História My Dear Lover - Capítulo 10


Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki
Tags Drama, I Love Potato, Romance, Sobrenatural, Vampiro
Visualizações 14
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, LGBT, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii mores, espero que gostem desse capítulo.

Capítulo 10 - Sendo trocada


Fanfic / Fanfiction My Dear Lover - Capítulo 10 - Sendo trocada

                - Só porque ela se parece comigo não precisava agir daquela forma, outra coisa, não sou ela, somos apenas parecidas. – Suspiro e passo a mão no cabelo.

                - Meg, todos nós fomos apaixonados por ela, ela mexia com nós que nenhuma outra conseguiu, um vampiro sente tudo duplicado, quando você se apaixona nós nos apaixonamos bem mais... Depois da traição da Yui foi muito forte para nós, algum decidiram fechar o coração, outros tentam ser legais como o Shu, mas se afetam mais. Toma cuidado com quem for ficar... Mesmo que seja eu ou o Shu.

                - Obrigada Subaru. – Abraço ele, noto ele resistir por um tempo, mas logo retribui o abraço. Parece que faz anos que ninguém abraça ele.

                - Meg vá falar com ele... – ele me olha nos olhos e pude ver que tinha uma dor no fundo deles.

                - Qualquer coisa pode falar comigo. – Pego no seu rosto delicado e frio, beijo sua bochecha e fui até o quarto do Shu e bati na porta que abriu na mesma hora, Shu me olha esperando que eu fale. – Podemos conversar?

                - Agora? – Ele fala de forma seca e olha para dentro do quarto. – Estou meio que ocupado. – Ele abre um sorriso olhando para dentro, dou uma espiada sem ele perceber e vejo um cabelo loiro conhecido. O cabelo da Tiffany. Serio isso? Que idiota.

                - Desculpa acabar a sua festa Shu, só queria me desculpar por tudo e explicar tudo, mas noto que não precisa de mim, pois está se divertindo. – Me viro indo para o meu quarto, ele não mexeu um músculo para me impedir. – Depois eu que sou a vadia. – Olho para trás e vejo-o me olhando, ele me escutou muito bem. Entro no meu quarto brava. – Se ele quer que eu seja uma vadia... Serei...

                O dia passou rápido, passei a maior parte do dia trancada no quarto evitando ver o Shu, fui ao banheiro, tomei um banho rápido, fui ao meu closet e vejo umas roupas para dormir, costumo usar roupas mais comportadas por estar no meio de seis homens, mas que se dane. Pego uma das roupas de dormir sexy e vesti. Passei uns minutos me olhando no espelho, essa roupa valorizou o meu corpo que costumo esconder. Sinto meu estomago roncar, preciso ir à cozinha, mas não tenho um roupão para esconder meu corpo. Quer saber, vou assim mesmo, que me vejam já me chamam de vadia mesmo.

                Saio do quarto, passo pela sala e vou em direção a cozinha, chegando lá começo a fazer um sanduíche, sinto um olhar sobre o meu corpo, me viro e noto o Subaru me olhando de forma intensa.

                - O que achou? – Falo irônica.

                - Bem sexy, gostei mais dessa sua versão. – Ele se aproxima, mas não me recuo, tento manter minha coragem, precisa agir, preciso esquecer o Shu.

                - Que bom que gostou. – Me aproximo deixando ele contra a pia. – Se quiser pode tocar. – Sussurro em seu ouvido e beijo seu pescoço. Que merda está fazendo? Pareço uma puta. Quer saber... Não estou nem ai se pareço puta ou não, essa é minha nova eu, ousada e sexy.

                - Estou impressionado, nunca te imaginaria assim. – Ele pega na minha cintura.

                -Esse impressionado e bom ou ruim? – Olho nos seus olhos, que brilhava.

                - Bom, gosto de você como antes, mas às vezes ser sexy e ousada não é nada mal... Mas e o Shu? – Ele me olha intensamente.

                - Ele já me substituiu quando fui falar com ele. – Olho a camisa do Subaru e depois olho seus olhos. O cheiro dele e muito bom. – Preciso de alguém legal, alguém como você.

                - Eu não quero te machucar Meg. – Ele pega no meu rosto.

                -Então não me machuque você é capaz de se controlar. – Pego no teu rosto.

                - Você tem que tentar fugir, vai acabar morta como as outras noivas. – Noto na sua voz a preocupação.

                - Depois eu tento primeiro tenho que fazer isso primeiro. – Encosto meus lábios nos dele, inicio um beijo calmo e doce, seus lábios são macios, logo sinto pegar na minha cintura me puxando para mais perto e sua língua explorando toda minha boca.

                Algo atrás de mim fez barulho, quando me viro vejo Shu e Laito, os dois me olhavam, o Shu olhava meu rosto e meus lábios rosados por causa do beijo, já o Laito olhava meu corpo.

                - Isso e roupa para se vestir em uma casa que só tem você de mulher? Em Dona Megan? – Shu fala me olhando serio.

                - Shu para com isso, ela está bem sexy, não vejo a hora de tocar no seu corpo vadia. – Laito me olha com um sorriso malicioso.

                - Shu eu visto a roupa que quiser, todos já me chamaram de vadia aqui, estou apenas sendo o que me chamam. – Sorri de forma ignorante. E olho para o Subaru. – Depois continuamos. – pego meu sanduíche e saio da cozinha rebolando, sinto os três me olhando, fui para o quarto, fecho a porta e sorri logo começo a comer meu sanduíche.

 

SUBARU SAKAMAKI

 


Notas Finais


Minhas outras histórias:
My Adventure in Neverland: https://www.spiritfanfiction.com/historia/my-adventure-in-neverland-13831988
Separados pelo Destino: https://www.spiritfanfiction.com/historia/separados-pelo-destino-13530005

Beijos de Luz!
By: Isa


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...