1. Spirit Fanfics >
  2. My fake boyfriend.- imagine jungkook. >
  3. Capítulo 11 - "Na cozinha ou na cama?"

História My fake boyfriend.- imagine jungkook. - Capítulo 11


Escrita por:


Notas do Autor


HOJE É FELIZ LÁ NO MEU APÉ, ,_, nem tenho apé...okay... QUARENTENA!!!

Capítulo 11 - Capítulo 11 - "Na cozinha ou na cama?"



 Acordo sentindo falto de algo em mim, tirando a pureza, e a inocência, jungkook...a falta do braço dele em minha cintura, de suas pernas nas minhas, e seu corpo quente no meu...me sento e logo sou recebida com uma dor de cabeça do caralho, me levanto e lembro do que aconteceu ontem por eu estar nua, entro no banheiro e me jogo na banheira que já estava com agua, a frente da banheiro havia um espelho...eu me olhava atentamente, percebo uma marca no um pouco a baixo do meu pescoço, eu não lembro dele ter me marcado...


[...]


Coloco meu vestido solto, e saiu do quarto, vejo hoseok sorridente coloco sempre vindo em minha direção, parecia que ele tinha ganhado algo ou sei lá, ele se aproxima de mim e destribui um beijo em minha bochecha rosada.


— bom dia flower! Como vai? Dormiu bem? Aa...o dia não está lindo? Que tal irmos no parque? Você! Eu! Jungguk! TaeHyung! E a... Ai...— ele começa a olhar para porta atrás de mim com uma cara de apaixonado, eu sem entender saiu dali e desço para cozinha.


Logo sentindo um cheiro maravilhoso de massa, me aproximo mais da porta do cômodo e vejo jungkook com um avental rosa pastel fofo demais! Ele me olha e sorri.


— Bom dia! Dormiu bem?– diz jungkook voltando a prestar atenção na frigideira que ele segurava.


— dormi, depois de ontem não era possível que eu dormisse mau.— nós dois rimos feito tolos.


— bom...eu queria conversar algo com você...— fala o mais velho colocando o seu preparo num prato, ele caminha até mim, se senta e coloca o prato numa cadeira de frente pra ele.— sente...— assim faço— Bom...sobre o que rolou ontem...me desculpe mesmo, eu já estava acabado por dentro, desde que nos conhecemos, você mexeu com a minha cabeça, parece que você e minha dona.


— kookie...tá tudo bem, eu gostei de ontem...eu também sinto algo por você, não só tesão. E sim amor.— sorriu.— tá...isso foi bem clichê...


— pois é! Bom...então estão ficando?— pergunta jungkook jogando a cabeça pro lado.


— sim! Estamos.—falo cortando um pedaço da panqueca, e coloca-a na boca, sentindo o gosto dos lábios de jungkook.—hmm...você é bom nisso.


— ...—risos.— na cozinha ou na cama?— ele fala com aquele sorriso safado no seus lábios, sinto minhas bochechas queimarem.


— aaaa...jeon jungguk!— o mesmo arregala os olhos.


— que foi? Encontrou uma casca de ovo?!— fala ele preocupado.


— não kookie! Você com safadeza...— ele me olhar e volta com seu sorriso safado.


— essa é minha casa...eu faço oque eu quiser...— ele se levanta e vem até mim.— aonde eu quiser...— kook sela nossos lábios, o gosto do seus lábios vem na minha boca, eu logo retribuo o bejo doce, e calmo de jungkook.


— que bonito hein!— uma voz rouca soa pela cozinha, paro o beijo e olho para a porta, vendo taehyung.— será que eu estou atrapalhando o casalzinho aqui? 


— de jeito maneira.— fala jungkook com um sutaque estranho. Logo caiu na risada, junto com taehyung.— vish maria! 


— meu deus kook!— falo entre risos.


— aonde você aprendeu isso? — fala taehyung parando de rir diferente de mim...bem diferente.


— nem eu sei.—jungkook da os ombros.


[...]


Q.D.T

Estava jogando video-game com o hobi, quando recebo uma mensagem da minha omma.


Chat on.


Omma❤


Filha, a mãe ta morrendo de saudade, vem aqui em casa, conhecer ela.


Oi mãe! Ó╭╮Ò eu ando muito ocupada mãe, mas hoje eu estou livre, estou indo ai agora! 


Aaa, que bom! A mãe fica muito feliz...já que esses dias não ando feliz pela traição do seu pai.


A mãe! Não chora por homem! Aquele e um cafajeste eu hein.


Não fala assim do seu pai.


Aa! Ta bom, tchau.


Chat off.


— hope...eu vou na casa da minha mãe tá?— falo colocando o controle do video-game na mesinha de centro.


— quer que eu te leve? — hoseok acompanha meu corpo levantando.


— não hope, eu prefiro ir sozinha mesmo.— falo sorrindo.


— princesa me avisa quando chegar lá, tá? Eu fico preocupado com uma amiga que nem você.— fala hoseok pegando minha mão e fazendo carinho com seu dedão.


— Ta bom hope, não se preocupe tanto comigo, eu já passei por tanta coisa que você nem imagina.— solto risos fofos junto com hope.


— Tá bom...— ele deixa um beijo na minha mão, o maior se levanta e beija minha testa.— toma cuidado.— hope sorri.


— pode deixa! — faço um sinal de positivo com as minhas mãos e depois um coração.— Tchau...— pego minha bolsa, aceno e saiu da vista de hope.


[...]


Deslizo meu indicador pelo botão da campainha, e logo sou recebida com um sorriso doce da minha mãe


— aaa...como minha filha está linda.— ela me abraça carinhosamente, seu abraço era tão bom...


— a mãe...a senhors também está linda como sempre, tive a quem puxar!— Falo saindo do abraço e entrando na casa com um cheiro de bolo.— hmm...que cheirinho bom..


— fiz o seu bolinho.— lembro muito bem do q ela está falando.


Flashback on...


Numa tarde quente, estava deitada na grama no tédio, em pleno no meu aniversário de oito anos, a grama estava tão fresca...seu cheiro de molhado vinha para minhas narinas 


— FILHA! _____ LEE CADÊ VOCÊ? — grita minha mãe com um tão de preocupação na voz.


— ESTOU NO JARDIM MAMÃE! — me levanto e corro para dentro de casa.— Oii mãe!


— ah filha não me assuste desse jeito!— Fala minha mãe me abraçando...com seu abraço caloroso.


— Ta bom mamãe! Que cheiro é esse?— falo tombando a cabeça para o lado.


— Fiz uma massa de bolo! Estava te procurando para fazermos juntas!— Abro sorriso de orelha a orelha.



— EU VOU VIRAR MASTERCHEF! — falo quando pulinhos.


— sim!— fala minha mãe também dando pulinhos.


Flashback off...


Escondo meu sorriso junto com lágrimas de felicidade.


— como aquela época era boa...— Falo secando as lágrimas.


— oq está falando filha?


— nada mãe! Vem aq...preciso de conta algumas coisas! 


[...]


Abro a porta da casa do jungkook, a casa estava vazia.


— caraca, nenhuma alma viva nesse lugar.— tiro meus sapatos e a minha bolsa.— Hoseok! TaeHyung! Kookie!— falo indo para cima.


Sigo para o quarto do hoseok e não acho o mesmo, sigo para o quarto de taeHyung, não acho o mesmo, vou para varanda que dá para ver o quintal, e não vejo ninguém só o jardineiro.


A única opção e o quarto do kook, talvez eles estejam bebendo lá...mas não faz sentido, jogando talvez? Me esperando...ou eles saíram. Vejo a porta semi-aberta.



— ACHEI VOCÊS...oque...oque...



To be continued...?






Notas Finais


Oque será que a _____ viu?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...