História My Dear Professor - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook)
Tags Bangtan Boys (BTS), Drama, Exo, Hoseok, Imagine Jungkook, Jeon Jungkook, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Romance, Sehun, Taehyung, Xiumin, Yoongi
Visualizações 61
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Bishoujo, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 32 - Seul


Fanfic / Fanfiction My Dear Professor - Capítulo 32 - Seul

- J-Jungkook... Olha isso... - Digo com muita dificuldade, minha garganta falhava e rapidamente comecei a gelar, minha mão tremia em desespero, eu... Não acredito! 

- O que aconteceu para você est... HYERIN! E... Ela... E agora? - Jungkook logo fica bravo. Como sempre, jogando algumas mechas de cabelos que atrapalhavam sua visão para trás. 

Com muita raiva, Jeon deu um soco na parede, me assustei. 

- Jungkook! O que está fazendo? - Me aproximo.

- S/N, a partir de agora... Sua vida vai ficar mais difícil, por minha causa. Se eu... Se eu tivesse feito o que Hyerin pediu... Aish! - Pego em sua mão que estava sangrando, deve ter doído. 

- Não foi culpa sua. Você me avisou, eu que fui imprudente. Não se preocupe, eu vou ficar bem. - Eu fico um pouco chocada por saber que ele não aparenta estar nem um pouco preocupado com ele. 

Hyerin postou em seu ig no Instagram, um ig bastante conhecido pela nossa escola e também por outras pessoas, ela postou... Uma foto minha e do Jungkook, nos beijando. Ela editou, parecia uma foto de uma profissional. Ela colocou uma legenda, como: "Eu sinto sua falta", para a foto parecer somente uma indireta, mas, todos da escola sabem que somos nós. Nos comentários tinha vários alunos chocados, e muitos me xingavam. 

"Puta", "Pegou até o professor?", "Se eu a pegar em um dos corredores (๑•̀д•́๑)"

Eu não queria chorar na frente dele, queria parecer forte para não o preocupar. Muitos vieram comentar em minhas fotos do instagram, não sei o que fazer. 

- Eles vinheram comentar em minhas fotos... - Corto o silêncio que havia invadido o local. 

- Por agora, você deve denunciá-los. Ele mechia seus dedos na tecla do seu celular rapidamente. 

- O que você está fazendo? - Vou para seu lado e leio o que escrevia. 

"Vocês são uns covardes! Por que estão a culpando? Eu também estou nessa foto com ela, mas por que vocês só a xingam? Parem com isso! Iremos processar quem comentou comentários que possa a ofender, na justiça. 

- Jungkook... Você não precisa fazer isso... 

- S/N, estou me formando em direito. Não posso deixar isso acontecer, e logo com você que é quem eu amo. 

- Eu... - O abraço. Era só o que eu podia fazer nesse momento. 

No dia seguinte... 

[Jungkook On ]

Falei para a S/N não ir à escola hoje... Mas ali está ela. Todos estão a encarando com nojo, como se ela fosse um monstro. Não aguento vê-la passar por isso. Aumento meus passos até ficar ao seu lado. Pego em sua mão, a deixando surpresa. Seus amigos também estavam com ela, fico mais tranquilo ao saber que ela tem eles ao seu lado. Ela sorri. Seu sorriso me fortalece, me deixa mais forte. Ao chegar em sua sala de aula, dou um beijo em sua testa e afago seus ombros. 

- Vai ficar tudo bem. - Falo ao ver sua preocupação em seus olhos. 

- Eu espero. 

Sorrio e vou rumo a diretoria. Bato na porta com força. 

- Pode entrar. - Ouço. Abro a porta. O cumprimento. 

- Bom dia, senhor Jungkook. - Diz o diretor. 

- Bom dia. 

- Sente-se. - Me sento na cadeira a sua frente. 

- Você sabe o que fez, não é? 

- Sim... 

- E sabe que é errado. 

- Não posso me impedir de amá-la. 

- Então, infelizmente, vou ter que tomar decisões precipitadas. 

- Eu já estou preparado para isso. 

- Jeon Jungkook, você está demitido! Pegue suas coisas e vá embora. Por sua causa, perdemos a confiança de muitos pais. 

- Me desculpe por toda essa confusão. Eu... Vou pegar minhas coisas o mais rápido possível. 

                              °°°

Terminei de empacotar todas minhas coisas e colocá-las no carro. Estou saindo para casa da S/N, pois agora Jin hyung quer falar comigo. 

Aperto na campainha ansioso. Sou atendido logo depois. 

- Olá, Hyung. - Cumprimento. 

- Olá. - Ele não está normal. Ele está sério. - Temos muito a conversar. Entre. 

O sigo até a sala e sento-me na sua frente. 

- Jungkook, você... E minha filha... O que é isso? - Olha nos meus olhos. 

- Hyung, eu... Nós nos apaixonamos. 

- Jungkook, você é o professor dela! 

- Eu sei, mas... Se fosse tão fácil assim, você acha que eu a colocaria nessa situação? Eu pensava nisso todos os dias, mas nunca consegui ficar sem falar com ela por muito tempo. Eu a amo.

- Eu... Vou confessar que sempre ficava de olho em vocês desde criança, mas... Achei que fosse coisa da minha cabeça. Devo admitir que estou um pouco bravo, mas não posso o culpar por amá-la. O que você vai fazer? 

- Eu... Vou falar com a S/N. Como estou no último ano de direito, e já está muito próximo de eu me formar... Estou pensando em ir para Seul. 

- Mas... E ela? - Jin pergunta. 

- Eu queria que ela vinhesse comigo, ia ser melhor pra ela. 

- Me desculpe, Jungkook. Mas isso não podemos permitir. - Olho pro chão desanimado. Provavelmente terei que ir sem ela. - Se você falar isso pra ela, com certeza irá me implorar por muito tempo para ir junto à você. Por favor, não diga nada para S/N.

- Mas... Jin... 

- Vou tentar o máximo que eu posso para não fazê-la ter raiva de você, por "abandoná-la." Vai ser melhor pra ela, acredite. 

- Você tem certeza? Vai ser melhor? 

- Eu acho... 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...