História My Destiny II - Capítulo 25


Escrita por:

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Josh Devine, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Zayn Malik
Tags Lorry, Romance, Sophiam, Zaiza
Visualizações 41
Palavras 5.266
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi amores! Voltei.
Eu pareço o Zayn ne, sumo e apareço do nada querendo que me amem.
Me perdoem pela demora, mas digo de novo: NÃO DESISTI DA HISTÓRIA. Eu só tenho falta de inspiração muitas vezes. Mas aqui estou eu com mais um capitulo, que está pronto a alguns meses mas faltava revisar. Se tiver algum erro me perdoem kkkk
Espero que gostem.
Musica: Marry me - Jason Derulo ( musica de Zaiza 100%)

Capítulo 25 - So close to be yours


Fanfic / Fanfiction My Destiny II - Capítulo 25 - So close to be yours

Cento e cinco é o número que vem na minha cabeça

Quando eu penso em todos os anos

Que eu quero estar com você

Acordar toda a manhã com você na minha cama

Isso é exatamente o que eu planejo fazer🎵🎵


[...]

Nunca pensei que organizar uma viagem com cinco amigas seria tão difícil. Bianca quer um hotel e eu quero outro, Lorena planeja algo, Sophia outro onde gera discórdia em dobro. Pelo menos deu tudo certo, conseguimos o lugar perfeito como queríamos, eu não me aguento de felicidades. Viemos buscar meu vestido, mas não é isso que estou fazendo, nem fui a procura. Acredito que vou deixar pra cima da hora, é a minha cara fazer isso. Sophia compra tanta roupa, como sempre que ela provavelmente vai doar quando surgir nova coleção de verão.

Nosso passeio de limousine foi o mais hilário que já vivi. Bianca bêbada e gritando aos quatros ventos. Estar com elas é sempre motivo de alegria, e eu sentia saudade mesmo sem me lembrar como era, agora quero aproveitar o máximo.

–Viva la vida loca. – Barbara canta alto levantando a taça pro ar. Seu cabelo ao vento e os olhos fechados, ela está feliz. Eu as observo como se pudesse sentir a alegria de cada uma em mim. Está sendo a melhor viagem de nossas vidas.

Os dias passam e tenho que ver meu vestido. Claro que Sophia iria querer que eu fosse em todas as lojas possíveis que ela pesquisou, e eu fui. Passamos por três e agora estamos na ultima que me agradou mais.

–Tem que ser esse! – Lorena vocifera encantada. Ainda me olho no espelho, meus olhos brilham como quando experimentei os outros. Estou dentro de um vestido de noiva e isso parece magico.

–Quem tem que escolher é ela, Lorena. – Pamela diz rindo divertida.

–Ai, eu sei, mas concordam que esse foi o mais lindo, mais perfeito, foi feito pra ela. – Me rodeia toda animada. Eu rio delas ainda me olhando e dou meia volta olhando minhas costas.

–Façam chamada de vídeo com minha mãe, por favor, ela tem que ver esse também.

–Vou ligar pra ela. – Bianca diz pegando o celular. Esperamos uns segundos, mamãe está ansiosa e não é de esperar menos, queria ter vindo, mas ajudando o Kevisson não tinha como vir. – Tia!

–Me mostra, vamos. – Diz eufórica. Bianca ri e vira o celular em meu rumo. – Laiza que sonho esse vestido minha filha. Ele é o mais lindo de todos.

–Eu disse! – Lorena comemora. Rio delas.

–Gostou, mãe?

–Eu amei, você está uma princesa minha filha.

–Ai gente eu to quase chorando, imagina quando colocar a grinalda e a coroa e os brincos. – Barbara choraminga rindo em seguida. Eu tenho um nó na garganta com tamanha emoção de estar vivendo tudo isso.

–Será que o Zayn vai me achar tudo isso também? E se ele não gostar? Eu estou muito nervosa e sim eu quero que ele me ache a mulher mais linda, que me veja e pense, essa não é a Laiza, gente eu vou desmaiar. – Me abano com a mão. O nervosismo se apossa de mim em querer estar perfeita, vai ser o dia mais feliz de nossas vidas, eu quero que tudo esteja perfeito, temos esse direito e uma parte depende de mim.

–Laiza, pare! Meu Deus, você está perfeita, se o Zayn pudesse te ver agora ele estaria como você quer que ele esteja: sem palavras. – Sophia me acalma.

–Amiga, ele vai amar. Você está linda. – Pamela segura minhas mãos geladas. – Calma.

–Eu quero que tudo saia perfeito. – Respiro fundo, voltando a calma e me olhando novamente no espelho.

–Você esqueceu que você tem as melhores organizadoras de festa de Miami? – Lorena revira os olhos e põe as mãos na cintura. – Meu amor, se esse casamento não for do ano, eu nem faço. – Não seguro a risada assim como as meninas.

–Filha, calma, vai ser tudo como sonha, não se preocupe, Zayn ama você de toda forma, o vestido e arrumação é só parte, o mais importante e celebrar o amor de vocês dois que vai se unir pra sempre. – sorrio terna.

–Isso ai, tia. – Bianca concorda.

–Obrigada meninas e mãe. Não sei o que seria de mim sem vocês. – Me viro pra elas.

– Não seria nada, não é querida, porque eu sou a salvação da sua vida. – Lorena da de ombros indo saindo do provador.

–Como ela ousa falar assim comigo. – Cerro meus olhos não segurando a risada. As meninas gargalham.

Logo ela volta com a vendedora que trás junto o longo véu e o resto da arrumação. Quando ela me arruma, não consigo segurar a lagrima que segurei desde o inicio. É como sempre sonhei, eu estou vestida de noiva, pronta pra chegar no dia que espero a dois anos, com o homem que amo. Se ele pudesse me ver agora. Em pensar que vai demorar uns meses pra ele me ver assim, difícil vai ser esconder esse vestido dele quando chegar em Miami, mas ele não seria capaz de querer ver e estragar a surpresa.

–É esse. – Concluo sorrindo para a menina que me arrumou que sorri contente para mim.

–Aeeh! Laiza vai casar. – Bianca bate palmas e todas se juntam a mim em um abraço. Fecho os olhos as apertando forte.

Voltamos ao hotel depois do dia corrido e exaustivo, tomo meu banho e me deito. As meninas foram para o bar do hotel, eu não quis por estar muito cansada e querer falar com Zayn, quase não respondi suas mensagens durante o dia, ele deve estar ansioso. Quando ouve minha voz logo escuto risadas de fundo e logo sumirem, aposto que é os garotos o atormentando. Sorrio.

–Amor, até que enfim, como está?

–Muito bem, tirando o cansaço de andar dia inteiro e ficar de pé. Foi mais exaustivo do que imaginei. – Ouço sua risada.

–Quer uma massagem?

–Fala isso só porque está longe. – Digo mais baixo.

–Claro que não, sabe que eu faria. Era pra mim estar ai mas você não me deixou ir. – Rio baixo.

–Meu amor, você não poderia vir, vim escolher meu vestido, que aliás já está comigo.

–Nem acredito, já podemos casar semana que vem então. – Diz tão sério que até acreditaria, se bem que se fosse por ele.

–Quem me dera.

–Se você quiser podemos. – Rio fraco.

–Não seria má ideia, eu iria ficar com você definitivamente. Mas temos que fazer tantas coisas ainda.

–Vem logo embora, quanto antes arrumarmos, mais rápido vamos ficar juntos.

–Amanhã estamos indo. Estou morrendo de saudade, só queria seu abraço agora. – Suspiro fundo indo até a janela do quarto e olho as ruas movimentadas lá abaixo.

–Tudo que eu queria também. Amanhã vou estar te esperando no aeroporto, está bem? – Sorrio.

–Está bem, até amanhã meu amor, te amo.

–Eu também te amo. Durma bem. – E assim vou dormir depois de falar com Zayn. Mal vejo a hora de chegar em casa.

MIAMI

Finalmente chego em minha cidade. Vejo de longe o sorriso que mais queria ver, vindo ao meu encontro. Apresso os passos para encontrá-lo.

–Espere a gente, estavámos perfeitas andando lado á lado. – Ouço Bianca dizendo em meio a risos. Apenas rio e continuo andando mais rápido.

–Que saudade. – Ele diz quando me abraça. Meus olhos estão fechados sentindo seu cheiro. Ele não sabe a falta que faz quando está longe também.

–Também senti saudades, muita. – Me desfaço do abraço lhe dando um beijo. Sorrimos nos apartando. Esse sorriso, é o mais lindo do mundo, sim.

–Oi, pra você também, Zayn. – Lorena diz.

–Oi, Lorena, oi meninas. Como vocês estão? – Diz sorrindo. Todas elas respondem o oi e logo após bufam relaxando o ombro.

–Cansadas. Quero minha cama. – Sophia diz e começa andar sentido a saída do aéroporto. Rimos e a acompanhamos.

–Cadê o Harry que era pra estar aqui com o Anthony? – Lorena pergunta olhando pra Zayn, esperando resposta.

–Ele iria mesmo vir, mas Anthony não parava de chorar, ele resolveu não tirar ele de casa e pediu para que eu levasse vocês.

–Chorando por quê? – Parece preocupada.

–Não sei te dizer, mas não deve ser nada grave. Vamos, eu levo vocês. Vão pra nossa casa ou pra casa de vocês?

–Minha casa. – Bianca levanta a mão e entra no carro. Logo em seguida põe a cabeça pra fora. – Cuidado com minha mala!

Sophia também vai para sua casa, Lorena vai para a deles devido a Anthony. Entregamos cada uma em seu devido lugar e vamos para minha casa. Zayn não para de perguntar sobre o que fizemos e sobre o vestido. Eu rio o tempo todo dizendo que não vou falar nada. É surpresa, mas sei que vou ter trabalho com sua curiosidade.

–Amor, esquece. Não vou dizer nada, vai ver somente no dia. – Dou de ombros e desço do carro quando paramos na garagem. Ele desce em seguida.

–Sabe que não vou desistir. – Ri divertido vindo me ajudar tirar as malas do bagajeiro.

–Eu sei, mas saiba que também não vou de dizer não. – Tomo de sua mão a enorme caixa que está o vestido. – Pode deixar que essa aqui eu levo. Traga as outras. – Pisco pra ele que ri balançando a cabeça. Vou rumo a porta e o deixo pegando o resto de minhas coisas.

Mamãe como sempre não está em casa. Cumprimento a governanta que me recebe sorridente.

–Como foi a viagem? – Ela pergunta e se oferece para levar a caixa para meu quarto. A acompanho nas escadas.

–Perfeita, Olivia. Você precisa ver o vestido, é tão lindo. – Ela sorri encantada assim como eu. Põe a caixa sobre minha cama.

–Sua mãe me disse que é lindo. Quero muito ver.

–Eu também quero, deveria mostrar para nós dois. Não acha, Olivia? – Zayn diz entrando no quarto. Rimos dele.

–Para você não deveria, Zayn, agora para mim, confesso que estou curiosa. – Ele franze o cenho e cruza os braços.

–Desiste meu amor. – Digo pegando as malas que ele deixou no chão e pondo sobre a cama.

–Vamos marcar logo a data. Assim não vou te encher saco mais.

–Vou deixar vocês a sós, quando o jantar estiver pronto aviso. – Olivia diz rindo de Zayn.

–Obrigada, Olivia. Pode ir. – Sorrio de volta para ela que sai fechando a porta.

–Deixa pra arrumar isso depois. – Sou puxada por Zayn que me abraça pela cintura. Sorrio e o abraço pelo pescoço.

–Iria tirar os presentes. – Ele balança a cabeça e me deixa um breve beijo.

–Vai ter tempo para isso mais tarde. Agora fica um pouco comigo que não aguentava mais ficar longe de você, que quase pegou um avião e foi direto pro seu hotel.

–Foram só alguns dias. E eu to aqui, toda sua agora. – Embrenho meus dedos por seu cabelo. Fecha os olhos e trás uma mão a meu rosto fazendo um carinho. Lhe deixo um beijo.

–Tenho que te contar uma coisa. – Diz baixo. Murmuro para que continue. – Os meninos e eu também já escolhemos nossas roupas. Confesso que fui obrigado. – Dou risada e o olho. – O Liam nos obrigou.

–Eu amo o Liam. E como é? – Ele ri divertido afastando um pouco de meu rosto.

–Não vai saber também.

–Aposto que ficou lindo. – O elogio e recebo um beijo em troca.

–Até que ficamos bem elegantes. Foi divertido. – Rio mais.

–Amor, me diz que se lembraram que os meninos teram que estar com ternos iguais? – Ele arqueia as sobrancelhas. Eles esqueceram, não é de duvidar. – Amor, eu te falei tanto sobre isso. – Sôo chateada. Ele ri divertido me abraçando forte pela cintura ao ponto de me tirar do chão.

–Estaram todos iguais, com a cor que escolheu, do jeito que quer. – Me solta, sorrio aliviada.

–Eles eu vou poder ver. Deve que ficaram umas gracinhas.

–Ah isso eles ficaram mesmo. – Gargalha. Me afasto.

–Pare de zoar seus amigos. – Rio com ele. – Se você pudesse ver como as meninas ficaram lindas. Amor, vai ser mágico. – O olho terna.

–Disso eu tenho certeza. Podiamos escolher a data.

–Pensei bastante nisso. O mais rápido possivel?

–O mais rápido possivel. – Sorrimos cumplices.

–Daqui 2 meses. Acha pouco? – Sugiro.

–Acho muito tempo. Poderia ser mês que vem. – Rio mais.

–É muito pouco tempo, e temos que trazer sua familia, escolher lugar, decoração, tantas outras coisas. Isso leva mais de um mês. – Ele respira fundo concordando.

–A lua de mel.

–Passagens. – Franzo o cenho.

–Nossa casa. – Faço uma careta preocupada. Ainda não tinha pensado sobre isso. Juro! Será que estou mesma pronta pra casar? Eu nem pensei onde vou morar.

–Onde vamos morar? – Minha risada sai mais como desespero por não ter pensando sobre isso.

–Vamos ter que comprar uma casa. Na onde quer morar? – Se senta em minha cama e me faz sentar ao seu lado.

–Londres. – Suas sobrancelhas se arqueiam novamente, parece surpreso. Mas não falei isso sério. Londres é meu sonho, mas sei que ele não quer viver lá, aqui ele está protegido.

–Então depois da lua de mel, vamos para lá e escolhemos uma casa. – Que amor, nem questionou. Sorrio e seguro seu rosto lhe dando um beijo.

–Estou brincando, meu amor. Vamos viver aqui, De preferência perto da minha mãe.

–Não quer viver em Londres, então? – Sorri fraco.

–É meu sonho, mas aqui estaremos seguros, você estará seguro. Sei que não está preparado pra viver lá novamente. Estou certa? – Ele acaricia minha bochecha com o polegar.

–Está. Queria estar perto da minha familia, mas elas vindo aqui é melhor do que eu ficar indo lá. Mas podemos ir quando você quiser, eu prometo. – Rio divertida.

–Então vamos passar nossa lua de mel. – Ele nega com a cabeça, rindo. O acompanho. – Viu, não está cumprindo com a promessa.

–Eu já te disse que depois da lua de mel você pode casar com Londres, ter Londres. – Gargalho.

–E pra onde vamos?

–O que acha do Caribe, Bahammas, Cancun?

–Praias! – Sorrio maliciosa.

–De preferencia deserta, só você e eu. – Diz mais baixo.

–Vou deixar que escolha.

– Quer uma surpresa. – Sussura mordiscando meu labio inferior. Murmuro assentindo. Sorri roçando seus lábios aos meus. – Adivinhei quando planejei o que vamos fazer.

– Está falando sério? – Digo baixo e o olho.

–Estou. – Sorrio não acreditando, já sabe o que vai fazer e perguntou para ver minha reaçao.

–E qual será nosso destino?

–É surpresa, esqueceu? – Sorrio – Saberá na hora certa. – Me beija tombando sobre mim na cama. Embrenho meus dedos em seu cabelo da nuca.

–Louco. – Digo entre o beijo.

–Por você. – Aprofunda o beijo, deslizando sua mão por minha cintura.

Alguns dias depois

Quase tudo pronto. Estou tão ansiosa, mas felizmente tudo está saindo como planejado. Decoraçao, lista de convidados, lugar para festa, tudo em ordem. Agora só esperar o dia chegar. Meu coração está em chamas, quero que chegue rápido.

Zayn e eu saimos para escolhermos nossa casa, gostamos de duas, mas a que fica no mesmo condominio em que moro é a melhor e que eu amei mais. Não é tão grande como a que vivemos que cabe uma centena de pessoas, mas é de bom tamanho para começarmos. Sendo assim decidimos ficar com ela, mamãe não se conteve em felicidade por saber que vou morar a duas ruas de distância apenas dela.

Pensar que daqui a um mês e meio estarei sendo definitivamente casada, é estranho, parece ser um compromisso tão grande, mas minha tia e minha mãe me ajudam muito. É cada conselho, as vezes fico até constragida, mas sei que é pro meu bem. Zayn que está calmo. Pelo menos comigo ele parece calmo, fica contando nos dedos quanto que falta para morarmos juntos. Todos os dias me manda uma mensagem dizendo quantos dias faltam pro casamento.

Narradora

Laiza acha que Zayn está calmo. Liam que o aguenta todos os dias. Ele tenta passar tranquilidade porque sabe como Laiza é ansiosa, não quer que briguem ou que achem algum defeito que possa estragar tudo que já arrumaram.

–Zayn, já falou com o Wilmer sobre a viajem? – Liam pergunta entrando na cozinha. Zayn está escorado a bancada bebendo um copo d’água. Wilmer é quem está o ajudando a fazer a surpresa a Laiza, ele é piloto.

–Sim, já está tudo certo.

–Não sei que milagre não quiseram casar na praia. Sophia diz que é o sonho dela, vejo que vou ter trabalho. – Zayn ri do que diz.

–Pensamos nessa possibilidade, mas Laiza decidiu que não. E você já está pensando em casamento com a Sophia mesmo?

–Muito. Acho que já está na hora também, e ela tem os sonhos dela. Preciso conversar com vocês sobre uma coisa. – Zayn franze o cenho pelo que ouve.

–Sobre o que?

–Sophia quer ir pra Londres. Morar lá. – Diz apreensivo pelo que Zayn possa dizer.

–Morar em Londres? – Ele assente. – Nossa, achei que ela gostasse daqui, afinal, tem toda familia, as amigas e ela sabe sua história.

–Ela ama Miami, mas quer estudar moda. Já era o plano dela antes de me conhecer, não quero que ela desista de um sonho por mim. Você me entende? – Suspira fundo.

–Claro que entendo. Então você pensa em ir de vez morar la?

–Penso, vamos ter tempo pra planejar isso. E vou cumprir com nossa promessa, não irei falar com nenhuma midia, nem contar onde vocês estão. – Zayn sorri para o amigo. Sabe que ele não faria nada que os prejudicasse.

–Relaxa, se é isso que querem. Tenho certeza que os outros caras vão entender também. As meninas nem tanto. – Franze os lábios. Liam ri balançando a cabeça.

–Sophia não sabe como dizer a elas, tem medo que elas não queiram que ela vá. Me disse que uma vez tocaram no assunto, mas era no inicio e não sabe se ainda irão apoiá-la.

–Vão ficar tristes, mas depois aceitam.

–Não comente nada com ninguém ainda sobre isso. Na hora certa eu falo com todos. – Zayn toca em seu ombro desescorando de onde está.

–Não se preocupe, não vou falar nada. Quero que seja feliz, você merece. – Sorriem.

–Obrigado, que você também seje muito. E relaxa, não adianta ficar nervoso. Vai ser o dia mais feliz da sua vida.

–E é por isso mesmo que estou nervoso. – Gargalham.

–Trisha, nem acredito que esteja aqui. – Laiza abraça sua sogra. Foram encontrá-las no aéroporto.

–Finalmente, minha querida. – Sorri contente e deixa um beijo no rosto de Laiza.

–Laiza. – Doniyha abre os braços vindo ao seu encontro. – Que saudade. – Se abraçam.

–Saudade de você também. Estou muito feliz que estejam aqui.

–Eu contava nos dedos os dias pra vir. Pela janela do avião vi tantas praias, quero ir em todas. – Walyiha diz animada indo cumprimentar Laiza depois de Zayn.

–Você precisa mesmo de um pouco de sol. – Zayn brinca.

–E você que mora aqui continua um palmito, nem vem. – O responde dando-lhe um leve empurrão.

–Oi, Laiza. Trouxe pra você. – Safaa lhe entrega um pequeno embrulho e a abraça.

–Oi, obrigada, não precisava. – Sorri e começa abrir para ver o que é, dentro de uma caixinha tem um pulseira com dois pingentes de letra L e Z. – Aw, que lindo, obrigada. – Lhe abraça de novo.

–Meu presente de casamento, espero que goste. –Sorri timida.

–Amei, olha que lindo, amor. Tem nossas iniciais. – Mostra para Zayn que sorri.

–É muito bonito, mas cadê o meu? – Safaa revira minimamente os olhos os fazendo rir.

–Você não anda merecendo presentes.

–Eu perdi o amor das minhas irmãs definitivamente pra você. – Cruza os braços olhando pra Laiza que gargalha e da de ombros.

–É você perdeu sim. – Doniyha diz.

Falta apenas uma semana para o casamento. Laiza e Zayn fazem os ultimos ensaios de dança, assim como suas amigas que farão uma coreografia com ela na hora da festa. Foi uma das parte mais divertidas.

A mãe e irmãs de Zayn vieram uns dias antes para conhecer a cidade. A mãe de Laiza amou elas. No fim de semana Trisha quis fazer um grande jantar na casa dos garotos, onde ela está hospedada.

–Então esse é seu ultimo jantar sendo Laiza Calden. – Sophia brinca com Laiza. Estão reunidos não sala de jantar.

–Acostumem-se de agora em diante é Malik. – Zayn diz dando de ombros. Laiza ri alto e os olha.

–É, Soph. Digamos que semana que vem já estarei com outro nome. Porém, podem continuar a me chamar de Calden.

–Discordo, senhora Malik, é assim que deve ser. – Zayn vocifera, rindo. Laiza cerra as sombrancelhas.

–Me chamem apenas de Laiza, pessoal.

–Zayn, nunca ganha uma discussão com ela. – Niall diz rindo.

–Eu ganho várias. – Se defende.

–Que mentira, Zayn. – Laiza o olha torcendo o lábio.

–Zayn? – Ele pergunta arqueando o cenho. Ela ri mais alto e beija seu rosto.

–Amor da minha vida. – Diz baixo em seu ouvido. Ele sorri e abraça pelo ombro a encostando nele.

–E onde irão passar a lua de mel? – Kevisson questiona. Laiza olha pra Zayn para ver o que ele vai dizer, porque nem para ela quer contar. Ele sorri e a olha.

–É surpresa pra ela. Não posso dizer agora, mas depois eu te conto.– Laiza bufa do lado, não contente.

–E se ela não gostar? Sabe que a Laiza não é muito radical. – Lorena a zoa.

–Ela vai gostar. Tenho certeza. – Sorri carinhoso e lhe deixa um breve beijo.

–Até hoje ele nunca errou em nenhuma surpresa que me fez, acredito que agora também não irá. Ele é incrivel. – Diz apaixonada recebendo coro de admiraçao dos amigos.

Casamento

Os dias passam, finalmente está prestes a acontecer o que Laiza mais espera. Ela e suas amigas vão para um spa, não quiz ir sozinha, levou sua mãe, amigas, a mãe de Zayn e suas irmãs. Enquanto recebe uma massagem com Lorena e Sophia, começam a conversar sobre o futuro das três.

–Quando vai se casar, Loh? – Sophia pergunta.

–Ainda não decidimos data certa, mas penso em fazer ano que vem. Depois do aniversário do Harry, Anthony vai estar com mais de um ano, assim não me preocupo tanto em deixa-lo com minha mãe quando formos passar a lua de mel. Queria levá-lo, mas o Harry disse que é melhor deixá-lo aqui.

–Boba, ele quer fazer outro na lua de mel. – Laiza diz com a voz abafada pela toalha ao qual está com a cabeça apoiada. Até a massagista solta um riso anasalado.

–Deus me livre, Laiza. Já deixei bem claro que não quero arrumar filhos enquanto Anthony estiver pequeno. – Lorena vocifera.

–Certa está você. – Sophia responde.

–Laiza que pode voltar com um dessa lua de mel secreta dela. – Lorena diz, rindo.

–Verdade. Zayn não vai querer perder tempo. – Sophia complementa.

–Vocês se enganam. Não quero filho agora. Quero aproveitar muito da nossa própria companhia, esperamos tanto tempo pra finalmente termos nossas próprias vidas, nossa casa, nosso mundo, pra chegar na lua de mel e já engravidar. Eu não sou a Bella do crepusculo. – Elas gargalham.

–Não demora muito nessa lua de mel. Máximo um mês. – Lorena diz.

–Eu não sei o que Zayn preparou, mas de uma coisa é certeza, não vamos parar muito em Miami.

–Perdemos uma soldada, Lorena. – Sophia diz em meio aos risos. Elas a acompanha.

–Pronta pra maquiagem? – Doniyha entra não sala em que Laiza está. Admira o penteado que foi feito. – Já pode casar assim, nem precisa de maquiagem, está linda.

–Obrigada, elas capricharam. – Sorri para as mulheres que estão acabando de ajeitar seu cabelo. Finalizam e perguntando se está bom. – Está perfeito. Agora sim, estou pronta pra maquiagem.

–Então vamos, porque noiva pode se atrasar, mas nem tanto. – Vira Laiza de frente a ela para começar.

–E o Zayn, como será que ele está? Não falo com ele desde ontem a tarde.

–Zayn está otimo cunhadinha. Feche os olhos. – Doniyha pede e ela os fecha. – É bom que ficam esse tempo longe. Vai ser mais emocionante. – Ri divertida.

–Espero que ele não desista. – Diz em meio aos risos. Doniyha faz ela abrir os olhos.

–Mais fácil você desistir, do que ele. Não acha?

–Eu jamais desistiria.

–Pode ter certeza que ele também não. Zayn te ama mais que a ele mesmo, tenho certeza. Não fica pensando essas coisas, pense em como está tudo lindo e em como você vai ser feliz daqui pra frente. – Sorriem ternas.

–Isso. Não vou pensar coisas negativas. Hoje é nosso dia. Só quero que chegue o fim de tarde logo pra vê-lo.

–Vamos acabar essa maquiagem logo então, quanto antes acabarmos, mais rápido vai vê-lo. – Laiza ri e fecha os olhos novamente para ela continuar seu trabalho.

Em sua casa Zayn e seus amigos estão na área da piscina, bebem e conversam. Entre brincadeiras e zoações com ele devido ser o primeiro a se casar.

Ele aguarda sua mãe que voltará um pouco mais cedo do spa para ajudá-lo se arrumar. Para ele as horas parece não passar. A ansiedade de saber que em menos de quatro horas estará sobre um altar esperando pela mulher que ama. Tenta imaginar como ela estará, tem vontade de falar com ela, saber como está, se ainda quer isso. São tantas coisas que passam por sua cabeça.

–Zayn! – Louis o chama pela quarta vez. – Zayn!

–Oi, me desculpe. – Ri dele mesmo.

–Em que mundo você está, cara?! – Josh brinca.

–Mundo de Laiza. – Harry diz os fazendo rir.

–Foi mal. Estou um pouco nervoso. – Ri passando a mão pelo cabelo.

–Bebe uma que passa. – Niall lhe oferece uma cerveja.

–Só não vai ficar bêbado. Vai que aparece outra caren por ai. – Zayn da um soco fraco no ombro de Liam por ter dito isso. – Não beba muito. Ontem já bebeu demais, se a Laiza sentir cheiro de alcool você ta fodido.

–Eu sei, vou beber só essa. Preciso fazer uma coisa agora. – Se levanta.

–Fazer o que? – Ryan pergunta.

–Eu já volto. – Não os responde e corre para dentro de casa. Se encontra com sua mãe que sorri pra ele.– Já veio mãe. Está linda.

–Obrigada, meu amor. Mas e você, achei que pelo menos já teria tomado banho, está do mesmo jeito que te deixei de manhã.

–Acabei me entretendo com os caras.

–Zayn! Hoje é seu dia, tem que chegar primeiro. Vá tomar banho que já subo pra te ajudar se arrumar. – Ele sorri.

–Como ela está?

–Linda. Agora vá, se apresse. – O empurra pelas costas rumo as escadas. Ele a obedece e lhe entrega a garrafa de cerveja ao qual faz uma careta brava por ele estar bebendo.

Sobe para seu quarto com seu celular e se deita. Olha para a tela e disca o primeiro contato. Tentou segurar, mas foi mais forte. Teria que ligar ou não conseguiria mover seus pés daquele quarto.

Laiza já está quase pronta, apenas espera a hora certa de vestir seu vestido. Suas amigas e ela bebem um champagne enquanto relembram os passos de entrada. Laiza ri divertidamente das brincadeiras de Barbara, quando ouve os toques de seu celular. Olha em volta procurando, mas Lorena que o encontra por estar do seu lado.

–Ah não, nem pensar. Não sabe esperar. – Diz ao ver quem liga pra Amiga.

–Quem é? – Laiza pergunta tentando pegar o telefone de sua mão.

–Quem poderia ser? – Revira os olhos e tira a todo momento o celular do alcance de Laiza. – Não, Laiza. Esperaram desde ontem, espera mais um pouco.

–É o Zayn? – Pamela pergunta.

–É. Zayn não tem paciência!

–Lorena, me dê esse telefone. – Laiza já diz irritada. Ele para de tocar.

–Pronto já ate parou de tocar.

–Me devolve meu celular? – Estende a mão, mas Lorena não o entrega. – Deixa eu falar com ele. Eu preciso, queria ligar, mas não liguei e ele ligou, ele também deve estar como eu. Preciso ouvir a voz dele, saber como está.

–Laiza, ele está otimo, tenho certeza. Deixa pra se tornar vinte e quatro horas que não se vêem, vai ser mais emocionante. Dê um suspense. – Tenta mudar a ideia de Laiza, que faz um bico nos lábios.

–Não consigo. – Choraminga. – Deixa eu falar com ele um pouquinho?

–Nossa! Tome, fala com ele. – Entrega o celular. Laiza sorri e sai da sala onde elas estão e entra na que se vestirá. O vestido se encontra em um manequim. Laiza fecha a porta e caminha ate proximo a janela.

Zayn quando vê que ela não atendeu, suspira fundo e deixa o celular do seu lado. Passa as mãos pelo rosto e se mantem de olhos fechados. Busca coragem para se levantar e começar os preparativos. Quando vai se sentar ouve o som de chamada. Olha rapidamente e sorri ao ver de quem se trata. O põe no ouvido e volta a se deitar.

–Oi. – Ele diz com uma voz calma. Laiza sorri do outro lado da linha ao ouvir sua voz.

–Oi, meu amor. Me ligou?

–Sim… Liguei, mas não atendeu, achei que estaria ocupada. – ela ri baixo e abre um pouco a cortina para ver a cidade lá embaixo. Está um lindo dia de sol.

–Lorena não queria que eu atendesse. Mas consegui que me devolvesse o celular. Queria tanto ouvir sua voz.

–E eu a sua. Acho que não conseguiria sair daqui sem falar com você.

–Aconteceu alguma coisa? Parece nervoso. – Estranha o jeito dele falar baixo e respirando fundo o tempo todo.

–Estou nervoso. Não quero te deixar nervosa também, mas eu estou muito nervoso. É nosso dia, eu esperei tanto por isso, eu quero te fazer a mulher mais feliz do mundo, quero que nada saia errado, não quero te decepcionar. – Laiza sorri baixo. O admirando por estar preocupado em estar fazendo algo errado.

–Hey, calma. Eu já sou a mulher mais feliz do mundo por ter você. Nada vai sair errado, daqui poucas horas vamos estar juntos, pra sempre. Se lembra quando fizemos nossas promessas, que sempre estariamos juntos e não deixariamos que nada nem ninguém estragaria? – Ele murmura assentindo. – Estamos cumprindo todas elas. Vamos nos casar, vamos nos unir e isso me faz ser a mulher mais feliz do mundo.

–Eu te amo tanto. Você foi a melhor coisa que me aconteceu, nunca vou me cansar de dizer isso. – Laiza olha pra cima tentando dispersar as lágrimas que querem vir. – Só queria que antes que nos casacemos eu pudesse te pedir perdão por todas as vezes que eu te fiz chorar, que te magoei, que não fui o namorado que queria que eu fosse…

–Amor, pare. Tudo de ruim que já aconteceu, ficou pra trás, vamos pensar no agora pra frente. Nas novas historias, quero te ver sorrindo sempre, me enxendo de alegria por saber que estará ali por mim. Eu te amo.

–Quero te ver logo.

–Eu também quero te ver logo. – Eles sorriem. Ela rodeia seu vestido ajeitando o véu que está pendurado atrás dele. – Promete estar me esperando no altar, com o mesmo sorriso que eu amo ver? É ele que me acalma. – Diz com a voz embargada.

–Eu prometo. Não quero chorar. Queria te abraçar assim ficaria menos ansioso – Diz mais baixo.

–Estou segurando as lágrimas. Vamos ficar calmos. Vai dar tudo certo. Quando nos encontrarmos… Vamos nos acalmar, você sempre me acalma até com o olhar. – Respira fundo. Os dois se emocionam. A mãe de Zayn bate na porta de seu quarto.

– Minha mãe chegou para me ajudar, amor.

–Está chegando a hora. Vá meu amor.

–Eu te amo, te amo muito. Te espero no altar. – Laiza sorri deixando uma lágrima escorrer.

–Logo vou ao seu encontro. Te amo. – Diz e escuta seu riso.

Ela desliga o telefone e sorri fechando os olhos, as lagrimas que segurou a invade, mesmo que ela não quisesse, foi impossivel não soltá-las. Respira fundo e vai rumo ao espelho, abana seu rosto com as mãos para se acalmar. Definitivamente chegou a hora.

[...]


Notas Finais


Espero que tenham gostado. Como viram, proximo é o tao sonhado casamento. Não é pq é minha, mas vai ser lindo. Eu choro escrevendo😂❤❤ Logo volto.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...