1. Spirit Fanfics >
  2. Eu te amei por mil anos >
  3. Capítulo 3

História Eu te amei por mil anos - Capítulo 3


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura♡

Capítulo 3 - Capítulo 3


O dia com Erza e o seu amigo que se chamava Gray foi muito legal eu me divertir bastante e até esqueci um pouco dos meus probelmas, teve uma hora que Erza ficou pálida e assustada ela disse que não era nada depois disso ela ficou desconfortável e olhando para todos os lados achei estranho mais resolvi não perguntar nada, já era de tardizinha e eles foram embora, fui até meu quarto me deitando na minha cama, até Natsu aparecer

_ Aquela garota pode me ver _ Ele apenas disse isso me assustando Erza podia o ver!? Mais como? 

_ C-como assim!? _

_ Eu não sei, aquela garota tem algo de especial as pessoas só podem me ver se eu permitir, mais ela conseguiu me ver mesmo sem a minha permissão _ 

_ Ah...Erza também tem alguém como você na casa dela...eu não tenho certeza apenas suspeito _

_ E isso, se ela consegue ver o demônio que está em sua casa ela consegue ver todos os outros _ eu nunca avia dito a Erza sobre Natsu ela já tinha problemas de mais para se preocupar, suspirei fundo e me deitei outra vez nem avia percebido que eu estava sentada, eu meio que já estava me acostumando com Natsu ali....acabei me lembrando do dia em que eu acordei com ele abraçado em mim, demônios dormem? Não custa perguntar 

_ Ei N-natsu demônios dormem? _

_ Sim, bem...eu não sei os outros, eu fui criado por um homem a muitos anos, seu nome era Zeref ele era o mago negro, ele criava demônios, os demônios do livro de Zeref nós não somos demônios iguais aos outros nós somos asemelhado a vocês humanos, nós dormimos sentimos dor e fome, essas são as três coisas que nós os demônios do livro de Zeref sentimos _ Então ele doi criado? Eu pensei que ele fosse um demônio de lucifer, quando a muito tempo antes da humanidade existir quando a metade dos anjos no céu se revoltaram contra Deus e eles foram corrompidos, eu pensei que ele fosse um desses anjos caidos 

_ Entendi... _ Eu queria muito perguntar uma coisa mais estava sem geito

_ V-vocês se reproduzem tipo podem ter filhos? _

_ Não, nós não podemos ter filhos, mas aqueles que são humanos e tem sangue demoníaco nas veias podem ter filhos, alguns demônios do livro de Zeref eram humanos e agora tem sangue demoníaco correndo em seu DNA _

_ A sim... _ Então por que eles tem relações sexuais? eles são demônios não deveriam ligar para isso, acabei corando com esses pensamentos e ele avia percebido 

_ Oque foi? _

_ N-nada _ virei de costas para ele suspirando fundo e me acochegando na cama, senti o calor do corpo dele próximo ao meu, tentei iguinorar e fingir que eu avia adormecido, senti seu braço se envolver em minha sintura me puxando para mais perto, nossos corpos estavam colados e eu sentia e calor tão bom vindo de seu corpo, acabei adormecendo...

 

 

 

 

 

 

Senti os raios de sol baterem em meu rosto me fazendo acordar, o quarto estava todo iluminado pela luz do sol, fui tentar levantar mais senti Natsu me prender ainda mais contra seu corpo, coroei lembrando que ele avia dormido comigo, agente não podia....ele e um demônio! Eu não posso me decair assim, tirei seu braço de cima da minha sintura e me levantei indo em direção ao banheiro, fiz minhas higienes e sai do banheiro vendo que ele ainda dormia, sai do quarto indo até a cozinha

_ Ele disse que sentia fome.... _ Sussurei para mim mesma, talvez eu deva fazer algo para ele comer....por mais que ele tenha mudado a minha vida drasticamente eu não poderia ser tão má com ele....mais ele está me perseguindo não há nenhum motivo para ele estar aqui então por que ele vive aqui?....droga eu  so vou fazer o café da manhã por que eu estou com fome 

 

 

_ Lucy? _ Escutei a voz de Natsu chamar por mim me fazendo direcionar meu olhar a ele

_ Sim _

_ Oque está fazendo? _

_ Algo para gente comer _

_ Oh, não precisa fazer nada para mim eu não me alimento desse tipo de comida _ Me surpreendi ele se alimentava de que então!?

_ Não!? Então do que você se alimenta? _

_ Das comidas do meu mundo _ Ele estralou seus dedos e no mesmo instante apareceu uma maçã em sua mão 

_ M-mais nós também comemos maçãs! _

_ As nossas comidas são assemelhadas a de vocês humanos, mais não são as mesmas o gosto e bem diferente _ 

_ Entendo... _ voltei minha atenção ao fogão terminando oque eu estava fazendo, há muitas coisas que eu não sei sobre Natsu....

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Gostaram do capítulo de hoje?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...