1. Spirit Fanfics >
  2. My Demon ( Jikook) >
  3. ESTRANHO!

História My Demon ( Jikook) - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - ESTRANHO!


JIMIN ON

Todos os meninos já haviam levantado da mesa e ajudado para arrumar a mesa, e Jungkook ainda não havia aparecido. Fomos para a sala e estávamos em uma conversa paralela mas eu não estava prestando atenção, memso que não queria eu estava me preucupando com Jungkook. Foi quando a porta do banheiro foi aberto.

- Jungkook. ( Susurrei) 

Jungkook estava "normal" mas eu podia ver seu olhar preucupado.

Jk- gente eu não tô muito bem eu vou pro meu quarto, antes de irem embora   me avisem.

E então ele saiu da sala subindo as escadas e indo para o seu quarto. Eu não sabia o que fazer, eu tinha que arrumar um jeito de ir falar com ele sem que ninguém reparasse.

- Vocês querem jogar uno?

Todos concordaram e então fui buscar no meu quarto, mas era um momento te emergência então usei meus poderes. Peguei o uno e levei lá pra baixo.

Jn- eu não sabia que você tinha uno Jimin. ( Me olhou com os olhos serrados)

Não o respondi.

- separem as minhas cartas, eu vou no banheiro e já volto.

Subi correndo e bati discretamente na porta de Jeon e o mesmo me permitiu a entrada .

- junggie está tudo bem? 

 Digo entrando no quarto o vendo deitado na cama com os lençóis jogados em todo o corpo com o ar condicionado no máximo. Não obtive resposta.

- Jeon?

Me sentei na beirada na cama e o balançei.

Jk- você não escutou eu falando que não estou bem?

- Ei não precisa me tratar assim.

Jk- como não? Você é o motivo de eu estar assim. ( Se sentou )

- Minha culpa? Isso nem faz sentido Junggie kkkkk, como eu fiz seus olhos ficarem Lilás?

Jk- Você não sabe? Achei que os anjinhos soubessem de tudo.

- Não eu não sei de tudo, você quer me falar então?

Jk- não sei se deveria, ainda é estranho pra mim.

- confie em mim. ( Coloquei minhas mãos em seu joelhos fazendo uma Massagem)

Jk- só tem um motivo de os olhos de um demônio mudarem de sua cor natural para o lilás, é porque ele está apaixonado.

Não consegui reagir, eu simplesmente fiquei paralisado más depois voltei ao normal e dei um leve sorriso sem mostrar os dentes.

- qual é a sensação?

Jk- eu não sei é novo pra eu, meu corpo reage de uma forma diferente.

- de uma forma boa?

Jk- Sim, eu te olho e ........... ( Finge desmaio)

- Kkkkkkkk você é um bobo, mas você sabe que tudo isso que está acontecendo não é sua culpa né?

Jk- é sim, é culpa minha de eu olhar para os seus olhos e ver uma constelação das estrelas mais lindas, é culpa minha de eu olhar para os seus lábios e os querer junto aos meus, a culpa é minha de olhar para os seus cabelos e querer lhe fazer carinho até que adormeçesse como um anjo, a culpa é minha de o observar dormindo e querer acorda todo os dias com o privilégio de ter você ao meu lado, a culpa é minha de olhar para sua mão e querer a ver junto a minha com a semelhança de uma aliança no mesmo dedo, a culpa é minha de olhar para o seu corpo e o desejar, a culpa é minha de estar me  apaixonando por você.

Ele jogou todas as palavras para fora sem deixar que seu corpo sugasse o oxigênio, ele falou do que sente por mim mais eu senti a necessidade de contar o que eu sinto por ele.

- Jungkook Eu sei que somos de mundos diferentes, mas eu também me apaixonei por você, desde o dia em que me tocou pela primeira vez, eu senti a eletricidade passar pelas minhas veias me dando alegria, não posso dizer que foi amor a primeira vista, mas eu sei que você é o que não por uma escolha mas por obrigação, eu não deveria falar mas todas as vezes que nos deitamos juntos eu posso sentir suas emoções ou o que você deseja, sei que talvez essa não seja a vida que você quer mas é a vida que tem, e acredita que não pode mudar isso, mas você pode, todos podem mudar para pior ou para melhor.

Jk- ele sempre me disse que se eu me apaixonasse ele não iria concordar e que iria fazer algo comigo, eu sei que não é algo bom, sei que não posso voltar atrás, eu estou preso a você, ao seu calor, ao seu carinho, e não sei o que fazer agora.

Ele estava nervoso, talvez uma crise de ansiedade, eu toquei em suas bochechas levemente rosadas pela falta de ar e fiz um carinho alí.

Jm- Ninguém pode de abrigar a não amar, deixe as coisas acontecer, lute pelo o que você achar certo, se você estar feliz e se sentindo bem lute pelo amor, se estar desconfortável fuja.

Ele olhou em meus olhos eu sei que o que falei foi como escolher em não gostar de eu ou não gostar, sei que eu estou apaixonado por jungkook e estou com medo de o mesmo dizer que não quer o amor, mas quando o mesmo puxou minha nuca com leveza e colou nossos lábios eu sabia que ele iria lutar pelo amor, seu beijo era calmo e eu não queria que nunca acabasse mas a falta de ar se fez presente e nos separamos e ainda de olhos fechados escostamos nossas testas dando um beijo de esquimó.

Abri meus olhos e os mesmo que escontrou com as grandes orbes lilás e brilhosas de seus olhos e ali eu soube que eu era a causa de sua Eufória.

- Porque não vamos descer? Não fique se torturando em pensar em como vai resolver isso ok? 

Susurrei rente aos seus lábios deixando mais um beijo demorado e me levantei Jeon se levantou e foi para o banheiro escutei o barulho do chuveiro sendo aberto então deduzi que o mesmo estava no banho, fui até a porta do banheiro e sem a abrir me encostei.

- eu vou descendo vou te esperar lá.

Jk- ok.

Sai do quarto de Jungkook dando pulos de alegria, estou feliz por saber que o mesmo está seguindo as regras de Deus mesmo sem saber.

Jh- Caramba tamo uma hora esperando tu em .

Tae- estava onde?

- Fui ao banheiro e e quando sai dei de cara com Jungkook e o mesmo disse que estava se sentindo melhor e que iria descer.

Tae- e demorou isso tudo só para dizer isso?

- Sim Taehuyng, vamos começar logo quando Jungkook chegar ele entra na outra rodada.

Começamos a jogar, passou um tempo e Jungkook apareceu com os cabelos molhados com uma blusa de um tamanho maior do que necessário e um moletom, lindo como sempre.

Sg- Jimin você tem que comprar 5, taehuyng havia jogado 5 Noves de uma vez.

Sai dos meus devaneios e olhei para taehuyng que estava com um olhar debochado.

Jm- você me paga kkkkkk.

Comprei as cartas e os meninos continuaram o jogo. Jungkook se sentou no sofá atrás de eu, conforme o Jogo acontecia sem eu reparar eu me acomodei no meio de suas pernas e o mesmo parecia também não ter reparado já que com uma mão mexia em seu celular e com a outra fazia carinho em meus cabelos sem que os meninos reparassem.

Jk- Vou.

Ele se levantou ainda deixando um carinho em minha nuca e se sentou no lado de Jin já que onde eu estava sentado hoseok e Yoongi estava ocupando, jogamos e nos divertimos e nos estressamos já que Taehuyng e Namjoon ficavam roubando enquanto Jin gritava com Namjoon e Hoseok batia em taehuyng, mas nós final pegamos comida e todo mundo se acalmou.

Jin gente, temos que ir embora não dá pra dormir no quarto do Jimin pelo resto da vida.

Todos se levantaram e pela minha dor nas costas me espreguiçei, sem querer fazendo minhas asas se abrirem.

- Merda, eu tenho que aprender a segurar isso.

Quando levantei meus olhos todos me olhavam assustados inclusive Hoseok e Yoongi.

Jh- Que Porra é essa?

.

.

.




Notas Finais


É isto meu povo, amanhã Jimin vai falar a verdade para Hoseok e Yoongi, como vocês acham que vão reagir? E como vão ficar em saber que Jungkook e Namjoon são demônios?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...