História My Forbidden Angel - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Hoseok, J-hope, Jimin, Romance, Taehyung, Yaoi
Visualizações 2
Palavras 1.387
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Yaoi (Gay)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OIIII CANDYZINHOS

Me desculpem pela grande demora,mas aqui está o novo capítulo,espero que gostem da nova trajetória de Yoonmin

Capítulo 13 - 13.Reconciliação (Yoonmin pt.2)


Fanfic / Fanfiction My Forbidden Angel - Capítulo 13 - 13.Reconciliação (Yoonmin pt.2)

A minha situação só piorava,eu bebia todos os dias,fiquei descontrolado com os meus remédios,tomei além da conta e acabei indo parar no hospital internado com intoxicação,fiquei dois dias direto ali naquela cama de hospital,com aquela comida horrível e com uma roupa que era desconfortável,a agulha no meu braço,estava sendo péssimo,mas pelo menos o ''garoto misterioso'' Não me torturava mais,ele finalmente havia sumido.


– Bom Dia,como você está se sentindo? – o doutor entra no quarto

– Pra ser sincero? Estou me sentindo melhor,mas não vejo a hora de sair daqui,eu não aguento mais

– É meu jovem,você precisa ter limites,nunca ninguém lhe avisou que rémedio junto com bebida alcoólica causa isso?

– Como sabe? Eu não te falei nada

– Eu sou seu médico,então é meu dever saber,mas não te culpo,você chegou aqui e logo falou o que tinha feito,só não está lembrado – o olhei confuso – Não se espante,para sua alegria,logo mais poderei te dar alta,você só precisará ficar em observação por pouco tempo


– Isso é uma ótima notícia

– Antes de me retirar,tem alguém que quer te ver,posso permitir a entrada?

– Claro!!!

O doutor se virou e saiu do quarto,imaginei que quem estivesse ali era Somin,já que provavelmente ela sabia o que tinha acontecido,e eu sabia que iria levar um bronca,estava esperando a pessoa entrar,e escutei uma voz passando em minha cabeça – Você acha mesmo que o deixarei em paz? Isso é apenas o começo Jimin,você ainda tem muito a pagar por ter feito mal a Somin,eu disse que não era para você aproximar dela – fechei os olhos e cada palavra na minha mente me causou arrepios,o garoto de fato tinha sumido,mas sua voz continuava a falar comigo,mas eu não entendia o que ele queria fazer,eu estava consciente que fiz mal a Somin,mas já estavámos bem,e ela me procurou,então por quê eu estava sendo perseguido? A porta se abriu e ele entrou,Yoongi estava ali,bem diante de mim,com um olhar preocupado,vindo calmamente até mim com um sorriso aliviado,sentou na cadeira ao meu lado e me fitou com o olhar mais doce que poderia receber dele,fiquei preso nos olhos deles por pouco tempo e desviei,ainda assim,mesmo que o tempo tenha passado,eu sempre lembrava e acabava sentindo a mesma angústia.

– Por favor Jimin,não me ignore assim – continuei a ficar em silêncio – Você não vai mesmo me responder né? Mas quer saber? Eu irei falar mesmo assim,já se passou um mês,não conversamos,não somos o mesmo de antes,é difícil pra mim,você sabe que é,porque também é para você,eu não consigo falar essas coisas sem me atrapalhar todo,mas... – ele fez um pausa e suspirou pesado abaixando a cabeça – Eu sinto sua falta,sinto saudade do seu abraço,do seu toque,de ver o seu sorriso depois de um dia longo de trabalho,sinto saudade do seu amor,eu sinto saudade de você por completo...E-e-eu te amo Jimin,eu só queria ter você de volta


Permaneci em silêncio,e segurei as lágrimas que insistiam em cair,novamente eu queria me enganar achando que o tinha esquecido,que não o amava,eu sabia que ele estava sendo sincero,sabia que era difícil pra Yoongi expressar seus sentimentos assim,e sabia que cada palavra era verdadeira,não podia ficar em silêncio,não depois disso.

– Yoongi eu não esqueci daquele dia,eu estava decidido a falar pra você tudo o que sentia,mas ao que parece você havia voltado com Yoora

– Quê??? Não Jimin,foi apenas um engano,por Deus,eu e Yoora somos melhores amigos,não voltamos e nem nada,ela até mesmo está noiva de outro cara,não se engane assim meu amor,eu amo você


Aquilo foi o suficiente pra que eu liberasse as lágrimas,era tudo uma grande confusão na minha cabeça,me senti culpado por ter deixado ele durante um mês e não quis nem mesmo escutar o que ele tinha a dizer,fui egoísta como sempre,e estou aqui por um erro meu.

– Yoon,eu te amo,te amo muito,me desculpa,eu fui um egoísta,fui idiota,isso tudo é culpa minha – ele me evolveu nos braços

– Jimin vamos voltar logo para casa,certo? Não se preocupe,o importante é que agora nos resolvemos,não foi?

– Bom eu acho que sim – passei a mão no rosto secando as lágrimas

O doutor entrou novamente no quarto e disse que poderia ir embora do hospital,então vesti minhas roupas normais e fomos embora,chegamos ao condomínio e Yoongi disse que precisava conversar com sua mãe,então subi para o meu apartamento.

P.O.V Yoongi

Assim que chegamos no condomínio,deixei um selar na bochecha de Jimin e subi para o meu apartamento,estava decidido que pertenceria a Jimin,então fui conversar com minha mãe aproveitando que SunHi não estava em casa,entrei e bati a porta,minha mãe já estava preparando o almoço e sorriu leve quando me viu entrando.

– Oi filho,logo o almoço ficará pronto,mas você não deveria está no trabalho?

– Eu precisava buscar uma pessoa no hospital,então pedi permissão para meu chefe

– Entendo,e essa pessoa está bem?

– Sim,e é sobre ela que quero conversar

– Bom,pode falar meu filho – ela disse sentando na cadeira e logo começei a ficar nervoso

– É que...assim mãe..é complicado

– Vamos por parte

– Certo,eu sou apaixonado por essa pessoa,e talvez possa ser estranho pra você,porque é algo que você nunca imaginaria,ou melhor,eu estou gostando de uma pessoa que nunca sequer passaria na sua cabeça

– Já sei – olhei espantado – É aquela sua ex né??? Yoora?

– Não mãe,eu vou ser direto,eu estou apaixonado pelo Jimin e estamos namorando – sua expressão ficou séria e sabia que ela não havia gostado de escutar isso

– Não me diz que é o Jimin que estou pensando que seja

– É ele mesmo mãe,melhor amigo de Somin,o mesmo que você torcia para namorar com Somin,e o que mora a dois andares à cima da gente

– Você deve tá fazendo algum tipo de piada comigo né Yoongi?

– Não mãe,eu não estou

– Desde quando?

– Faz alguns meses

– Yoongi você perdeu o juízo,eu não te criei assim,eu quero você relacionado com uma mulher,alguém que vai te dar filhos,não com o Jimin

– Por que isso à incômoda tanto? Podemos ter filhos,podemos adotar

– Não é a mesma coisa,eu nunca aceitaria que meu filho fosse gay

– Mãe eu não sou gay

– Você está com Jimin

– Eu não estou te entendendo,não é você que sempre ensinou que devemos amar todos igualmente? Sem preconceitos?

– Eu ensinei sim,mas não queria que você fosse

– Você é a minha mãe,mas está sendo uma hipócrita agora

– OLHA COMO VOCÊ FALA COMIGO!!!

– Eu nunca imaginaria que você seria um ser humano tão horrível a esse ponto

– Yoongi eu não aceito esse relacionamento,e se depender de mim,vocês nunca ficaram juntos

– Pois é,mas não depende de você,eu e Jimin vamos ficar juntos e nada vai impedir

– Eu vou ligar pra mãe desse garoto e ver o que ela acha

– Não precisa,Jimin e eu fomos na casa dela um dia,ela aceitou,mas pelo que eu vejo,minha mãe tem preconceitos com esse tipo de relacionamento

– Meu filho eu não quero você com ele,é diferente

– Já escutei o bastante


Levantei da cadeira e fui em direção a porta saindo e a deixando sozinha.



P.O.V Mãe (Yoongi)

Eu estava tranquilamente fazendo o almoço quando escuto baterem na porta,vou até a mesma e abro vendo um garoto alto de cabelos castanhos,com um sorriso quadrado simpático

– Oi,prazer meu nome é V,queria conversar sobre algumas coisas com a senhora

– Claro,pode falar

– Não sei se é seguro eu falar aqui fora,sabe como vizinhos tem ouvidos bons né – dei passagem e o mesmo entrou – Eu irei ser breve,seu filho e Jimin estão juntos,mas por erros do Jimin,não posso deixa-lo de ter certos castigos

– O que você quer dizer com isso?

– Quero dizer que seu filho corre grandes riscos,bom só isso mesmo,preciso ir agora,até mais

– Mas... – o garoto que estava em meu apartamento sumiu em uma única piscada de olhos e aquilo me deixou aflita.


Assim que vi Yoongi entrar em casa,já imaginava o que ele teria a falar,tivemos uma conversa e tentei dizer ao mesmo que não concordava com esse relacionamento,eu aceitava,gostava muito de Jimin,mas quando o garoto de sorriso quadrado me disse que meu filho corria certos riscos,tentei impedir,mas ele não me deu ouvidos.

P.O.V Yoongi

Saí de casa irritado,nunca imaginaria que minha mãe fosse tão rude assim,entrei no apartamento de Jimin e o mesmo me olhou preocupado.

– Yoon tudo bem?

– Não Jimin,minha mãe não aceita a gente

– E agora?

– Nada vai mudar,eu te amo e não vou deixar nada atrapalhar nós dois,provavelmente irei ficar sem moradia agora

– Não vai não,sabe que pode vir morar aqui

– Sério mesmo?

– Sim meu amor,vamos criar nosso mundo juntos sem deixar outras pessoas atrapalhar


CONTINUE.... 


Notas Finais


O que acharam desse capítulo Candyzinhos???


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...