1. Spirit Fanfics >
  2. My Dear English Teacher - Taeny - >
  3. The reunion of old friends and sermons

História My Dear English Teacher - Taeny - - Capítulo 4


Escrita por:


Capítulo 4 - The reunion of old friends and sermons


-  Jessica! – A Hwang caminhou saltitante na direção da sua velha amiga de escola, dando um abraço apertado na Jung, Jessica retribuiu o abraço. As duas professoras se encontravam na porta de uma cafeteria bem conhecida do centro da cidade, elas tinham marcado antecipadamente aquele reencontro, as duas não se viam desde o término do colegial e quando Tiffany ficou sabendo que sua melhor amiga estava vindo para Seul não esperou nenhum segundo, logo a chamou para elas saírem e falarem sobre a vida depois do colegial.

 - Você cresceu Miyoung – Jessica recebeu um tapa de Tiffany. – Aí! Por que me bateu?

 - Você sabe que eu odeio que me chamem pelo meu nome coreano, Soyeon – Provocou a Hwang na mesma moeda.

 - Eu odeio que me chamem assim – Resmungou a Jung.

 - Estamos quites – Disse Tiffany. – Mas agora voltando, vamos entrar e pedir alguma coisa, estou morrendo de fome – Disse passando a mão na barriga, logo as duas velhas amigas adentraram na cafeteria. Se sentaram na última mesa disponível, e pediram alguma coisa.

 - Então Stephanie, soube que você se casou com o sobrancelhudo, não sabia que um amor de colegial podia virar casamento, estou impressionada – Disse Jessica, bebia sua café com delicadeza enquanto encarava a sua amiga ainda escolher o que comer.

 - Não o chame assim – Deu uma risada. – Eu também não sabia que duraríamos tanto assim, mas nós dois amamos muito um ao outro – Deu um eyes-smile no final da frase.

A Hwang chamou a garçonete e pediu finalmente alguma coisa, uma torta de morango, logo voltou seu olhar para a Jung a sua frente.

 - E como anda sua vida amorosa Jung? – Jessica se endireitou na cadeira, não gostava muito desse assunto. – Pensei que continuaria com o Tyler, o que aconteceu? Vocês nunca se desgrudavam – Perguntou Tiffany curiosa.

 - Ele era um babaca e é isso que você precisa saber – Cortou o papo da Hwang friamente.

 - Desculpe, pisei em área que não devia, foi mal – Disse levantando as mãos em rendição, ambas ficaram em silencio por alguns minutos, apenas comendo os seus pedidos, até que Tiffany resolveu perguntar mais alguma coisa. – Então..., resolveu mesmo seguir a profissão de professora? Pensei que odiasse crianças – Disse rindo.

 - Não odeio, apenas não suporto – Defendeu-se Jessica. – E, sim, eu nunca pensei que escolheria essa profissão, mas não me via em outra a não ser essa e sem contar que sou intimidadora então ninguém tem coragem de falar na minha aula – Gabou-se, a Hwang inchou as bochechas fazendo um biquinho triste.

 - Acho que não consigo passar essa imagem – Resmungou Tiffany. – Sempre tem alguma conversa paralela na minha aula, talvez os alunos não tenham muito interesse em inglês, poxa é uma língua tão legal – Disse, colocou mais uma colherada da sua torta na boca e comeu.

 - Você é boazinha demais Tiff – Disse Jessica.

 - Talvez eu seja mesmo – Murmurou. – Ei Jess? – A Jung grunhiu em resposta. – Por acaso você tem alguma aluna com o nome Kim Taeyeon? – Jessica franziu o cenho com a pergunta repentina de sua amiga, mas logo respondeu:

 - Ah, sim me lembro de uma tal Kim Taeyeon – Murmurou. – Ela não é muito boa matéria, comprovei isso hoje, ela tirou seis no meu trabalho, uma nota meio baixa comparada com os outros alunos. Mas por que você quis saber?

 - Eu darei aulas extras de Inglês para ela – Disse Tiffany.

 - Por quê?

 - O próprio diretor me pediu, Kim Taeyeon é filha dele, então ele me pediu para dar esse “empurrãozinho” para a filha dele, então darei aulas extras para ela.

 - Sinto pena de você Tiff – Murmurou Jessica, a Hwang franziu o cenho não entendo a fala da sua amiga.

 - Por quê?

 - Terá que aguentar uma adolescente por mais horas do seu dia, isso é uma tortura – Disse Jessica terminado sua bebida.

 - Não acho, ela me pareceu uma pessoa bem simpática e legal. Talvez seja até divertido – De um sorriso.

...

- Meu deus Taeyeon! – A Kim afastou o telefone de seus ouvidos, ela estava em uma ligação com sua amiga Yuri. Taeyeon tinha acabado de contar seu certo interesse na professora de inglês, Tiffany Hwang e falou para a Kwon sobre as aulas extras que ia receber da Hwang.

 - Obrigado por destruir meus tímpanos Kwon Yuri – Resmungou a Kim.

 - Desculpe, acabei me exaltando um pouco – Murmurou Yuri do outro lado da linha.

 - Um pouco? Você gritou no meu ouvido. Por que todo esse escanda-lo? – Perguntou Taeyeon, se jogou na cama, vestia o seu pijama azul bebê.

 - Você ainda pergunta? Meu deus Taeyeon... – Murmurou a Kwon com um tom de desespero. – Isso é errado em tantos níveis diferentes – Disse Yuri.

 - Yul, eu te disse que estou apenas interessada, não a amo, meu plano aqui é apenas levar a Senhorita Hwang para a cama – Disse a Kim como se aquilo fosse a coisa mais simples do mundo, no outro lado da linha deu para ouvir o suspiro de Yuri.

 - Você tem cérebro? As vezes acho que não. Taeyeon você quer levar uma professora para a cama, uma PROFESSORA! – Taeyeon afastou pela segunda vez o telefone de seu ouvido. – E sem contar que a professora é casada, você me ouviu bem Taeyeon, ela é c-a-s-a-d-a – Disse a Kwon soletrando a palavra.

 - Você se preocupa demais Yul – Resmungou a Kim, Taeyeon amava muito Yuri, a Kwon era sua única amiga e a pessoa que ela mais tinha confiança, mas as vezes a Kim achava que sua amiga se preocupava demais com as coisas.

 - E você se preocupa de menos, eu te bateria agora se fosse possível, mas vou guardar isso para amanhã na escola. Você sabe que isso pode estregar sua a vida e toda a carreira da professora Tiffany, não sabe? – Taeyeon rolou os olhos enquanto sua amiga continuava uma serie de sermões duros para ela.

- Hum Pai? Você está me chamando – Fingiu. – Ah sim, estou indo. Poxa Yuri que pena, terei que interromper seu sermão, meu pai está me chamando.

- Não vai se atrever a fazer isso comigo Kim Tae-  – Yuri não foi capaz de terminar sua frase, Taeyeon já tinha desligado a ligação.

 A Kim suspirou, passou as mãos pelo seus cabelos loiros e encarou fixamente o teto cor azulado do seu quarto.

 - Nada de errado vai acontecer...

....

- A filha da mãe desligou na minha cara – Resmungou Yuri ao ver a chamada encerrada na tela de seu celular. – É isso que eu ganho por me preocupar com ela – Jogou seu celular na cama, caminhou em direção do seu banheiro. – Preciso de um banho.

 

 A campainha tocava várias vezes na casa dos Kwons, Yuri já começava a se irritar com aquele barulho todo, só tinha ela em casa e então sobrava apenas a ela em ir atender a maldita pessoa que apertava sem parar a campainha de sua casa. A Kwon saiu de seu banheiro com a raiva já a consumindo.

 - Mas que coisa hein, mais que pessoa sem paciência – Desceu as escadas da casa vazia, se direcionou até a porta e a abriu esquecendo o fato dela estar apenas de toalha para cobrir seu corpo. – O que foi!? – A Kwon arregalou os olhos ao ver aquela pessoa na sua frente.

 - Pensei que receberiam a vizinha nova com mais simpatia – Disse Jessica. – E vestidos – Comentou, olhando sem quaisquer disfarce para o corpo bronzeado de Yuri, a Kwon corou ao reparar que estava apenas de toalha na frente da sua professora de matemática.

 - O-oi professora Jessica – Se colocou para trás da porta deixando apenas sua cabeça amostra, Jessica achou aquilo engraçado, significava que estava intimidando a Kwon e esse era seu objetivo.

 - Vim apenas pedir um pouco de leite – Disse simples, se encostou no batente da porta, olhando fixamente nos olhos de Yuri, a morena engoliu em seco.

 - Ah sim, nós temos leite, vou lá buscar... – Yuri se retirou o mais rápido possível dali, caminhou até a cozinha e pegou uma caixa de leite no armário, depois voltou até a porta, praticamente jogou a caixa de leite na direção de Jessica. Ela estava desesperada para acabar com aquilo logo.

 - Mas eu-

 – Pronto aí está o leite, até amanhã professora – Cortou Yuri, e fechou a porta na cara da Jung.

 - Mas eu só precisava de um copo de leite – Murmurou Jessica, logo sorriu de canto.  – Acho que não será muito difícil eu me divertir...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...