História My Gangster! - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Personagens Originais
Tags Bts, Hentai, Hot, Jungkook, Kook, Kookie, Máfia
Visualizações 95
Palavras 1.241
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cof Tem hot! Cof! Cof!

Capítulo 4 - Dia de Sangue, Neve!


Fanfic / Fanfiction My Gangster! - Capítulo 4 - Dia de Sangue, Neve!

Como o Jungkook, já tinha saído, você apenas sentada na cama, da mansão, E como novo bilhete na cama, você apenas sorriu, lendo o tão o bilhete, e ouvir a porta abrir... 

JK: Tudo bem? 

Você: Não, Sabe de quem e essa letra? 

Você amostrou, e você o olhou, Ele apenas passou o mão na testa, e te olhou, tentando capitar qualquer expressão, Ele parecia um pouco, confuso e preocupado, como se tentasse te esconder algo... 

JK: "Eles estão bem..."

Você: "Por que eu não consigo acreditar?" 

JK: "Eu vou falar a verdade, Quando você e um homem muito poderoso, você tem inimigos, tem certeza, que nenhum amigo, seu andou te observando, ou te olhando de uma maneira diferente?"

Você: "Sim, mais porque?"

JK: "Esse amigo, esta com seus pais... Ele pode ser mafioso..."

Você: "Você acha que algum mafioso, seria burro o suficiente de deixar a caligrafia dele, em um papel?"

JK: "Pequena, Oque você entende de máfia?"

Você: "Eu já vi milhares de filmes, eu posso ser melhor que a FBI"

JK: "Ahhh, você está confundido filme com vida real"

Você: "Acho que eu sei, quem está com meus pais"

Você correu para pegar se celular, e voltou com Ele, na mão.. E discou o número do seu pai, e entregou o telefone para Ele. E diferente do que com você, atenderam o telefone, Você apenas ou vou Sons estranhos, já que o Telefone não estava na sua orelha, você apenas o olhou, tentando fazer Ele demonstrar qualquer coisa.... 

JK: "Ok, Me encontre lá, Amanha as 6 da manhã....."

Ele desligou, e olhou para você e te abraçou, mesmo não entendendo o por que Ele fez aquilo, mais aquele abraço quente, e apertado, te trazia tanta conclusão, e você só queria ter Ele todos os dias, Ok, Ele te afastou, e tirou o cabelo do Seu rosto... 

JK: Olha, eu tenho que dar 5 Mil para Ele, Seus pais estão bem, eu vou te levar, mais me ouve, você não pode sair do Carro, por favor! Quando eu pegar os seus pais, você vai pegar esses Passaporte, e vão para qualquer lugar, e quando chegar lá, Quero que você abra seu celular, e entre nas notas, e leia oque eu escrevi apenas isso... 

Ele apenas saiu do quarto, e ouviu o barulho de algo se abrindo, você saiu quarto e viu que a parede do corredor, era uma parede fasa, e dentro dela, havia algumas armas, você apenas o viu pegando, uma, e olha para você... 

JK: "Gosta do que ve"

Ele disse olhando para seus olhos, olhando todas aquelas Armas... Ele parecia muito feliz ao ver que você, Parecia não se espantar por Ele, ter arma, Ele chegou perto de você, e você sorriu, e Ele sussurrou no seu ouvido: "Escolhe a sua preferida", E claro que você queria pegar todas, mais tinha uma que te chamava atenção, era uma Arma, que o cabo tinha alguns brilhos, Ele sorriu, e você adorou ver aquela expressão, no seu rosto, Ele te ensinou a atirar, ele te levou pro Jardim... E te ajudou a segurar... 

JK: "Ta vendo, aquela latinha?"

Você: "Sim!"

JK: "Tente acertar..."

Dito Asuka, você deu 3 tiros, que na verdade não ajudou nada, Ele sorriu, e brincou com a sua bela apontaria, mais te ensinou a te atirar, não parecia que você era uma atiradora da CIA, mais dava pro gasto.... Ele te acompanhou, até o quarto, e Ele encontrou, e te beijou, e jogou a arma que você tava usando, entre suas roupas que estava no chão, Ele tirou seu short e camiseta que estava usando, fazendo Ele olhar para sua liengrie preta, arrancando alguns sorrisos do mesmo... 

JK: "Minha Cor preferida"

Você sorriu, e Ele tocou na sua calcinha, e acaricou o tecido, que estava tampando sua intimidade.. Te arrancando alguns gemidos, e fazendo você jogar seu corpo, completamente para trás, voce apertou o volume que se encontrava na calça dele, e Ele gemeu, alto, e caiu na cama, e brincou com as mãos, tentando ilustra a situação que você ia fazer emcima dele... 

JK: "Quero Você aqui.. Gemendo e cavalgando emcima de mim"

Você abriu a calça dele, e a tirou, e subiu emcima dele, e claro que ele fez questão de rasgar sua calcinha e jogar seu sutiã longe, você encaixou o membro dele dentro de você, arrancando gemidos dos dois... Ele ditou as regras nos primeiros 23 minutos, depois foi você, com ele os movimentos era lento, e suaves, quando Ele tirou a mão da sua cintura, te dando a liberdade de continuar, Os movimentos que você dava, era rápidos e fortes, Ele gemia alto, e claro que você também, não era sempre que você sentia um homem com aquela contecial dentro de você, Se e que me entende... 

Ele te ajudou nas últimas estocadas, e vocês dois chegaram no clímax, e Ele ficou deitado na cama, com você durante aquela noite. 

Na Manhã seguinte... 

Você acordou, com o barulho do seu chuveiro, você se levantou e se juntou a Ele No banho, no banho as coisas não passaram  de beijos, e algumas mãos bobas.. Ele enrolou uma toalha, preta na cintura, e saiu... Você saiu, e colocou uma toalha, e foi até o quarto, e tinha um roupa na sua cama, você a vestiu, e pegou sua bolsa, você e Ele saíram da casa, e entraram no Carro, ele colocou a máscara, e ligou o Carro... 

JK: "Você Não vai sair desse Carro, Eu vou lá, pego seus Pais, e saio..."

Você concordou, e ele dirigiu até um galpão, e você ouviu pessoas conversando, e ele saiu do carro e fechou a porta, você sentou No banco dele, e percebeu que estava nevando, e pegou o casaco dele, e colocou a mão no bolso, e lá estava a arma dele, gritar você não podia, você pegou sua bolsa, e entrou no galpão, você ouviu alguns disparos, e seu coração nesse momento saiu pela boca, e correu para dentro do galpão,Onde encontrou alguns homens caidos no chão,o Sangue que saia da boca,já estava na neve, A Neves que e branca,e maioria das vezes pura, Esta contaminada... E entrou mais ainda, E viu ele e seus pais abaixados no chão, e viu a roupa do Jungkook, com sangue para ser mas exata no braço, você pegou a Arma, e atirou na primeira coisa que você viu andando, e ouviu algo cair no chão, com muita força, e ouviu ele gritando... 

?: "Sua Vagabunda!"

JK: "Vamos..."

O cara que você dormir na noite passada, e seus pais vieram correndo na sua direção, vocês 4 entraram no Carro... E ele dirigiu até o aeroporto, e te entregou os passaportes, seus pais ficaram longe de vocês... 

JK: "Se cuida! Não confie em estranhos"

Você: "Foi um prazer te conhecer"

JK: "Você também, toma... Seu celular.."

Ele te entregou o celular e pegou o casaco e saiu, vocês e seus pais entraram no avião, e já estava de noite, e você pegou o celular e leu a mensagem já que seus pais estavam dormindo... 

"S/n, E... Não nos conhecemos da melhor maneira do mundo, muito pelo contrário foi da maneira mais estranhade se fazer amizade, mais... Acho que com a gente não foi só amizade, Obrigado, pelas noites em claro, Pelos gemidos, pelos orgasmos, e principalmente, pelos os chupões, Talvez se não fossemos tão diferente teríamos alguma chance juntos

Com amor: Jeon jungkook."

Por que aquela nota, parecia tanto uma despedida, e por que você estava chorando quando terminou de ler aquilo, Será que seu coração, pertence a um Gangster... 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...