1. Spirit Fanfics >
  2. My First and Last - Mark Lee (NCT) >
  3. Capítulo IX

História My First and Last - Mark Lee (NCT) - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Leitura!

Capítulo 10 - Capítulo IX


Fanfic / Fanfiction My First and Last - Mark Lee (NCT) - Capítulo 10 - Capítulo IX

Todo dia era a mesma coisa, entrava na sala dos professores e tinha alguma vítima do Haechan, ou a vítima estava irritada descontando em todos ou estava extremamente triste. Até agora eu não entendi o propósito desse Haechan, ele faz essas coisas e eu e os outros professores temos que ficar aguentando o  drama dos outros.

Entro na sala e vejo que tinha um enorme cartaz lá que estava escrito: “Professora S/n eu gostar muito seu por favor case com o professor Mark”.

Quando eu leio o que estava escrito eu poderia ficar brava por que ele tinha escrito, mas naquele momento o que mais eu tive raiva foi no erro de ortografia. Quem ensina esse moleque? 

Percebo que todos os professores estavam olhando.

— Por que estão olhando desse jeito? Até parece que o Haechan não fez nada com vocês.  - Falo um pouco irritada por estarem me olhando.

— Mas você gosta do Mark? - Pergunta Doyoung e eu o olhei indignada para o mesmo.

Vejo Lucas no fundo dando risada esperando a minha resposta.

— Não vou nem responder, esse Haechan ai não sabe nem escrever, quanto mais saber de quem eu gosto. - Respondo a pergunta de Doyoung. 

— Certeza? Ele parece saber de tudo. - Fala Johnny.

— Por um acaso ele sabe algum segredo seu que não quis contar para nós ontem Johnny? - Pergunto para o mesmo.

— Não! - Fala rápido.

— Então eu não acredito, ele nem sabe escrever. - Ao falo ao sair da sala e ir para qualquer outro lugar que não seja a sala dos professores onde eles iriam fazer mais perguntas sobre eu gostar do Mark.

Eu gosto do Mark, mas não iria admitir isso na frente dele não é mesmo.

Bate o sinal e vou até minha sala que hoje seria o 3ºA, entro na sala e por um milagre desconhecido estavam todos em silêncio e em seus lugares, até fiquei surpresa, mas não ia falar nada, vai que eles voltassem ao normal.

— Bom dia turma! - Falo para os mesmo.

— Bom dia professora S/n. - Fala os meus alunos.

— Como está o livro que eu pedi para vocês lerem? - Pergunto sobre o trabalho que passei na última aula que estive aqui. 

— Eu já terminei. - Fala Renjun.

— Que bom! Alguém mais? - Pergunto.

— Eu estou quase terminando. - Diz Jisung.

— Certo. Vou começar a passar a matéria para vocês. - Começo a passar alguns exercícios na lousa.

— Professora? - Donghyuck me chama.

— Sim?

— Que tipos de flores você gosta? - Me pergunta.

— Por que esse tipo de pergunta do nada? - Pergunto para o mesmo.

— Era só uma curiosidade, mais se não quiser responder eu vou entender. - Fala triste.

— Está bem eu falo, as minhas flores favoritas são as gardênias. - Respondo a pergunta do mesmo. 

— Uma boa escolha professora! - Diz Donghyuck.

— Você nem sabe que flor não é mesmo Donghyuck? - Pergunto para o mesmo.

— Não. - Diz e logo depois da uma risada.

 

[...]

 

Depois que terminei a aula no 3ºA, fui para a sala dos professores uma hora iria ter que falar com eles.

Entro na sala, e por incrível que pareça só tinha um lugar vago, e adivinhem aonde? Ao lado de Mark. Resolvi então não dar atenção para “coincidência” porque senão iriam descobrir.  

Sento no lugar.

— Vocês não vão descobrir o que aconteceu na turma do 3ºA hoje. - Falo para os professores que estavam presente.

— O que eles fizeram dessa vez? - Pergunta Taeyong.

— Eu cheguei hoje na sala, e estavam todos quietos e nos lugares deles. Até me assustei quando vi. Não estava acreditando, o Donghyuck foi até educado hoje, o YangYang não abriu a boca para falar nada, nunca tive uma aula tão produtiva naquela sala. - Conto para eles.

— Certeza que você não precisou gritar para eles ficarem calados? - Pergunta Doyoung indignado.

— Não, nenhum grito, nada mesmo. Eles ficaram quietos sozinhos. - Respondo a pergunta de Doyoung.

— Temos que ir exorcizar aquela sala agora. - Fala Johnny já saindo da sala. 

— Primeiro vamos falar para o XiaoJun. - Diz Kun. — Ele precisa saber disso primeiro. 

Fomos até a sala de XiaoJun para contar o acontecimento para o mesmo.

— O que vocês querem, e porque todos os professores estão aqui? - Pergunta meio confuso.

— A S/n disse que na aula dela hoje no 3ºA, ela falou que quando chegou na sala eles estavam quietos e nos lugares deles e ela não precisou gritar com eles nenhuma vez. - Doyoung conta tudo para XiaoJun.

— Vocês tem certeza? Não foi só uma miragem? - XiaoJun pergunta.

— Absoluta, não estou ficando louca. - Falo para o mesmo.

— Quem tiver aula no 3ºA hoje levem eles para fora da sala, vou mandar alguém purificar aquela sala, Hendery sabe mexer com essas coisas, vou pedir pro Taeil ir tambem, quem sabe aquela fonte do bem salve a nossa escola. - Fala XiaoJun.

— Melhor você vice-diretor e o Doyoung não entrarem lá, vai que o capiroto possui vocês dois, a humanidade vai estar perdida.- Fala Xuxi dando risada e recebendo um tapão de Doyoung.

— Ai ai!- Reclama o mesmo.

— Obrigado Doyoung. Yukhei é melhor você sair daqui em quanto eu ainda quero te manter vivo.-Diz Xiaojun.

E depois dessa ameaça todos os professores saem com pressa da sala do vice-diretor.

— Sabe o que o Donghyuck  perguntou hoje para mim? - Pergunto para Yukhei.

— Não, o que ele perguntou? 

— Perguntou as minhas flores favoritas, achei meio estranho mais respondi. - Conto para o mesmo.

— Estranho não é mesmo. - Diz Yukhei desconfiado.

— Muito. - Falo para o mesmo. — Agora eu tenho que ir para a minha sala. Tchau! - Me despeço de Lucas.

— Tchau até mais. - Fala o mesmo.

Vou a minha sala e Yukhei para a dele.

 

[...]

 

Depois de terminar a minha aula vou para a minha casa. 

 

                    ⇿⇿⇿⇿⇿⇿⇿⇿⇿⇿

 

— Por que você perguntou as flores preferida da professora S/n, Hyuck? - Pergunta YangYang.

— Por que podemos mandar um buquê das flores favoritas dela e falar que foi o professor Mark que mandou. - Explico para ele. 

— Isso fazia parte do plano, ou você já esqueceu o nosso plano cara? - Pergunta Jaemin encarando o mesmo.

— Eu esqueci só essa parte o resto eu lembro de tudo. - Diz YangYang.

— Bom mesmo YangYang, pois se ficarmos lembrando você toda hora do plano alguém vai escutar e daí acabou o nosso serviço de cupido. - Fala Jeno. 

— Precisamos convencer os professores a nos ajudar com o nosso plano. - Fala Jisung.

— Jeno vai falar com o professor Doyoung e com o Professor Taeyong, Jaemin vai falar para o professor Jaehyun e Johnny,  Chenle com o professor Jungwoo e Sicheng, Jisung com o professor Ten e Kun, YangYang vai falar com o professor Yuta e Renjun com o XiaoJun e Hendery e eu irei falar com o diretor. - Falo para eles. 

— Donghyuck porque você ficou com o mais fácil? - Pergunta Chenle inconformado. 

— Por que o único de gosta de mim é o Taeil, é por isso que vou falar com isso, e oque você está reclamando o Jungwoo e o Sicheng é moleza, os mais difíceis são o Doyoung, mas como é o Jeno que vai conversar ele topa, o Taeyong é só falar alguma coisa de anime e ele topa, o vice-diretor é difícil mas o Renjun vai conseguir, o resto é moleza. - Digo para eles.

Temos um mês até aperfeiçoarmos o plano até o dia dos namorados, nós vamos juntar esse casal.

 


Notas Finais


E esse cartaz to Haechan kkkkk.
O 3ºA quietos ai tem coisa hem?
A conversa dos profs com o XiaoJun é o auge.
O que será que vai dar o planos do meninos?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...