História My Dear Wolf - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Jay Park, Red Velvet, TWICE
Personagens BamBam, Chanyeol, Irene, Jackson, Jay Park, JB, Jennie, Jeon Jungkook (Jungkook), Joy, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Lisa, Mark, Min Yoongi (Suga), Momo, Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Sana, Sehun, Seulgi, Tzuyu, Yugyeom
Tags Abo, Bangtan Boys, Bts, Heylu-h, Imagine Bts, Imagine Jeon Jungkook, Imagine Jungkook, Imagine Kook, Jeon Jungkook, Jungkook, Lobos, Sobrenatural
Visualizações 558
Palavras 1.579
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeonghaseyo!

Heey pessoinhas lindas do meu kokoro🌻
Então… mais de 150 favoritos e eu tô como? Mortaaaa💓 O capítulo tá curtinho, e não revisei, pretendo revisar depois.
Espero que gostem
Boa leitura e let's go!🌺

Capítulo 12 - XII - Escutar.


Fanfic / Fanfiction My Dear Wolf - Capítulo 12 - XII - Escutar.

Naquele momento tudo pareceu parar, passar mais devagar somente para que àquele contato durasse mais. Jungkook tomou possessivamente a cintura da mais nova, afagando a nuca alheia. _______, por sua vez, levou as mãos até o ombro de Jungkook e logo as desceu até o peitoral do mais velho, o empurrando levemente.

Com os corpos já separados, os jovens não conseguiam se olhar. Ambos estavam envergonhados com o ocorrido, entretanto _____ se sentia muitíssimo desconfortável com tudo aquilo, a menina segurava as lágrimas, o que ela acabou de fazer? Céus, isso é tão errado. Jungkook é o irmão dela, mesmo que não tenham laços de sangue, era para se tratarem como irmãos. Como imaginado, a sensação de culpa caiu totalmente sobre os ombros da garota, e a mesma não conseguiu se segurar quando pousou seus olhos em um porta retrato com a foto da família. Jungkook tentou chamá-la, mas em um piscar de olhos _____ já estava fora de casa. O que ela precisava era de um tempo sozinha, sem ser influenciada por Jungkook. Sim, ele inconscientemente influenciava nas decisões de _______, mesmo não parecendo.  Como seria daqui pra frente? A convivência de ambos não era mil maravilhas, mas é completamente óbvio que agora as coisas irão piorar muito. E o pior de tudo…. S/P e Yang vão perceber, e consequentemente, irão perguntar o porquê do estranho comportamento dos filhos. ____ estava presa em um complexo de sua própria mente, ela lutava contra a tentação de voltar e agarrar Jungkook novamente. Porém não o fez, estava psicologicamente debilitada demais para isso. Além de considerar o pior dos pecados.

Jungkook não estava muito diferente, apesar de sentir algo dentro de si queima como brasa. Ele sentia euforia, medo, insegurança e muito, muito desejo. Estava fora de si. Se sentia tonto e seu corpo queimava em febre. Jungkook não estava bem; estava tão mal que chegou ao ponto de sentir um cheiro diferente vindo da irmã, mas claro, isso é impossível. Acreditando na própria mentira, Jungkook saiu em disparada de casa sem nem se importar se estava mal ou não. Seu rumo era a casa de Seokjin.  Ele precisava desesperadamente dos conselhos e conhecimentos de seu hyung.

Cerca de uma hora depois, _____ decidiu voltar para casa. Ela teria aula no dia seguinte e queria deixar tudo pronto. ____ havia caminhado bastante e estava exausta. Seu desejo era se organizar para a manhã seguinte, porém tudo o que fez quando chegou em seu quarto foi se jogar na cama, adormecendo segundos depois.


Jungkook's P.O.V


Já faz alguns minutos que estou enfurnado no meu quarto, jogado na cama e pensando em tudo o que o hyung falou. Eu já deveria saber, mas mesmo assim, eu passei dos limites do bom senso.

De acordo com o que Jin, Namjoon e Yoongi disseram; eu entrei novamente no rut*. Até aí tudo bem, quando nós entramos no rut temos um apetite sexual muito mais aguçado, em outras palavras, fazemos sexo constantemente. É comum que um lobo tenha uma atração especial em alguma loba, seja ela alfa, beta ou ômega. Claro que a necessidade sexual ser suprida ou não depende dos genes envolvidos, por exemplo, um alfa pode transar com uma alfa, mas a necessidade dele não será completamente suprida. Normalmente os  Alfas passam os cios com os Ômegas. E betas com beta. Somente assim se sentem satisfeitos.

O real problema é a descoberta de Jin-hyung; meu lobo não está atraído por uma loba, e sim pela ______. Isso é incomum, mas existem raros casos de relacionamentos estabelecidos por lobos e humanos. Meu pai e minha mãe são um exemplo. Mas nunca, nunca acabam bem. Existe noventa e nove por cento de dar algo errado; mutações, morte de algum dos envolvidos podem ocorrer, existem vários tipos de conseqüência nesse ato. E não existe uma solução para esse problema, mas Namjoon hyung aconselhou-me a evitar ______. De qualquer maneira, o beijo ajudará, pois conhecendo _____, ela com certeza não irá querer ver a minha cara tão cedo.

Foi estranho e ao mesmo tempo… bom, me senti bem tendo-a em meus braços. Sentir ela foi a experiência mais maravilhosa que já tive até hoje. Quando finalmente encontrei seus lábios macios foi como uma explosão de sentimentos. Sentimentos esse que eu nem sabia da existência. E nem quero saber. Tenho que evitá-la, pois com certeza meu lobo não resistirá á tentação. Mas tem um porém, como vou evitar ____ sendo que ela mora na mesma casa que eu, ela está bem ao lado, literalmente. Ela está no quarto do lado, e eu posso sentir seu cheiro. Doce e atraente. É uma mistura perfeita de chocolate com baunilha, não é enjoativo, pelo contrário, é ótimo. Isso é estranho, completamente estranho. Como ela pode ter esse cheiro? Humanos não têm esse cheiro.

Yoongi hyung comentou algo sobre ter fantasias com coisas irreais, é efeito do rut. Talvez seja isso…

Tentando me livrar desses pensamentos que me assolam, resolvo tomar uma ducha. Já limpo, uso apenas um moletom. Indo dormir logo em seguida.

_______'s P.O.V


A luz que entrara pela fresta da janela que acidentalmente deixei aberta na noite passada me fez abrir os olhos com dificuldade, colocando automaticamente a mão sobre o rosto. Viro-me de bruços na cama, colocando o travesseiro em cima de minha cabeça na esperança de conseguir dormir mais, porém não é possível. Infelizmente os deveres me chamam e como uma garotinha perfeita que sou, não posso decepcionar o Appa faltando de aula sem um motivo aparente para ele. Com dificuldade cambaleio até o banheiro tomando um banho rápido, escovando os dentes dentro do box mesmo,  quando já seca e devidamente vestida fiz um rabo-de-cavalo e apenas passei um gloss, não estou com ânimo para isso, se pudesse nem iria hoje. Eu gostaria de ficar trancada no quarto o dia todo, agindo como uma mimadinha e infantil. Por apenas uma vez, será que não poderia deixar para resolver o problema de todo mundo depois e cuidar do meu problema?

Limpo rapidamente as lágrimas e pego minha mochila, arrumando a mesma, já que ontem não fiz mais nada quando cheguei. Desço as escadas rápido e lá embaixo encontro appa e Jungkook. Evito olhar para o moreno, porém sou obrigada a cumprimentá-lo.

– Bom dia - digo aos dois lançando-lhes um olhar rápido.

Ainda tenho uns vinte minutos, então aproveito para fazer o desjejum. Na cozinha, como de costume, encontrei a  tia Lauren, que havia preparado panquecas. Comi apenas uma e logo depois appa se ofereceu para dar uma carona para mim e Jungkook. Eu não queria ficar perto do moreno, porém também não estava com ânimo para andar até o colégio. Jungkook, com um bom senso ‘estranhável’ recusou e disse a appa que iria com seu carro hoje. Agradeci mentalmente por isso.


****


– Ei, tá tudo bem contigo ______?  - Jennie me perguntou pela décima terceira vez. Como das outras vezes, apenas afirmei que estava ótima.

– Não sei não, está tão calada hoje. - Lisa reforçou.

– Eu tô ótima… vou no banheiro.  - Levantei da mesa e fui para o banheiro, me afastando da cantina.


Contei às horas até o final do dia, e finalmente as sete da noite se aproximava, dando final a esse dia, que sinceramente, nem precisava ter existido. Ainda sem ânimo algum, arrumo tudo o que precisaria para o dia seguinte, me organizando também. Posso estar parecendo um zumbi hoje, mas ainda assim não posso me dar o capricho de adiar meus compromissos. A primeira coisa que me fez ficar animada hoje foi o fato de ter que tomar banho, falando sério… banho foi a melhor coisa de hoje.

Talvez estejam pensando que eu 'tô exagerando, mas não, eu 'tô mal mesmo. Se disser que eu poderia ter sido atropelada hoje, eu concordaria.

Me enrolo na toalha e desligo o chuveiro. Escovo os dentes e coloco meu pijama. Meu pijama de coelhos. Amarro meus fios em um coque desajeitado. Pra variar, deixei meu celular na sala de estar, desço as escadas e vou a procura do meu filho.

Porém, assim que chego na sala, vejo o inferno;

– Joy? - digo incrédula

A morena me olha e sorri sarcástica.

– Olá cunhada, Jungkook já está pronto? - Pronto? Pra que?

– Sei lá, não cuido da vida dele. - retruco, visivelmente emburrada. Visível demais…

– Hm… é impressão minha, ou isso lhe incomoda? - olhei a garota de soslaio, revirando os olhos sem paciência - Não acredito, ____! Isso é o cúmulo. Querer dar pro irmão?! - riu sacana


Não aguentei e acabei sucumbindo a vontade de virar a mão na cara de vadia da Park. Aproveitei quando  a mesma estava com o rosto virado, por causa do impacto do tapa, e segurei seu cabelo, com toda a força possível.


– Olha, Park Soo-young eu não sou como você. Agora, vá se atracar com o imprestável do Jeon. Vocês são perfeitos um pro outro, dois imprestáveis que poderiam estar mortos. - falei firmemente, sim, eu estava pra lá de nervosa. - Seria melhor pra todo mundo.

– Sério mesmo, _____? - ouvi uma voz grossa que reconheceria até mesmo no inferno. Era ele. A pessoa que eu mais odeio. O desgraçado que me confunde de uma maneira surreal. - Joy… me espera lá fora.

– Ani, Jungkookie… - Pronunciou-se protestando contra o moreno.

– Por favor, sim? - ele disse. Ela bufou e saiu, esbarrando pelo meu ombro.

Revirei os olhos com a ceninha ridícula e me preparei para subir as escadas novamente. Porém meu braço foi segurado firmemente  por Jungkook.


–Você não vai fugir. Agora você vai me escutar...


Notas Finais


⚠Então galerão, quero propôr um desafio para vocês!
É o seguinte: Penso em postar o próximo capítulo na quinta feira da semana que vem. Maaas se a fanfic chegar até 200 favoritos, posto o capítulo mais cedo! Então está lançado o desafio!

👉E aí o que vocês acharam? Quem é mais babaca?? JK ou a Moon??? Deixem a opinião de vocês, respondo todos os comentários! ❤
É isso meus nenéns! Espero que tenham gostado.
Kissus e até o próximo capítulo 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...