História My Dear Wolf - (Imagine Rap Monster) - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Kim Namjoon (RM)
Tags Bts, Kim Namjoon, Lobos, Namjoon, Rap Monster, Sobrenatural
Visualizações 161
Palavras 2.127
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Aeeeeeeeeee eu voltei
Esse capítulo tá simples mas espero que gostem dele.
Boa leitura!

Capítulo 8 - Training (Part1)


Fanfic / Fanfiction My Dear Wolf - (Imagine Rap Monster) - Capítulo 8 - Training (Part1)

Já fazia uma semana desde todos os acontecimentos Jungkook e Jimin estavam investigando mais sobre Daehyun e o pai dele, enquanto os outros resolveram que já estava na hora de me ajudar com o treinamento.

- A partir de hoje você vai pra nossa casa depois da escola. – Nam falou enquanto me abraçava.

- Gente eu ainda tô mongando, desde quando vocês tão namorando que eu não tô sabendo? – Mi falou me encarou.

- Até agora eu não recebi nenhum pedido. – Falei dando de ombros e senti Nam me encarando.

- Senti uma indireta aí – Tae falou e vi Hope querendo rir.

- Nossa, Não seja por isso. – Nam me soltou e se sentou virado na minha direção. – Oh minha querida ( S/N) aceita ser minha namorada ? – Ele disse fazendo uma voz engraçada

Eu não aguentei e comecei a rir.

- Sim eu aceito – Assim que eu respondi Nam me deu um selinho e voltou a me abraçar.

- Namjoon fazendo isso ? Não creio – Jin falou.

- Inacreditável, Suga até você tem esperança então – Tae falou e todos começaram a rir.

- Vai tomar no cú Taehyung.

- Temos pessoas encarando – Mi falou. – Nem vira, a descrição é : Pessoas que eu mais detesto no mundo e provavelmente você também.

- Daehyun? – Ela concordou. – A outra pessoa eu não sei.

- Minhee. – não pude deixar de revirar os olhos.

- Era de se esperar pessoa mais invejosa que ela impossível.

Os meninos pareciam estar mongando. Eu sei que logo ela vai dar um jeito de me infernizar e infernizar Mi também, tinha que estar preparada por nós duas.

Quando entramos na sala pude sentir alguns olhares, apenas fui para meu lugar e fiquei lá, era aula de matemática então era um tédio total.

“Socorro que eu não tô entendendo nada” – ouvi a voz de Tae no meu pensamento.

“É só uma multiplicação simples Tae” Respondi da mesma forma, e logo senti os meninos me olhando “O que foi gente ?”

“Desde quando consegue isso?” Jimin perguntou.

“Desde agora”

“ A gente aceitou ela na Alcateia normal que ela conseguisse” Suga disse.

“ Agora eu vou ter as respostas da prova" Tae disse todo feliz.

“ vai sonhando” – Segurei para não rir.

E ao invés de prestar atenção na aula a gente resolveu ficar zoando por telepatia, por diversas vezes tive que abaixar a cabeça para o professor não me ver querendo rir, tinha até medo do que viria dali em diante.

Como sempre no final da aula todos saíram antes de mim, fui ao banheiro para prender meu cabelo que estava me incomodando um pouco e logo escutei o barulho da porta ser trancada.

-Faz tempo que não conversamos não é (S/N). – Automaticamente ao ouvir aquela voz me senti enjoada.

- Concordo Minhee e se me der licença não me sinto obrigada a olhar pra sua cara agora.

- Calminha ai, dessa vez vim apenas pra te avisar.

- Avisar o que ? Que você vai sair da escola? Mudar de cidade? – Perguntei para ela fingindo um certo ânimo.

- Ah não, de mim você não vai se livrar tão cedo, mas vim te avisar que essa sua faminha e esse seu namoro vai acabar logo logo.

- Suas ameaças não me afetam. – Falei dando de ombros. – Agora se me der licença tenho mais o que fazer.

Fui para a porta e a destranquei. Aquela garota era insuportável.

Chegando em casa apenas troquei de roupa e coloquei algumas roupas na mochila, os meninos haviam me dito que iríamos acampar. Depois de ter almoçado, isso por volta das 14h ouvi a campainha de casa tocar, já sabia quem era então abri sem pensar duas vezes.

- Eai tá pronta? – Nam perguntou

-Sim, nunca acampei, mas acho que está tudo aqui, coloquei o meu uniforme, vou ficar pela sua casa mesmo.

- Eu não ia querer que voltasse tão tarde, ainda bem que colocou – Ele me abraçou e me beijou, o beijo estava intenso, senti que se não parássemos não íamos chegar na casa dele nunca.

- Nam, temos que ir... – Vi ele suspirando um pouco decepcionado, mas concordou e nós fomos até lá.

O caminho pela floresta já estava se tornando algo comum para mim, quando estávamos perto da casa vi dois lobos se aproximando um de pelagem caramelo e outro em um tom marrom.

- Por que estão aqui? – Nam perguntou.

“Jin pediu para conferir se estava tudo limpo para acamparmos” ouvi a voz de Hope vindo do lobo marrom

“Logo estaremos de volta, os meninos estão esperando” agora era a voz do Jimin que vinha do outro lobo.

Eles se separaram e Nam e eu fomos para a maravilhosa casa que eu tanto amava.

- Ah vocês chegaram – Jin se levantou vindo me cumprimentar.

- Sim – Senti Nam pegando a mochila das minhas costas. – Vou levar lá pra cima, se sinta a vontade.

- Nem precisa falar pra eu me sentir a vontade. – Já fui me sentando no sofá - Eai o que vai acontecer hoje ? – Perguntei curiosa.

- Vamos te ensinar toda a parte teórica da nossa vida, achamos mais fácil assim. – Kook disse.

- Depois vamos te ensinar a parte prática que são as lutas e essas coisas. – Jin disse.

- Ah sim ok, eu vou lá em cima. – Falei e fui atrás do Namjoon que já estava demorando, quando entrei no quarto vi ele sentado na cama.

- O que aconteceu? – Perguntei me sentando ao seu lado, mas ele não respondeu. – Nam...?

- Ah só estou cansado – Ele falou, mas eu sabia que era uma desculpa.

- Eu sei que não é isso...

- Vejo que não vou conseguir mentir pra você – Ele sorriu – Eu to cansado mesmo, mas acho que estou mais preocupado com o que vai acontecer daqui pra frente.

- Por que ?

- Quando descobrirem que você é uma loba branca tenho medo que queiram te caçar e te levar para longe de mim. – Nam me abraçou. – Eu não quero te perder, eu te amo tanto...

- Nam – puxei o seu rosto para a frente do meu. – Você não vai me perder, eu vou tomar cuidado e sei que tanto você como os meninos vão me ensinar a como me defender e vão me ajudar se eu precisar.

- Mesmo assim... – Eu interrompi e coloquei o dedo em sua boca e logo em seguida o beijei.

O beijei intensamente, mas não sei como Namjoon ainda conseguiu aprofundar mais o mesmo, quando vi já estava sentada no seu colo, Nam desceu o beijo para o meu pescoço e começou a beijar toda a extensão do mesmo, as vezes ele mordia assim como também dava chupões não tão fortes, então comecei a rebolar no seu colo e ele começou a apertar minha bunda, já podia sentir a ereção naquele local nós já estávamos com a respiração mais pesada, logo ele me jogou na cama e voltou a me beijar com mais desejo, suas mãos percorreram pelo meu corpo e senti elas subindo por de baixo da minha camiseta até os meus seios. Namjoon apertava com vontade, mesmo com o sutiã ainda ali, logo ele levantou meu sutiã e minha camiseta e começou a chupa-los

- Nam... – Gemi devido ao prazer que aquilo estava me proporcionando.

Então ele começou a massagear um enquanto no outro intercalava entre chupadas e mordidas. Eu não queria que ele parasse.

- Namjoon ! (S/N)! Já tá na hora! – Ouvi algum dos meninos gritar.

- Logo agora! – Nam esbravejou, mas assim que ele me olhou sua expressão mudou para uma mais maliciosa e ele se aproximou do meu ouvido. – Mais tarde vamos acabar o que começamos – Ele mordeu o lóbulo da minha orelha e depois se levantou.

Eu me arrumei e logo desci vendo os meninos já esperando na porta.

- Acho que agora podemos ir – Jin falou.

Assim fomos até a floresta, já havia uma fogueira quase pronta, só faltava acender.

- Adoro os acampamentos – Tae falou.

- Eu não, tem insetos demais a noite. – Hope disse.

- É a primeira vez que estou acampando – Falei sorrindo.

- Hoje viemos aqui mais pra te ensinar as coisas, não acho que vai ser tão divertido como acampamos mesmo. – Nam falou me abraçando. – Vamos nos sentar.

Nós começamos apenas conversando normal e comendo, assim que acabamos eles logo começaram a explicar as coisas.

- Bom sua primeira lição é aprender tudo sobre a gente, a partir de amanhã começamos os treinos que vão ser de força, velocidade, luta, autocontrole... – Jin Falou.

- Aí Jin pra que essa introdução? – Jimin o interrompeu. – Vamos lá primeiro tópico é sobre as luas, pode não parecer mas elas interferem bastante sobre as nossas atitudes, com o tempo você vai perceber isso em você.

- É tipo a questão do degenerados lá com a lua cheia? – Perguntei pra ele.

- Sim isso mesmo.- Ele continuou a explicar.- Bom a Lua Minguante é a que a gente fica mais arrisco e grosseiro nessa época nós acabamos perdendo peso com facilidade, depois temos a lua nova que é o oposto a minguante, a gente consegue aceitar mais fácil os outros e somos mais tranquilos, temos muito a questão do equilíbrio entre a razão e a emoção.

- Na lua crescente nós nos tornamos agressivos e um pouco violentos – Jin falou. – isso principalmente em relações sexuais... Nessa época a gente costuma ganhar peso e comer bastante carne, depois temos a cheia que no nosso caso apenas ficamos tensos e as vezes agimos por impulso. Tem algumas outras luas importantes que é a Azul que já te falamos sobre a lenda da loba Branca e a negra que é a fase de 3 dias antes da lua nova, onde antigamente era realizado sacrifício para se livrar das coisas ruins que haviam ocorrido na Alcatéia.

- Sobre as luas é isso – Tae falou.

- É muita coisa – Se aquilo era só o começo não queria nem saber do restante.

- Ah agora é mais de boas, vamos pra hierarquia da alcatéia. – Ele continuou mas Nam interrompeu.

- Esse eu falo. – Ele sorriu pra mim. – Bom a hierarquia é simples somos separados em Alfas, Betas e Ômegas. Geralmente a parte principal da Alcateia é formada por um casal alfa, nesse caso eu e você, a gente meio que é o responsável pela sobrevivência de todos da alcateia, depois vem os betas, geralmente tem um casal de beta que no caso da gente morrer assumem o nosso lugar, ou se a gente tiver doente, essas coisas só pra manter a alcateia inteira, geralmente eles são as babás das crianças e por fim temos os ômegas que eles são os primeiros ao entrar nas brigas pra defender todos ou são aqueles que mais brincam pra acabar com as tensões, geralmente eles ficam sozinhos, mas temos as exceções.

Eu concordei, mas agora queria saber quem era quem ali.

- Pera, quero saber o que cada um é aqui, e como vocês afirmam que sou alfa.

- Eu sou o líder e Alfa, Suga também é alfa, Jin, Jungkook e Jimin são Betas e Taehyung e Hoseok são Ômegas. – Namjoon me explicou. – A gente percebeu pela sua atitude quando descobriu sobre as origens da sua família, você mostrou uma autoridade que nunca tinha antes sem contar que só pela sua raiva já dava pra adivinhar.

- Ah sim – Falei ainda pensando.

- Acho que agora só falta o cio. – Hope falou.

- Caralho eu vou ter cio? – Falei já assustada.

- Não um cio mesmo, mas vai – Eles riram. – Uma loba tem o cio uma vez por ano geralmente é na época de janeiro a abril, no nosso caso o seu cio seria mais uma carência, você tem o período de engravidar como o de uma mulher normal, todos mês e tal, mas esse de lobo não é nada do tipo.

- Amém – Levantei minhas mãos – Ia ser muito estranho.

- Sim – Hope concordou.

- Gente, cadê o Yoongi ? – Perguntei assim que percebi que ele não havia falado nada.

- Ele tá dormindo ali na árvore – Jungkook apontou. – Ele sempre faz isso. Acho que todo mundo já falou o que você tinha que saber, já tá ficando tarde, acho que deveríamos entrar.

- Verdade, amanhã tem aula – Falei e fui me levantando.

O meninos acordaram o Suga e ele quase matou todo mundo, mas por fim nós entramos e cada um foi para o seu quarto, eu peguei meu pijama que era um short com uma camisa de alcinha e fui tomar um banho, assim que acabei voltei para o quarto e fiquei deitada na cama mexendo no celular, logo senti o colchão afundar um pouco do meu lado.

- Acho que deveríamos acabar o que começamos mais cedo...


Notas Finais


Opa eai rola ou não rola ? 🌚
Espero que tenham gostado!
Já aviso a vocês que final de semana não estarei postando, estou tendo simulado esses dias na minha escola e final de semana estarei ocupada com trabalhos.
Beijinhos e até o próximo capítulo
( Uma dica pra vocês quando respondo o comentários é quando eu acabo de postar capítulo novo, com a atualização nova do Spirit que a história não é adicionada automaticamente na biblioteca ninguém recebe as notificações, então resolvi fazer isso).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...