História My Dear Alpha- ABO - VHope - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jung Hoseok (J-Hope), Kim Taehyung (V)
Visualizações 21
Palavras 804
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 3 - Three


Hoje finalmente Bae iria ver seu amigo lobo em forma humana, e pra comemorar iria fazer um piquenique, sim piquenique, suas Ommas obviamente estranharam, e Bae falou, disse que tinha feito um amigo igual a ele, porém alfa, suas Ommas lógico que ficaram "loucas" mas ele explicou o que estava sentindo em relação ao lobo e logo as duas entenderam o que era, mas não o explicou, apenas sorriram e pediu para que o mesmo trouxesse ele em sua casa algum dia pra jantar.

Bae pulava de alegria, seu primeiro amigo em anos iria jantar em sua casa.

- Ommas estou indo, talvez volte a noite, mas não se preocupem- aviso e as duas diz juntas um "Cuidado, a noite é perigosa" riu comigo mesmo e saio de casa indo em nossa árvore.

A apelidei assim, já que sempre se entramos aqui.

Pego o pano que trouxe de casa, estendo no chão e começo tirar as coisas da cesta pra colocar em cima do pano, coloco a cestinha do lado e me levanto, vejo que está perfeito, tudo na mesma linha, os copos em fileira, os pratos também em fileira e os talheres em cima do prato um do lado do outro.

Perfeito.

Me sento no chão encostando minhas costas na árvore e abaixando a cabeça enquanto brincava com Meus dedos

- Cadê você lobinho?- digo baixinho e escuto passos vindo em minha direção

Olho pro lado ainda de cabeça baixa e vejo um par de sapatos surrados

Levanto minha cabeça e vejo o menino mais lindo e único que eu já vi, ele tem cabelos pretos, seus olhos... Eles são lindos, é da mesma cor que a do lobinho, verde e azul, sua pele é tão branquinha, ele é completamente lindo.

- Lobinho?- pergunto baixinho olhando pra ele e ele sorri, seu sorriso é maravilhoso, porém reparei em uma coisa que não me agradou muito, ele é muito magro e seus braços eram finos, não tava pra ver mais por causa da sua roupa meio rasgada.... Será que o lobinho não tem casa?

- Sim, sou eu- sua voz me arrepiou inteirinho, ela é grave mais também é muito linda.

- Você é lindo lobinho- quando percebo o que digo sinto minhas bochechas corarem- Q-quer dizer...- abaixo a cabeça e fico pensando no que falar- Esquece, senta aí lobinho vamos comer- sorrio pra ele e ele se senta ao meu lado

Sem querer acabo sentindo seu cheiro, ele tem cheiro de chocolate com menta, sinto vontade enorme de enfiar minha cabeça na curvatura de seu pescoço e cheirar mais, porém iria ser estranho

- Como é seu nome lobinho?- pergunto nos servindo a comida que Omma fez pro café da manhã, já que ainda eram 8 horas

- Meu nome é Kwan- sorri

- Nome bonito lobinho, não lembro se já falei o meu, mas é Bae- sorri sentindo minhas bochechas arderem, já que o lobinho ficava me encarando sorrindo

- Seu nome é bonito também Bae, mas quantos anos você tem?- pergunta

- Tenho 15 e você lobinho?

- Tenho 17, sou seu Hyung

- Sim, vamos comer então hyung? Porque depois quero saber mais sobre você- ele assente e começamos comer

Omma tinha feito um delicioso suco de morango, então a coloquei em uma garrafinha e trouxe pra gente tomar enquanto comemos.

Eu ainda estou intrigado com as roupas dele e o jeito que ele come, parece que faz tempo que não come nada.. Seja o que for eu vou descobrir

- Lobinho?- ele me olha- Onde você mora?- logo ele muda o olhar e abaixa a cabeça

- Promete não rir de mim?- respondo "sim"- Eu moro na floresta, quando o reino começou matar os alfas e Omegas lúpus, minha Omma que era uma ômega normal me ajudou fugir, disse que sempre iria vir me trazer comida, mas ele nunca mais voltou... Então sobrevivo das frutas que tem pela floresta, e de alguns animais que caço- fico extático com sua história.. Então ele não tinha casa? Ele passava fome?

- Você vai morar comigo lobinho- o mesmo arregala os olhos

- C-como assim?- pergunta visivelmente assustado

- Não vou te deixar morando na floresta, muito menos com o frio que está pra chegar lobinho, então você vai morar comigo e com minhas Ommas, e não adianta dizer não, porque não vai funcionar- vejo que seus olhos estão se enchendo de lágrimas

- V-vou ter uma família de novo?- ele falar aquilo deixou meu lobo e eu muito triste

- Sim lobinho, vamos ser uma família muito feliz- sorrio e o abraço- Você é muito legal lobinho- sinto o mesmo sorrir

- Você também, Bae.


                 Avisinho 


Gente não vai demorar pra VHope aparecer, é que esses dois personagens são muito importantes pra vocês entenderem o decorrer da história

Talvez só mais um capítulo sobre o Bae e Kwan, aí VHope aparece


Notas Finais


Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...