História My (Ex)Boyfriend.- Jikook - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, Jeon Jungkook (Jungkook), Jinyoung, Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Mark, Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais, Youngjae, Yugyeom
Tags Adolescência, Brigas, Bts, Detetive, Drama, Fuga, Homossexualidade, Jeon Jungkook, Jikook, Kookmin, Lemon, Máfia, Minkook, Mistério, Park Jimin, Romance, Suspense
Visualizações 125
Palavras 797
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Luta, Mistério, Orange, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - The letter- Cap. II


Tradução do título: A carta.

Jimin ON

Assim que ia abrindo a carta, eu conseguia sentir o perfume de Jeon, ahh eu ainda amo esse cheiro. Saiu de meus pensamentos e logo me coloquei a ler aquela carta.

Carta ON

Oi Mochi,

Bem, acredito que esteja perto de polícias, então por favor, vá para longe deles, eles podem estar lendo isso. E ai, ja está longe? Bom, eu queria lembrar todos os momentos em que estivemos juntos, quando nós conhecemos em Busan até quando estavamos nos pegando em seu quarto, ahh seus lábios, mas enfim, eu sabia que esse dia iria chegar, o dia em que você ia cansar, então queria lhe agradecer por tudo que fez por mim, eu sei que sou uma criança e por isso você terminou comigo.

Jiminnie, você deve estar bravo comigo, deve ta me chamando de um grande filho da puta, mas eu lhe peço um favor, volte ate onde tudo começou, onde tivemos nosso primeiro beijo, onde ficamos horas e horas falando sobre coisas aleatória, onde era o nosso lugar favorito. Espero que venha.

Ass: Jeon JungKook, seu coelhinho.

Carta OFF

Jimin ON

Terminei de ler a carta e logo vi uma foto de nós dois, suspirei e logo fiquei pensando se deveria ir ou não até o nosso lugar preferido, vulgo no banco ao lado do porte da sorveteria, em Busan.

Volto para perto dos policiais( e sim eu havia me afastado deles, como o Jeon pediu).

O detetive que logo me avistou, veio ate a mim, abrindo a boca perguntando sobre a carta.

- Então senhor Park, o que tinha escrito na carta? - O detetive curioso e ansioso para saber o que havia na carta quase gritou.

- Na carta fala sobre a nossa historia e de alguns momentos íntimos nosso, mas nada que possa ajudar no caso, pois fala mais sobre mim do que dele mesmo- Minto. Sim, Park Jimin iria até o local marcado por Jeon, depois de pensar varias e varias vezes.

Guardo a carta no bolso vendo um detetive meio com raiva, acredito que o caso não estava indo bem.

- Ahn entendo, se tiver notícias de Jeon, nos avise, precisamos achar ele o mais rápido possível - Ao escuta estranhei, polícia nunca iria colocar tanto suor em um menino que havia sumido por conta própria.

- Okay, avisarei a vocês- Saio de perto do detetive e adentro meu carro, logo coloco o cinto e começo a pequena viagem de Seul até Busan.

No caminho coloquei músicas no som e comecei a cantar, afinal eu estava sozinho, com um pouco de sono, poxa era 4:54 da manhã, eu fiquei mais de uma hora naquele lugar onde não me deram nem um banquinho para sentar. Paro o carro no posto de gasolina e vou até a conveniência comprar energético e algumas besteiras para levar durante o caminho, afinal dirigir 2 horas ou mais seguidas sem comida não rola.

Algumas horas depois

Cheguei no local onde Jeon havia marcado e havia um menino ali, mas pera, eu conhecia aquele menino, me aproximei do garoto, sabia que não era Jeon, mas mesmo assim me aproximei e percebi que era Kim Taehyung, o melhor amigo de kookie.

- Jimin, aqui! Espere Jeon te ligar...- Ele me entregou um celular descartável.

- Tae o que esta acontecendo? - Pergunto me sentando ao lado do mesmo.

- Jeon fez algo meio errado e agora esta fugindo, porém ele não quer perder contato com você.

- O que ele fez? - Digo e logo Tae olha para os lados conferindo se não havia ninguem ali por perto.

-Eu não posso te falar aqui, Jeon ira te ligar em breve, ele ira tirar todas as duvidas.

Suspiro e logo me levantei.

- Ok! eu vou indo para casa então - Digo colocando o celular no bolso- Você quer carona? Eu estou de carro se quiser eu te levo- Olhei para ele.

- Ah não, mas obrigado, eu também vim de carro- Ele mostra seu sorriso quadrado e levanta- Tchau Jimin, até mais- acenou para mim, que logo retribui e entro em meu carro.

Olho para o celular e fico pensando, no que aquilo podia dar.

Abro um salgadinho e logo dei partida no carro, começando a dirigir.

Eu já estava no meio do caminho, no som estava a tocar Fantastic Baby no volume 59. O trânsito estava movimentado, afinal era umas 6:00 AM, muitos estavam saindo para o trabalho.

Quando eu menos esperava o celular descartável tocou, deu pause na música e atendi o mais rápido que pude.

- Jeon ?- Chamei pelo mais novo.

- Mochi que saudade - escutei a grave voz do outro lado da linha .

- Eu quero explicações- digo rápido e direto.

- Tá! Eu irei falar tudo que você quer e precisa saber. Eu entr- kookie iria continuar a falar, porém algo aconteceu em instantes.










Continua?


Notas Finais


Hello bolinhos! Bom aqui esta mais un capítulo. Espero que gostem e me desculpem qualquer erro! Ate a próxima, bjs 😘❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...