História My Everything - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Ariana Grande, Camila Cabello, Chaz Somers, Christian Beadles, Elizabeth Gillies, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Ariana Grande, Camila Cabello, Chaz Somers, Christian Beadles, Elizabeth "Liz" Gillies, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Personagens Originais, Ryan Butler
Tags Ariana Grande, Camila Cabello, Chaz Somers, Christian Beadles, Drama, Jariana, Justin Bieber, Romance, Ryan Butler
Visualizações 67
Palavras 1.517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hellou peoples?
Recebi ontem varios comentarios o que me deixou bem animada pra continuar
Vou te contar tava quase desistindo mas me deram esperança de novo
Enfim muito obrigada
E fique com mais esse capítulo
Ah talvez ele fiquei um pouco pequeno

Capítulo 2 - Justin


                                                                                         Eu sei que você esta em algum lugar lá fora

                          Em algum lugar longe                             Eu quero você de volta                               Eu quero você de volta.                                      

Talking To The Moon - Bruno Mars 





Los Angeles 

09:00 da manhã

06 de fevereiro de 2017 

Point Of View,Ariana Grande

Havia se passado 9 meses desde que minha mãe morreu e até agora não passei por muita dificuldade,como falta de dinheiro,experiência em cozinhar e varias outras coisas do tipo,mas a dor ainda é a mesma.

Toda noite tenho pesadelos. Uma vez sonhei que estava caminhando numa rua deserta e minha mãe no final da rua apareceu cheia de sangue e chorando,corri até ela e agachei do seu lado peguei em sua mão e ela me encarou,e logo em seguida disse que eu não era uma boa filha e que eu era uma péssima pessoa. Ela basicamente ficou a culpa em mim,mas e verdade não é? Acheria ter sido uma filha boa,mas sempre fui péssima em tudo.


Nesse momento eu estava indo pra minha aula de piano,que utilmamente ta sendo minha válvula de escape. Peguei meu telefone e liguei pra Matt,meu melhor amigo,e esperei ele atender o que não demorou muito.


-Alô - escuto sua voz grossa e coloco o telefone no ouvido assim que tiro do viva voz 

-Oi Matt,sou eu a Ari - dou um sorriso 

- Eu sei cabeçuda - ele ri e eu o acompanho 

- Você vai na sorveteria do Carl? 

-Sim e antes que pergunte sim eu te levo na aula de piano 

- Uau,que garoto esperto você - ele da uma gargalhada e fala

- Se eu chegar ai e tu estiver comendo eu te Bato - ele desliga e eu volto a arrumar meu café. 

Enquanto Matt não chega tomo um banho rápido e me visto. Coloco uma calca jeans,uma blusa do Bon Jovi e faço um rabo de cavalo no meu cabelo,pego meu tênis da All Star e o calço. Até que estou apresentável

Volto pra cozinha e pego meu café da manha,como tudo e sento no sofá a espera de Matt,vulgo atrasado.

~To chegando 

~Que demora Matt 

~ Não gostou vai de ônibus 

~Grosso 

~ E se tu não parar de mandar mensagem eu vou ser é um homem morto 

~Nem brinca com isso 

~ Pode descer


Pego minha mochila e guardo meu celular 

- Cadê minha chave - procura na gaveta da cômoda e não a acho,procuro nas outras gavetas e nada - Que droga - Vou até o guarda - roupa e pego minha chave reserva. Saio de casa,tranco a porta e vou correndo ate o carro de Matt,abri a porta e entrei no carro.


- Que demora - Matt da partida no carro e começa a dirigir em direção a escola de piano

- Tava procurando minha chave 

- De novo perdendo a chave Ari? - ele gargalha e eu o olho feio - Não adianta olha feio pra mim trouxa

- Ah Matt vai a merda - viro meu rosto para janela 

-Não dá

- Por que? 

- Porque ja to nela - rimos 

(...)

- Tchau - dou um beijo no rosto de Matt e saio do carro,entro na escola e vejo ele sair 

Procuro minha sala e vejo que a mesma já está aberta,entro sem bater e não vejo ninguém,coloquei minha mochila na mesa que tinha no fundo da sala e sentei no piano. Comecei a tocar melodias que vinha na minha cabeça e a cantarolar baixinho 

- A senhorita tem talento - escutei uma voz grossa e rouca atrás de mim e me virei para ver o dono da tal voz e me deparei com um garoto loiro,alto e bem bonito 

- Obrigada,mas quem é você? - arqueiro a sombrancelha

- Sou o Justin,filho do Raul,você já deve ter ouvido falar de mim - Então esse é o famoso filho do meu professor de piano? Imagina um garoto de seis anos - Por que a surpresa? Imaginava um garoto de seis anos não é?

- É,do jeito que ele fala de você realmente dá a entender que você tem seis anos ou menos - ele faz uma cara estranha - Mas cadê ele afinal? 

- Hoje eu vou dar aula pra alunas dele,incluindo você - ele sorri e senta do meu lado - Que música era aquela que estava tocando? 

- Mas por que ele não veio hoje? - pergunto e ele me encara confuso 

- Ele foi para a Argentina visitar meu tio 

- Entendi,e quando ele volta? 

- Com todas essas perguntas estou achando que não quer minha companhia - ele sorri me fazendosorrir junto - Daqui uns dois meses por ai 

-Vai demorar hein - o encaro - Mas enfim aquela música eu acabei de inventar  

- Você tem muito talento,já pensou em seguir carreira na música? 

-Já sim,mas não quero isso

- Por que? 

- Eu faço essas aulas pra me entreter mesmo 

-Quer esquecer ex namorado? - dou uma gargalhada alta 

-Não,é outra coisa mas isso não vem ao caso - ele assente e começa a me ensinar.

(...)

No começo eu não estava muito confiante com o tal Justin,mas agora não dá mais,adorei a aula dele. Além de tocar muito bem é muito divertido e legal.

- Nossa eu nem vi o tempo passar - comento olhando pra fora da janelas 

-Eu também não - ele vai até a janela que estou e senta no banco - Gostei da sua companhia 

- Eu também gostei da sua,quem sabe não viramos amigos - ele sorri 

- Como posso ser amigo de alguém que nem sei o nome? 

- Me chamo Ariana,prazer - pego na mão dele 

- O prazer é todo meu - dou um sorriso. Pego meu celular e olho as horas e vejo que esta um pouco tarde - Enfim preciso ir,tchau Justin 

Pego minha mochila e saio correndo,dou o sinal para o ônibus e entro no mesmo,pago e sento no fundo. Encosto a cabeça na janela. 

(...)

Tomei meu banho e fui até o guarda - roupa,peguei um short curto azul e uma blusa da Minnie rosinha. Escutei meu celular tocar e vi no visor Camila, o peguei e atendi 


-o que tu deseja cubana? - digo e escuto sua risada do outro lado 

- Vamos sair um pouco? 

- Camila hoje é segunda ta louca 

- E dai? Amanhã nem temos faculdade - ela diz fingindo estar brava 

- Mas mesmo assim,é segunda 

- Foda-se Ariana,quero chegar ai e quero ver você arrumada - ela desliga e eu bufo 

Okay eu já estava arrumada para dormir,mas o que não fazemos pelas amigas não é? Fui até o guarda - roupa,novamente,e peguei um vestido preto maravilhoso,um salto bege e me arrumei,peguei o babyliss e fiz cachos nas pontas do meu cabelo e eu o soltei,Arrumei meu batom e meu rímel e passei uma base. Já estava linda. 

~Cheguei,abre ai 

Corri ate a porta e vi Camila e Liz paradas olhando pro nada.

- Achei que tinha morrido lá dentro - Camila como sempre exagerada 

- A cubana mais exagerada do mundo - dei passagem e elas entraram - vou só arrumar o delineador 

Corri pra meu quarto,sem nenhuma respostas da meninas,e passei meu delineador rápido. Olhei no espelho e realmente tava bonita,eu me pegava. Desci as escadas e fui ate a sala onde Camila e Liz tava rindo que nem duas hienas 

- Nossa eu te pegava se fosse Bi - Camila diz fazendo cara de sexy 

- Não se esqueça da Lauren hein - digo fazendo a mesma fechar a cara - Vamos? - elas assente e saímos de casa indo pro carro de Camz que estava do outro lado da rua - tinha que dificultar minha vida não é Cabelo - digo me referindo o carro 

- Você é sedentária isso sim - todas rimos e entramos no carro .....

(...)

Chegamos na balada e a fila estava enorme,como sempre. 

- Nunca vamos conseguir entrar Camz - Liz fala nervosa 

- Vamos falar com o Brad - aponto para o segurança ,que antes de eu terminar com o Brian era um amigo 

Andamos até ele que sorriu ao ver nós,principalmente Liz 

- Oi Brad - o cumprimento com o toque 

- O que querem mocinhas? - ele desconfia rápido 

- Entrar - sorrio 

-Ah se o Brian descobrir que esta aqui Ariana - ele diz dando passagem e logo ouvindo reclamações das pessoas da fila 

Entramos e o som estava super alto,eu e as meninas fomos até o barman e elas pediram uma vodka 

- Não vai beber Ari? - Liz pergunta depois que vira sua dose de uma vez na boca 

- Não tenho boas lembranças disso - nem preciso comentar diretamente no assunto pois ela já sabe 

- compreendo ,se não se sentir a vontade e só falar ta bom 

- Sim - digo cambaleando pro lado

- Ari ta tudo bem? - Camz levanta rapidamente da cadeira e vem ao meu lado ,mas eu estava ficando fraca e não conseguia responder ,o que esta acontecendo? - Ari? - Camz bate em meu rosto fraco ,mas meus olhos fechavam lentamente - Chame a ambulância - gritou Camz. Isso foi a ultima coisa que escutei antes de apagar por completo 






 















Notas Finais


É isso
Espero mesmo que gostem e me falem o que estão achando e muito importante pra mim
Bjs
Xau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...