1. Spirit Fanfics >
  2. My foster father - ( imagine Jay Park ) >
  3. Oieee

História My foster father - ( imagine Jay Park ) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Ola pessoas, estou sumida??? Sim! Mas volteiiii

Capítulo 1 - Oieee


Ahhhhh, mais um dia e eu acordo vendo o msm quarto fedorento, lençois baratos, cama aos pedaços. Eu estou cansada, não q eu seja essas pessos que acham quê devem ter tudo do bom e do melhor, mas realmente precisamos mudar de prédio. Esse orfanato está caindo aos pedaços. Toda vez que chove, é pingueira e as vezes passamos noite em claro esperando a chuva passar...


Bom, oi meu nome é s/n tenho 16 anos e estou nesse orfanato a 10 anos, meu pai morreu,foi assasinado por bandidos,pq??? Minha "mãe" era uma total viciada em drogas, devia dinheiro para traficantes. Minha mãe nunca me amou como meu pai me amava, mau pai era carinhoso,gentil,astuto, fada sensato, já a minha mãe ela era um pouco fria comigo , não gostava de mim, me batia quando meu pai saía para trabalhar, me deixava com fome, me obrigava a mentir e tudo mais que vc possa imaginar. Depois que meu pai morreu ela me deixou na rua, fiquei mais ou menos 2 dias e meio nas ruas até que uma moça muito bonita me achou, ela tinha cabelos longos, corpo esbelto, ela era deslumbrante! Ela me puxou para dentro de seu carro e me levou ao orfanato. No começo não era ruim, até que eu passei a sofrer bullying pelas minhas "coleguinhas" de sala por eu ser diferente do que elas costumavam a ver. Até onde eu sei minha mãe é brasileira e meu pai é coreano, no entanto consigo falar um pouco de português.


...

Estava sentada lendo um livro até que escuto eu sendo chamada.


-S/N!!!!!

-OIEEEEEE

-POR FAVOR DESÇA, TEM UMA PESSOA TE ESPERANDO.

Assim levantei, ajeitei minha saia branca e minha blusa preta calsei minhas pantufas e desci.

Chegando no andar debaixo, havia varias pessoas com terno preto.

"Pronto! Essa mulher vai me exorcizar" - pensei.

-sim senhora madame olanda

- oh minha querida>>falsidade<< está vendo essa pessoa???-apontou para um homem cheii de tatuagem- ela será seu novo pai.

E foi aí que minha boca fez um grande "O", dai do nada começaram a surgi perguntas de que eu nunca imaginava,"ele é um traficante?" "minha mãe devia pra ele?" " pq ele me quis, se tem tanta criança carente?"foi isso noq eu pensei.. 









Notas Finais


Continuo depoiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...