História My Dear, Shawn Mendes. - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Shawn Mendes
Tags Drama, Incesto, Shawn Mendes
Visualizações 321
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


ATENÇÃO:
- Leia todos os avisos de +18
- Essa história contém incesto e relação entre pai e filha. Queria deixa bem claro que eu NÃO apoio isso. E que isso apenas é uma ficção, é tudo invenção.
- Se não gosta nem leia.
- Lauren é Maia Mitchell

*Se não gosta, não leia.*


(Lauren aqui na capa)

Capítulo 1 - Chapter 1


Fanfic / Fanfiction My Dear, Shawn Mendes. - Capítulo 1 - Chapter 1

Fecho os olhos sentindo a música alta invadir meus tímpanos. Na minha vida tudo é tão difícil, porque tem que ser difícil? Desde que me entendo por gente a vida fez questão de me derrubar, e com meus dezesseis anos recém completados não seria diferente. 

- Eai biscate, vamos dançar? - sorrio pra loira na minha frente. Sabe aquelas pessoas que estão ao seu lado pro que der e vier? Então, na minha vida essa pessoa é a Katherine, mas conhecida como Kathe. Eu não me vejo sem ela, nos conhecemos desde os nossos quatro anos, e depois nunca mais desgrudamos uma da outra. A loira é minha única e melhor amiga. - Por favor Lauren, eu te imploro! Aqui está cheio de gatinhos e você fica aí, chorando por causa do Shawn e da Julia? - faço biquinho igual a uma criança. Isso é tão ridículo! - Me faça favor né? Você está em uma festa! - A loira me puxa e me arrasta até a pista de dança. 

- Olha só, Shakira e Rihanna. - Kathe diz animada e começa a dançar "Can't Remember to Forget You". Sim, é a música favorita dela. - The way he makes me feel yeah, gotta hold on me - ela grita e eu me rendo a música. Movimento meu quadril sensualmente como se precisasse disso pra viver, Kate me acompanha nos movimentos.

Sinto alguém um pouco mais alto que eu segurar minha cintura por trás e me encoxar. Não dou importância, pelo contrário, danço sensualmente no quadril desse cara, sentindo seu membro já duro. Kathe já tinha sumido da minha visão, com certeza estava com um dos garotos que ela tanto ama... Ficar. 

Me viro pro garoto e o beijo, o beijo com intensidade, seu rosto é desconhecido por mim, mas a boca... Sinto que já senti ela antes. O garoto não demora em colocar as mãos na minha bunda, estava tudo bom... Mas com diz o ditado, tudo que é bom dura pouco.

Ali estava ele, meu querido papai de adoção com o semblante sério, as mãos na cintura e o rosto levemente corado, apenas para dar um charme a ele. É hoje que você morre Lauren.

- O que significa isso, Lauren? - Shawn Mendes, vulgo meu pai diz. Ele não está com a cara nada boa, totalmente estressado comigo desde mais cedo, mas a culpa não é minha se ele me prende tanto! E também não é culpa minha se ele engravidou aquela vadiazinha de quinta, vulgo Julia Michaels, a esposa dele. 

- Pai, eu... - Tento me defender mas ele me corta.

- Pai nada, garota. Vamos! - O moreno diz com a voz rígida e me puxa com violência pra fora da festa. Todos estavam lá, todos da escola. Shawn Mendes me fez passar vergonha na frente deles outra vez. 

- Você está me machucando! - Grito e ele me solta quando chegamos no quintal da casa. A pessoa que estava dando a festa, simplesmente é a pessoa mais popular da escola. E bom, amanhã eu vou ser o assunto em toda escola por causa do meu querido papai e das suas crises idiotas. Fala sério, o que deu nele?! 

- E você estava beijando aquele moleque na frente de todo mundo! Garota, você fugiu de casa, brigou com sua mãe e... Caramba Lauren, olha as suas roupas... se dê o respeito! - ele diz com um tom de nojo. Meus olhos marejam e eu me viro de costas pra ele, andando rápido na direção oposta do moreno. Tudo bem que ele foi caridoso e me adotou quando eu ainda era uma criança mas porra, precisa ter toda essa implicância? Precisa me prender tanto? Paro de andar, me viro pra ele e volto até onde meu pai estava. Isso não vai ficar assim! 

- A Julia não é minha mãe! - Grito sentindo falta de ar nos meus pulmões. Shawn trava o maxilar e aperta os punhos com força, tanta força que os dedos dele ficam brancos. - Ela não é, e nunca vai ser! E pelo que eu saiba vocês estão casados apenas por dois anos e ainda por cima ela me odeia! - Shawn respira fundo fechando os olhos levemente. Minha mãe é uma assunto que me toca muito, Shawn sabe disso. Ele nunca me falou dela, nem me mostrou uma foto dela, mas eu sei que mamãe toca Shawn assim como me toca. A única coisa que eu sei é que mamãe morreu de um maldito câncer, só isso.

Papai sempre levou as biscates dele lá pra casa. Ele transava e no outro diga mandava elas embora, sempre foi assim, sempre até que Julia chegou.

- Eu não quero discutir mais Lauren. Vem, vamos pra casa. - ele puxa meu braço me guiando até o carro dele. Idiota! Como se eu não soubesse o caminho. 

 

Assim que chegamos em casa, Shawn mandou eu ir pro meu quarto, apenas isso. Ele estava alterado demais pra uma conversa civilizada, iria acabar partindo pra agressão, mesmo que nunca tenha levantado um dedo pra mim. E claro, eu quando estava sozinha no meu querido e espaçoso quarto desabei, desabei nas lágrimas, desabei na tristeza que minha vida tem sido graças à Julia.

Éramos apenas eu e ele, éramos mais que pai e filha, nos éramos melhores amigos... Éramos até que Julia entrou na vida de Shawn. Ela me tirou tudo dele. O carinho, a atenção, a paciência, o amor... Tudo, ela me tirou tudo!

Papai e eu agora nós acostumamos com discussões e brigas diárias, já que é só isso que fazemos ultimamente. 

 


Notas Finais


Espero que gostem <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...