História My dear psychopath - Kim Doyoung - NCT (REESCREVENDO) - Capítulo 2


Escrita por:


Capítulo 2 - Two


MayLeen

Aquele estava sendo meu último dia naquele orfanato. Eu estava super animada por finalmente ter achado alguém que queira me adotar, até porque eles querem uma criança por volta dos 10 anos de idade, não uma pessoa com seus 17. Mas enfim, dei muita sorte.

Eu já havia me encontrado com meus futuros pais algumas vezes, são super legais e carinhosos. Mas ainda não tive a oportunidade de conhecer Xiaojun, o garoto que vai ser meu "irmão" a partir de hoje.

??: May? Sua mãe está te esperando. Me acompanhe 

Levantei da minha cama e a segui até a sala de recepção, logo minha nova mãe que me recebeu com um sorriso lindo. Meu "pai" não estava ali, mas prefiro não fazer perguntas.

Yujin: minha filha! -Se levantou e me abraçou forte, retribui-

Eu amava os Abraços dela, faziam eu me sentir tão segura... Como se nada nesse mundo fosse me ferir, se eu pudesse passaria o dia todo assim, abraçada com ela.

May: Oi Yujin -sorri-

Yujin: não deu para o seu pai vir te buscar junto comigo, espero que isso não chateie você querida

May: ah, não, tá tudo bem!

??: a senhora só precisa assinar mais uns papéis pra poder levar ela

Yujin: tudo bem, filha pegue suas coisas e me espere lá fora okey?

May: tá bom! 

Peguei minhas coisas e sai da sala, fechando a porta em seguida. Fui caminhando pelo orfanato, olhando cada canto, dou um sorriso ao lembrar das coisas boas que já passei aqui, mas também dos meus momentos difíceis. Eu ainda tenho dificuldade de acreditar que estou indo embora daqui... pra sempre. Chego ao lado de fora e fico sentada na calçada esperando Yujin vir.

Dentro de poucos minutos ela apareceu.

Yujin: vamos?

May: vamos -pego minhas coisas e entro no carro-

Yujin: então, você gostaria de fazer algo antes de irmos para casa meu amor?

May: não tenho nada em mente Yujin... -olhei pra ela-

Yujin: pois eu tenho! Vamos no shopping comprar umas roupas pra você, e umas coisas pra decorar o seu quarto! -Disse toda animada-

Eu apenas sorri pra ela e concordei

(...)

Umas horas se passaram, Yujin me comprou tanta coisa! Coisas que nunca havia ganhado antes e eu estava muito feliz por isso. Nos estávamos a caminho da minha nova casa. 

Quando chegamos ela estacionou o carro e nos descemos com aquele monte de sacolas. Quando coloco os pés no jardim da casa, ouço uns gritos lá de dentro.

...

Min-Jae: você vai se acostumar! Tenta ao menos fazer amizade com ela.

Xiaojun: enlouqueceu?! EU DEIXEI BEM CLARO QUE EU NÃO QUERIA ESSA VACA AQUI DENTRO DE CASA, NÃO ME PEÇA PRA FAZER AMIZADE!

Min-Jae: não fale assim da sua irmã Dejun!

Xiaojun: irmã?! EU DISSE QUE EU NÃO QUERIA UMA IRMÃ, VOCÊS SÓ QUEREM ALGUÉM PRA MIMAR JÁ QUE O SEU FILHO AQUI NÃO SERVE MAIS!

Min-Jae: Dejun não é nada disso! Sabe que sua mãe sempre quis uma menina

Xiaojun: mas ela ganhou um menino! Já não é o suficiente? Se ela queria tanto uma garota era só ela ter me doado pra alguém, sei lá, e ter continuado tentando fazer uma garota, até dar certo

Min-Jae: tente entender, nos amamos você também 

Xiaojun: "também" ? Então já amam aquela... Aquela...

Min-Jae: não se atreva...

Xiaojun: Já amam aquela garota sem ao menos conhecerem! ... Se algum dia acordarem e a garota de vocês não estiver mais aqui... Não digam que eu não avisei. 

Min-Jae: você não vai matar ela.

Ouvi algo se quebrar, um dos dois deve ter jogado um copo na parede.

Xiaojun: você duvidou de mim na última vez e viu o que aconteceu, não duvide de novo meu velho... Não tenho medo de sujar as mãos.

...

Yujin: ... Não ligue querida são assim mesmo. Seu pai e seu irmão vivem discutindo, não se assuste

May: ele não me queria aqui não é...?

Yujin: claro que quer! Dejun é meio difícil de lidar, mas ele vai se acostumar com você, prometo! 

May: ok...

Quando entramos na casa fiquei boquiaberta, ela era enorme! Umas dez vezes maior que o orfanato 

Yujin: gostou?

May: e muito!

Yujin: que bom! Vou pra cozinha fazer algo pra comermos, fique a vontade 

May: ok! -sorri-

Me sentei no sofá e logo ouvi alguém descer as escadas.

Min-Jae: filha! -veio me abraçar-

Dejun logo apareceu... Me fuzilando com os olhos 

Xiaojun: ah então é "essa daí?"

Min-Jae: Dejun...

Xiaojun: pfff... Sou o XiaoDejun. -Disse e saiu de lá-

Min-Jae: por favor não ligue pra isso...

May: ah... Ele sempre foi assim?...

Min-Jae: é... Não, ele só é difícil de lidar 

May: entendo, ele deve estar irritado por conta dessa mudança.

Min-Jae: sim... Então, como foi seu dia?

May: foi ótimo!! 

Min-Jae: que bom! Eu já arrumei seu quarto e também te matriculei em uma escola, a mesma do seu irmão 

May: Obrigada -sorri-

Eu já ia pra escola, mas não era lá das melhores...

Yujin: Xia- aonde ele está?

Min-Jae: acho que voltou para o quarto 

Yujin: entendi... Bem, só quero avisar que uns amigos dele estão chegando aqui. Não se assuste eles podem ser muito... agitados 

May: -ri- ok Yujin 

E então a campainha toca.

Yujin: oh, chegaram rápido -foi atender-  Oi meninos!

Jungwoo: Oi tia! -A abraçou- aquela é a irmã do Dejun? -Ele veio até a sala com os outros meninos-

Taeyong: Oi! Eu sou o Taeyong -disse com um sorriso nos lábios -

Jaehyun: sou o Jaehyun, pode me chamar de amor da sua vida -piscou pra mim-

Ten: iii ala, não vai na dele não. Eu sou o Ten

Jungwoo: Jungwoo! -disse e veio me dar um abraço sufocante-

Renjun: para de gritar na casa dos outros, caramba! ... Eu sou o Renjun -sorriu-

Eles olharam pra um cara de cabelos escuros e "tossiram"

Doyoung: ... Kim Doyoung -me olhou e subiu para o quarto do Dejun-

Taeyong: aish queria que meus pais tivessem adotado você. Eu ia te deixar gordinha.

Ten: da sossego Tae, ela não ia te aturar. Ainda bem que Yujin adotou ela antes dos seus pais 

May: que maldade! Ah, me chamo MayLeen, mas as pessoas são acostumadas a me chamar só de May

Renjun: prefiro te chamar pelo nome completo, você se importa?

May: não!

Renjun: ufa 

Jungwoo: não liga, Renjun tem a mente de velho... -sussurrou pra mim-

Rnjun: eu ouvi, hum 

Xiaojun: ... Vão ficar aí até quando?

Ten: já estamos indo. Adoramos conhecer você, May

May: também amei conhecer vocês!

Jungwoo: nos vemos amanhã na escola. Boa noite May!

Apenas ri. Todos eles foram em direção ao quarto do Dejun

Yujin: filha, vá para o seu quarto e tome um banho, vista algo mais confortável. Daqui a pouco vamos comer

May: certo... aonde fica meu quarto?

Yujin: fica de frente para o quarto do Dejun... digamos que não é muito difícil achar o quarto dele... E eu já guardei suas coisas lá

May: vou lá! 

Me levantei e subi as escadas, como escadas e como ela disse não é difícil achar o quarto do Dejun. A porta dele é toda escrita... abro a porta de frente pro quarto dele e uau... Meu novo quarto é tão grande e aconchegante! É difícil de acreditar que tudo isso é meu.

Pego uma roupa e vou para o banheiro me banhar.

...

Depois de tomar banho, me jogo naquela cama e olho para o teto. Do nada me vem umas perguntas na cabeça... "Será que vou ser feliz aqui?" "Será que vão gostar de mim?" Saio desses pensamentos quando a voz doce da Yujin chama pelo meu nome

Yujin: eu te trouxe a comida aqui, seu pai decidiu que teremos uma conversa com Dejun, e não quero que ouça...

May: te entendo, não me incomodo com isso

Yujin: ufa... Me desculpe por isso -me deu um beijo na bochecha e colocou uma bandeja com comida em cima de uma escrivaninha que tem ao lado da minha cama- coma tudo!

May: tá bom, estou morrendo de fome!

Ela sorriu pra mim e sai do meu quarto, me deixando sozinha novamente.

Eu como tudo aquilo que ela colocou na bandeja, depois de terminar me deitei na cama e sem que percebesse, adormeci.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...