História My Dear Silly Love(Imagine Min Yoongi BTS) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Imagine, Min Yoongi, Suga
Visualizações 83
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eu ia postar ontem mas fiquei sem energia das 15:00 até 23:30 e depois fiquei com preguiça de digitar. Desculpem por isso, agora leiam com carinho 😘

Capítulo 6 - Novo emprego


Acordei com batidas na minha porta seguida por um grito da minha mãe, olhei o relógio, 10:00, levantei num pulo. Eu deveria ir na cafeteria que o PD-Nim mencionou, uma dor de cabeça tomou conta de mim. Corri pro banheiro e tomei um banho rápido, me vesti de forma “apresentável” e fui tomar café. Engoli tudo e tomei remédio, peguei um casaco e sai de casa.

Chamei um táxi e quando entrei me lembrei de que não sabia o endereço, mas de repente uma mensagem apareceu, era meu pai informando o endereço e uma bronca, disse o lugar pro motorista e partimos.

Parei em frente o lugar para admirá-lo um pouco, era lindo e bastante chique. Entrei e logo fui recebida por uma funcionária ela era bem bonita e suas roupas também, parece que o uniforme não é tão feio. Falei o motivo por ter vindo e ela me pediu esperar um pouco.

Xxx: bom dia- um homem elegante disse aparecendo na minha frente

S/n: bom dia- me curvei educadamente

Sr.k: me chame de senhor Kim, sou o dono desse lugar- disse sério

S/n: olá senhor Kim- curvei novamente

Sr.k: quantia anos você tem?

S/n: tenho 20, faço 21 em abril- ele pareceu surpreso com minha resposta

Sr.k: você não parece ser tão velha assim- abri minha boca em um perfeito “O”

S/n: pois é- disse baixo

Sr.k: eu tenho 27, mas sei que pareço ser mais novo- realmente, pensei que tinha 23

Sr.k: vamos, entre e se sente

Entrei na sala que ele havia indicado, me sentei e ele fez o mesmo ficando de frente à mim. Ele pegou uma folha e começou a fazer perguntas sobre mim. Respondi tudo corretamente, eu acho, ele mandou eu ir me trocar pra fazer um tipo teste.

Hn: eu sou a Han-Na, vou te ajudar- se curvou

S/n: sou s/n, prazer em conhecê-lá- fiz o mesmo

Hn: não seja tão formal assim- sorriu

S/n: desculpa, vou tentar- ela puxou meu braço

Eu já tinha feito uns 10 pedidos e pelo que parece as pessoas gostaram, olhei pra Han-Na que retribuiu com um sorriso, não sei o que deu em mim, mas aquilo mexeu comigo. Talvez seja por que acabamos de nos conhecer ou pelo fato de que eu tenho poucas pessoas que são legais comigo. Ela é diferente comparada as outras funcionárias, que não param de falar mal de mim pelas costas.

Sr.k: s/n? Tá me ouvindo?

S/n: sim senhor

Sr.k: me faça um café- como é que é?

S/n: claro- sorri e ele continuou ali

Caprichei o máximo possível, e durante todo o preparo pude sentir o olhar dele sobre mim, ele estava encostado no balcão apoiando o queixo com as mãos. Me virei rapidamente colocando a xícara em sua frente, fazendo o mesmo se assustar.

Sr.k: até que não é ruim- que cara é essa?

S/n: Obrigado- me senti um pouco desconfortável

Sr.k: seu tio tem razão, você é boa no que faz

S/n: meu tio?- procurei na mente algum tio

Sr.k: o PD-Nim- sorri

S/n: o senhor tem certeza de que ele disse isso?- ele revirou o olho

Sr.k: Han-Na! Leve a s/n é mostre o armário dela

Hn: sim “senhor Kim”- ele sorriu largamente

S/n: espera...eu fui contratada?- ele assentiu

Eu sai saltitante, não acredito que fui contratada logo de cara. Sorri com a idéia dos meus pais felizes pela filha deles, e a Yumi? Ela vai querer comemorar e eu tenho certeza de que ela vai exagerar na comemoração. Peguei meu celular pra ligar pra Yumi, mas uma lembrança veio à minha mente, na noite passada eu beijei o Baekhyun, COMO ASSIM? POR QUE eu só lembrei agora? Eu tenho problema só pode. Tava tão concentrada que nem lembrei disso, agora tudo veio à tona, eu fiz muita merda. Mas um motivo pra me encontrar com a Yumi pra fofocar sobre meus arrepen... Na verdade eu não me arrependo.

Peguei meu celular e disquei o número da japonesa, mas o celular tocou, número desconhecido, hesitei um pouco antes de atender por causa da preguiça de lidar com pessoas que erraram o número.

S/n: alô?- disse sem ânimo

?: s/n? Como você está?- uma voz feminina me perguntou

S/n: quem é você?- um medo me consumiu

?: você vai descobrir em breve...Parabéns pelo seu primeiro emprego- riu

S/n: o que? Alô?- desligou droga. Talvez seja um trote, espero que sim.


Notas Finais


Eai vcs já se recuperaram da jintro? Eu fiquei imóvel quando assisti. Dêem amor ao Jin armys💓



Só pra avisar as coisas vão ficar bem estranhas daqui pra frente...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...