História My First Love. - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Min Yoongi (Suga)
Tags Bts, Jeonjungkook, J-hope, Kimnamjoon, Kimseokjin, Kimtaehyung, Minyoongi, Parkjimin
Visualizações 15
Palavras 1.347
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boooom diaaaa💕 espero que gostem e até já
Ótima leituraaa florzinhaaaas.

Capítulo 5 - Hungkook ou Jannah?


Fanfic / Fanfiction My First Love. - Capítulo 5 - Hungkook ou Jannah?

—Yoongi: Confusa com o que ?

—Kin: É possível ter sentimentos por uma pessoa sem ao menos tocá-la ?

—Yoongi: É possível sim, por que eu me encantei pelo seu sorriso apenas, e antes de te beijar eu estava confuso sobre estar ou não apaixonado, mas com beijo eu tive certeza. Eu poderia beijar você pro resto da vida —fala se aproximando mais.

—Kin: Eu senti o mesmo quando nos beijamos. —o olha nos olhos.— Eu queria esse beijo mais que você talvez, eu só não queria admitir para mim mesma.

—Yoongi: — abre um sorriso. —Eu já disse o quanto você é linda tomatinho ?

—Kin: Para coelho. — sorri tímida.

Ele a puxa para um beijo, dessa vez com concentimento das duas partes.

{...} NA FESTA COM O BTS {...}

Hannah chegou com sua amiga Suu, estava cheio de gente e os meninos do BTS já estavam na área vip do local, a música estava alta e todos estavam bebendo alguma coisa.

Foram tirar fotos dos meninos e em seguida pegaram uma bebida e ficaram andando pelo local curtindo a música.

Kookie saiu para ir ao banheiro que era no final do corredor ao lado do bar, passando por Jyung que estava aos beijos com uma garota, sem se dar conta que Hannah também estava no local.

—Suu: Amiga vamos ao banheiro ?

—Hannah: A fila do banheiro feminino está enorme.

—Suu: Vamos no banheiro masculino mesmo.

—Hannah: Você é doida — sorri.

—Suu: Vamos por favor eu estou apertada.

—Hannah: Okay, vamos.

As duas saíram em direção ao banheiro masculino, quando Hannah avistou aquela cena.

Seu namorado Jyung aos beijos com uma qualquer.

—Hannah: Jyung ? —fala trêmula.

O playboy a encara assustado.

—Jyung: Hannah, não é nada disso, eu posso explicar.

—Hannah: Explicar o que ? Eu estou vendo. Você acha que eu merecia isso Jyung seu desgraçado?

—Suu: Calma amiga, esse aí não merece a sua raiva.

—Hannah: Ow sua vagabunda você sabia que ele tinha namorada ? —olhando para a garota que estava com Jyung.

A garota negou com a cabeça e saiu correndo. Suu foi atrás da garota para tirar satisfações pela amiga, deixando Hannah e Jyung no corredor.

—Hannah: Você não presta. Eu me arrependo de ter me entregado para você Jyung. Sinto nojo de mim por isso.

Nisso Kookie estava saindo do banheiro, e começou presenciar a briga.

—Jyung: Aaah cala a boca você estava louca para se entregar pra mim, eu apenas me satisfiz com você. - sorrindo.

—Hannah: Seu porco —dando um tapa na cara dele.

Ele furioso com o tapa ergueu a mão para devolver o tapa e foi impedido por Jungkook, que segurou seu braço.

—Jungkook: Tá louco Jyung ? Vai bater em uma garota ? Quer que eu chame seu pai? Ou vamos resolver isso aqui mesmo ?

—Jyung: Sai Jungkook, deixa meu pai fora disso, essa vaca me deu um tapa primeiro. — soltando seu braço.

—Jungkook: Pelo que eu vi ela te pegou com aquela qualquer que estava aqui a pouco tempo.

—Hannah: Eu lamento o tempo que perdi com você, achei que gostasse de mim. — olhando para Jyung.

—Jyung: Você não significou nada para mim. Apenas uma transa que eu sabia que era certa.

Nessa hora Jungkook deu um soco nele.

—Jungkook: Isso é pra você aprender a tratar uma garota.

Quando Jyung ia revidar dois seguranças apareceram e impediram. Levando o garoto auterado.

—Hannah: —chorando de raiva— eu não acredito que a oportunidade que eu tenho de te conhecer foi assim. — olhando para Kookie.

—Jungkook: Você é Army ?

—Hannah: Sim.

—Jungkook: Posso te dar um abraço? Seu coração deve estar quebrado depois disso tudo.

—Hannah: Pode sim. —surtando por dentro.

Então Jungkook a abraçou sentindo seu cheiro de perto, tentando acalmá-la.

Após o abraço...

—Jungkook: Você quer andar um pouco ? Eu estou farto dessa música alta.

—Hannah: Claro, essa festa também já perdeu a graça para mim.

Os dois saíram pela porta dos fundos dando com uma rua deserta sem saída.

E foram caminhando por ela.

—Jungkook: Você sabia que Jyung é filho do nosso Manager ?

—Hannah: Eu não sei nada da vida dele, ele nunca fez questão de me apresentar a família nem falar de sua vida.

—Jungkook: Ele sempre foi um babaca, não sei como uma menina bonita como você ficou com ele.

—Hannah: Nem eu tô acreditando que me odeio tanto a ponto de me envolver com ele.

—Jungkook: A música está longe agora até que enfim tranquilidade.

—Hannah: Hoje é o melhor e pior dia da minha vida. —encarando o chão.

—Jungkook: Como ? — encarando ela.

—Hannah: Eu nunca achei que estaria conversando assim tão informalmente com um Idol, no caso meu bias do BTS —sorri tímida.

—Jungkook:  Eu estou feliz em ter essa conversa, obrigada por não tentar me agarrar como algumas Armys —sorri com a brincadeira.

—Hannah: Só você mesmo. —sorri fraco.

—Jungkook: Então eu sou o seu favorito no grupo ?

—Hannah: Sim, gosto muito do seu trabalho, além de ser... bonito — falou baixo a última palavra.

—Jungkook: Linda é você, e eu espero que não fique mal por causa daquele idiota, okay ? Você tem um sorriso bonito, não deixa ele tirar isso de você.

—Hannah: Não sei nem o que falar. —tímida.

O silêncio tomou conta do lugar onde eles estavam, já era o final da rua, Jungkook se sentou e fez sinal para ela se sentar ao lado.

Ele ficava colocando a mão no ombro incomodado.

—Hannah: Tá tudo bem Jungkook ?

—Jungkook: Estou com uma dor aqui. — apertando o local.

—Hannah: Posso te ajudar ?

—Jungkook: Tudo bem já já passa.

Mas Hannah foi teimosa sentou-se atrás dele e começou uma massagem devagar pelos ombros até o pescoço do rapaz.

Ele foi relaxando com a massagem, e por um momento até fechou os olhos apenas curtindo as mãos dela em seus ombros.

—Hannah: Melhor ? — enquanto ainda fazia a massagem.

—Jungkook: Ah sim, bem melhor, você sabe fazer isso bem.

—Hannah: Acho que é um dom. — sorri.— É um agradecimento por ter me ajudado hoje de alguma forma. Se você não estivesse lá ele teria me batido.

—Jungkook: Ele é um otario, mas não vamos mais falar disso. —se virando para ela.

—Hannah: Tá okay. —o encarando.

—Jungkook: Olhando de perto, você tem olhos bonitos.

Hannah abaixa a cabeça envergonhada.

—Hannah: Obrigada, eu acho.

O celular de Jungkook toca.

{...} Chamada On {...}

—Jungkook: Fala !

—Jimin: Aonde você está que sumiu ?

—Jungkook: Estou na rua de trás aqui, com a —olhou para Hannah esperando ela dizer o nome 

—Hannah: Hannah ! 

—Jungkook: estou aqui com a Hannah.

—Jimin: Meu Deus Maknae, você está com uma garota, que milagre.

—Jungkook: Fala logo o que você quer Jimin.

—Jimin: Só queria saber por que você sumiu, mas já que você está com uma garota eu não vou atrapalhar o milagre. —sorri.

—Jungkook: Não pense coisas, tchau.

—Jimin: Já nós iremos embora. Tchau.

{...} Chamada Off {...}

—Hannah: Tá tudo bem ?

—Jungkook: Sim, é que já vamos embora.

—Hannah: Minha amiga saiu e nos perdemos, ela já deve ter ido embora. Acho que já vou também.

—Jungkook: Sozinha ? —a encara.

—Hannah: Sim.

—Jungkook: Nada disso. Vem comigo. —Pega a mão dela e sai puxando ela de volta até a danceteria, a deixou na entrada da porta dos fundos e foi falar com um dos seguranças, quando voltou até ela trouxe o motorista com ele.

—Jungkook: Este aqui é o nosso motorista, ele vai te levar embora até sua casa e voltar para nos levar.

—Hannah: Meu Deus não precisa, eu posso pegar um Uber.

—Jungkook: Já está decidido, ele vai te levar até sua casa e pronto.

—Hannah: Tá okay. —abaixando a cabeça.

Ele se virou conversou algo com o motorista e o mais velho saiu indo em direção ao carro, aonde a esperaria.

—Jungkook: Obrigada pela massagem, e por conversar comigo.

—Hannah: Obrigada por tudo. Posso te dar um abraço ? Eu ainda sou Army — sorri.

—Jungkook: Só por que eu sou seu Bias. —sorri de canto.

Eles se abraçam apertado, e ela deu um beijo no rosto dele, deixando os dois tímidos, e saiu indo em direção ao motorista.


Notas Finais


Até jaaa, espero que tenham gostadooo ❣


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...