História My Gângster - jungkook - Capítulo 38


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Blackpink
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Gangster, Jeon Jungkook, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, Taehyung
Visualizações 387
Palavras 1.359
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá flores
Tô passando aqui rapidinho para avisar que os capítulos serão postado dia sim, dia não
Beijos
Boa ilusão 😘

Capítulo 38 - Você anda bem estranha


Fanfic / Fanfiction My Gângster - jungkook - Capítulo 38 - Você anda bem estranha

- é só isso? - jungguk fala decepcionado - pensei que seria mais difícil ou pelo menos tivesse mais emoção - ele dá as costas pra jungkook para entrar no carro mais imediatamente para de andar quando escuta um disparo

Eu olho para trás de jungkook e tava todos os bangtan com suas máscaras assustadoras que sempre usam de terno e metralhadoras, atrás deles havia um exército com máscara branca de hospital armado atirando para todos os lados e andando lentamente até perto de jungkook, havia no mínimo cento e cinquenta pessoas lá

Jungguk ao perceber que tudo isso foi uma emboscada, tenta entrar no carro onde eu tava, mais é impedido por jungkook que se levanta cheio de sangue e marcas de vários tiros pelo abdômen surpreendendo a jungguk

- caralho jungkook você não tava morto? - perguntou surpreso

- quem é vivo sempre aparece - debocha

E ali mesmo em meio a um tiroteio eles tem uma briga sem armas

Jungkook pula em cima de jungguk desferindo socos principalmente no rosto espalhando seu sangue com o dele

jungguk por sua vez junta forças e tira jungkook de cima dele e começa a socar o rosto de Jungkook

Jungkook tenta se defender mais por incrível que pareça jungguk é mais forte que ele nesse momento e também jungkook tava fraco por conta do que acabou de acontecer

Resumindo jungkook estava apanhando feio e eu tava vendo tudosem fazer nada

Eu preciso fazer alguma coisa

Começo a olhar em volta do carro e para minha felicidade tinha um pé de cabra no banco da frente apoiado perto do volante

O pego firme e com toma minha força, choco o pé de cabra contra o vidro o quebrando

- JUNGKOOK!!! - no meio dá briga ele olha para mim, imediatamente me jogo desesperada para fora do carro causando um corte na minha perna que vai dá panturrilha até o pé me fazendo cair no chão, mais eu não desisti, me arrastei para perto de jungkook - pega - jogo meu canivete e ele pega

Depois de um esforço jungkook consegue desferir um corte na clavícula de jungguk que imediatamente perde as forças e com a força de jungkook o joga para o lado, ficando por cima dele

- você vai morrer seu desgraçado, vai pagar por tudo o que me fez passar

- vai mesmo acabar com a vida de seu irmão gêmeo como você fez com junggok?

Essa não, jungkook é muito sensível quando fala sobre o junggok, ele não vai conseguir matar o jungguk

- e-eu... - vejo o olhar perverso de jungguk e sua mão indo lentamente para o canivete nas mãos do jungkook

Mesmo com a perna dormente de dor me arrasto até eles e pego na mão de jungkook

- MORRA SEU DESGRAÇADO - com o canivete na mão de jungkook eu enfio a lâmina bem no meio de sua garganta com toda a força do ódio que eu tenho acumulado, ouço um grito estrondoso e agonizante de jungguk, seus olhos arregalados, seu sangue escorrendo e com isso fui rasgando sua pele lentamente até sentir o início da sua caixa torácica entrar em contato com o canivete mais mesmo assim eu não parei, fui descendo a lâmina até minha última pontada de raiva evaporar - desculpa - solto o canivete e dou um suspiro longo - eu precisava disso jungkook

- tudo bem - ele deixa o canivete de lado - nós precisávamos disso - me abraça

- você me assustou, pensei que.... Que.... - não sou capaz de finalizar essa frase sem chorar

- que eu tivesse morto? - jungkook se afasta um pouco de mim e começa a tirar o paletó e a camisa social - eu sou a prova de bala meu bem - sorri mostrando o colete a prova de bala cheia de furos e bolsas de sangue artificial estouradas

- eu devia te bater, você me assustou muito seu bobo

- me desculpa meu bem - ele me abraça novamente

- ô casalzinho vai desgrudando aí, estamos no meio de um tiroteio porra - disse yoongi atirando em um cara

Bem.... O que eu posso dizer

O plano de matar o jungguk foi um sucesso, o vovô Kim aceitou numa boa levar um corte leve no braço e todos atuaram muito bem

Se não está entendendo nada eu vou explicar

nunca teve um roubo a jóia, mais sempre teve um planejamento de assassinato

Não é segredo para ninguém que aqui na casa bangtan a televisão é via satélite, não sei como, mais jungguk conseguiu hackear o satélite e achar nossa casa com isso e pela televisão ele ativou uma escuta, tão potente quanto um ouvido absoluto que dava acesso a todos os sons e ruídos da mansão inteira e com isso ele tava nos vigiando

Taehyung percebeu que tinha algo estranho na casa em umas de suas verificadas semanais e logo conseguiu visualizar a escuta, não precisamos de muito para saber que era do jungguk

A partir daí passamos a ter conversas normais cotidiana para ele ouvir, mais as conversas mais importa dizíamos através de libras

E foi pelas libras que formamos o plano

A princípio nos reunimos na sala e falamos sobre o plano que seria feito na casa do Kim jong hun para que jungguk percebesse que estaremos lá apenas para roubar uma joia, mas na verdade não

Estávamos o tempo todo sendo observado então tinhamos que atuar muito bem

Kim jong hun não deu a festa, na verdade quem deu fomos nós apenas pegamos a casa dele emprestada e convidamos todos os gângsters possíveis até mesmo de jungguk em nome do vovô Kim para ninguém suspeita, era por isso que vovô Kim nos chamava de vips

Essa era a intenção, que jungguk tivesse lá

Absolutamente tudo foi atuado pois estávamos a todo momento sendo observado

Mais como nada é perfeito teve uns erros lógico, como por exemplo, não estava planejado eu beijar o namjoon e ele fica duro, não estava planejado eu ter machucado muito o vovô Kim, não estava planejado eu ter me encontrado jungguk no estacionamento e não estava planejado o Jungkook ter que enfrentar tantas pessoas sozinho

Mais o bom é que deu tudo certo no fim

Jimin e lisa estavam no banheiro espionando o jungguk pelas câmeras que colocamos antes da festa começar

Taehyung e hoseok estavam na van esperando o sinal de jungkook para avisar ao exército atacar

Jin e yoongi na verdade estavam agindo naturalmente para não levantar suspeita

E antes que eu me esqueça o vovô Kim estava atuando também, absolutamente tudo foi atuando até na parte que quase transamos, nem sei como eu consegui convencer ele, mas confesso que muito, mais muito difícil

Bem, os bangtan nunca foi protetor do vovô Kim, na verdade eles nem o conheciam, quem conhecia era eu já que sempre vinha visitá-lo com meu pai, acabei criando um carinho por ele, por isso o chamo de vovô, mesmo corrupto ele é uma ótima pessoa

Antes que perguntem se podíamos ter feito outra coisa, sim, podíamos

Mais pensa, se hackear a localidade de jungguk ele ia descobrir e fugi, se nós respondesse a escuta ele ia atacar

Então o melhor seria não fazer nada por enquanto

Deixa ele pensar que tudo tá sobre controle para aí sim atacar

Jungguk é um rival muito esperto e inteligente, precisávamos ser mais racional que ele, precisávamos agir rápido e discreto, como uma cobra prestes a agarrar a sua presa

- meu bem - jungkook aparece no quarto - de novo escrevendo no papel - ele se aproxima e olha o papel

- estou escrevendo sobre o que aconteceu a uns dias atrás sobre o acontecido com o jungguk

- mais por que demorou tanto tempo para escrever?

- não tava me sentindo bem para escrever sobre isso antes, decidi fazer isso agora - sorri

- entendi.... Enfim, Jin já preparou o almoço, vamos?

- não estou com apetite, pode ir, eu vou ficar

- você anda bem estranha - franzi o cenho - está sem apetite algum, quando come vomita, as vezes do nada lhe dá vontade de comer coisas aleatória, muda muito de humor, fica estressada com facilidade, vomita muito, estou ficando preocupado 

- É O QUE? - Jin aparece no quarto - (S/N) isso é verdade?- afirmo - caralho, vocês dois são muito lerdos, não perceberam ainda? Vocês estão grávidos!!!!



Notas Finais


Outro aviso do dia = em nome de todos os Deuses NÃO ENGRAVIDE, jungkook não tá aí pra assumir o filho de vocês não
Atenciosamente (S/N)

Desculpa o sustinho do capítulo anterior 😅😅


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...