História My first love(MPreg)-Larry - Capítulo 15


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Zayn Malik
Personagens Louis Tomlinson
Visualizações 24
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente
Avisos: Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - 15


  Era de manhã,seu corpo estava virado em direção a janela,a essa hora da manhã,alguns raios de sol adentravam pela mesma,deixando seu lindo e curvilíneo corpo com um ar celestial,sua pele morena se tornava algo como o ouro,as suas tatuagens se destacando,enquanto ele abraçava o lençol deixando parte de seu corpo descoberto,foi nesse momento que eu percebi que realmente havia me apaixonado por ele,Louis é a melhor pessoa do mundo,mesmo sendo meio ignorante e infantil,ele ainda é a melhor pessoa do mundo,sempre disposto a ajudar todos a sua volta com qualquer problema,me arriscaria a dizer que quando ele quer,ele pode ser bem responsável,caso ao contrário,ele é uma criança de 2 anos no corpo de um adolescente quase adulto.
  Me levanto da cama o mais silenciosamente possível,coloco apenas a minha boxer e minha camisa branca de botões,jogo o cabelo pro lado e saio do quarto,começo a andar pela cabana até encontrar a cozinha,mexo nos armários até encontrar algo comestível,ou seja,nada,estava tudo vencido e as únicas coisas que não estavam eram as laranjas que estavam na gaveta da geladeira,volto pro quarto e coloco as minhas roupas,arrumo o cabelo e sigo pra fora da cabana,entro no carro e começo a dirigir até o centro.

   >>>><

  Depois de tudo comprado,voltei pra lá e assim que cheguei mais perto,avistei uma figura sentada nos 4 degraus que haviam ali,ele estava sentado meio de lado,presumi o porque daquilo,então seu corpo chacoalhou,depois de novo e de novo,parei o carro nesse instante,sai e fui correndo em direção ao Louis,cheguei mais perto e o puxei pra um abraço,devido ao susto ele me empurrou e solto um gritinho estridente,quase morri ao ver suas orbes azuis cheia de lágrimas e seu lindo nariz de botão vermelho.
  -Hey,porque está chorando?-Perguntei o puxando pro meu colo,ele não respondeu nada,apenas se aninhou mais e puxou minha camisa pra perto do seu nariz,passo minha mão pela sua costa em forma de conforto.-Não vai me falar porque estava chorando?-Ele nega e fecha seus olhos,sorrio com isso,ele parece um ursinho.-Boo fala porque você estava chorando.
  Ele bufa e se levanta,saindo pisando duro de perto de mim,naquele momento senti pena do chão,mas percebi que havia algo de errado,mesmo ele tentando disfarçar,o mesmo estava mancando,sorrio,me levanto e o pego no colo,coloco ele delicadamente sobre o sofá e deixo ele de bruços.
  -O que pensa que está fazendo?-A raiva era palpável em sua voz,ele tenta se virar mas seguro firmemente sua cintura.
  Tiro sua calça e depois sua cueca,separo sua nádegas e deixo um beijo em sua entrada,introduzindo minha língua logo em seguida,começo ir para frente e para trás.
  -Harry,uh o que você quer?
  O viro e abocanho seu membro,me concentro primeiro em sua glande,passo minha língua em sua fenda e Louis geme,depois coloco toda sua extensão na minha boca e começo a movimentar,Louis por sua vez,agarra meu cabelo e começa a ditar a velocidade,depois de um tempo ele tenta tirar a minha cabeça de lá,mas eu não deixo.
  -Ha-Harry,eu tô quase lá.
  E com um gemido alto,ele se desmancha na minha boca,engulo tudo e limpo o pouco que escorreu da minha boca,o arrumo devidamente e deixo ele deitado no sofá,deixo um beijo em sua testa e ele se arruma de uma forma confortável no sofá,saio da cabana e pego as coisas que eu comprei,começando a preparar o nosso café logo em seguida.

            meses depois

  Estávamos no meio de um treinamento quando o treinador me chama para conversar,caminho até ele já sabendo o porque da nossa conversa,depois do segundo mês de gestação,meu desempenho vem caindo,tenho estado mais cansado,com mais fome,de vez em quando vômito e me sinto menos disposto.
  -Harry,me diga,o que está acontecendo com você?-O treinador fala se sentando e eu me sento ao seu lado.-Você era um dos meus melhores jogadores,se não o melhor,mas agora você está bem menos disposto e se cansa muito rápido...
  - grávido,Louis é o pai.-Falo interrompendo o seu discurso,ele me encara surpreso,não o culpo,todas as meninas que eu fiquei,nenhuma engravidou,meninos foram poucos 1 ou 2,mas nenhum ficou grávido também.-Estou de 4 meses,se o senhor não contar pra ele eu vou agradecer,aliás,esse é o meu último treino,minha mãe falou que é melhor se eu apenas me focar nos estudos.
  -Harry,isso,você não vai contar pra ele?-O treinador fala com certa preocupação,Louis é o garoto de ouro da escola,notas altas,conquista qualquer pessoa com seu carisma,sabe vários segredos sobre os alunos daqui e se quiser,pode acabar com qualquer pessoa que encher o saco de alguém próximo a ele,mas isso dos segredos ninguém sabe,mês passado a gente do time só ficou sabendo que ele sabe um monte de coisas porque Niall e ele estavam conversando e o irlandês acabou falando que ele pode ferrar a escola inteira se ele quiser.
  -Ainda não,pretendo contar hoje,já que não dá mais pra esconder.
  Puxo a camiseta pra cima e ele observa a ondulação,seu rosto não esboçava nada,talvez surpresa ou algo assim.
  -Conte logo,antes que ele fique sabendo pela boca de outra pessoa.
  Ele dá dois leves tapinhas no meu ombro e eu vou pro vestiário,tomo uma ducha rápida e me troco,passo a toalha no cabelo pra tirar o excesso,pego a mochila que eu trouxe e coloco todos os meus pertences que estavam no armário lá,coloco ela nas costas e saio de lá sem olhar pra trás,encontro os 3 no corredor,respiro fundo e caminho até lá como se fosse a minha ida até o diabo.
  -Tenho algo pra contar a vocês.-Falo assim que chego lá e eles me olham curiosos.-Eu estou grávido e o Louis é o pai.
  -Não falei pra vocês?!-Niall grita animado.-EU VOU SER TIO!Viu,quem mandou não acreditar em mim,eu sempre estou certo,mas ninguém nunca me dá bola!-Ele começa a fazer uma dancinha engraçada de comemoração,as pessoas passavam e nos olhavam como se fossemos loucos,olho pra Louis,que está sem reação,olhando um ponto qualquer como se fosse a coisa mais importante do mundo.
  -A gente já volta!-Zayn fala e sai puxando Niall que começa a xingar ele por não deixar o mesmo terminar sua coreografia,Liam vai junto,a mão de Zayn nunca deixando sua cintura.
  -Quanto tempo?-Louis se pronuncia pela primeira vez depois de um tempo.
  -4.
  -4 semanas?1 mês?-Ele me olha curioso.
  -4 meses,eu não sabia como te contar,se você ficar bravo e não quiser mas falar comigo,juro que vou te entender.-Meus olhos se enchem de lágrimas só de pensar que ele pode cogitar a idéia de me abandonar.
  Quando eu menos espero,Louis me puxa e me beija,sua mão de encontrar com a minha barriga,a deixando lá,quando nos separamos,suspiro aliviado.
  -É por isso que você não está mais falando com Gemma?Por causa da gravidez precoce?-As nossas aulas nunca pararam,ele sempre vai lá em casa para me dar aulas e em todas as vezes que ele vai,Gemma nunca me dirige uma palavra,mas ela trata Louis como se nada tivesse acontecido,lá em casa tá um verdadeiro campo de batalha.
  -Sim,fazem quatro meses que não nos falamos,sinto falta das nossas conversas,dos abraços e todo o "Sempre estaremos disponíveis um para o outro!" que falávamos.
  -A gente vai resolver isso,hoje vamos fazer uma noite de filmes lá em cada,você está mais do que convidado e a Gemma também,mas,já comeu hoje?Não quero que o nosso bebê nasça com cara lombriga!-Ele sorri de forma com que suas ruguinhas ao redor dos olhos fiquem bem aparentes.
  -Já comi hoje,não se preocupe,nosso bebê não nascerá com cara de lombriga senhor Tomlinson!-Começamos a rir e vamos em direção a saída do colégio,me sinto leve por finalmente ter contado isso a Louis.


Notas Finais


Pelo menos o tio Louis é compreensível☺


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...