História My devil lovers-Lucius, o verdadeiro ser por trás do demônio - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Tags Lucius, My Devil Lovers
Visualizações 81
Palavras 574
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Literatura Feminina, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


(***) 👈 esse símbolo significa quebra de tempo, espero que gostem desse capítulo, bjaaaao

Capítulo 13 - Open your eyes part 2


Chegamos no estúdio, la estava Derek e Levi 

Derek: Droga, era pra ser surpresa 

Eu sorrio e ele me abraça 

Alice: O que era pra ser surpresa?

Levi: Ele foi aceito aqui, ele vai trabalhar editando as fotos na sala ao lado 

Alice: Sério? Que bom, parabéns Derek 

Nos abraçamos e ele parece me tocar com segundas intenções, o que me deixou completamente sem reação.

(***) 

Ja era hora do almoço, eu e Levi estávamos juntas almoçando até que Mitsuki aparece

Mitsuki: Vamos Levi!

Levi: Para de ser chato 

Mitsuki: Temos coisas pra resolver 

Alice: Espera, vocês se conhecem? 

Levi: Ele é meu guarda- costas.

Ouço Mitsuki sussurrar 

Mitsuki: Poderia ser o seu, mas você escolheu o imbecil do Lucius 

Levi: Disse alguma coisa?

Mitsuki: Nada, vamos embora

Mitsuki me encara e logo se vira e sai 

Levi: Não liga pra ele, ele é um imbecil 

Alguns minutos do horário de almoço eu avisto uma grande multidão e ouço vozes familiares 

Derek: Quem é você pra dizer se eu devo me afastar?

Lucius: Você vai fazer isso se tiver amor ao seus dentes 

Derek: Experimenta encostar em mim

Eu entro no meio da briga e grito 

Alice: JÁ ACABOU O SHOW, CIRCULANDO, ANDA, PAREM VOCÊS DOIS 

Derek tenta se esquivar, mas eu não permito 

Alice: Ninguem vai bater em ninguém, vocês parecem duas crianças 

Lucius: Esse imbecil que....

Derek: Imbecil? Eu? Faça-me um favor, você que...

Alice: Eu mandei parar, calem a boca, não conseguem conviver no mesmo ambiente um com o outro 

Derek: Eu não suporto ele 

Lucius: Bom saber 

Alice: Calem a boca

Derek: Não tem jeito, você vai ter que escolher, ou eu ou ele

Alice: Não tô acreditando que você está me fazendo escolher, para de infantilidade, achei que você fosse diferente, achei que você mais do que ninguém entenderia que eu não seria capaz de trocar uma pessoa por outra - Minha voz começou a vacilar, droga! - Acho que mais uma vez eu estava errada, SE MATEM, eu vou pegar um café 

Levi que assistia tudo de perto disse

Levi: OLHA O QUE VOCÊS FIZERAM 

Lucius: Eu não fiz nada

Levi: Você é o que mais esta envolvido... - e assm iniciaram outra discussão, fui caminhando para fora do estúdio até uma floresta um pouco afastada, mas que eu conhecia bem.

Vejo uma linda igreja, mas o que será que ela faz aqui no meio do nada? E por que eu não a vi antes? Pego a câmera do meu celular e dou um zoom na igreja, porém eu avisto um jovem de cabelos loiros como ouro e pele branca, seu rosto era delicado e seus olhos eram impossíveis de descrever, mas eu nunca havia visto nada igual, esse jovem olha em minha direção e grita

???: Está perdida?

Eu nego com a cabeça

Alice: Apenas pensando 

Ele se aproxima 

???: Sei como é, prazer, meu nome é Gabriel 

Alice: Sou Alice 

Gabriel: Você parece confusa, o que houve 

Alice: Não foi nada grave, apenas problemas, problemas até demais 

Gabriel: Você parece estar cansada 

Alice: E estou mesmo, estou cansada de tudo

Gabriel: Entre, vamos tomar um café e conversar 

Alice: Por mais que seja uma oferta tentadora eu tenho que recusar, o sol já está se pondo e eu preciso voltar, mas obrigada pelo convite 

Gabriel sorri pra mim, por mais que ele tenha sido bondoso, eu senti que ele não era quem parece ser, acho que não seria apenas um café, mas talvez seja só coisa da minha cabeça, afinal, não sei mais no que acreditar





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...