História My Dear Boss. - Levi x Leitora. - Capítulo 16


Escrita por:

Postado
Categorias Shingeki no Kyojin (Attack on Titan)
Personagens Eren Jaeger, Erwin Smith, Hange Zoë, Levi Ackerman "Rivaille", Mikasa Ackerman, Sasha Braus
Tags Imagine Levi
Visualizações 98
Palavras 1.460
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Eu não abandonei a fic não gente kkk eu andei meio preguiçosa e ocupada na escola... Mas sinto muito por isso, aqui jaz um capítulo para vocês! Eu estou me perguntando qual tipo de escrita devo usar. Digam se preferem em primeira ou segunda pessoa (a atual)!

Bom, boa leitura bbs~

Capítulo 16 - Início da Noite das Garotas!


- Fico contente com isso. - Levi segurou sua mão com delicadeza mostrando apoio. Você sentiu-se realmente grata a ele por perdoa-la tão facilmente, não podendo deixar de corar com o gesto carinhoso dele.

- Heh... Eu posso voltar ao trabalho, Heichou? - Você riu um pouco tentando descontrair, ele levantou-se ainda olhando-a com carinho.

- Sim, vamos voltar ao trabalho, pirralha. - Ele voltou a sentar-se enquanto você correu até a porta, parando em seguida. - Eu te amo Levi. - Você abriu a porta e logo saiu por ela.

Passou a tarde trabalhando sentindo-se mais aliviada a respeito de tudo, talvez Rose possa sentir orgulho da sua maturidade, afinal ela deu o conselho de dizer a verdade para Levi. Ela merecia uns agradecimentos. Ao terminar do expediente, Rose ligou para você, e alegremente você atendeu.

- E ai? Saiu tudo certinho? - Ela perguntou receosa, parecia preocupada.

- Sim! Tudo perfeito! Ah Rose... Se eu pudesse te daria um beijo! - Você brincou tirando algumas risadas da albina.

- Sem mais beijos por enquanto queridinha. Vem pra casa, vamos comemorar isso! - Ela sugeriu animada, seria uma boa passar um tempo com ela.

- Oh, sim! Que tal uma noite das garotas? Eu levo minha amiga, Sasha, você vai amar ela. - Você deu a ideia de uma noite apenas de garotas, seria a primeira desde a faculdade.

- Ótimo! Traz sim! Vamos beber pra cace- Vamos ver muitos filmes. - Ela se interrompeu e desta vez você riu, como era bom ter ela por perto... Lhe fazia tão bem.

Você juntou seus pertences logo dando duas batidas na porta do seu namorado, avisaria a ele que não necessitaria de carona por conta de querer levar Sasha para sua casa. Assim que escutou a voz dele dizendo-a para entrar, entrou na sala sorrindo.

- Levi, eu não vou precisar de carona hoje, tudo bem? - Você questionou sorridente para ele, ele a observou de forma calma demorando alguns segundos a responder. Após um longo suspiro ele finalmente se pronuncia.

- Por qual razão? - Perguntou sério, parecia um pouco desconfortável com a notícia, porém você não se importou.

- Quero ter uma noite de garotas hoje, para comemorar nosso retorno... Se não fosse por conta da Rose eu talvez nem tenha vindo aqui hoje. Ela merece, entende? - Você explicou mudando de expressão vez ou outra para triste e feliz. Queria muito que Levi entendesse seus motivos, não queria mais que seu relacionamento se tornasse uma novela mexicana.

- Tudo bem, é compreensível. - Seus olhos brilharam ao receber tal notícia. - Mas em compensação, o final de semana é meu. Você passará ele inteiramente comigo... 

- Okay Capitão! Eu te amo! - Você riu um pouco saindo animada da sala de Levi, não antes de dar um selinho em seu amado. Correu o mais rápido que pode para que conseguisse falar com Sasha a tempo, não queria que ela faltasse nesse dia tão importante para você, ela era muito especial. Assim que chegou no andar da contabilidade você avistou Sasha guardando seus pertences, você andou até ela dando um pulo em cima da mesma.

- Sasha! - Você gritou animada abraçando-a.

- ____! - Sasha retribuiu o abraço na mesma animação que a sua. - Ah! Que saudades que eu estava de você!

- Eu também estava! Muita coisa andou acontecendo ultimamente... - Você a soltou olhando-a de frente. - Ei, tem planos para hoje? - Questionou-a.

- Meus planos são ir para casa e comer. - Ela disse orgulhosa de sua rotina diária, Sasha realmente adorava comer.

- Hey, que tal ir passar a noite lá em casa? Minha irmã está ficando comigo, acho que seria bom vocês se conhecerem. - Você sugeriu sorrindo para ela, ela pensou alguns segundos fazendo uma cara séria, mas que logo se tornou um sorriso.

- Eu aceito sim! Eu vi sua irmã de passada, eu achei ela super linda! Vai ser ótimo conhecer ela! - Ela gritava animada, dando-lhe novamente um abraço, desta vez o apertando menos.

- Vamos então? - Perguntou se afastando da mesma, ela afirmou com a nuca, pegando sua bolsa. 

.

.

.

.

.

.

.

Assim ambas foram para sua casa, pelo metrô. Você descobriu que Sasha estava prestes a terminar de fazer sua aula de direção e em breve teria uma habilitação para dirigir seu próprio carro. Você ficou bem impressionada que uma garota jovem como ela iria ter uma habilitação tão cedo, o que deixou-a com uma certa vontade de fazer o mesmo. Assim que chegaram na sua casa, você apresentou Sasha a Rose e deixou-as se conhecendo melhor, enquanto fora preparar o seu quarto, onde todas dormiriam juntas esta noite. Você só pôde escutar as risadas e os berros das duas malucas que chamava de amiga e irmã. Assim que terminou andou de volta para a sala, observando elas.

- O casulo está pronto! Agora, o que acham de pedir todo tipo de comida bizarra do Ifood? - Você sugeriu rindo um pouco da sua ideia maluca.

- ADOREI! ____, você me conhece tão bem! - Gritou Sasha logo pulando em sua direção, você a abraçou, rindo da animação exagerada de Sasha.

- Ai gente, shippo vocês! - Rose fez uma voz meio falsa, forçando-a para que ficasse cômica, você e Sasha decidiram cair na brincadeira, começando a se acariciarem e falar de forma melosa.

- Eu aaaamo a Sasha, ela é tão linda! - Você falou dando um beijo na bochecha da mesma, tentando ao máximo suprir suas risadas. Sasha estava na mesma situação, suas bochechas inflavam de tanta vontade de rir.

- Oh! Minha ____! Separe-se do presidente e case comigo! - Sasha segurou sua cabeça no peito dela, falando de forma melosa e dramática. Rose caia na gargalhada tendo que se sentar no sofá para não cair, após alguns segundos você e Sasha a acompanharam na risada.

- Aí, aí! Minha barriga! - Você reclamou limpando uma lágrima no seu olho esquerdo enquanto segurava sua barriga, logo a risada cessou.

- ____, eu não sabia que você era tão engraçada. - Comentou Sasha se sentando no tapete da sala.

- A maninha não curte muito se mostrar para os outros nos primeiros dias, ela é tímida Sasha. - Disse Rose falando convencida.

- Não é isso! Eu só não quero que a primeira impressão das pessoas a respeito de mim não seja a de uma doida histérica. - Você falou fazendo um bicinho, típico de uma tsundere.

- Mesmo se fosse assim ainda seríamos amigas! - Sasha falou com firmeza, demonstrando apoio.

- Obrigada Sasha, você é um doce. - Você sorriu gentimente se sentando no sofá, entre Rose e Sasha. Em sua concepção aquela noite estava sendo a melhor da sua vida, nunca havia se sentido tão confortável em anos... Sua irmã estava ali, e sua amiga também. Nessa hora, você se lembrou de Mikasa, sua melhor amiga, um aperto se formou em seu peito fazendo um pouco de sua animação sumir... Já estava a evitando a algum tempo, aqueles beijos haviam se tornado uma memória péssima e se você a visse novamente, provavelmente iria se relembrar de novo e de novo.

Percebendo seu silêncio repentino, Rose pôs sua mão gentilmente sobre seu ombro, ela sorriu preocupada, um sorriso resultante de um misto de sentimentos de afeto e preocupação. Você levantou sua cabeça para olha-la, sentindo-se acolhida, como Rose era uma irmã maravilhosa. Você olhou para Sasha ao seu outro lado, logo para frente e então, sorriu. O passado é irreversível, por isso deveria seguir em frente com a sua vida, o ano estava recém começando, e esses ocorridos deveriam ser levados como aprendizados pelo resto do mesmo. Essa festa do pijama estava prestes a começar, você deveria se divertir, afinal isto não é um pecado.

- Bom, irei pedir a comida. Mas eu vou deixar umas batatas fritas prontas para caso não conseguirmos comer! - Você se levantou pegando seu celular, entrou no aplicativo pedindo comidas com temperos que nunca havia visto na vida, doces misturados com salgados... Ao ver aquilo pensou na dor de barriga que sentiria no dia seguinte.

- ____, você está bem? Está com uma cara... - Sasha a olhou de forma analítica, você estava realmente com uma expressão nada boa.

- Meio que isso vai resultar em uma diarréia. - Você olhou para elas um pouco desconfortável, logo pôde ver Rose abrir uma série de gargalhadas descompassadas, parecia uma hiena rindo.

- Amigas da diarréia. - Ela ria ainda mais, você olhava para ela dando pequenas risadas nervosas, Sasha seguia o exemplo da albina.

- Vejo que a noite será longa. - Você sorriu satisfeita, era um sentimento tão bom... Você sentia que este dia tinha sido perfeito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...