1. Spirit Fanfics >
  2. My Florist (Imagine Kim Taehyung) >
  3. Chapter One

História My Florist (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


•Desculpa pelo horário

Capítulo 2 - Chapter One


Fanfic / Fanfiction My Florist (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 2 - Chapter One

Moon S/n 

20:45 pm

South Korea, Seoul


Mais uma vez, Josh chega atrasado para nosso jantar. O mesmo sempre diz que chega por causa da empresa que fica cobrando dele, mas tenho certeza que não é nada disso. 

— Está atrasado de novo! Foi a empresa de novo? — Pergunto tomando um golhe do champanhe. 

— A-ah sim, estava cheio de trabalho para fazer! — Sorri nervoso. 

— Sei... — Reviro os olhos. — Eu sei que é mentira! — O olho emburrada. Agora ele vai ver! 

— Como assim? Do que está falando amor? — Faz uma cara de confuso.

— Sei que tem transado com a secretária da empresa que trabalha! Um dia eu fui na empresa visitar você, quando abri a porta lá estava você. Comendo aquela secretária seca, como é o nome dela mesmo...? Lisa, não é? 


Flashback on


Adentro na empresa de Josh, estava com um vestido florido branco com sandálias rosa. Começo a procurar a sala do meu marido, passo pela sala da secretárias e escuto gemidos nele, deve ser algum funcionário por aí. Mas... A curiosidade era grande! Abro a porta devagar e vejo... Josh? Por que ele?! Lágrimas caem do meu rosto, encosto a porta com delicadeza e saio correndo o mais rápido possível da quele lugar. 


Flashback off


Sentia lágrimas caindo do meu rosto... 

— Amor, eu não fiz nada... Foi apenas um mal entedido! — Se ele pensa que vai me enganar novamente, está muito enganado! 

— Chega Josh! Eu quero que você vá embora da minha casa, e nunca mais volte! Eu vou pedir amanhã os papéis de divórcio! — Me levanto para sair do restaurante, vejo Josh me olhar desacreditado. — Adeus Josh! 


Kim Taehyung

7:20 pm

In the morning


Acordo com o sol invadindo meu rosto, olho para o rogio e vejo... Meu Deus! Estou atrasado! Olho para o lado e vejo Jimin hyung ainda dormindo.

— Ei acorde! — jogo meu travesseiro no mesmo que se assusta.

— Por que você fez isso hyung?! — Jimin se levanta assutado com o cabelo bagunçado e seu rosto amassado. 

— Vamos, levante temos que trabalhar! — falo indo para o banheiro logo colocando a mesma roupa de ontem. — Vá se arrumar! — Grito.

— Está bem! — Jimin diz irritado e com voz de sono. Saio do banheiro vendo Jimin já arrumado. — Vamos logo com isso! 

— Vamos. — Abro a porta do quarto e Jimin me segue indo até a cozinha dando de cara com senhora Cho tomando seu café da manhã vendo o jornal que passava na televisão pequena. Ao notar nós, senhora Cho para de comer e presta atenção.

— Ah, olá queridos! Querem tomar café? — pergunta a mais velha com um sorriso no rosto. 

— Na verdade, estamos atrasados para o nosso trabalho então... — A mais velha me interrompe.

— Vocês trabalham? Com o que? — senhora Cho se arruma na cadeira.

— Somos floristas do campo senhora. — Jimin finalmente se pronucia.

— Floristas? Vocês tem algumas flores que eu possa ver? Eu gostaria de saber se vocês tem algumas orquídeas roxas, eu adoro elas! 

— A senhora está com sorte hoje! Temos várias orquídeas roxas. — Jimin fala sorridente.

— Ah, vocês poderiam me mostrar algumas? — Senhora Cho retribui o sorriso.

— Claro, já voltamos iremos pegá-las. — Puxo Jimin para fora da casa e fomos até o portão onde deixamos nossas flores, sim, nós trouxemos nossas flores. Jimin me ajuda a trazer duas orquídeas roxas, levamos as flores para dentro da casa da senhora Cho que na hora fica encantada com as mesmas.

— Oh! São lindas. Estou apaixonadas! Eu vou querer as duas, quanto são? — Senhora Cho olhava encantada.

— Bom, custa 55,30 wons.... — Digo.

— Hm... Eu acho que tenho esse dinheiro, eu já volto. — A mais velha subiu as escadas indo até seu quarto. Eu e Jimin nos entreolhamos e sorrimos, talvez iríamos ganhar dinheiro. Ouvimos senhora Cho descendo as escadas, estava com o dinheiro na mão. — Aqui está, 55,30 wons exato! — sorrir.

— Uau, você ajudou muito senhora! Eu lhe devo! — Sorrio.

— Não me deve nada! Agora vá, não estava atrasado? Vão trabalhar e aposto que várias pessoas irão comprar suas flores! — Senhora Cho abre a porta para nós e saímos mas antes nos curvamos em forma de agradecimento.


🍭


— Aceite Taehyung, só porquê a velhota disse que iríamos vender bastante não significa que ela está certa! — Jimin reclamava, estava zangado por ninguém se quer olhar para nossas flores. Me sento na calçada.


Moon S/n

8:23 pm 

In the morning


Sim, eu estava sofrendo por ontem, sofrendo pelo Josh, deitada na cama chorando vendo um filme clichê. Sabe aquele que a garota estava andando com seus patins e tropeça mas o garoto a segura, como eu queria que isso acontecesse comigo, ser segurada pelo o seu amor da sua vida, deve ser um sonho. Levanto finalmente da cama e vou até o banheiro, fasso minhas higienes matinais e coloco uma roupa confortável só para ficar em casa. Vou até o sala de estar e começo a olhar as pessoas lá de baixo (mora em prédio) até que vejo vendedores, eram... Flores! Eu adoro flores principalmente as rosas, espero que tenha rosas. Pego meu casaco e minha chaves de casa, saio do apartamento indo até o elevador. Chego em baixo e vejo os vendedores, mas um me chamou atenção... O de cabelos ruivos, pareciam fogo. Vou até eles e digo:

— Ah, olá madame! — Sorri o mesmo.

— Olá! Eu vou querer um buquê de rosas por favor.

— Claro, já irei voltar! — vai até às rosas e as coloca juntas, formando um buquê. — Aqui está senhora... — me curvo para sair mas sou interrompida. — Não pude deixar de notar o quanto você é bonita moça...




Notas Finais


•Vocês irão gostar se eu contasse pelo narrador? Me digam...

•Desculpa se o capítulo estiver ruim

•Desculpa se tiver erros ortográficos~

•Continuo?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...