1. Spirit Fanfics >
  2. My Delicate Rose - ( Imagine Hyunjin ) >
  3. : Reciprocal?

História My Delicate Rose - ( Imagine Hyunjin ) - Capítulo 6


Escrita por:


Notas do Autor


Desculpa o capítulo ser pequeno, é porquê o próximo será hot Então eu vou fazer assim para que as pessoas que não gostam muito desse tipo de coisa.

Ah sim, e eu deixei um link para playlist nas notas finais, eu uso elas para me dar inspiração enquanto eu escrevo , essa e a outra ( Imagine Félix ). Então, eu vou deixar o link no próximo capítulo da outra também!!!

Capítulo 6 - : Reciprocal?


Fanfic / Fanfiction My Delicate Rose - ( Imagine Hyunjin ) - Capítulo 6 - : Reciprocal?

— Hyunjin eu... – hesitei em falar, meu coração estava quase por sair da boca. – Eu Tam*

— FINALMENTE! S/n! Cheguei! Ah você está aí , pensei que você estava no quarto. Bem , eu estou subindo pro quarto! – Deus, por favor, eu lhe peço uma coisa, uma oportunidade para tacar meu irmão de uma ponte. 

— Hey! Felix! Eu...preciso falar com você! – Hyunjin sai atrás do meu irmão, assim que os dois sobem uma escada, eu me jogo no sofá com raiva.

— Eu estava tão perto! Aish Félix, eu te odeio! – resmungo em um tom mais baixo. 

— Deveria ir lá tentar falar com ele – Jeongin diz jogando no sofá ao meu lado. 

— Eu sei mas...pera, a quanto tempo está aí? – eu o olho assustada – Dês de que meu irmão saiu daqui na personificação do ódio puro para ir na casa do Suga para te buscar. 

— Então quer dizer que* 

— Sim – Jeongin murmura, eu solto um suspiro arrastado. 

— O que sugere ? Que eu o arraste do quarto do Félix? – eu o encaro, fazendo o mais novo rir. 

❦︎ Já de Noite ❦︎ 

Depois do que aconteceu, eu não vi mais os meninos, no pequeno intervalo de eu ir tomar um banho, Jeongin disse que os dois saíram na moto ( que até agora eu não sei de onde Hyunjin arrumou ). 

Eu já estava ficando preocupada , eram quase meia - noite , eles não haviam voltado, aquilo estava me preocupando muito. 

— S/n, fica calma, não é como se Gangsters fossem sequestrar os dois, além do mais , eles sabem se cuidar! – O garoto tenta me acalmar. 

— Da última vez que eu pensei nessa frase, Félix voltou com estilhaços de caco de vidro de uma garrafa de vodka a baixo da barriga – ele suspira – desculpa de lembrar disso mas eu não tenho como não ficar preocupada! 

— Tudo bem, eles vão ficar bem – me senti no sofá tentando me acalmar. 

De repente , Félix abre a porta meio assustado , eu me desespero internamente, pois não via Hyunjin com ele.

— S/n! Eu preciso que você venha comigo! AGORA! – Félix diz , eu sem nem pensar duas vezes, me levanto indo em direção a ele. Jeongin também se levanta, mas , Félix espica a mão indicando para que ele ficasse, acho que o vi piscando, mas , acho que foi impressão minha. 

— O que aconteceu? – eu falo enquanto Félix caminha até a moto. 

— Não da tempo de explicar! –ele me joga o capacete, e sobe na moto,sendo seguido por mim. Dês de quanto ele sabe dirigir??  

Em fim, ele me leva até uma casa, as luzes dela estavam apagadas , apenas via uma luz fraca, então , eu entro lá.

Ao entrar na casa, uma luz pouco mais forte vinha de uma porta , eu começo a caminhar lentamente até ela. 

Assim que fico de frente para a porta , olho para trás, senti um calafrio ao notar que a porta por onde eu entrei estava fechada e Félix não estava mais comigo. 

Eu respiro fundo, e levo a minha mão na porta, a abrindo lentamente, vendo um quarto normal , com os moveis brancos e em um tom claro de marrom.

— S/n ? – Escuto uma voz atrás de mim. 

— H-hyunjin? – eu não estava entendendo nada. 

— Acho que eu queria mais um pouco de privacidade... – ele diz , se aproximando lentamente. Eu , fiquei travada , completamente confusa. – Acho que eu... não vou repetir o que eu disse mais cedo. 

Eu começo a entender o que estava acontecendo.

— Hyunjin... – 3u me aproximo mais, ficando frente frente a ele. – Eu gosto de você! – eu aperto os olhos engulindo seco. Sinto logo em seguida, sinto um dos seus braços me puxarem firmemente para mais perto e sem eu ao menos ter alguma reação, ele sela nossos lábios. 

De uma maneira lenta e calma, seguia o beijo , logo após eu o aprofundar, levando minha mão a nuca do mais velho, puxando de leve os fios loiros. 

— Eu senti falta disso – ele diz ofegante após nos afastarmos por falta de ar. 

Eu rio, logo começando outro beijo, dessa vez , afobado, onde nossas mãos exploravam o corpo um do outro. Ele pega no colo, eu entrelaço minhas pernas em sua cintura.

Fomos andando até que eu sinto a superfície fofa da cama. Onde o beijo ficava cada vez mais quente assim como nossos corpos. Nossas línguas se envolveram, até que o mais velho começa a descer os beijos para o meu pescoço.


Notas Finais


Playlist Spotify :
https://open.spotify.com/playlist/6reGYFiVide05SpuLhxKtJ?si=DBIAGeotQOu0aareOmqNGw&utm_source=copy-link

Playlist YouTube :
https://youtube.com/playlist?list=PL2d51GD1sUzc_0AMYw9YvTjbt7IOGUKAB






Aguardem no professor capitulo hehehe ( só não garanto ficar bom pq não sei escrever muito bem mas , eu vou me esforçar kkk)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...