História My Demon - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Taehyung (V)
Tags Kookv, Taekook, Vkook
Visualizações 30
Palavras 2.083
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Yaoi (Gay)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Cap-1 o início de tudo


Lá estava ele, Kim Taehyung, um rapaz bonito de 19 anos. Kim estava sentado num banco do bar no qual estava, bebendo uma bebida que o barman o deu, mesmo não sabendo oque era bebeu.

Taehyung estava afogando suas mágoas após saber que seu namorado Min Yoongi o traíra por seu melhor amigo Park Jimin, aquilo o magoou de verdade, fazendo com que ele beba até esquecer. No entanto isso não aconteceu, pois antes de começar Kim sentia olhos o queimarem em seu corpo.

O acastanhado passeia seus olhos pelo salão vendo todas as pessoas até seus olhos caírem no jovem bonito alto de roupas escuras que o olhava sem piscar analisando seu corpo todo que deixando o Kim com o rosto ruborizado.

Sem Tae perceber o homen estava ao seu lado sentando num banco perto do seu com uma bebida na mão. Kim cora fortemente com a aproximação quase caindo da cadeira no susto causando risadas no outro.

Aquela risada... Kim já gostava, era uma risada fofa pra um homen com aparência séria e madura, era um perfeito "hahaha". Kim estava tão hipinotizado que nem percebeu que já estava com o rosto muito proximo do homen, quase o beijando, então si afastou do moço rindo sem graça um pouco envergonhado.

Estava lhe agoniando ter o rapaz o olhando sem parar, mal sabia ele que estava sendo comido pelos olhos do homen, que queria ele a todo o custo, no entanto Kim não parecia querer aquilo, já que nem olhava em seu rosto.

Então logo uma idéia veio na mente do rapaz que era provocar o pequeno Kim, passando a mão por sua coxa farta fazendo o mais novo ali se estremecer e corar instantaneamente. Claro que ia agir assim, ele nem sabe o nome do homen no qual subia e descia sua mão na perna dele, quase em seu membro.

Kim sentia apertos naquela área, o fazendo arfar, quase gemer. Ele sempre foi sensível demais pra essas coisas, um toque para ele começar a reagir e si excitar, era quase um virgem com hormônios à flor da pele.

O de roupas escuras passou as mãos por baixo da blusa de Taehyung, o fazendo si arrepiar por completo. Tae já sabendo oque iria acontecer se continuassem com aquilo, afastou a mão do rapaz de si, o deixando confuso.

- algo de errado?- pela primeira vez Taehy ouve a voz do homen, grossa ao ponto de fazê-lo si arrepiar todo.

- a-acho melhor parar por aqui... sabe? Isso tá indo longe demais. Eu nem sei... seu nome...- abaixou a cabeça com medo do homen ficar bravo consigo, mas tudo que recebeu foi um carinho em sua cabeça do desconhecido o deixando confuso.

- tudo bem. Deixe eu me apresentar, sou Jungkook, Jeon Jungkook.- fala formalmente pegando na mão do mais novo deixando um carinho ali. Suspirou aliviado.

- eu pensei que ia ficar bravo comigo sr.Jeon...- ditou baixo olhando para seus sapatos e os do outro, percebendo o quão caros eram, diferentes dos seus, que apenas eram emprestados de Seokjin, seu amigo.

- jamais. Nunca o forçaria a fazer algo que não queira. - virou sua bebida sem mais nem menos. Taehy querendo copiar também virou a sua, tendo outra reação, diferente do outro que nem ligou pro gosto, já Kim fez careta e tossio, era azeda e forte demais pra ele.

Jeon apenas soltou uma gargalhada, ajudando o Kim que tossia demais ficando vermelho já, ele bateu de leve na costa do acastanhado ajudando a tosse passar.

Taehy si ajeitou na cadeira tendo ajuda de Jeon que o segurava pela cintura. Mesmo já sentandos Jungkook Não soltou a cintura de Kim, continuava ali massageando a mesma por baixa da blusa do menor.

- você não me falou seu nome.- si pronúncia depois de um tempo calados. Kim se assustou lembrando, não acreditava que esqueceu de falar seu nome.

- d-desculpa! É-é Kim Taehyung.- se apresenta sem graça.

- Taehyung? Um nome bonito. - passou sua mão pela coxa de Kim.

- obrigado...- mordeu o lábio reagindo aos toques de Jungkook, que agora passava por seu membro o massageando por cima da calça jeans. Gemeu. Mesmo não querendo, Kim não segurou e gemeu pro Jeon que sorria de lado- sr.Jeon... anw...

- oque foi... Taehy...?- aproximosse do ouvido do acastanhado- você está bem?- sussurrou mordendo a orelha do mais baixo que estremeceu com o toque gélido naquele lugar sensível.

Taehyung estava si entregando aos poucos á Jungkook, que só si divertia com suas reações. Aquilo o excitava.

- que tal irmos pra um lugar mais... reservado?- propôs com a voz rouca no pé do ouvido de Kim. Tae estava cedendo á proposta de Jeon, mesmo sabendo que estava sendo perigoso está si entregando á um estranho qualquer. Entretendo Jeon Jungkook é um completo pecado, ele não resistiria por muito tempo mesmo.

- vamos pra minha casa- fala puxando Jeon pra fora, o mesmo acabou por levar ele ao seu carro, onde entrou e ligou dando partida em segundos.

Algo que Tae estranhou foi que ele não disse onde era sua casa, mas Jeon sabia onde era. Isso o preocupou mesmo.

Quando ele ia perguntar Jeon atacou seus lábios. Tae sentiu seus lábios frios tocaram nos seus, isso era curioso, o corpo dele era quente, mas seus lábios frios. Jungkook sem esperar botou Kim em seu colo, abriu a porta sem quebrar o ósculo e saiu aos pegas com Taehy.

Deixou Taehy apoiado na porta da casa enquanto abria a mesma, assim que consegiu entrou ajeitando Tae no seu colo que só si concentrava no movimento dos lábios.

Jeon fechou a porta e jogou Kim no sofá parando o beijo para passar pro seu pescoço, o deixando com chupões fortes e mordidas que no dia seguinte iriam ficar roxas.

Taehyung já nervoso com a lentidão do Jungkook pra tirar sua roupa ele empurra o outro no sofá e rebola em seu colo enquanto abria sua blusa.

Jeon arfava sentindo seu membro endurecer aos poucos, no ritmo das reboladas que Kim dava.

Jungkook sem perder tempo tira a do Tae também, desceu um pouco seu rosto e atacou um mamilo de Taehy, começando a maltratar o lugar. Mordeu e rodou sua língua no botãozinho de Kim, o fazendo gemer baixinho.

- a-anw J-Jungkook...- gemeu após suas costas tocarem no estofado do sofá quando Jungkook o deitou.

Taehyung sem nem perceber já estava sem roupa e Jeon estava pra enfiar um dedo em sua cavidade anal, Tae fechou os olhos com força e o outro põe o dedo fazendo uma leve dor vir.

Jeon esperou um pouco antes de mover o dígito dentro do menor, teve dificuldade, Tae era apertado demais, quase como um virgem, então pois mais um fazendo leves movimentos de tesoura, Kim soltou gemidos manhoso.

Jeon sorriu.

Pra ele nada era melhor que ouvir os gemidos de prazer de uma pessoa, isso diz que está fazendo um bom trabalho, que o parceiro está aproveitando também.

Jeon já apressado tira os dedos então Taehyung suspirou em reprovação.

- p-por que tirou?- fez biquinho olhando o mais alto que sorriso divertido.

- algo bem maior vai entrar aqui- aquela frase fez Kim corar fortemente ao pensar o tamanho dele e se entraria.

Jungkook riu pegando Tae no colo e num piscar de olhos deitou o outro na cama. Devagar ele entrou em Kim, fazendo o mesmo sentir uma dor imensa.

"Qual o tamanho disso?!"

Essa pergunta pairava na cabeça de Taehyung, que gemia bem alto e manhoso ao receber estocadas lentas de Jungkook no seu interior.Bastava aquilo pra ele rolar os olhos de prazer, claro que estava sensível, ele não transava há dias, estava quase virgem.

Ao passar do tempo as estocadas de Jungkook aumentaram tanto na velocidade, quanto na força. Taehyung já não aguentava todo aquele prazer, ele estava quase chegando ao seu limite naquela noite, Jeon era bruto e selvagem na hora, falava também palavras sujas no ouvido do acastanhado.

Taehyung ia ao delírio naquela forma que estava, Jungkook Não estava tendo pena de Kim. Ele ia do jeito que queria, sem dó alguma. E se acha que o Taehyung não estava gostando, você está muito errado!

Kim Taehyung estava é pedindo mais, muito mais. Isso deixava o mais velho feliz, pois assim ele poderia assumir e ir com tudo, mesmo já fazendo isso.

Tae já chegando ao seu limite arranha as costas de Jungkook, que arfava com o contato sem parar o que tava fazendo.

Jeon tambem próximo aumenta a brutalidade ficando mais encima do outro que gemia sem controle.

Foi então que Tae explodiu, soltando jatos de esperma nos ambos abdomes. Jungkook ainda não satisfeito pois Taehyung de quatro, apoiado com as mãos e joelhos na cama, mesmo cansado Kim não pediu pra ele parar, apenas pra entrar logo e fode-lo como nunca antes.

Era só isso que se escutava no quarto, os gemidos de Taehyung e os testículos de Jeon batendo em sua bunda ao longo das entradas fundas. Quarto estava com cheiro de sexo e suor, pois era assim que os dois estavam, pelados e suados proporcionando prazer um pro outro.

Taehy já não aguentando, ainda em efeito do outro orgasmo, chegou ao seu limite mais rápido. Sujando os lençóis, enquanto Jungkook chegava ao seu, e quando aconteceu encheu a entrada de Kim com sua porra quente.

Caíram cansados nos lençóis sujos do líquido branco. Jungkook deitado puxou Tae pro seu peito, o qual estava pra desmaiar, se a fome não fosse mais forte.

Então ele apenas pôs sua box e a blusa grande que Jungkook usava preta, o ditado com fome também, botou sua roupa de baixo e seguiu o outro pro andar de baixo que já seguia pra geladeira.

Taehy fez um sanduíche e sentou no balcão tendo um certo Jeon entre suas pernas mordendo sua comida, apenas sorriu e riu.

- está cansado?- indagou Jungkook beijando o pescoço de Taehy que si arrepiava.

- só com um pouco de fome.- respondeu passando as suas unhas no peito de Jeon, o deixando arranhado.

- então aguenta uma terceira rodada?- deitou Taehy no balcão subindo no mesmo ficando por cima dele.

Taehyung sorriu mudando as posições, rebolou no membro do outro flexionando pra frente e pra trás fazendo o de baixo arfar e si excitar.

Kim apressado tirou todas as peças de roupas num instante então sentou no cacete de Jeon, subindo e descendo, mesmo doendo não ligava, apenas queria aquilo dentro dele, queria ser fodido novamente.

Jeon segurou em sua cintura, ajudando ele em seus movimentos, os fazendo ficaram mais rápidos. Taehyung gemeu, gemeu alto, isso como sempre fazia o outro sorri satisfeito.

O moreno jogou a cabeça pra trás gemendo rouco, pois a entrada de Taehy estava si contraindo, o apertando.

Sem mais aguentar aquela tortura ele jogou Taehyung pra baixo e o penetrou com força, queria logo si aliviar, aquela dor entre as calças doida muito. Ele não iria aguentar.

Taehyung querendo mais rebola sobre o caralho de Jungkook, já que o mesmo o torturava indo lento e forte.

- v-vamos Jungkook... awn... vá mais rápido, me foda com vontade- e assim Jungkook fez, começou a fazer seu trabalho do jeito que o companheiro queria.

Tae já sentia outro orgasmo chegando. Ele se conrroia por dentro, não queria gozar agora, ele queria mais, muito mais.

Só que, não parecia que seu corpo o ajudaria, já que seu membro doía por atenção. Jeon ao perceber segura em seu falo, o movendo pra cima e pra baixo, fazendo com que Taehy já ao seu limite arqueaia suas costas tendo junto espasmos.

Jeon vendo aquela cena si desfez dentro do Kim. Já era a terceira vez só naquela que Tae tinha um orgasmo.

Jeon pegou ele no colo o levando pro banheiro, no qual tiveram mais uma rodada. Após um tempo ele veste Tae e o põe dormindo na cama.

Jungkook Já tendo que voltar, deixa apenas sua blusa que Taehyung vestia e faz outra limpa pra ele. Ela já estava sem tempo, era hora de voltar aos seus afazeres no inferno, tinha várias almas pra punir, não podia ficar abobalhando no mundo mortal. Já si divertira o bastante, agora é só trabalho.

Deixou um beijo na testa de Kim, no qual dormia tranquilamente na cama agarrado ao um travisseiro. Jungkook em um estalar de dedos se transformou em uma nuvem negra e saiu pela janela aberta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...