História My dear sun - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Boruto Uzumaki, Mitsuki
Tags Borumitsu, Boruto X Mitsuki, Borutsuki, Mitsuboru, Mitsuki X Boruto
Visualizações 546
Palavras 1.425
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Some of the characters found in this story and / or universe does not belong to me, but are intellectual property of their respective owners. Any original characters in this story are my intellectual property. Story nonprofit created fan and fan without compromising the original work.

Notas do Autor


Mochi Mochi!
Eu decidi que só farei OneShots agora ... Pois não tenho tempo para histórias longas. Mas acho que vocês vão gostar desta! É do Meu OTP *-*

Capítulo 1 - O sol e a Lua.


Fanfic / Fanfiction My dear sun - Capítulo 1 - O sol e a Lua.

Mitsuki acordou animado, hoje veria o sol! Hum? Como assim? Ah ... Não, não. Não é“ O” sol. Era apenas Boruto! Seu sol!

A cada dia que o via ficava feliz, estava sempre ansioso para encontrar seu loirinho, cuja era denominado como “sol de suas manhãs”.

Após fazer suas necessidades básicas do dia, o mesmo saiu de casa correndo, não podia esperar.

“ Meu sol me chamou e disse que era importante! Será que ele sente o mesmo por mim ... ? ”

Pensou o garoto.


**** Quebra de tempo ****


Mitsuki chegou a residência de seu sol e tocou a campainha. Hinata, a mãe de Boruto, atendeu.

— Olá, Mitsuki!

Hinata sorriu olhando para o albino, sabia bem que ele e seu filho eram muito próximos.

— Olá, sogri- — Ele pensou melhor antes de falar — Tia Hinata. O Boruto está?

— Está no quarto com a namorada.

— Namorada?!

Mitsuki sentiu seu coração pular para fora, estava torcendo para que fosse apenas uma amiga e Hinata ter nomeado como “namorada” por mania de mães. Afinal, toda mãe tem o costume de falar, “ Filho, olha a sua namorada” para a garota que elas creem que o filho está interessado.

— Sim! — Ela deu uma pausa — Boruto começou a namorar ontem, a namorada dele é uma gracinha.

— Fico feliz por ele.

Mitsuki parecia realmente feliz por fora, mas por dentro estava totalmente destruído.

Como acordaria todos os dias sabendo que seu amado estaria amando a outra pessoa que não seja o mesmo?! Seria uma tortura diária encontrar seu sol, e ser obrigado a ouvir “ Eu tenho a melhor namorada do mundo ”. Ele realmente não sabia o que fazer, nunca havia sentido um aperto tão grande no coração.

— Gostaria de entrar?

Hinata perguntou.

— Não tia, obrigado. — Ele suspirou derrotado — Outra hora eu volto, não quero atrapalhar o Boruto e a ... — Ele teve dificuldade ao tentar pronunciar — A namorada dele.

— Certeza?

— Sim.

— Pois bem. Volte a qualquer hora.

Hinata sorriu e fechou a porta.

Mitsuki foi para a casa muito triste, não suportava o fato de seu sol estar namorando.

Quando deitou na cama, recebeu uma ligação. Quem era? Boruto!

— Alô ... ?

Disse Mitsuki que havia atendido.

— Mano, cadê tu? — Ele deu uma pausa — Eu disse que tinha uma coisa importante para falar! Você não apareceu aqui as 9:30.

O loiro estava um pouco zangado.

— Fala com sua namorada.

Ele desligou o celular.



— Ele tá ficando doido?!

Boruto tentou ligar novamente, mas estava na caixa postal.

— Merda ... Como vou pedir o conselho dele agora? Eu não quero namorar a Sumire ... Ele tem que me ajudar.


****Quebra de tempo****

Uma semana depois


Passou-se uma semana, e Boruto não conseguia falar com Mitsuki. Já estava ficando mal, poderia não demonstrar, mas seu albino era de extrema importância em seu coração.

O mesmo não ia as missões fazia um dia, e por isso, o time Konohamaru — Ao menos o restante; Mitsuki, Sarada e Konohamaru — estava começando a se preocupar.

— Mitsuki, podes ir ver o que houve com Boruto?

Konohamaru lhe pediu.

— Uhum ...

Mitsuki estava mal, mas não culparia seu sol. Ele não teria como advinhar seus sentimentos!


Mitsuki chegou a casa de seu loiro, e bateu na porta. Parecia que não havia ninguém em casa, pois ninguém atendeu, então entrou pela janela.

— Boruto?

Mitsuki chamou pelo mesmo andando pelos corredores.

Boruto apareceu em sua frente com os olhos inchados como se estivesse chorando. Mitsuki foi até seu sol preocupado.

— Boru- — Ele foi interrompido.

Boruto tomou seus lábios rapidamente o beijando. As lágrimas desciam de seu rosto, e Mitsuki só conseguiu corar e se espantar com tal ação repentina. Não é todo dia que isso acontece, não?

O beijo foi cortado rapidamente, e após desfeito, Boruto o abraçou chorando. Mitsuki aconxegou o menor em seus braços desferindo um beijo em sua testa. Ele limpou as lágrimas do loiro e respirou fundo.

— O que foi?

Perguntou.

— G-gomen'sai! — [Nota: Isso significa “Me desculpe” Em japonês.] — Eu não gosto da minha namorada!

— O que? Espera ... Como?!

Mitsuki estava confuso.

— E-eu apenas não sabia como rejeitar ela.


****Flashback****


— E-eu te amo Boruto-kun! Por favor ... Namora comigo? Eu posso te fazer feliz!

Boruto estava com pena da garota, não sabia como dizer um simples não.

— Sim, eu aceito.


****Flashback off****


— Oh ... — Ele deu uma pausa — Tá tudo bem, mas ... Por que me beijou?

— Eu te amo! — Antes de terminar, o loiro abraçou seu amado — Desde a aldeia da névoa ... Por favor Mitsuki, não me deixa só. Não fica de mal comigo! Desculpa, eu sou idiota em não demonstrar o que sinto!

O loiro dizia em meio ao abraço e as lágrimas. Mitsuki apertou o abraço.

— Também te amo, meu sol.

Boruto arregalou os olhos e sorriu corado.

— Lua ...

Ele puxou seu amado para o quarto fechando as cortinas e trancando a porta.

O loiro tomou seus lábios uma vez mais, estava beijando apaixonadamente. O beijo foi correspondido pedindo passagem com a língua, quando menos se deram conta, já estavam na cama beijando de língua. Boruto encima, e Mitsuki embaixo.

Mitsuki interrompeu o beijo tirando o casaco de Boruto, que corou mas sorriu. Em seguida, Boruto abriu o Kimono de Mitsuki, deixando sua barriga nua.

Mitsuki retirou a camisa do loiro, e inverteu as posições ficando encima. Ele lambeu a barriga nua de Boruto, o fazendo gemer baixinho.

— Ah ... ha ... M-mitsuki ... Hm ...

Ele arrudiou a aurela do mamilo de seu sol com a língua, o deixando cada vez mais palpitado e excitado.

— Hmm ... Uh ... I-isso ... Ah ...

Gemia o mesmo.

Mitsuki começou a puxar o mamilo do menor com a boca, o chupando com vontade, e puxaria o outro mamilo enquanto fazia o processo.

— Ahhhh ... P-para ... Você tá me dando tesão ...

— Essa é a intenção, meu sol.

Boruto ficou mais vermelho que um tomate, e gemia sentindo a língua de Mitsuki passar por seu corpo inteiro.

Mitsuki parou de lamber, e começou a beijar o pescoço de seu amado. Boruto estava todo arrepiado, adorava esta sensação.

Após vários beijinhos, Mitsuki partiu para a base das mordidas e dos chupões, e Boruto voltou a gemer, porém, com muito prazer.

— Ahh ... Uh ... Hmm ... Mitsuki, pare de enrolar ... Começa logo, quero sentir seu gostinho.

— Seu safado.

Mitsuki riu levemente, e retirou o resto das roupas, tanto as suas quanto as de Boruto.

Ele virou seu loiro de costas, e introduziu um dedo para que ele pudesse estar preparado para algo maior.

— Ahhhh ... Uhh ... Haaam ... M-mitsuki!!

O mesmo gemia não acostumado com a invasão.

Na medida em que o loiro iria acostumando-se, Mitsuki inseria um a mais até chegar a quatro. Após sentir que seu loiro estava preparado, introduziu seu membro.

— AAAAAAAAH!! UHH! M-MITSUKI!

O mesmo começou a gemer mais alto com a invasão.

— M-mais ... Aaah ... Hmm ... M-m-mais Mitsuki!

Na medida em que Boruto gemia pedindo mais, Mitsuki aumentava a intensidade das estocadas.

— E-eu vou ... Gozar ...

Disse Mitsuki prestes a ejacular.

— G-goza! Ahhh ....

Atendendo o pedido de seu sol, Mitsuki ejaculou e retirou seu membro. Ele parecia muito feliz, nunca pensou que esse dia chegaria.

Boruto sorriu enquanto instabilizava a respiração. Ele inverteu as posições ficando encima, e lambeu o membro de seu amante.

— Ahh ... Meu sol ...

Mitsuki gemeu de prazer, era uma sensação tão gostosa.

Ele arrudiou sua língua pela “Cabeça” do membro de seu amante, o que o fazia gemer com mais e mais prazer. Ele pôs a boca adentrando o membro de Mitsuki na mesma, fazendo movimentos de vai e vem.

— Uh ... Ahh ... Isso ...

Enquanto Boruto “Servia-se”, Mitsuki dava leves tapas em seu traseiro prdindo mais, e logo era concedido. Boruto aumentava a velocidade. Dentro de um minuto, Mitsuki ejaculou novamente.

Boruto retirou a boca, estava cheio de gozo no rosto e na boca. Ele abriu a boca, e Mitsuki adentrou sua língua lambendo o próprio gozo. Ambos engoliram um pouco, e começaram a se beijar de língua.

Boruto estava envolvendo sua pernas nas de Mitsuki, que apertava o traseiro do loiro loucamente.

Quando ambos cortaram o beijo estavam exaustos, e deitaram um do lado do outro, estavam ofegantes.

— Eu te amo.

— Também te amo.

— Você é bom de cama.

Elogiou Boruto.

— Obrigado. E você é uma delicia.

— Obrigado.

Ele corou e sorriu.

— É melhor nos vestirmos, meus pais podem chegar.

— Ok.

Boruto tomou os lábios de Mitsuki mais uma vez.

— Na proxima vez vai ser na sua casa.

— Safado, você ainda quer mais.

— Quero, pra sempre.

Ele abraçou seu amante carinhosamente, e foi correspondido. Mitsuki acarenciava seu loiro passando os dedos em seu cabelo, em seguida beijou sua testa.

— Meu sol.

— Minha lua.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...