a si mesmo trezentas vezes: não deveria ter feito oque fez... Foi errado... Era errado... Porquê ele tinha namorado...

. E bom... Por sorte pelo menos o motivo de Jimin se sentir culpado jin pode entender... Afinal... Por mais que fosse lerdo pra certas coisas... Ele conhecia o melhor amigo...


- Meu anjo... Preste atenção, sim? - Jin perguntou e quase pode ver em sua frente Jimin assentir... Porquê era exatamente isso que o loiro fez... É... Ele realmente conhecia o melhor amigo. - Se fosse qualquer um... Que encontrasse aqueles dois... Eu posso te afirmar que essa pessoa também teria sonhos eróticos e pensado naqueles dois... É normal... O nome já fala não? "Dupla do Diabo"... Eles são o pecado em pessoa... Não tem porquê se sentir culpado. - Jin disse convicto e isso fez Jimin relaxar mais...


. Se algum dia lhe perguntassem o quanto ele estaria ferrado sem Jin... A resposta sairia automaticamente de sua boca em um grande e lindo: "100%"


- Obrigado Jin... Me sinto bem menos - Jimin até continuaria a fala se não sentisse seu celular vibrar em sua orelha... - Espera um pouco Jin... - Ele disse e logo afastou o celular para ver que um número desconhecido lhe ligava... Voltou a aproximar o celular da orelha - Desculpa jin, tenho que desligar, daqui a pouco te ligo, te amo muito, e valeu mesmo. - Jimin disse ouvindo um riso leve do outro lado.


- Ok, mas oh! Você vai ter que me contar todos os detalhes de como aqueles dois são pessoalmente, ok? - Jin Disse e Jimin confirmou - Ótimo... Bay! - Jin Disse e desligou, poupando Jimin do trabalho...


. Esse que logo atendeu levemente receoso... Porém uma ansiedade e esperança crescia novamente dentro de si... E junto com isso a culpa... De esperar que aqueles dois lhe ligassem... Porém era como Jin disse... Quem em sã consciência não iria querer...?! Eles era o pecado em pessoa afinal...

. Jimin novamente aproximou o celular da orelha sentindo seu coração bater forte com a mínima ideia de ouvir novamente uma daquelas vozes...


- Alô... - Jimin disse baixinho e logo mordeu o lábio inferior... Só sabia que se fosse qualquer outro estranho se sentiria muito otário e ridículo... Porém se fosse eles...


- Boa tarde Jimin. - A voz do outro lado pronunciou e todos os pelos do corpo de Jimin se arrepiaram... Era ele... Sabia que era... Sabia que seu nome só poderia sair tão bem assim em duas vozes... E em nenhuma delas era a voz de seu namorado...


 . Taehyung...


. Pensou o baixinho e sentiu sua garganta dar um no pelo nervoso... Droga... 

. De repente as cenas do que havia feito mais cedo e do sonho que teve vieram a mente... Mas sem culpa alguma... Apenas ficou muito envergonhado...


- Bo-Boa tarde... Ta-Taehyung... - Jimin se amaldiçoaria eternamente por gaguejar... Que efeito de voz viu...?!


. Mas mal sabia ele que Taehyung havia achado aquilo adorável... Meu deus... E como achava... Era extremamente fofo... Impossível não cair aos pés daquela criatura fofa e ingênua... Porém não tão ingênua assim... Baseado em todos os contos que o mesmo escrevia...

. Ah... E ouvir seu nome então na voz maravilhosamente aveludada e meiga de Jimin... Droga... Era como ouvir um anjo te chamar e pedir para que você o corrompesse.

. Taehyung sorriu de canto com aquele pensamento e com a imagem que sua mente havia criado de Jimin...


- Você já almoçou...? Se não... O que acha de um almoço...? Jungkook e eu estamos aqui te esperando do lado de fora... - Taehyung admitiu e Jimin podia jurar que pode ouvir uma risada anasalada do outro lado... Risada essa que dificilmente acreditaria ser de Taehyung...


. Porcaria... Ele queria aceitar... Porém e se fosse apenas uma brincadeira...? Taehyung e Jungkook realmente estavam ali na frente o esperando?  Digo... Dois homens maravilhosos e provavelmente muito ocupados estariam ali apenapara levá-lo á um almoço?

. E seu namorado...? O que diria depois...? As palavras de Jin vieram a mente do menor novamente e ele disse a si mesmo que se ele topasse seria apenas uma saída de amigos...

. Bom... Como eu disse... Jimin era um tolo... Achando que podia enganar a si mesmo... Sabia que não eram e nem seriam amigos... Bom... Talvez ele pensasse que Tae e JK quisessem apenas aquilo... Eu já disse... Park Jimin é um grande tolo

. Bom... o ponto é: se ele pensava aquilo sobre Tae e JK... o problema era que ele mesmo não queria apenas aquilo... Não queria apenas amizade... 

. Oh, não... Poderia talvez nunca admitir... Mas sabia que o sonho da noite passada havia sido o que ele desejava desde que deu tchau para os dois naquele grande salão...

. Mas de qualquer forma... E se fosse uma piada...?

. Sua curiosidade e vontade falou mais alto... Jimin levantou do sofá novamente indo até a varanda da sala e quando olhou pra baixo pode ver claramente um carro preto parado... 

.  Encostado na frente do carro, quase sentado, com uma mão apoiada e as pernas cruzadas estava um homem com terno cinza falando ao telefone, enquanto olhava para os próprios pés... Taehyung...

. E encostado no lado do carro, com um terno totalmente preto e braços cruzados enquanto exalava perigo estava Jungkook...

. Eles estavam ali...  Não era piada... Os dois haviam ido até ali para levar Jimin almoçar... Era uma grande tentação... Tentação essa que Jimin não conseguia resistir...


- Eu topo. - Jimin disse ainda olhando os dois da varanda, apoiado na proteção... E então como se tivesse dado uma sentença... Os dois lá embaixo moveram rapidamente o olhar encontrando Jimin...


. Eram como dois lobos... Com um olhar feroz e satisfeito... Como se tivessem conseguido oque queriam...

. E merda... Agora Jimin se sentia uma presa... E ele gostava daquilo...

. Então Taehyung, afinal de contas... Estava certo. Jimin seria deles... E como seria.


Notas Finais


Aliás... Preciso saber de algo...
Vcs gostariam que eu deixasse uma música recomendada pro capítulo? Pq toda vez que escrevo um eu escuto músicas que me deixam mais no clima daquele momento e não sei se vocês gostariam ou não tbm... Mas enfim... Deixem nos comentários.
E desculpem os erros de português...
Por hoje é isso.
Bjs de Nutella da tia Soso.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...