História My dreams are strange because of you - Capítulo 37


Escrita por:


Notas do Autor


Heyheuy por hora eu estou de volta.


Boa leitura 😘

Capítulo 37 - Outro


Fanfic / Fanfiction My dreams are strange because of you - Capítulo 37 - Outro

POV Lexa

Acordei no outro dia era umas duas da tarde, levantei e parecia que eu que estava de ressaca fiquei tonta na hora que levantei. Tomei um banho calmo depois fui até cozinha peguei uma fruta para come e depois logo voltei para cima, quando estava entrando no meu quarto sou parada por um ser de cara brava que estava de braços cruzados e meus caros leitores ela estava extremamente fofa.

— Aonde o senhor Aaron estava? Hein você chegou bem na hora que estava fazendo o meu xixi da madrugada! — Fala Hope começando a interrogatório.

— Olha mocinha eu acabei saindo com uma amiga minha e ficamos muito tempo conversando. Então me desculpa senhora Hope caso eu tenha te assustada, tentarei não incomodar mais a senhora. — Me expliquei educadamente.

— Senhorita. — Me corrigiu na hora.

— Sim, senhorita. — Sorrir enquanto ela me olhava com os olhos semirrados e eu fiz o mesmo.

Mas logo desfiz a cara de brava e desconfiada e correu em direção a mim, me dando um abraço apertado.

— Eu sentir a sua falta! Nem veio me da um boa noite — Apertei ela mais de forte.

— Me desculpa prometo não esquece. — Falei fazendo ela concorda com a cabeça.

— Ok irei cobra isso. — Falou e virou e voltou correndo para o quarto.

Entrei no quarto me joguei na cama e comecei a come a maçã que eu peguei na cozinha antes de sumir, comecei a refletir sobre os últimos acontecimentos e vamos rever todos os fatos. Eu estava ou ainda estou sendo segunda por coisas, monstros provavelmente. Será que a maldição está mandando neles para acaba logo com isso?

Ou será apenas monstros querendo a minha cabeça a prêmio? Não sei há muitas coisas que eu preciso pensar, há muitas teorias que eu preciso confirmar não da para fica parada esperando mais alguma coisa daquelas volta e tente me matar outra vez.

Peguei o diário e comecei a fazer várias anotações, comecei a escrever datas e vê se tem algum tipo de padrão. Estava vendo os horários que as coisas possível mente poderiam aparece, sem deixa de lado é claro os meus sonhos até por que eu tenho 99,9% de certeza que não só apenas sonhos e eles tenham alguma coisa a vê com tudo isso.

Bom até agora eu só juntei um monte de informações e foi ai que eu lembra da figura de luz que me ajudou, será que eu tenho uma arma secreta? Alguém está me ajudando por de trás dos panos? Ou eu posso te alguma consequência por ter aceitado ajuda? Bom terminei a minha linha de raciocínio já sabendo de algumas coisas.

1° Alguém com certeza deve está me caçando para tenta se livre de mim para acaba com tudo de uma vez.

2° Há alguém tentando me ajudar e talvez  possivelmente seja a minha brecha.

3° Essas coisas devem aparece quando eu estou muito sozinha ou seja quando eu estou mais desprevenida.

4° Os meus sonhos talvez sejam algum dom que me ajuda a descobrir várias coisas e assim eu anotei tudo o que eu sonhei e como o meu dia sempre tem alguma coisa fora do comum então já notei tudo o que achava estranho.

E 5° Eu me apossei totalmente da vida do Aaron, que agora eu estou no corpo dele tomando a vida dele e agora até mesmo o diário dele.

 Suspirei fundo pensando, vamos lá só mais um dia tentando sobreviver.




[…]




POV Autora


O final semana do Lexa e da Clarke por incrível que parece foi o mais normal possível e está tudo calmo e comum demais. Lexa não baixou aguarda em nenhum momento e as coisas por algum motivo estavam de fato assim. A Clarke e a Lexa de vezes enquanto durante o dia se pegavam pensando uma na outra, mesmo que quisessem muito se verem e compartilhar mais uma vez o sentimento bom que é estarem juntas, a mas logo a realidade batia na cara delas.

A Clarke pensava na família e nos amigos e no Bellamy, enquanto Lexa só estudava e pesquisava sobre o que poderia estar acontecendo e focava nisso mas quando precisava de um tempo era a imagem da Clarke que vinha na sua cabeça a fazendo relaxa porém logo pensava na sua família, na sua verdadeira família e isso te dava mais determinação.


Assim foi o final de semana delas.


Segunda-feira e elas não sabiam o que iram fazer se encontrassem novamente pelos corredores ou nas aula. Mas ninguém precisaria lidar com um montes de problemas já que as duas tem o suficiente e por mais que as coisas não esteja sem nenhum esclarecimento elas sabem muito bem o que devem fazer e o que não devem fazer em relação a essa situação “dramática”.

E é uma merda que uma coisa tão linda sentida por duas pessoas não possa acontecer. Bom pelo menos não no momento, não agora. Talvez não seja hoje mas quem sabe num amanhã, num amanhã distante mas não vou mentir. 


A esperança é a última que morre, ela é dolorosa, e vai doer para caramba e elas não vão mais acreditar um dia e por mais que ninguém deva tá entendendo o que eu estou contando mesmo assim eu continuo falando. Por que na vida sempre começa com alguma dor dependendo qualquer que seja ela.


O dia nove setembro, do mês seis, do ano 2019 é uma bela segunda, o dia parecia se promissor várias pessoas indo para o trabalho, crianças brincando no parque mas nessa mesma segunda tinha duas pessoas, duas pessoas especiais e quê mais uma vez e por mais que seja clichê demais essas duas pessoas totalmente atrasadas, se esbarraram e caíram perante a escada da escola e logo se levantaram para xingar quem estivesse na sua frente, pararam imediatamente quando perceberam quem era a pessoa bem a frente.

   Tinha que ser impossível, não tinha mais cabimento, nem ao menos era mais coerente isso acontecer. Porém por algum motivo naquele momento, naquele pequeno momento elas começaram acreditar e que por mais que elas neguem depois desse dia em diante não há mais como fugir, não há mais como fugir dessa maldição.


Notas Finais


Espero que tenham gostado, até domingo.

Bjs ^_^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...