História My Dear Boyfriend - Capítulo 2


Escrita por: ~ e ~kodathewel

Postado
Categorias NU'EST, Wanna One
Personagens Baekho, Daehwi
Tags Baekhwi, Donghwi, Produce 101 Season 2
Visualizações 384
Palavras 2.898
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


É a Woona again e nós voltamos mais cedo do que o esperado aaaa

Capítulo 2 - Two


Fanfic / Fanfiction My Dear Boyfriend - Capítulo 2 - Two

- Dongho! Abre essa porta! - lá estava Minhyun batendo em sua porta desesperadamente, mas ainda de forma elegante. Como ele consegue fazer algo assim?

- Kang Dongho, se você não abrir essa porta eu vou arrombar esse apartamento e chutar a sua bunda preguiçosa! - os gritos de Minki incomodam os ouvidos do Kang e ele automaticamente faz uma careta.

- Cara vamos lá, a gente não te vê a quase quatro dias, está tudo bem? - a voz de Aron soou calma e preocupada ao mesmo tempo do outro lado da porta, e saber que os amigos estavam preocupados fez o Kang se sentir um bosta.

- Dongho, abre a porta pra gente! Estamos preocupados com você... - Jonghyun e seu jeito manso de falar, mesmo num tom alto, fizeram Dongho levantar da cama e ir abrir a porta do seu apartamento.

- Finalmente! - Minki exclama entrando no apartamento como um furacão. - Santa Gaga, o que aconteceu?! - gritou o Choi ao ver o estado do amigo e de seu apartamento.

Na visão dos outro quatro presentes, era difícil dizer quem estava pior; se era Dongho ou o apartamento. As janelas estavam fechadas sem deixar nenhuma luz entrar, havia um cheiro estranho no lugar e a cozinha estava uma completa bagunça.

Entretanto o dono do lugar não estava muito atrás.

Seus cabelos negros - esses já tão grandes que nem dava mais pra fazer seu amado topete - estavam bagunçados e com cara de oleosidade, como se não tivesse o lavado. Seu pijama cinza com preto estava todo amarrotado, o que mostrava que ele deveria estar o usando direto a dias; seus olhos estavam cheio de remelas e olheiras, como se ao mesmo tempo que dorme o dia todo, não conseguisse pregar o olho de noite.

Após receber as mensagens do seu "namorado", Kang Dongho se sentiu uma bela bosta e parou de ser social. A mentira tinha sido uma ideia estúpida e ele se envergonhava de meter o menino Lee no meio disso tudo, mas acima de se sentir mal com tudo isso, também estava completamente envergonhado. Estava tão decadente a ponto de ter que recorrer aquilo? E quando seus amigos descobrirem, e eles irão já que Daehwi não iria simplesmente deixar ser o namorado de um cara aleatório do Instagram, o olhar de pena deles iria doer bem mais. Não importava o quanto explicasse, aquela situação só o fazia ser mais decadente e solitário na visão dos outros. E era verdade.

Com aquele pensamento, Dongho sumiu das redes sociais e só saia para ir para a faculdade. Quando voltava para casa, se afundava nos cobertores e fingia que o mundo não existia enquanto Make Me Wanna Die do The Pretty Reckless tocava em alto e bom som, pensando em se dar um tiro na testa para poupar o mundo do humano deprimente que ele é. Drama king? Bleh, nada haver.

- Não aconteceu nada demais, Minki. - o dono do apartamento disse indo se jogando no sofá.

Os amigos pararam em pé na sua frente e cruzaram os braços sob o peito. Julgamento silencioso é o nome dessa ação, também chamada de pressão psicológica, e seus amigos eram os mestres dessa arte. Logo não demorou mais que algum segundos para que o Kang ficasse extremamente incomodado, tentando pensar numa boa desculpa para todo aquele comportamento.

- Aish, não me olhem assim! - Dongho resmunga se encolhendo. Sabia uma desculpa que seria perfeita para o caso, mas ele definitivamente não queria usa-la. Os olhares apenas se intensificam, e o moreno se sentiu sufocado com tanta pressão silenciosa. - Que inferno! Eu e o Daehwi brigamos, felizes agora? - rosna se sentindo pior do que já estava antes; tudo que ele queria era esquecer que tinha dito ter um namorado chamado Lee Daehwi por um momento.

Os garotos continuam em silêncio, Aron e Minhyun olhando para Jonghyun atrás de apoio sobre o que falar. Mas antes que o garoto falasse algo, Minki se jogou em cima de Dongho o agarrando pelo pescoço.

- Coitadinho do nosso tigrinho! - Minki murmura o apertando nos braços, não percebendo os outros amigos rindo baixinho e Dongho implorando por socorro, afinal está sendo sufocado. - Por que não nos disse idiota?! Poderiamos ter ajudado!

- Porque eu queria ficar sozinho. - resmungou baixinho, detestando cada detalhe que dava sobre aquele relacionamento imaginário.

- Dongho. - chamou Aron, se sentando no chão a frente do outro quando viu que Minhyun pegou o último espaço vago do sofá e Jonghyun continuaria em pé. - Somos seus amigos, você não pode fazer isso com a gente, sumir assim do nada. Minki quase teve um infarto junto com Minhyun.

Dongho olhou esconfiado para o Choi, esse mesmo que mantinha a cabeça baixa com um bico irritado nos labios.

- Não me olhe assim seu estrume, mesmo sendo um retardado você ainda é meu melhor amigo. - disse irritado, soltando uma risasinha do Kang.

- Donghonie... - chamou Minhyun de forma delicada, chegando perto se si e tentando concertar seus cabelos oliosos. - O que aconteceu entre você e Daehwi?

Dongho fechou os olhos com força, ele realmente estava mal por aquela mentira. Se Daehwi fosse um amigo seu que aceitasse fazer esse tipo de coisa, ou até mesmo algum conhecido que tinha dito um "tanto faz" Dongho não se sentiria tão mal assim. Mas ele não fazia ideia de quem era David/Daehwi - ele nem sequer sabia como chama-lo! - e nem o Lee sabia quem ele era, logo aquilo era errado.

Não, pior, o Lee sabia exatamente quem ele era, e na concepção do garoto, Dongho era só um stalker nojento e estranho. O Kang estava se sentindo assim nos últimos dias.

- A gente sempre teve problemas pra se falar, os fuso horários e tudo mais. - disse Dongho, as mentiras fluindo como água para fora de sua boca. - Era sempre ou muito cedo ou muito tarde que conversavamos, mas ultimamente ele não tem tido muito tempo nem nesses horários, então eu fiquei sentido...

- ... e acabou sendo agressivo com as palavras e magoou o outro? - completou Aron. Aquela não era bem a história que tinha imaginado, mas servia também. - Você é tão carente Dongho, já dava pra saber que isso iria acontecer uma hora.

- Você perguntou se ele estava cansado? - perguntou Jonghyun tentando ver os dois lados. - Disse que só conversam ou de manhãzinha ou de madrugada, ele estuda não? Quem te garante que ele não está tendo uma semana puxada na faculdade e estava cansado demais para conversar?

Dongho respirou fundo, fechando os olhos. Até quando inventava algo espontaneamente ele conseguia ser sempre o babaca e o errado da história; deveria ser o subconsciente dele se manifestando o tempo todo.

- Pare de ser um cabeça dura de merda e vá falar com o garoto. - disse Minki do seu lado. - Eu não abri mão de implicar com você sendo encalhado pra você ficar sofrendo com um relacionamento, ou até pior, fazer alguém sofrer. Vá falar com ele e se desculpe.

- Talvez seja melhor terminar isso. - disse Dongho de uma vez, ele precisava de um pretexto para sair daquela situação toda. Se os amigos aceitacem o fim do "namoro" o único problema seria fazer Daehwi não falar nada e Youngmin não entender exatamente o que estava acontecendo. - É muito complicado. A gente nunca se vê pessoalmente, os horarios não batem, deve ser uma merda pra ele.

- Alguém me tira daqui antes que eu de um tapa na cara dele. - esbravejou Minki com raiva, se levantando e indo para o lado se Jonghyun. - Não é possível que alguém consiga falar tanta merda de uma vez só.

- Dongho você gosta dele. - disse Minhyun fazendo Kang querer rir. Não, ele não gostava, ele nem sequer conhecia o menino. - Você não estaria tentando até agora se não gostasse, nem estária trancado nesse quarto por causa de uma briga. Não pode abrir mão de algo que gosta só porque é difícil.

- Conversa com ele, é sério. - disse Aron, se sentando no sofá. - Apenas se sente e veja se tudo isso vale a pena, e se vocês acharem que não vai valer... a gente vai estar aqui com você, não ha motivos para ficar isolado.

- Nós somos seus amigos, se você não vai contar com a gente vai contar com quem? - perguntou Jonghyun abraçando Minki por trás, apoiando seu queixo na curva do pescoço do Choi.

Dongho concordou com a cabeça, pensando no quão bons amigos tinha e no quão não queria ver o olhar de pena deles dirigido contra si. Não, isso não mesmo; o Kang iria dar um jeito de consertar toda essa situação que tinha feito.

- Vai falar com ele? - perguntou Minki normalmente, e o moreno concordou com a cabeça. - Ótimo, agora levanta essa bunda dai e vai tomar a porra de um banho que eu não sou obrigado a sentir essa catinga. - disse, se soltando de Jonghyun e batendo no outro até que ele se levantasse do sofá. - Minhyun e Aron, vão arrumar essa sala que ta uma imundice e tentar achar o coitado do Moony nessa caverna.

- O cara que leva ele pra passear saiu daqui faz uns 30 minutos. - disse Dongho. Puts, ele podia estar acabado o quanto fosse mas não iria deixar seu cachorrinho perdido por ai.

- Melhor ainda. Amor, liga pra algum lugar que entrega comida decente por favor? - disse docemente, fazendo Dongho revirar os olhos. -  Agora você, seu estrume, vai lavar esse cabelo bem lavado pra eu cortar ele e tentar deixa-lo parecendo igual gente. - ordenou o mais novo do grupo, puxando Dongho pela orelha e o jogando corredor do banheiro a dentro. - E por último: toma. - entregou o próprio celular para o Kang - Você sabe minha senha, manda mensagem pro seu garoto e se resolvam! Ou nós vamos resolver por você. - ameaçou sorrindo meio psicopata.

Dongho sentiu-se estremecer com a ideia dos amigos falando com Daehwi.

- Mandão. - resmungou entrando o banheiro e desbloqueando o celular, já se logando no instagram.

É claro que sentia mal por mentir... Mas e se a merda aumentasse mais caso ignorasse o Lee? Precisava falar com o garoto logo, explicar a situação e pedir desculpas. Tanto para salvar sua pele quanto para libertar sua consciência.

@kangbaeho: eu posso explicar

Estremeceu por inteiro ao ver que o garoto visualizou quase na hora.

 

@leedhvid: quem é vivo sempre aparece hein

@kangbaeho: desculpe pela demora, estava tomando banho 

@leedhvid: por três dias?

@kangbaeho: ...

@leedhvid: bom saber que você é limpinho haha

ok, parei, pode falar

@kangbaeho: não sei por onde começar...

@leedhvid: pelo começo, eu acho

relaxa, eu só mordo com permissão

@kangbaeho: ...

ok você é estranho

@leedhvid: superemos

@kangbaeho: então meus amigos acham que eu estou encalhado.

@leedhvid: e você não está?

@kangbaeho: não!

@leedhvid: então você está com alguém, mas mesmo assim finge que eu sou seu namorado.

seus amigos não gostam dele?

@kangbaeho: não é isso, eu realmente não tenho ninguém

@leedhvid: há quanto tempo você não se relaciona com alguém?

@kangbaeho: faz alguns meses...?

@leedhvid: então você está encalhado, paixão. aceite isso.

@kangbaeho: não é bem assim!

isso não significa que eu estou encalhado

@leedhvid: no meu planeta chamado Los Angeles significa.

@kangbaeho: você vai me deixar terminar de explicar?

@leedhvid: ok, go ahead

@kangbaeho: seguindo o pensamento dos meus amigos, eles acharam que o melhor jeito de me "desencalhar" era marcar vários encontros pra mim com várias pessoas diferentes

@leedhvid: hm, compreensível

@kangbaeho: afinal, de que lado você está???

@leedhvid: ?¿

@kangbaeho: esquece

todos esses encontros foram um fracasso

então eu inventei um namoro a distância e disse que por causa disso não podia sair com ninguém

eu tinha acabado de ver o seu perfil, então eu acabei passando o seu nome e sua foto dizendo que era você...

eu não sabia que ia chegar em você essa história toda, na verdade eu fiz isso porque achei que você nunca saberia

@leedhvid: então eu fui dar uma cochilada e acordei com um namoradinho novo?

ok né

@kangbaeho: eu vou dizer que nós terminamos, juro. me desculpe por usar seu nome e imagem, não vou fazer de novo

@leedhvid: opa, opa, opa

perai

@kangbaeho: foi errado, você nem deve ser gay

@leedhvid: eu sou

se tem uma coisa que eu sou é gay, Dongho

@kangbaeho: ah, entendi... eu também sou

@leedhvid: Dongho, você disse pros seus amigos que namora comigo, um indivíduo do sexo masculino, então eu meio que suspeitava que você era gay

@kangbaeho: faz sentido

@leedhvid: óbvio que faz

@kangbaeho: então, desculpa mesmo por ter fingido ser seu namorado, juro que não sou um stalker velho, nojento e estranho

@leedhvid: estranho talvez, nojento e velho acho que não

só posso confirmar isso se você mandar uma foto tua, porque você tem foto de um cachorro no seu perfil, parece minha mãe credo

@kangbaeho: é o meu cachorro!

ok perai um minuto

@leedhvid: espero que você não seja muito bombado, não gosto muito de caras assim 

@leedhvid: você pode ser fake também, então manda uma foto com o meu nome escrito em algum lugar, num papel, sei lá

 

@kangbaeho: [imagem]

@leedhvid: caras bombados? nunca critiquei

você tá no banheiro? e sem camisa?

@kangbaeho: eu estava indo tomar banho quando mandei a mensagem... muito ruim?

@leedhvid: como diria os hetéros, você é 100% top

olha a pressão até caiu aqui

como diria o exo: someone call the doctor

@kangbaeho: ?¿

@leedhvid: ignorando isso, eu acho que vou precisar de você pra uma coisa

@kangbaeho: o que?

@leedhvid: então, minha mãe não acredita que eu sou gay

@kangbaeho: oi?

@leedhvid: exATAMENTE

ela disse que só vai acreditar quando eu apresentar meu namorado pra ela

o que eu acho a coisa mais idiota do mundo já que porque porras eu iria chegar e mentir sobre a ser gay quando na verdade eu sou hetero??

@kangbaeho: prossiga

@leedhvid: então eu pensei "porra, preciso de um namoradinho"

@kangbaeho: hm

@leedhvid: ai o Youngminie me chamou me dando os parabéns pelo namoro e eu fiquei "ooooiii???"

quase falei pro meu irmão que o namoradinho dele tava metido com drogas

aquela dancinha da alpaca é muito brisada, não é possível alguém fazer isso sem estar chapado

@kangbaeho: khkhkjkjkjkhkhkhkjkhkjkhkhkhkhkjkhkhkhkhkh

leedhvid: então eu pensei "bicho, essa merda caiu perfeita no meu colo" ou seja, se você quiser continuar fingindo ser meu namorado, eu completamente topo

assim você escapa de mais encontros e a minha mãe acredita que eu gosto de pipoca

piroca* porra corretor seu bosta

@kangbaeho: você tem certeza disso?

@leedhvid: tenho

@kangbaeho: não quer pensar melhor?

@leedhvid: não, três dias pensando já foram mais que o suficiente

@kangbaeho: você vai assumir um relacionamento homossexual do nada com alguém que você literalmente não conhece sendo que você é famoso?

@leedhvid: eu não sou famoso, meu irmão é, vez ou outra eu apareço nos vídeos ou nas fotos dele e ganho seguidor por tabela

e por ser bonito também claro

mas essa história vai ser boa pra mim e pra você, então pra mim ta ok

@kangbaeho: por mim ok também

@leedhvid: ótimo então bae

então... não é melhor a gente conversar por outro lugar?

@kangbaeho: com certeza

@leedhvid: me passa seu número que eu te chamo no whatsapp

@kangbaeho: não tenho whatsapp

@leedhvid: baixa, não tenho mais armazenamento interno pra baixar o kakao

@kangbaeho: ok

isso me lembra

devo te chamar de David ou Daehwi?

@leedhvid: como assim?

@kangbaeho: na sua bio tem os dois nomes

@leedhvid: ah sim, é o meu americano e o meu de nascimento

tanta faz

mas faz tempo que ninguém me chama de Daehwi além do meu irmão

eu gosto

@kangbaeho: ok então, to baixando o whatsapp

@leedhvid: tá mas primeiro olha seu insta

@kangbaeho: por que?

@leedhvid: porque o casal donghwi está oficialmente anunciado público

 

Dongho fez uma careta, sentindo o celular vibrar e a notificação de ter sido marcado numa foto aparecer. "@leedhvid marcou você tem uma publicação"; o Kang chegou a achar que era algum tipo de sacanagem, mas quando clicou percebeu que era real. Na foto havia duas pessoas - dois homens pelo visto - de mãos dadas, mas o angulo da câmera não deixava ver o rosto apenas o braço e os dedos entrelaçados. Em uma das mãos havia o seu user marcado, e em baixo havia uma legenda escrita em hangul.

"Eu sinto sua falta bae �� :("

Filho da puta... pensou, sorrindo. Lee Daehwi era uma pessoa extremamente excêntrica e diferente de tudo que já tinha visto, e sinceramente falando, ele parecia levemente psicopata além de ser bem cínico e um ótimo ator. Olhou para a foto recém postada, mas já com mais de duas mil curtidas e viu sua caixa de entrada começar a encher com pessoas pedindo para segui-lo. Ah, mas a merda já estava muito mais do que feita, estava concreta.

- AAAAAAAAAAAA QUE COISA FOFA DO CARALHO! - Dongho ouviu o grito de Minki e automaticamente se encolheu. - ESSAS MÃOZINHAS JUNTAS, AI JONGHYUN, EU TO INFARTANDO!

- Deu certo. - Dongho riu baixo, deslogando seu instagram do celular de Minki e finalmente entrando no box do banheiro.

 


Notas Finais


Simmmm, essa fic vai ser quase inteira texting!
Espero que estejam gostando dela no mesmo nível que eu e a Koda amamos escreve-lá 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...