1. Spirit Fanfics >
  2. My demon (Billdip) >
  3. Verdade nua e crua

História My demon (Billdip) - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Só queria agradecer a todo amor, carinho e incentivo que eu tenho recebido de vocês, muito obrigada mesmo, isso me deixa muito feliz 🥰

Capítulo 12 - Verdade nua e crua


Fanfic / Fanfiction My demon (Billdip) - Capítulo 12 - Verdade nua e crua

A garrafa cai com Mabel perguntando pra mim

-Pacífica: verdade ou desafio?

-não sou burro, verdade

-Pacífica: é verdade que você ta gostando de um cara?

-como você sabe disso?

-Pacífica: então é verdade ksksk a Mabel q falou

-ai sim verdade

-Pacífica: e é ele?

-UMA PERGUNTA POR RODADA

-Pacífica: ai, ta bom

O jogo continuou sem muito o que comentar, apenas desafios e perguntas básicas de qualquer festa do pijama, teve uma hora que o Bill tinha q dançar skksks foi tão engraçado. Estava tudo bem até que a merda aconteceu

-Mabel: verdade ou desafio Dip?

-verdade

-Mabel: é verdade que você gosta do Billy?

*merda, não posso admitir isso vou men..*

~sem mentir Pinetree

*demônio de mentes desgraçado*

-e-eu gosto sim do Billy–coço a nuca muito envergonhado afinal ele estava do meu lado e conseguia ver oq se passava na minha mente naquele momento

-Mabel: EU SABIA

-Pacífica: então Dipper gosta de caras?! Essa é nova kkkk

-p-podemos continuar–giro a garrafa que cai em Pacífica para Bill

-Pacífica: verdade ou desafio?

~desafio–ela olha pra ele com um olhar assustador

-Pacífica: eu te desafio a beijar o Dipper

-O QUE?

~pff como seu não tivesse feito isso antes

-Pacífica: COMO É?

-Mabel: DIPPER!!

-BILLY!!

~KSKSKSKSKKSK ai ai, mas e ai posso ou não?

-v-vá em frente

Ele coloca a mão na minha nuca e me puxa pra um beijo, e como sempre eu me perco rapidamente sem conseguir nem pensar, logo a língua dele já estava na minha boca e eu não conseguia mais parar

-Pacífica: ah-ham–ao ouvirmos isso nos separamos rapidamente muito corados

-Mabel: acho que já está na hora de irmos dormir

-é-é é, t-também acho

E assim fomos para o quarto, Mabel dormiu na cama com a Pacífica e eu e Bill no colchão do outro lado do quarto, um virado pra cada lado ficamos na incessante expectativa de dormir logo, porém logo eu já estava ouvindo o ronco das princesas na cama e nada de eu pregar os olhos

~ei, ei Pinetree, ta acordado?

-to sim–me virei pra olhar ele

~sabia que eu consigo ver os sonhos delas?!–ele se vira pra mim

-já imaginava, mas deixe elas em paz, pelo menos nos sonhos

~tudo bem, mestre ksksk

-já disse pra não me chamar assim

~por que não? Afinal eu sou seu demônio agora

-m-mesmo assim, não gosto de ser chamado assim, principalmente por você

~então como quer que eu te chame?–ele se aproxima um pouco

-como sempre chama, eu até gosto de quando me chama de Pinetree kkkk

Ficamos um tempo em silêncio nos encarando e eu fiquei me perguntando o por que de eu ter me apaixonado tanto nele. Meus pensamentos ficam se alternando por onde meus olhos passam naquele lindo rosto que tanto me hipnotiza

~Pinetree, é sério que você gosta de mim?–ele pergunta em tom sério

-por que quer saber?–desvio o olhar pra qualquer lugar que não seja ele

~porque eu quero saber–ele segura o meu rosto me fazendo olha-lo–Dipper, você gosta de mim?


Continua....


Notas Finais


Não me matem ksksk eu tinha que deixar um ar dramatico
Bom espero que tenham gostado
Beijinhos da tia Mina e até a próxima 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...