1. Spirit Fanfics >
  2. My Dear Boss - Imagine Kim Namjoon >
  3. Chapter Thirty five

História My Dear Boss - Imagine Kim Namjoon - Capítulo 35


Escrita por:


Notas do Autor


Oi galera, como vocês estão?

Estão se cuidando direitinho? Ficando em casa e usando álcool em gel? hehe

Eu estava tendo algumas idéias sobre o que aconteceria daqui pra frente na fic, e o que vai rolar acho que vai ser bom.

Espero que gostem e boa leitura!

Capítulo 35 - Chapter Thirty five


Fanfic / Fanfiction My Dear Boss - Imagine Kim Namjoon - Capítulo 35 - Chapter Thirty five

Taehyung On

Sabe aquela sensação ruim no peito que te faz pensar mil vezes antes de fazer algo? Então, eu estava assim.

Eu realmente queria seguir em frente, poder esquecer tudo o que aconteceu meses atrás, mas eu não consigo, não consigo parar de pensar em Sn, terminamos e eu disse que seguiria em frente com Sooji, mas eu sei que não.

Me sinto uma pessoa horrível fazendo isso com Sooji, parece que ela realmente superou Kim e está tentando seguir sua vida comigo, mas sinto muito em lhe dizer, eu não sinto mais o mesmo.

Ainda com receio pego meu celular e mando mensagem para Sooji, preciso esclarecer tudo antes que ela se apegue.

"Eu queria poder te falar tudo isso de outra forma, uma forma que não te machucasse e nem te decepcionasse. Acho que você percebeu como eu fiquei depois de ter encontrado Sn aquele dia, ela estava se molhando e eu á deixei em casa. Sooji peço que me perdoe pelo que vou fazer! Quero que viva sua vida e esqueça de mim! 

Me perdoe por isso, eu sinto muito por ainda gostar da Sn. Queria que esse sentimento fosse por você, mas tudo isso está me deixando confuso e bem indeciso, por isso eu quero que entenda do porquê estou fazendo isso!

Nos vemos em breve Sooji - com amor, Kim Taehyung"

Se eu me afastar, será a melhor coisa a se fazer! Eu poderei superar Sn e não irei mais ve-la. Me perdoe Sooji, eu falhei com você.

Sooji On

Estava sentada na cadeira mexendo em meu computador, ouço meu celular apitar avisando que havia chegado mensagem de alguém, peguei o aparelho nas mãos e o desbloquiei, era Taehyung, mas...O que ele iria me mandar em plena 23:35 da noite?

Rolei meus olhos pela tela do aparelho e senti meus olhos ficarem embaçados, o que Kim Taehyung vai fazer?

Por que isso? Não estávamos bem?

Sei que Kim ainda gosta daquela garota, eu não posso negar que já esqueci Namjoon 100% mas eu estava gostando de Taehyung.

Aquele aperto no peito, falta de ar, o que diabos estava acontecendo? 

Eu estava tendo uma crise?

Eu não podia controlar as lágrimas de caírem, levantei rápido e fui até o banheiro e peguei meu remédio, eu tinha que ser rápida pois poderia desmaiar aqui e ninguém iria ver.

Tomo o remédio, e sinto rasgar minha garganta, aquela sensação horrível ainda se fazia presente em meu corpo. Fazia meses que eu não tinha crises, talvez ver que Kim iria embora fez isso despertar em mim novamente.

Caminhei até a mesa onde estava minutos atrás e peguei meu celular, vesti um casaco e calcei meus sapatos, eu precisava falar com Kim! Ele não pode fazer isso comigo, ele prometeu que nunca iria me deixar! 

Eu andava rápido pelas ruas até então vazias de Seoul,  eu precisava olhar em sua face e escutar ele dizer essas palavras pessoalmente.

Estava passando em frente á um lago que tinha perto de seu apartamento, era noite mas pude reconhecer aquele casaco de longe, era ele.

Corri até o mesmo e gritei seu nome, ele olhou assustado, talvez não estivesse esperando que eu viesse atrás do mesmo.

ㅡ C-como pôde? Você, você promeuteu que nao iria me deixar Kim! E olha você agora, prestes a me deixar e ir para longe! ㅡ novamente meus olhos ficaram embaçados e meu peito doía.

ㅡ O que veio fazer aqui Sooji? ㅡ falou calmo como se estivesse tudo bem entre nós.

ㅡ É isso que você tem ora me dizer? O que eu vim fazer aqui? Kim eu te amo, sabe como foi doloroso ver que você ia se despedir de mim e nem ao menos iria olhar em minha cara para dizer adeus?

Ouvi o mesmo suspirar e se aproximar de mim

ㅡ Eu queria que fosse diferente Sooji, não quero te magoar, eu não quero ficar indeciso e fazer você se machucar novamente. Por favor não chore ㅡ passou o dedo por minhas bochechas, limpando as lágrimas que insistiam em cair

ㅡ Você só vai me machucar novamente se me deixar! Não vê como eu estava feliz ao seu lado? Eu sou...abusou uma pessoa horrível, por isso você não consegue se apaixonar por mim.

ㅡ Ei, não diga um absurdo desses! Você foi uma das pessoas mais incríveis que eu já conheci! Eu não irei embora porque você não é uma pessoa boa ou algo desse tipo. Eu irei porque preciso de um tempo para colocar minha mente no lugar! Tudo isso que está acontecendo, me deixa confuso e eu não quero que essa indecisão minha te afete. 

Sei que vai ser doloroso para você, mas fique com isso! 

Ele retirou seu casaco e me entregou 

ㅡ Sempre que olhar para ele irá se lembrar de mim, eu não irei para sempre! Eu só...preciso de um tempo para colocar todos meus pensamentos no lugar. 

Colocou o casaco sobre meus ombros e deu um leve sorriso

ㅡ Por você não pode ficar? Prometo que tentarei ao máximo para que fique bem! ㅡ segurei seu pulso e o mesmo suspirou e sorriu fraco.

ㅡ Você já fez eu me apaixonar por você Sooji! Mas eu preciso ter certeza de que eu quero apenas você, e que você será a única em minha vida.

Aquelas palavras foram como facadas em meu peito, não tive outra reação a não ser abraca-lo e chorar em seu ombro

Eu me sentia fraca, a última coisa que ouvi antes de apagar foi Kim dizendo Eu te amo.

[...]

Abri meus olhos lentamente e olhei ao redor, eu estava em casa, ou melhor, estava na minha cama. Olhei ao lado e vi um bilhete no bidê ao lado da cama, era um bilhete de Kim.

"Então me desculpe. Me desculpe pelas vezes que não te dei atenção. Me desculpe pelas palavras nunca ditas, pelas atitudes nunca tomadas, pelo “eu te amo” não dito quando foi preciso. Me desculpe pelas vezes que não soube dizer o quanto você significa pra mim ou pelas vezes que deixei transparecer a lúcida idéia de que você não é importante pra mim, porque não era a verdade, mas me desculpe. Me desculpe por ter sido tão idiota ao ponto de ficar indeciso mesmo sabendo que era você quem eu amava! Me perdoe por tudo isso,  saiba que eu sempre estarei te protegendo, de um jeito ou de outro! Eu te amo Sooji" 

Eu não conseguia acreditar que ele realmente se foi.

Sn On

Namjoon e eu não estamos muito próximos esses dias, desde que vi ele com aquela mulher na cafeteria me senti insegura e com medo de que tudo acontecesse novamente. 

Ok que eles poderiam ser colegas de trabalho mas mesmo assim eu me senti insegura comigo mesma.

Naeun me mandou mensagem pedindo para que eu fosse com ela provar vestidos, ela iria experimentar seus vestidos de noiva hoje e cá estou eu.

Naeun, eu e a mãe de Namjoon, estávamos aqui para ver vestidos, eu iria aproveitar para passar em alguma loja depois e ver se acho um vestido para o casamento.

Naeun disse que a cor dos vestidos seriam bordô, ou seja, todas as madrinhas precisam ir com vestido bordô.

Depois de Naeun provar uns quinze vestidos fomos à uma lanchonete comer, estava tomando meu cappuccino e olhando para a rua, Seoul ficava maid linda depois do pôr do sol, estava olhando para os carros quando vi Namjoon caminhar ao lado de uma mulher, era a mesma mulher do outro dia! Ele estava sorridente e a mesma ficava batendo de leve em seu ombro e colocando o cabelo atrás da orelha, senti meu sangue ferver olhei para as mulheres em minha frente e pedi licença e que iria fazer uma ligação rápida, sai do estabelecimento e caminhei até Kim, ele estava distraído e nem percebeu minha presença.

ㅡ Então é isso que você fica fazendo todo dia Kim? 

O mesmo me olhou assustado e olhou para a mulher ao seu lado.

ㅡ A-amor não é nada disso que você está pensando!

Tentou tocar meu braço mas me afastei

ㅡ Quando você chegar em casa conversamos! Saiba que eu estou decepcionada com você. 

Encarei a mulher com a pior cara que eu poderia fazer e fui para uma loja provar o vestido.

Avisei Naeun e sua mãe de que iria pra casa e que elas poderiam ir embora sem mim.

Estava olhando alguns vestidos e achei um perfeito! E olha que coincidência, era bordô.

Já que Namjoon anda bem ocupado com outra mulher, vou provoca-lo o máximo possível.

Experimentei a roupa e uau, eu estava linda.

Comprei o vestido e fui para casa, cheguei e guardei o vestido em um cabide para nao amassar e tomei um banho, me enrolei na toalha e caminhei até meu guarda roupa para pegar meu pijama quando ouço uma voz grave atrás de mim

ㅡ Amor por favor me escuta!

Olhei para o ser e vi Namjoon na porta com as mãos juntas implorando para que eu o escutasse. 

Por que não começar meu plano?

ㅡ Pode falar, sou toda ouvidos!

O mesmo iria falar quando eu soltei a toalha do meu corpo, pude ouvir o mesmo engolir em seco e senti seu olhar sobre meu corpo. Vesti uma calcinha e uma camisa do mesmo, ele havia deixado algumas roupas aqui então eu usava.

ㅡ O que você ia falar? 

O mesmo sorriu fraco e se aproximou de mim, levou suas mãos para a minha cintura e apertou a mesma

ㅡ Como vou me concentrar agora? Você adora me provocar não adora? ㅡ levou sua boca para o meu pescoço e deu um beijo no mesmo, me afastei e deitei na cama logo me cobrindo.

ㅡ Não vai me falar? 

ㅡ Amor, ela éa assessora do meu pai, estávamos falando sobre as coisas da empresa e por isso estávamos juntos.

Caminhou até a cama e se sentou ao meu lado 

ㅡ Humm não me convenceu, então por isso estou de greve!

O mesmo fez uma cara de surpresa 

ㅡ Mais amor? Eu eatou falando a verdade! 

ㅡ Tudo bem, mas estou de greve mesmo assim!

Talvez seja um pouco difícil fazer greve tendo Kim Namjon como namorado, mas eu preciso saber a verdade, e eu sei que essa não é a verdade!

Kim Namjoon On

Sn disse que vai fazer greve até saber a verdade, mas não posso contar a ela o que estou escondendo! 

Sinto muito por mentir pra você Kim Sn mas vai valer muito a pena e você irá gostar da surpresa! 

Não pense que eu não te amo e que estou te traindo porque isso nunca irá acontecer! 

"Nunca roube, minta ou traia, mas se tiver que roubar, roube toda a minha tristeza; se tiver que mentir, minta para passar todas as horas comigo e, se tiver que trair, por favor, traia a morte porque eu não posso ficar nenhum dia sem você."


"Estou afundando e desta vez temo que não haja ninguém pra me salvar

Esse tudo ou nada realmente me deixa louco

Eu preciso de alguém para curar, alguém para conhecer

Alguém para ter, alguém para segurar

É fácil dizer, mas nunca é o mesmo

Acho que eu meio que gostava do jeito que você entorpecia toda a dor

Agora o dia sangra no anoitecer

E você não está aqui pra me ajudar a passar por tudo isso

Eu abaixei minha guarda e então você puxou o tapete

Eu estava me acostumando a ser alguém que você amava"

Someone You Loved - Lewis Capaldi











Notas Finais


Esse foi o capítulo de hoje, foi curtinho mas foi com amor!

O que acharam do que aconteceu? Meio tenso né?

Bom, comentem o que acharam e até a próxima meus amores!

Me perdoem por qualquer erro ortográfico


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...