História My Dear Brother - Shawn Mendes - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Cameron Dallas, Charlie Puth, Derek Luh, Kylie Jenner, Magcon, Nate Maloley, Shawn Mendes
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Charlie Puth, Christian Collins, Crawford Collins, Derek Luh, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Amor, Canadá, Drama, Família, Família Mendes, Helena Foster, Irmão, Irmão-postiço, Magcon, Manuel, Old Magcon, Shawn Mendes
Visualizações 1.206
Palavras 2.537
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Orange, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quem é vivo sempre aparece não é mesmo...
Bom eu tenho uma justificativa plausível e se chama ENEM... A prova do capiroto...
Obrigado de coração a todos vocês pelos favoritos e comentários se eu não respondi algum fiquem tranquilos tranquilos vou responder todos...
Amores eu olhei a reprise do EMA, SHAWN MENDES LACRANDO VIADO ... 4/5 prêmios nosso menino é foda, uma super produção para a apresentação dele. Ahhhh a vovó do Shawn tava junto que coisa mais fofa, a velha é bem enxuta em kkkkk (com todo respeito)
Curtam esse capítulo que ficou grande e bafonico!
Até sábado que vem amores da minha vida.💗
Lembrando que a fanfic vai voltar a seu ritmo normal, capítulos todos os sábados...
Mais um lembrete pode ser que haja alguns erros no capítulo então pesso perdão .... Críticas são bem vindas 💗

Capítulo 6 - Cinco


Fanfic / Fanfiction My Dear Brother - Shawn Mendes - Capítulo 6 - Cinco

“O amor está mais perto do ódio do que a gente geralmente supõe. São o verso e o reverso da mesma moeda de paixão. O oposto do amor não é o ódio, mas a indiferença... – Érico Veríssimo 

(...)

Maio de 2018 – Toronto, Canadá.

Helena Foster – Point of View 

A delicadeza de Alessia não me surpreende em nada, deixei o celular de lado e decidi dormir um pouco até a hora que ela chegasse. Infelizmente o sono não apareceu então acabei por ir para a sala na esperança de achar algo legal que me distraísse durante esse tempo em que esperaria minha melhor amiga chegar.

Sentei no sofá da sala passando por todos os canais da TV procurando algo interessante para assistir, mas não achei nada, então acabei por deixar no canal da MTV que estava passando maratona de Siesta Key. 

Shawn desceu as escadas com sua mochila nas costas, ele estava com os cabelos molhados, seu perfume exalou pela sala me deixando arrepiada por conta do cheiro forte, ele estava usando BLEU de Chanel. Eu observava cada passo seu atentamente, nenhum de nós pronunciou uma palavra se quer, Shawn pegou as chaves do carro e da casa que estavam em cima da mesa de centro, até que eu descidi quebrar o silêncio. 

– Aonde você vai? – perguntei, eu o encarava descaradamente, mas o mesmo nem se quer olhou na minha cara. 

– Não é da sua conta. – disse sendo grosso. – Mas já que eu estou de bom humor vou te responder, estou indo jogar hockey. – então ele saiu porta a fora sem dizer mais nada, nem um mísero tchau saiu da sua boca. 

– Babaca!

Voltei a prestar atenção no programa, mas meu sossego não durou muito tempo pois a campainha tocou, bufei levantando  do sofá e indo atender a porta, abri a mesma dando de cara com três seres cheios de sacolas. Nate, Derek e Alessia estavam parados na porta sorridentes. 

– O que vocês estão fazendo aqui? – perguntei me referindo a Nate e Derek. 

– Surpresa! – disse Alessia entrando em casa. 

– Estávamos com saudades. – disse Nate me dando um selinho e entrando. 

– Oi minha bebe. – Derek entrou por último depositando um beijo em minha bochecha. 

– O que são todas essas sacolas? – perguntei enquanto entravamos na cozinha, todos juntos. 

– Compramos algumas coisas para você cozinhar para nós. – disse Alessia sorrindo, os meninos deixaram as sacolas em cima da mesa, comecei a tirar as coisas de dentro das sacolas. 

– Virei cozinheira e ninguém me avisou. – disse divertida.

– Você faz a melhor lasanha do mundo, será que pode fazer para nós? – Nate perguntou, ele passou seus braços pela minha cintura em um abraço por trás. 

– Eu faço, mas vocês terão que ajudar. – disse de modo que soasse autoritário. 

– Tudo bem. – disse Alessia igual a uma criança que acabou de ganhar um doce. – Por onde começamos? 

– Colocando o frango para cozinhar. – levei o pacote de peito de frango até a pia colocando dentro da panela de pressão.

Derek tirou uma garrafa de vinho de dentro de uma das sacolas, Nate pegou duas taças dentro da cristaleira e abriu o vinho. Enquanto arrumávamos os ingredientes para a lasanha conversávamos e bebíamos o vinho, o frango estava cozinhando e demoraria algum tempo para ficar pronto. 

– E o Mendes? – perguntou Derek. 

– Ele foi jogar hockey, provavelmente vai chegar tarde. – respondi dando um gole na taça de vinho que eu dividia com Nate, estava sentada na bancada de frente para ele. 

– Melhor assim, ele não vai com a minha cara, se me ver aqui capaz do Peter surtar. – disse Nate pegando a taça e bebendo o resto do líquido.

Me curvei um pouco para frente selando nossos lábios, dando início a um longo beijo. Escutei um pigarro e me afastei um pouco de Nate olhando para Alessia que estava com uma expressão maliciosa. 

– Usem o quarto, não sou obrigada a assistir essa cena. – disse Alessia fingindo indignação e  tapando os olhos.

(...)

A lasanha já estava no forno, o brigadeiro estava pronto e a mesa arrumada. Já tínhamos bebido duas garrafas de vinho, Alessia não parava de rir das piadas sem graça que Skate contava, já eu e Derek apenas revirávamos os olhos e dávamos risada da gargalhada escandalosa da minha melhor amiga . 

– Amor essa pergunta é para você, o que acontece se esfregar uma lâmpada em baixo d’água? – perguntou Nate segurando o riso. 

– Eu não sei – disse colocando um pouco de vinho em nossa taça. – O que acontece? 

– Nasce um hidrogênio. – ele disse rindo, Alessia gargalhava alto, eu apenas revirei os olhos mais uma vez. 

– Alessia, respira mulher. – disse Derek abanando a loira que não parava de dar risada. 

– Nate suas piadas são horrorosas. – falei depositando um selinho em seus lábios.

Desci da bancada e fui até o forno dando uma olhada na lasanha, o queijo já estava gratinado, então desliguei o forno. 

– A comida está pronta. – disse tirando a lasanha do forno e levando até a mesa.

No momento em que eu estava cortando a lasanha a porta da sala foi aberta, escutamos risadas e uma conversa que parecia ser animada, na cozinha se instalou um silêncio, nenhum de nós quatro pronunciamos alguma palavra. 

– Nossa que cheiro bom. – disse uma voz feminina muito bem conhecida por mim, e só de escuta-la já fico enjoada.

– Helena deve ter feito o jantar. –  foi a vez de Shawn se pronunciar, então ele entrou na cozinha acompanhado de Cameron e Lauren. 

Agora vai dar merda!

– O que você está fazendo na minha casa? – perguntou Mendes entredentes, assim que colocou o pé dentro da cozinha vendo Nate ao meu lado, encarando o mesmo com ódio no olhar. 

– Ele é meu convidado. – falei indiferente e continuei a cortar os pedaços de lasanha. 

– Boa  noite galera. – disse Cameron na tentativa de quebrar o clima pesado que se instalou no local. 

– Vou pegar mais pratos. – disse Alessia sorrindo. 

–  Oi Cameron e Lauren. – falei sorrindo falsamente e cumprimentando os dois, Shawn continuava a encarar Nate com raiva, seus olhos trasbordavam ódio. 

– Os socos que você levou no sábado não foram suficientes? – perguntou Shawn provocando Nathan. 

– Eu não tenho medo de você Mendes. – respondeu tentando manter a calma. 

– Chega! – exclamei batendo a faca na mesa fazendo um barulho entre o mármore e o inox. – Nathan é meu convidado Shawn, se você pode trazer seus amigos para dentro da nossa casa eu também posso, aceita que dói menos.  – então o silêncio reinou.

Alessia voltou com mais pratos e talheres colocando na mesa, o clima tenso pairava sobre nós dentro da cozinha. Os três que haviam acabado de chegar lavaram as mãos na pia da cozinha, em seguida todos nós já estávamos sentados a mesa. Servi todos começando por Alessia e terminando em mim. 

– Espero que gostem. – tentei quebrar o silêncio mortal que estava naquela mesa.

Todos começaram a comer e o único barulho que podia escutar era dos talheres batendo nos pratos, mas esse silêncio foi quebrado por Lauren que puxou assunto comigo. 

– Helena eu não sabia que você e Nate estavam juntos. – seu sorriso falso estava estampado em seus lábios, no momento em que ela disse isso Shawn bateu com força o garfo no prato me encarando com seu olhar demoníaco, me deixando intimidade.

 – Vocês estão juntos? – perguntou Cameron espantado e surpreso.

Eu não respondi nada, até por que não sabia o que responder. Nate e eu nunca tínhamos conversado sobre o que nós tínhamos, apenas deixávamos rolar, sem pressão, sem cobrança. 

– Sim estamos, espero que não seja um problema para ninguém até por que nós já somos  bem grandinhos. – disse Nate sorrindo, eu acabei me engasgando com um pedaço de lasanha que estava em minha boca, Derek estava do meu lado direito, ele começou a dar leves tapas em minhas costas, Alessia me alcançou sua taça de vinho e eu dei um gole na bebida sessando a tosse.

 –  Ela é menor de idade Maloley. – exclamou Shawn incrédulo, com certeza ele já está pensando merda. – Quando Sarah descobrir sobre vocês dois ela vai surtar.

– Eu estou com Nathan por livre e espontânea vontade. – falei direcionando meu olhar para Shawn. – Em nenhum momento eu me intrometi nos seus relacionamentos então pare de fazer seu show Mendes por que eu não sou obrigada a escutar, então agora todos calem a boca e comam.

 E novamente o silêncio tomou conta da cozinha e assim permaneceu até o fim do jantar.

(...)

Após o jantar Shawn, Cameron e Lauren foram para a parte externa da casa, Derek e Nate tiram a louça da mesa, Alessia guardou o que sobrou da comida e eu coloquei a louça suja na máquina de lavar, menos as panelas que eu mesma lavei. 

– Lena eu vou ter que ir em bora, amanhã tenho que trabalhar cedo. – disse Nate me abraçando por trás enquanto eu terminava de secar a pia. 

– Tudo bem Nate, eu tenho aula amanhã também. – disse sorrindo de lado.

Alessia e eu acompanhamos os dois até a porta da frente, me despedi de Derek com um abraço e dei um selinho em Nate. Os dois foram embora e nós duas voltamos para a cozinha. 

– Até que nossa noite não foi tão ruim. – disse Alessia. 

– Tirando a parte do jantar foi tudo maravilhoso. – falei olhando para a parte de fora da casa.

Cameron estava mexendo no celular deitado em uma espreguiçadeira, Shawn e Lauren estavam sentado na borda da piscina com os pés dentro d’água, ele abraçava ela de lado. Essa cena me causava um sentimento estranho, era difícil encaram aquela sena sem me sentir mal. Tentei não me abalar até por que não era nada de mais. 

– Eles estão juntos? – perguntou Lessi. 

– De verdade, eu não sei. – respondi suspirando. –  Já vi os dois diversas vezes juntos, mas sempre que Manuel ou minha mãe pergunta se eles estão namorando  Shawn apenas responde que são bons amigos.

–   Bons amigos que se comem. – disse Alessia maliciosa, e eu revirei os olhos. 

– Comentário desnecessário esse seu. – encarei ela. –Aproveita que Cameron está sozinho e vai falar com ele. – disse incentivando ela, mesmo que eu ache Cameron um babaca igual ao Shawn eu sei que Lessi gosta muito dele e nada do que eu falar ou fazer vai mudar o que ela sente por ele. 

– Eu não sei se consigo, eu fico travada perto dele. – falou nervosa 

– Apenas tenta. – respondi. – Eu já vou dormir, te espero no quarto. – levantei da cadeira, dei um beijo em sua bochecha e sai da cozinha, subi as escadas e fui para o meu quarto.

Tirei minha roupa e vesti um pijama, fui até o banheiro e escovei os dentes, lavei o rosto e voltei para o quarto. Alessia estava trocando de roupa na hora.

– Já chegou? – perguntei e a mesma me encarou. 

– Eu não consegui, travei na hora em que fui falar com ele, Cameron ficou me encarando então eu disfarcei e fui em direção ao seu gato que estava deitado na espreguiçadeira ao lado dele.  – ela estava nervosa. – Peguei o Hagrid no colo e voltei para dentro sem dizer nada.

– Quem te viu quem te vê dona Alessia Baronni, ficou envergonhada perto do macho. – disse rindo.

 Alessia jogou um travesseiro em minha direção, Ela realmente estava com vergonha de chegar perto ou falar com Cameron.

Terminamos de nos arrumar, apaguei a luz do quarto e nós duas deitamos na cama.

– Boa noite vadia. – disse Lessi.

– Boa noite cadela. – respondi e desliguei a luz do abajur.

O cansaço tomou conta de mim, não demorou muito para que eu caísse em um sono profundo e trabalho tranquilo. 

(...)

Levantei da cama totalmente contra a minha vontade, infelizmente hoje eu teria que ir a escola, minha melhor amiga estava sentada na cadeira de frente para a penteadeira, ela estava focada se olhando no espelho enquanto penteava suas madeixas.

– Bom dia vaca. – disse a observando.

– Bom dia bela adormecida, levante e se arrume se não vamos nos atrasar. – Alessia me respondeu sem tirar os olhos do espelho.

Levantei indo para o banheiro, tomei um banho rápido e fiz minha higiene matinal, em seguida voltei para o quarto, vesti minhas peças íntimas, uma calça jeans e a camiseta da escola, calcei meu tênis e vesti uma jaqueta por cima, o dia estava com um aspecto feio, com certeza iria chover. Passei meu perfume e um batom nude de textura matte, peguei meu celular e a mochila saindo em seguida do quarto. 

– Bom dia. – disse  entrando na cozinha com um sorriso nos lábios, o café estava quase pronto, Lauren arrumava a mesa enquanto Shawn fazia as torradas.

Quando vi Lauren meu bom humor foi para o espaço, ela havia dormido na minha casa, provavelmente vocês já puderam perceber que eu não vou conseguir a cara dela, seu jeito meigo me irrita, sua simpatia é falsa, seu sorriso é falso, tudo nessa garota é falso, e ainda por cima é a “melhor amiga” do meu “querido irmão”.

 – Bom dia. – responderam todos.

Todos se sentaram a mesa e então começamos a tomar o café, por último Cameron apareceu na cozinha com cara de sono, sentando-se ao lado de Lessi, a mesma parecia que iria ter um treco a qualquer momento. 

– Bom dia. – disse Cameron com a voz rouca por conta do sono, todos nós o respondemos juntos.

O café da manhã foi em total silêncio, consequência do jantar da noite anterior, em alguns momentos pude sentir o olhar de Shawn queimar sobre mim, apenas tentei ao máximo ignorar toda aquela situação mesmo sendo impossível. A presença de Lauren naquela mesa me incomodava, era desconfortante estar sentada na mesma mesa que ela e Shawn as 7:00 da manhã, sabendo que eles dormiram no mesmo quarto, na mesma cama e sabe sei lá o que pode ter acontecido.

Em todas as vezes em que Shawn vê Nate e eu juntos ele faz um escândalo sem motivo, eu não tinha que ser obrigada a ter que aturar Lauren, ele sabe que eu não gosto dela, e  tenho  motivos para isso, mesmo assim ele insiste em esfregar na minha cara a “amizade” deles. 

Terminei meu café e coloquei a louça que havia sujado dentro da pia, e ajudei a retirar as coisas de cima da mesa. 

– Lena espero que você não tenha se importado de eu ter dormido aqui, afinal você sabe que Shawn e eu nos conhecemos desde sempre e somos melhores amigos. – disse Lauren sorrindo.

Só de olhar para sua cara me dava nojo, seu sorriso falso estava estampado na sua cara deslavada. 

– Isso  não muda em nada na minha vida Lauren, você não precisa ficar se justificando. – antes que ela continuasse a falar eu saí da cozinha. 

– Vamos Shawn, eu estou atrasada. – falei para o garoto que conferia alguma coisa dentro da mochila. 

– Já estou saindo Helena. – disse sem olhar diretamente para mim . 

–  Ótimo Mendes, não quero perder o primeiro tempo. – odeio ter que depender das pessoas, principalmente se essa pessoa for Shawn Mendes.

Saímos de casa, Shawn estava dirigindo, Lauren ao seu lado, Alessia, Cameron e eu no banco de traz. Durante o percurso até a escola uma agonia me atingiu, meus nervos estavam a flor da pele, minha cabeça dava voltas e eu não conseguia parar quieta. Isso tudo estava acontecendo por conta da abstinência da nicotina. 

Eu precisava fumar um cigarro o mais rápido possível.


Notas Finais


Leiam também a minha outra da fanfic.
Ele Me Salvou: https://spiritfanfics.com/historia/ele-me-salvou--shawn-mendes-10748937


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...