1. Spirit Fanfics >
  2. My First Love. >
  3. Pensamentos e mais pensamentos

História My First Love. - Capítulo 17


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura!

Capítulo 17 - Pensamentos e mais pensamentos


Fanfic / Fanfiction My First Love. - Capítulo 17 - Pensamentos e mais pensamentos

 Acordei com o som insuportável do despertador. Quando olhei para o relógio, vi que faltavam apenas 35 minutos para a primeira aula começar.

Pulei da cama desesperada, procurando minha farda. Corri para escovar os dentes e fui para o quarto do Nam, que pelo visto, já tinha ido antes de mim, sem nem ao menos me avisar que iria mais cedo.

Saí trancando a porta e fui correndo para ver se ainda conseguia chegar a tempo, quando meu braço foi puxado, fazendo com que eu batesse no corpo do indivíduo...


- Yuna... tá atrasada? Vamos correr! O ônibus já foi e daqui a pouco a aula começa. Bora!


Antes de eu mesma responder, já estava sendo puxada por Jungkook, em direção a escola. Depois de um certo tempo, chegamos, porém já tinha tocado para primeira aula e tivemos que ficar fora da sala e esperar a segunda aula tocar para podermos entrar.


Nos sentamos em um banquinho, enquanto tentávamos recuperar o fôlego.


- Segunda vez... rsrsrsrs. - disse o garoto de cabeça baixa, rindo baixo.

- Ahn? O...o que você tá...tá falando? - respondi ofegante.

- Segunda vez que corremos igual retardados para vir à escola. A diferença é que na primeira vez, conseguimos pegar o ônibus, já dessa vez não. - levantou a cabeça sorrindo de canto,olhando-me sugestivo- Se lembra?

- Aaaa lembrei! Foi engraçado...

- Foi, foi sim... Posso fazer uma pergunta?

- Pode.

- Quer assistir algum filme na minha casa? Eu vi o filme que estava assistindo ontem, e gosto bastante dele.

- Você já viu aquele filme? Sério? - fiquei surpresa, mas animada. - E tem dublagem coreana?

- Na verdade, não sei dizer... - se arrumou no acento e olhou para frente.- estou tentando aprender inglês, aí costumo a assistir e ler coisas em inglês para aprender mais rápido.

- Uau... Bom, eu quero assistir o filme contigo. Só marcar o dia, que eu vou estar lá, até por que é do lado da minha casa, né?! - fiz o mesmo rir um pouco.

- Nos vemos mais tarde, dongsaeng. Não se esqueça da aula hoje a tarde, ok? - se levantou e bagunçou o meu cabelo e foi seguindo para sua sala.

- Aish, JUNGKOOOK! - Ele virou rindo da minha irritação.


Peguei meu livro e começei a lê-lo, até que escuto o sino tocando, indicando que já começaria a segunda aula. Com isso, peguei minhas coisas e fui em direção à sala.


Entrei na mesma e por sorte, o professor ainda não havia chegado. Sentei em minha cadeira e percebi olhares curiosos sobre mim. Logo, notei que a Bong-Cha estava olhando para mim


- E aí atrasadinha, o que houve para chegar tarde, hein? Tava pegando o teu boy? - olhou-me zombando da minha cara.

- Ahh, eu acordei tarde... e, só por curiosidade, quem é o MEU boy, que nem eu sei? - enfatizei o " meu".

- Kkkkkkkk, tão ingênua essa minha amiga, ai ai. Pensa que eu não vejo seus olhares para cima do Yoongi? Quando vocês se vêem parece até que vão se comer com os olhos... Todo mundo que olham para vocês, já sabem que tá rolando algo. - falou como se fosse óbvio.

- Do...do que você tá falando, Cha? Nã...não tá rolando na...nada não... - falei gaguejando, sentindo minhas bochechas queimarem de vergonha, fincando assim, vermelhas.

- Não? Então vou dar um pegas nele. - olhou de forma provocativa, e senti meu sangue subindo de tanta raiva.

- Faça o que bem entender! - tentei-me mostrar indiferente e por minha sorte, o professor adentrou a sala, cortando o assunto.


Eu estava com tanto sono que mal prestei atenção naquela explicação. Fiquei com a cabeça na mesa, pensando no Yoongi... Para ser mais específica, sobre o que rolou ontem á noite.  Estou me sentindo tão confusa, mas não sei o que fazer para as coisas ficarem claras em minha mente.

Sei lá, posso dizer que gosto dele? Nem eu mesma sei responder! Mas acho que estou criando algum sentimento por ele, só preciso de mais tempo para pensar...


Passei tanto tempo em meu mundinho, que esqueci totalmente que ainda estava na escola. Só saí do transe, quando a Cha me chamou.


- Garota, vai ficar aí parada ou vai comer?. Eu hein!, tá pior que eu quando vi a morte do homem de ferro, e é que eu nem curto filmes de ação. Se levanta daí, vai, or!

Olhei para mesma que parecia estar querendo chamar a atenção das pessoas em volta, e fiquei sem paciência. Não gosto de chamar atenção.


- Se está incomodada, pode se retirar. Não quero sair agora. - olhei a mesma que ficou impressionada com o que eu disse e só confirmou com a cabeça, e depois abaxei minha cabeça de novo.


Fiquei um tempo deitada, até que começei a sentir muita dor de cabeça, fora a cólica que parecia estar perfurando meu útero com toda a força possível. Por um momento, achei que a melhor solução seria apagar para ver se a dor passava, mas para isso eu precisaria de remédio, coisa que não tinha no momento.

Não estava em condições de levantar para ir à enfermaria e não tinha levado o celular, pois no meio da correria, acabei esquecendo.

Continuei deitada na cadeira até a o sino tocou e as pessoas começaram a vir para sala. A professora estava dando sua aula, quando me referiu a uma pergunta e viu o meu estado.


- Senhorita Nam, está se sentindo mal?

- Sim, professora... 

- Vá à enfermaria, ok? - sorriu gentil e a obedeci.


Queria saber de onde arrumei forças para andar, pois estava realmente muito mal. Andei de forma lenta pelos corredores, quando avistei Jin ficando com uma garota, enquanto o Hoseok ficava vigiando. Por sorte, ele me avistou e foi até o meu encontro.


- Yuna, você tá pálida! Está passando mal? - Hoseok me perguntou preocupado, segurando em meus braços. 

- Hyung, me leva para enfermaria, por favor! - pedi quase implorando, sentindo uma vontade insuportável de chorar.

- Calma dongsaeng, vem. - o mesmo me levou em suas costas e foi em direção a enfermaria.


    

                          Jin ( on )


Depois que vi aquela cena, fui em direção à sala para avisa-los do que estava acontecendo. Como estávamos em horário de revisarmos as matérias, não me preocupei em encontrar algum professor.

Avistei os garotos no fundo da sala rindo de algo.


- Eita! Tava ficando ou trasando com a menina? Demorou tanto que achei que saíriamos da escola e você ia ficar aqui. - disse Jimin, fazendo os outros rirem.

- Não vim falar disso, a Yuna tá mal e foi para enfermaria com a ajuda de Hoseok.

- Vou lá então! - falou Namjoon andando em passos largos.

-  Vão ficar parados aí, ou vão com a gente? - perguntei como se a resposta fosse óbvia.

 

Chegamos lá e vimos a mesma dormir com a cabeça nas pernas de Hoseok, que estava fazendo cafuné na cabeça dela. Ficamos menos despreocupados quando a enfermeira disse que era sintômas da tpm e que não precisávamos nos preocupar.

Namjoon foi para cantina comprar algo para que a mais nova comesse. Enquanto isso, ficamos lá conversando baixinho para não acorda-la.

Nunca vi a dongsaeng como algo a mais além de amizade, até por que para mim ela era uma irmãzinha mais nova. 

Todos gostavam muito dela, mesmo com seu jeitinho meio doidinho de ser, que ainda estávamos nos acostumando, mas ela já era muito especial para nós.

Era possível perceber que o Yoongi gostava muito da mesma, sem ser só amizade. Tava MUITO claro. O mesmo falou para mim que queria se declarar para ela o mais rápido possível, porém estava muito nervoso. Digamos que ele não seja a pessoa mais solta que eu conheço... mas sei que vai tentar dar o seu máximo, e para falar a verdade, eles ficam fofos juntos. 



                      Yuna ( on )


Acordo sentindo carinhos sendo depositados em minha cabeça, chega deu preguiça de abrir os olhos.

Olhei em volta e percebi que os meninos estavam ali comigo e me olharam carinhosamente.


- Dongsaeng, está se sentindo melhor? - Nam perguntou.

- Sim, hyung. Mas eu quero ir para casa...

- Tudo bem Yuna, pesso para o meu motorista e ti deixar e depois que nossas aulas acabarem, vou lá ver como você está. - falou Hoseok sorrindo, e por sinal, que sorriso.

- Ok Hobi, obrigada... - disse levantando de seu colo.



Depois de uns 50 minutos, já estava em casa. Os meninos tiveram que ficar na escola, mas disseram que viriam me ver depois da aula.


Fiquei deitada tentando pegar no sono, quando escuto a notificação do meu celular .



                 Celular de Yuna ( on )


                               - Tá bem, Yuna? Soube que estava doente...

- Bom... pelo ao menos sei que estuda na mesma escola que eu. E respondendo sua pergunta; sim eu estou melhor agora...

                               - Quem disse que estudamos na mesma escola? Posso ter meus meios ...

- Foi mal, mas essa aí não cola comigo. É impossível que nesse curto período de tempo você tenha sabido por alguém sobre eu estar "doente".

                                         - Inteligente...

- Eu sei! (^-^)

                                        - (*-*)

- Tá tendo aula de que?

                                   - Hahah acha que vou cair no seu papo? kkkkk , como disse antes, você é bem inteligente, preciso tomar mais cuidado com o que posso te falar.

- Sem graça ( `~`)

                                 - Depois conversamos mais, tá bom? Sei que você ama conversar com minha pessoa, bebê ( *-^)

- kkkkkkkkkkkkk tchau garoto anônimo que vai deixar de ser anônimo mais cedo ou mais tarde...(^-^)

                                     - Hahhaha se você acha...

- Não acho, eu tenho certeza. Sou de cumprir com minha palavra! Agora, tchau! 


                      Yuna ( on )


Passou-se um tempo até a chegada dos meninos, e eles foram muito legais comigo. Ficamos a tarde toda comendo, assistindo, jogando e falando sobre os podres um dos outros. O único problema foi que vi o Yoongi muito inquieto, mas não sabia como perguntar a ele o que tinha acontecido...

Quando ficou de tardezinha, os meninos se foram e fiquei no meu quarto estudando um pouco as matérias de hoje, até que peguei no sono...



Notas Finais


Até o próximo💜💙💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...