História My First... And Best Wishe Is You... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook
Tags Bts, Jikook, Kookmin, Lemon, One-short, Yaoi
Visualizações 229
Palavras 2.440
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei com mais uma jikook
Meu Otp favorito.....
Bjs....
Boa leitura :)

Capítulo 1 - I Want You....


Fanfic / Fanfiction My First... And Best Wishe Is You... - Capítulo 1 - I Want You....

"Isso são horas de chegar,  Park Jimin?" _ Perguntou o Maknae,  cruzando os braços,  e apesar de está furioso,  sua expressão era de preocupação. 

"Lógico. " _ Respondeu com a voz embargada,  se apoiando na mesa próximo a porta. 

"Você está  bêbado, Jimin?!" _ Mais afirmou do que perguntou,  se aproximando do mais baixo. 

"Uh!  Temos um Sherlock Holmes aqui..." _ Falou debochado quase caindo, sendo segurado pelo mais novo. 

Não  que Jimin tivesse o hábito de beber,  mas naquela noite ele bebeu,  e bebeu muito.  Queria apenas esquecer...  Esquecer as frustrações,  os problemas,  ou um pouco a conturbada vida de ser um k-idols,  e principalmente esquecer um certo maknae de cabelos castanhos e olhos penetrantes,  no qual agora se apoiava. 

Ultimamente,  o Park não conseguia tirar Jungkook da cabeça,  tinha vontade de tocá-lo,  de beijar aqueles lábios,  até esquecer do mundo,  desejava-o e muito,  e se sentia culpado e meio confuso por isso.  Nao acreditava que um dia o Saeng lhe notaria,  eram apenas grandes amigos,  nada mais que isso.  No começo,  até  que conseguia disfarçar bem,  mas de uns tempos pra cá era pego em flagrante com frequencia admirando o mais novo,  ou em suas crises de ciúmes quado alguém se aproximava demais dele. 

"Já pensou se o manager te pega assim? " _ Indagou,  passando uma mão pela cintura do menor,  forçando-o a passar a sua,  por seu pescoço.  _ "Vem.  Vamos tomar um banho. " _ Completou,  caminhando até  o quarto, indo direto pro box do banheiro. 

"Vai tomar banho comigo, Kookie? " _ Perguntou cheio de malícia e seu coração se acelerou,  ancioso pela resposta. 

"Aish, não começa  Hyung." _ Respondeu,  ajudando o outro a tirar a roupa,  deixando-o apenas numa boxer preta.  Mordeu o próprio lábio e sentiu seu rosto corar com a visão do corpo do Park.  Ele era perfeito,  o abdômen lisinho, com alguns gominhos mas nada exagerado, as coxas grossas,  e a bunda,  ah...  Aquela bunda, já havia perdido a conta de quantas vezes imaginou apertar aquela bunda,  enquanto tomava aqueles lábios cheinhos. 

"Gostou do que viu?" _ Indagou Jimin sorrindo,  ao notar que estava sendo observado pelo outro.  Seu cabelo platinado caindo sobre os olhos,  deixando o ainda mais sexy (se é que isso é possível). 

"Aish. " _ bufou o mais novo,  desviando o olhar,  ligou o chuveiro,  nem se importando se iria se molhar também. 

Pegou o sabonete e começou a passar por todo o corpo do menor,  lhe causando do menor.  Jimin apenas o observava,  aproveitando cada toque do mais novo,  soltou um gemido baixinho,  sentindo sua ereção despertar. Acabou escorregando no chão molhado do banheiro,  e só  não caiu, porque o mais novo o segurou. 

"Toma mais cuidado Hyung,  vai acabar caindo. " 

"Mas você me segura Kookie" _ Disse,  aproximando seus lábios do pescoço e beijando-o,  sentindo os pêlos do menor se eriçar com o toque. 

"Para Hyung" _ Pediu o mais novo,  soltando um gemido ao ter o lóbulo de sua orelha mordiscado. 

"Por que?" _ Indagou,  pousando as mãos na cintura de Jungkook,  mordendo seu maxiliar,  aproximando de seus lábios.  Porém, quando ia beijá-lo ele se desvencilhou de seu toque,  já  saindo do box. 

Engana-se,  quem achar que ele não  queria,  porque ele queria e muito, mas achava que Jimin só  estava agindo daquela forma porque estava bêbado.  E mesmo o querendo,  não  se aproveitaria do seu estado,  então apenas se afastou.

Minutos mais tarde.... 

Jimin desligou o chuveiro,  tirando sua boxer molhada,  enrolou-se numa toalha,  indo até  a cama.  Sentia-se um completo fracassado,  não  imaginou que o Saeng fosse fugir de seus toques, como o diabo foge da cruz.  Não  queria espantar o outro,  mas quando o viu com a camisa branca,  transparente colada a seu corpo,  não  resistiu em tocá-lo.  

Saiu de seus desvaneios,  com a porta do quarto sendo aberta,  e abriu um grande sorriso ao ver a figura do mais novo ali,  este já estava de roupa trocada,  vestia uma calça moletom preta e uma camisa de mesma cor,  o cabelo desarrumado de um jeito sexy. 

"Trouxe algo pra você comer. " _ disse Jungkook. 

Quando saiu do quarto do Park, pensou em sinceramente em não voltar,  porque não  sabia se registiria as provocações do menor,  porém decidiu levar algo para ele comer.  Arrependeu-se no momento em que abriu a porta e quase teve um piripaque com a visão do menor: ele estava sentado no meio da cama,  encostado na cabeceira, e a toalha que outrora estivera em sua cintura, tapava parcialmente seu baixo ventre, deixando a coxa e verilha do seu lado direito a mostra. 

"Meu Deus, ele tá  tentando me matar, só pode... "  pensou se aproximando com a bandeja na mão. 

"Eu não  quero comer" _ Jimin respondeu fazendo um bico fofo. 

"Mas precisa Hyung" _ retrucou o mais novo,  sentando na beira da cama e colocando a bandeja sobre uma mesinha ali. 

"Aish... Só  se você colocar na minha boca" _ Falou,  sorrindo alto logo em seguida. 

"Jimin... " _ Replicou corando,  vendo o outro apenas arquear a sombracelha.  _ "Tá bem.. " _ Suspirou. Sabia que o outro não  mudaria de ideia. 

Pegou um morango,  levando a boca do menor,  que comeu a fruta,  olhando o cheio de malícia.  Aquelas cenas se repetiu varias vezes,  até  que sem querer,  ou nao,  Jimin mordeu o dedo do Maknae,  enquanto ele colocava um pedaço de chocolate em sua boca. 

"Aiiii!!! " _ Jungkook gritou,  fazendo um Hyung soltar uma gargalhada nada discreta. _   "Você me mordeu de propósito... "_ Completou mais baixo,  dando tapas no peito nu do menor,  o que so fazia ele ri ainda mais alto. 

"Se fosse de propósito... " _ Disse após conseguir conter a crise de risos _ "Eu lhe morreria em outro lugar... " _ completou apertando sua coxa com força. 

"Hyung,  eu já  disse pra você  parar com isso" _ Falou quase num sussurro,  não  conseguindo se desvencilhar de suas caricias. 

"Sim,  você disse,  mas não  me disse porquê..." _ Agora sua mão  percorria o tórax do mais novo, levantando parcialmente sua camisa.  _ "E não  me diz que é  porque você  no quer,  porque eu sei que não é " _ completou sussurrando em sua orelha,  apertando seu membro na mão. 

E era verdade,  por mais que tentasse esconder,  Jungkook desejava o menor,  como nunca desejou alguem.  Então resolveu parar de tentar resistir,  e sem nenhum aviso prévio, tomou os lábios de Jimin para si, num beijo quente e cheio de desejo, que logo foi correspondido pelo menor,  que abriu-os permitindo que ele aprofundasse o toque.  Uma de suas mãos apertou a coxa do outro,  enquanto que com a outra o puxava para si, com os dedos dedos presos aos seus fios acinzentados. 

As mãos  de Jimin foram até a barra da sua camisa,  levantando-a.  Apartaram o beijo apenas para tirá-la por completo. Os lábios do menor abandonaram os seus,  descendo pelo seu peitoral,  mordiscando-lhe,  soltando um gemido baixo ao ter seu mamilo atacado. 

Jungkook empurrou o Hyung de volta na cama,  puxando-o para baixa, forçando-o a se deitar,  logo se deitando por cima dele, com uma das pernas entre as suas, pressionando seu membro e voltou a beijá-lo de maneira urgente e necessitada,  suas mãos apertando lhe por toda parte. Desceu os lábios até o pescoço do menor, mordendo e chupando com força,  lhe arracando gemido.  Sorriu mais para si, olhando as marcas que com certeza estaria ali por dias.  Retomou sua trilha de mordidas e chupões pelo abdômen do menor, demorando mais em seus mamilos. Com uma das mãos  começou a lhe masturbar de forma lenta e torturante. 

"K-Kookie... Ahhhhhh..." _ Jimin gemeu alto,  ao sentir os lábios do mais novo em sua ereção. A lingua de Jeon passando por sua extensão,  lhe causava espasmos de prazer.  E quase soltou um grito ao ter seu falo abocanhado. 

O Maknae lhe chupava com vontade, enquanto que com uma das mãos massageava seus testículos,  descendo por entre suas pernas, raspando a unha curtinha em sua entrada.  Jimin por instinto tentou levar a mão  aos fios castanhos do Saeng para ditar o ritmo, mas foi impedido pelo mesmo, que intensificou os movimentos de vai e vem em seu membro. 

"K-Kookie...e-eu...e-vou..." _ nem conseguiu completar a frase e despejou seu sêmen na boca do mais novo que engoliu tudo. 

Jungkook o beijou, fazendo ele provar do provar do próprio gosto,  apertando na sua bunda, deixando-o completamente teso novamente, com apenas aqueles pequenos toques. Mordeu o seu lábio, findando o beijo. 

"M-me...f-faça...s-seu...K-Kookie..." _ falou o Hyung com a voz entrecortada e a respiração descompassado ainda pelo último orgasmo. Sentiu seu rosto corar pela primeira vez naquela noite, ao olhar para o mais novo, que lhe olhava de volta como se fosse um predador e ele Jimin sua presa. 

Jungkook levantou-se da cama, tirando com pressa a calça e a boxer que usava, subiu na cama novamente, se masturbando lentamente, se pondo entre as pernas do menor, que mordia o próprio lábio em deleite com a visão. O Maknae sorriu com malícia, como em tudo que fazia ele gostava de ter o controle sobre tudo,  e agora ele tinha, tinha Jimin totalmente a sua mercê. 

"Você sempre foi meu, Park Jimin." _ disse se abaixando e dando um beijo estalado na glande do outro,  chupando e se deliciando com o pré-gozo já presente ali. Mas logo abandonou, ouvindo um gemido de contra gosto.  Riu para si.  Dessa vez seu foco era outro. 

Jungkook já sentia sua ereção doer, mas se controlaria, faria com que aquela fosse a melhor noite do menor, mesmo com o risco dele não se lembrar de nada no dia seguinte. Abriu suas pernas, enfiando sua lingua entre as nádegas. Jimin abriu a boca em um grito mudo,  enquanto era fodido por órgão quente e úmido.  O menor intensificou os movimentos e quando a entrada do menor estava lambuzada ele finalizou o beijo grego, melou dois dedos, penetrando-o com um deles. 

"Kookieeeee...ahhhhh..." _ Gemeu arrastado, num misto de dor e prazer, enquanto o Maknae lhe esticava com o dedo, beijando entre suas pernas para lhe distrair.  Outro dedo foi inserido,  e mais uma vez o gemido arrastado de Jimin preencheu o cômodo  que se agarrou ao lençol. 

Aquilo estava sendo uma tortura para o menor, sua ereção latejava. Minutos depois retirou os dedos e posicionou seu membro entre as pernas do menor, com seu pau roçando em sua entrada. 

"J-Jimin..." _ Chamou beijando seu pescoço se mantendo imóvel. Apesar de está completamente excitado, parte do seu consciente, se é que ainda existia um, estava receoso, entao esperaria uma atitude do menor. 

"K-Kookie...m-me...f-fode..." _ Jimin disse com a voz embargada, enlaçando suas pernas na cintura do mais novo, puxando ele para mais próximo de si. Era tudo o que o outro precisava ouvir e tomando seus lábios, lhe penetrou de forma lenta e torturante. 

"Ah...Kookieeee..." _ Jimin gemeu de dor e involuntariamente uma lágrima desceu por seu rosto. Era a sua primeira vez, e sentiu seu corpo sendo rasgado ao meio ao ser totalmente preenchido pelo falo do mais novo, que distribuia beijos por seu rosto na intenção de distrair sua dor. 

O maknae começou a se movimentar de forma lenta, olhando seu amante de maneira intensa e apaixonada. Suas mãos acariciavam seu rosto, limpando os últimos resquícios de lágrima que ainda existia ali.  O Hyung lhe olhava de volta, brincando com os fios de cabelo em sua nuca, rebolou contra o seu membro, já não existia dor ali e ele necessitava de mais contato. 

Jimin se sentia completamente a mercê.  Aquele Jungkook, em nada se parecia com seu Saeng, tímido e reservado, era seguro e dominador, apenas com um olhar parecia conseguir depir-lo até a alma e ele estava adorando se sentir tão entregue e vulnerável. 

"Kookieee.... Mas rápido..." _ falou mordendo o próprio lábio. Já não aguentava mais o ritmo lento do outro. E logo foi prontamente atendido. 

Jungkook começou a se movimentar dr forma intensa e forte,  indo bem fundo, suas mãos apertava as coxas fartas do menor,  cravando os dentes em seu ombro, marcando a pele, tornando-a sua. 

"Tão quente... E... Tão apertado..." _ Gemeu saindo de dentro do outro.  _ "Fica de quatro pra mim, Jiminnie... " _ falou dando um tapa na bunda farta do outro. 

Com o rosto completamente corado, o Park se virou apoiando-se sobre os cotovelos, empinando a bunda pro Maknae. Quase soltou um grito, ao sentir-se preenchido de forma ainda mais intensa e enfiou o rosto no travesseiro tentando conterconter os gemidos a cada estocada.  O menor agarrou em seus fios acinzentados e macios, intensificando os movimentos. 

"Kookieeee..." _ Jimin gritou abafado pelo travesseiro ao ter seu ponto acertado. O Maknae começou a se movimentar ainda mais forte, acertando-o sempre na próstata, vendo o corpo do menor se contorcer de prazer. _ "Eu nao aguento mais..." _ E gozou sem sequer ter seu membro estimulado. 

Jungkook continuou no mesmo ritmo alucinante, sabendo que também não aguentaria muito.  Com sua mão livre,  começou a masturbar o menor que gemeu sôfrego, seu corpo ainda dando espasmos. 

"Jiminnie..." _ Gemeu o nome do menor se desfazendo dentro dele,  que chegou ao seu terceiro orgasmo na noite, ao sentir-se ser preenchido pelo liquido do outro. 

Jimin deixou seu corpo cair sobre a cama, completamente exausto,  seu peito subia e descia e nem sequer conseguiu,  assim como também não conseguia parar de sorrir.  Nunca sentiu tanto prazer como naquela noite. Sentiu seu corpo ser enlaçado pelos braços do mais novo, pelas costas e depositando sua cabeça no seu peito,  finalmente permitiu-se ser vencido pelo sono. 

Manhã seguinte.... 

Jimin estava sentado na sala, bebendo café,  sentia um pouco de dor de cabeça, mas nada que tirasse o sorriso bobo de seu rosto, enquanto relembrava a noite passada. Foi tirado de seus pensamentos,  com a voz de alguem preenchendo a sala. 

"Joh-na achim, Jimin-Hyung"  _ Falou Jin gentil como sempre,  aproximando-se. 

"Joh-na achim, Jin-Omma" _ respondeu se virando para o mais velho. 

"Jimin-Hyung, o que é iss..." _ Ia perguntar sobre o chupão roxo em seu pescoço, mas desistiu ao notar um Jungkook sonolento sair do quarto do mais novo. _ "Deixa pra lá". 

"Joh-na achim, Jin." _ falou, passando por ele e indo ate o menor. _ "Joh-na achim, mae kuki." _ falou selando seus lábios ao dele, deixando todos, inclusive Jimin surpreso. 

"Joh-na Achim,  Kookie" _ respondeu corando. 

"Já não era sem tempo" _ Jin falou sorrindo e saiu. 

"Mas o que deu nele? " _ Indagou Jimin apontando para onde Jin tinha saido. 

"Eu sei lá" _ respondeu o outro. 

E voltaram a se beijar..... 



Notas Finais


Joh-na achim = bom dia
Joh-na achim, nae kuki = bom dia, meu bolinho.

Bom e isso ai... Mas uma jikook pronta...
Obg por lerem e "hasta la vista"
;)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...